SEM DOMÍNIO traz para você aquilo que realmente interessa na comunicação: INFORMAÇÃO SEM MANIPULAÇÃO.

O SEM DOMÍNIO oferece para você a informação sem manipulação. Livre de patrocínios governamentais ou do marketing de interesse, construímos um ambiente multiplataforma de comunicação e diálogo aberto e livre.

Blog dos nossos Colunistas

Aqui você encontra as publicações de nossos grupo de colunistas. Acesse nosso blog e fique por dentro da informação sem manipulação.

Cortes, resenhas e lacrações

No Youtube, mantemos um canal com os melhores momentos de nossas entrevistas. São cortes trazendo o melhor conteúdo, resenhas com as melhores explicações e, as melhores lacrações!

Transmissões ao vivo

Aqui você acessa nosso canal no Twitch.tv e pode assistir ao vivo ou rever nossas entrevistas feitas ao vivo. Sempre às 18:30hs do Brasil, trazemos entrevistas interessantes, com gente real, com informação fiel!

As entrevistas e reportagens (em construção)

Nesse canal do youtube, trazemos as entrevistas que não podem ser realizadas ao vivo por conta do fuso horário ou de outras dificuldades. Também compartilhamos aqui, reportagens feitas por nossos parceiros e equipe.

Coluna semanal de OGIER BUCHI em parceria com o Jornal Impacto Paraná

Trata-se da agência nacional de transportes terrestres escrito assim em minúsculo, porque enano é o comportamento da agência, que nesta etapa se preocupa com a lucratividade dos contratos das concessionárias em decorrência da diminuição do tráfego durante a pandemia. Seria hilário! 

Mas é, sobretudo muito, mas muito triste. O que se extrai deste comportamento é que o Brasil não se livrou do aparelhamento das instituições. E a ANTT se comporta como suas congêneres. Sempre a favor dos interesses dos exploradores do interesse popular e do setor produtivo. Sempre que escrevo sobre pedágio faço questão de frisar que sou a favor de pedagiar estradas com contratos lícitos que privilegiem sim o lucro inerente a atividade. Todavia também faço questão de enfatizar meu repudio a imoralidade perpetrada contra o paranaense nos últimos 23 anos. O enriquecimento ilícito de empresário do setor e de políticos que sempre estiveram em suas algibeiras. Nada é mais imoral, entretanto que o próprio poder público enquanto representante dos interesses da sociedade, via agencias reguladores, praticar advocacia administrativa em favor de grupos empresariais. Na hoste política há que elogiar o empenho de Romanelli e alguns outros no sentido de alertar a sociedade paranaense sobre o tema!  

DA LITURGIA, DO COMPASSO MORAL E DA ÉTICA 

Vivemos um tempo diferenciado, e disto ninguém duvida. Velhos testamentos sociais foram definitivamente derrubados, como é possível vivenciar visitando ainda que esporadicamente a programação da rede globo, o pináculo do mundo LGBTQI+! 

Todavia uma sociedade minimamente organizada não pode ser submetida a transformações comportamentais e sociológicas sem que um preço civilizatório seja pago! 

Destarte, o Estado tem que desempenhar seu papel! Não se trata absolutamente de pregar intervencionismo, pois quem gosta de estado intervindo e ditando regra comportamental é esquerdista, posto serem apaixonados por ditadores! 

Trata-se, isto sim de lembrar que o Estado Nacional tem compromisso de cumprir a Constituição! 

Reconheço que o cidadão é dotado de livre arbítrio, e mais, de além de ter o direito de decidir quem é, e o que quer fazer, deve ter protegidos os seus direitos. Reconheço, por extensão que tenho o dever/direito de como cidadão zelar para que a Educação deva ser prestada pelo Estado, sem compromisso de nenhuma natureza, que não seja o objetivo primordial de formar e educar cidadãos. 

Repugna-me no momento atual da mídia em geral e da maioria dos setores da Educação a busca frenética pelas pautas de esquerda, e da defesa das pautas tão somente de minorias, como se auto denominam. 

O Contrato Social nos remeteu ao conceito de liberdade, bem estar e segurança, na visão de Rousseau, e me parece muito significativo que nesta etapa de Século XXI, tenhamos nos afastado tanto destes conceitos básicos, para cada vez mais vivenciarmos o divisionismo, a separação social e o conflito ideológico cada vez mais claro! 

E por que tal fenômeno ocorre? Porque declinamos da liturgia dos cargos e funções. O tão sagrado mestre no exercício do seu não menos sagrado ofício não se importa de renunciar ao compasso moral e a ética, o que também vale para membros da mídia. Por outro lado, os condutores do Estado têm olvidado sistematicamente a liturgia de seus respectivos cargos, tudo em favor de seus projetos de poder pessoal! 

Ora, se assim é, e não há duvida em relação a tal evidencia, onde esta a solução? Penso que na própria sociedade. 

E preciso viver intensamente o presente, mais do que nunca é claro, e compreender suas imperfeições, para aceita-lo como a realidade que vivenciamos, todavia não há com declinar dos arranjos tradicionais que conduziram a uma vida melhor e continuam conduzindo, inobstante persista a revolta dos inconformistas de esquerda. 

Reitero, a sociedade tem que encontrar a saída, o seu próprio e melhor caminho, mas aqui me valho do adágio tão repetido pelo esquerdista de Puebla, pantufas Salvatore Ferragamo, morador do Champagnat: “voltar a traz nunca mais”!  E sem embargo, Lulla e sua súcia sinalizam o passado de cleptocracia! O ativismo judicial da Suprema Corte, todavia é o que melhor representa hoje a inobservância da liturgia, do compasso moral e, sobretudo da falta de  ética! 

PARABÉNS CARLOS MASSA RATINHO! 

Ouvi uma gravação de Ratinho corajosamente defendendo o direito e ao mesmo tempo o dever do Presidente Bolsonaro de governar o País. Com argumentação coerente e amparada em fatos e na realidade nacional, o Apresentador enumera atitudes recentes e recorrentes do Supremo Tribunal Federal que visam tão somente impedir o livre exercício do Executivo conforme determinação da Constituição Federal. 

Instado a falar sobre o CPI do Covid tocou a trombeta de MEMBI TARARA, e LEMBROU QUE A INVESTIGAÇÃO DEVE SER REALIZADA EM ESTADOS E MUNICÍPIOS! 

Afirmou que o Estado do Paraná deve ser investigado sim. Parabenizo respeitosamente o Apresentador e como cidadão fico feliz que não haja embargo em investigar as destinações de verbas federais para a Saúde no Paraná. Ponto muito positivo para o Secretário Beto Preto e para o Governador Carlos Massa Junior! 

AS GRANDES PERDAS 

Escrever sobre isto é sempre doloroso, e quaisquer que sejam as palavras, por mais respeitoso que seja o teor da manifestação ela jamais terá o condão de representar com suficiência o sofrimento de cada perda e seu significado para cada um de nós. 

Ocorre que a Pandemia nos trouxe um cenário de verdadeira guerra, posto que as perdas são diuturnas e este mês atingiram números assustadores. 

Nós brasileiros, sempre tivemos notícias das guerras, pois elas nunca foram travadas em nosso território, nem mesmo as do Século IXX!  

No momento em que a guerra é no nosso quintal, e o inimigo invisível se transforma e solapam as ações defensivas, a relação dos amigos que pereceram e continuam perecendo só faz aumentar!  

Luiz Antônio Leprevost

Luiz Antônio Leprevost, um homem de coragem e posições ao longo de sua breve, mas profícua jornada. Filho de tradicionalíssima família Curitibana carregava entre suas inúmeras qualidades uma que sempre me fez admirá-lo de maneira especial. Sua luta intransigente em favor se seus filhos! Dentre eles destaco minha amizade histórica com João e Ney, e a eles expressando minhas condolências às estendo a toda família, em especial a Sra. Dona Jussara! 

Perdi meu dileto amigo e companheiro de trabalho Levi Lima Lopes, o menino de 45 anos Levi Neto. Gostava imensamente deste rapaz que esteve comigo em embates, combates e diatribes. Sempre manteve a coragem e a notável lealdade. É  devastador o sentimento de quem como eu, viveu a orfandade paterna muito cedo, imaginar que o menino Levi deixou tão cedo seus filhos! Dor! 

ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

Rogando ao Senhor que conforte as famílias que perderam seus entes queridos! Amém.  

%d blogueiros gostam disto: