SEM DOMÍNIO traz para você aquilo que realmente interessa na comunicação: INFORMAÇÃO SEM MANIPULAÇÃO.

O SEM DOMÍNIO oferece para você a informação sem manipulação. Livre de patrocínios governamentais ou do marketing de interesse, construímos um ambiente multiplataforma de comunicação e diálogo aberto e livre.

Blog dos nossos Colunistas

Aqui você encontra as publicações de nossos grupo de colunistas. Acesse nosso blog e fique por dentro da informação sem manipulação.

Cortes, resenhas e lacrações

No Youtube, mantemos um canal com os melhores momentos de nossas entrevistas. São cortes trazendo o melhor conteúdo, resenhas com as melhores explicações e, as melhores lacrações!

Transmissões ao vivo

Aqui você acessa nosso canal no Twitch.tv e pode assistir ao vivo ou rever nossas entrevistas feitas ao vivo. Sempre às 18:30hs do Brasil, trazemos entrevistas interessantes, com gente real, com informação fiel!

As entrevistas e reportagens (em construção)

Nesse canal do youtube, trazemos as entrevistas que não podem ser realizadas ao vivo por conta do fuso horário ou de outras dificuldades. Também compartilhamos aqui, reportagens feitas por nossos parceiros e equipe.

BLOG

  • DEPUTADOS SERVEM PARA QUE?
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 01/07/2022

       Claro a Constituição Federal, artigos 51 e as seguintes disciplinas da matéria, o que por decorrência também ocorre em relação aos Estados. Em linhas gerais nos contentamos com fiscalizar e legislar como atribuições do legislativo em geral. 

        No Brasil vulgarizou-se a nobre função legislativa notabilizando-se os atuais parlamentares muito, mas muito mais, pela função de despachante de emendas parlamentares. Então tipo intermediário regiamente remunerado. “Ocorre que seja pelo uso ou pelo costume, tal prática se tornou tão comum que os deputados não sentem nenhum constrangimento e se orgulham de assim agir visitando em especial a rede social buscando a modernidade do “lacrar” com a frase” eu deputado fulano (a) mandei X MIL para o município”.  

          Convenhamos muito pouco para a intensidade das funções que a divisão tripartite de poder determina para quem tem o dever de guardar a boa destinação do recurso público e manter e renovar o arcabouço legal que dá sustentação a democracia. 

          Todavia há sempre esperança e fatos que nos renovam o vislumbre do resgate da nobreza da função parlamentar. 

         Nesta semana o jovem deputado Paulo Martins brinda a sociedade brasileira com mais um movimento legislativo brilhante que sucede na mesma valia o seu projeto de lei que culminou por extinguir a tunda compulsória que beneficiava a indústria do enriquecimento ilícito nominado sindicato. 

           Desta feita uma proposta de emenda a Constituição que modifica os artigos 97, 101, 102 e 103, que é abordada de forma enunciativa em outro tópico desta Edição do IMPACTO dado a sua relevância e cabimento histórico. 

          Importa, portanto destacar a importância de vota bem e com responsabilidade. Incomoda-me sobremodo a opera bufa DESTES MANDATOS DESTINADOS A MANTER DESPACHANTES DE DINHEIRO PÚBLICO.  Creio ser dever de o eleitor analisar a relação real entre os mandatos e o seu resultado legislativo. Que leis têm o carimbo do deputado? Como se comportou o deputado nas causas de interesse popular? 

          Pois, Paulo Martins pela segunda vez deixa seu nome na história da Câmara Federal, desta feita oferecendo a sociedade uma maneira pacífica, ordeira, moral e legal de desarmar esta conflagração oferecida à sociedade brasileira por membros do Poder Judiciário da esfera maior, e que nos permite antever consequências funestas para a divisão tripartite de poder caso não tenha direcionamento adequado. 

         Não há mais confiança em parte dos Ministros do Supremo e a sociedade exige uma nova proposta para que finalmente estes homens e mulheres lembrem-se de suas reais atribuições constitucionalmente definidas. 

       Ademais o comportamento atrabiliário e, sobretudo ideológico destes citados Ministros serve é óbvio de exemplo e o Judiciário como um todo já começa a ser prejudicado por imitadores desta gente. 

       Espero que o jovem deputado mantenha sua produtividade em caso do almejado sucesso na Casa Revisora de Leis. 

    PESQUISA 

    A mais recente pesquisa estadual não trouxe novidades no que se refere à campanha pelo Governo, pelo menos em tese, e abaixo explico a condicionante da tese. 

    De fato, a liderança do Governador é incontestável frente aos oficialmente pesquisados. Indicação de decisão em sede de primeiro turno, em especial depois da solenidade de filiação de Rafael Greca. Em “conversa de cocheira”, falavam muito em possível indicação de Greca a vice, já nesta etapa. 

    Sob o ponto de vista de coligações majoritárias, creio isto muito improvável, posto que Júnior tem em sua mochila o PP e o MDB, sempre ávidos de poder. 

    De qualquer sorte, em quadro em que enfrentaria Requião e Silvestre, não há visão para segundo turno! 

    SEGUNDO TURNO? GOVERNO? 

       Sói ocorrer que subsistem dois nomes que têm densidade nas pesquisas para dois dígitos imediatos: tanto Álvaro quanto Sérgio Moro, nas nominadas internas e na minha experiência, estas é que valem, pois delas se utilizam os políticos, que sabem disso, e até este início de julho insistem em divulgar que ainda não sabem o que farão. 

        Creio que essa decisão só se tornará pública no final deste mês, quando então as análises poderão ser feitas em quadro real. Todavia, aqui uma observação que não pode ser contestada por marqueteiros e áulicos: se Álvaro decide se candidatar ao Governo, a discussão se qualifica, e a possibilidade de segundo turno se corporifica. 

    A ANÁLISE DO SENADO 

    A recente pesquisa indicou a possibilidade real de três candidatos viáveis para a reta final: antes de me aprofundar na pesquisa, destaco que não entendi a ausência do nome do ex-governador Pessuti como pesquisado, mas esse é um assunto que cabe ao seu partido, o MDB. 

    Estabelecida a dúvida, vamos à análise. 

    Em todos os escrutínios (registrados ou não) até agora divulgados, há uma evidenciada liderança do candidato Sérgio Moro, seguido por Álvaro Dias e por Paulo Martins. Estranho o fato de que nas hostes governamentais, até agora, não haja manifestação clara de apoio a Paulo Martins, ainda que ele tenha estado presente na mesa de honra que consolidou a adesão de Greca – o que é um claro sinal político. 

    Por outro lado, entendo a posição do União e de Moro, mantendo a incógnita em relação à sua escolha no campo majoritário, porque o candidato apresenta índices de dois dígitos em ambas as posições. O que resta claro, como já disse anteriormente, é que mesmo a análise relativa ao Senado só terá efetiva credibilidade e verossimilhança depois das convenções partidárias. 

    NEBULOSO 

    O fato, leitor, é que só enxergo como claros os candidatos na majoritária, neste momento, Júnior e Roberto, porque em relação aos demais, há inequívoca fluidez. Como não posso perder a piada, esclareço que Júnior é o sobrenome do Governador, e Roberto é o nome de Requião, para que não haja confusão com dupla de sertanejo universitário. 

    Até mesmo meu estimado amigo César Silvestre pode ainda dar uma guinada, posto que se candidato fosse a deputado federal, teria enormes possibilidades de sucesso. 

    ALEXANDRE E O PODER JUDICIÁRIO INDEPENDENTE 

    O Ministro Alexandre de Moraes foi a Portugal para uma passegeata e de quebra manifestou-se dizendo o que segue: “E o Poder Judiciário vai permanecer independente, corajoso, competente e destemido”.  

    Claro que todos almejam um poder Judiciário com todas as qualidades possíveis, em especial recato e modéstia, o que falta permanentemente a este senhor Alexandre de Moraes. Aliás, o consagrado adágio “elogio em boca própria é vitupério” é desconhecido no consuetudinário deste indivíduo de desmesurada vaidade. 

    O permanente e absolutamente condenável ativismo se demonstra em todos os seus movimentos, cuja parcialidade ofende o pensamento do mais simplório dos indivíduos. 

    Ao fazer análise das possibilidades das eleições que se aproximam, por dever de ofício, devo enfatizar que encontro, sim, uma permanente ameaça ao bom e positivo final deste episódio democrático. E este perigo tem nome: chama-se Alexandre de Moraes. 

    Por outro lado, em sede até mesmo de resposta, enfatizo que alguém que nega os seus escritos em livro de Direito Constitucional, não está qualificado para emitir opinião sobre o que é ou não imprensa séria. 

    A pergunta que jamais cala é a seguinte: Xande estava em Portugal! Quem pagou a passegeata? 

    COIMBRA DO CHOPAL, AINDA ÉS CAPITAL 

    O Direito português, de onde se originam as Ordenações, suporte de tudo para nós, tem seu solo sagrado em Coimbra, e não em Lisboa. Todavia, Lisboa é a Meca dos Ministros do Supremo Tribunal Federal, sendo que um deles pretende, ao lado de seus pares, ensinar Direito aos portugueses. 

    Neste ponto, a inarredável pergunta: por que o Presidente do Congresso Nacional, Senador da República, não cumpre seu dever e faz tramitar os inúmeros pedidos de impedimento dos Ministros da Suprema Corte? Por que não manda fazer a pesquisa tão consagrada “follow the Money”? 

    Assim, não posso deixar de formalizar uma sugestão à maritaca do Congresso, Randolphinho: preste finalmente um serviço ao povo brasileiro, e lidere saltitante como nunca, uma CPI do Supremo Tribunal Federal. 

    SOCIALITES I – JOSÉ CID CAMPELO FILHO E O TURFE

    Na terça-feira (28), o advogado lançou um compêndio espetacular sobre a história do turfe no Paraná e sua própria história pessoal; provando inclusive, com vastíssimo acervo fotográfico, que elas se confundem. 

    Não é segredo o quanto eu e meus familiares estimamos o consagrado advogado/turfista. Devo dizer que ao participar do lançamento, assaltou-me a saudade do proprietário do “Stud La Plata”, meu estimado e inesquecível sogro Roberto Leão! 

    II – UM BAITA CIDADÃO HONORÁRIO DR.BRETAS! 

    Na quinta-feira (30), foi aquinhoado com o título honorário de Curitiba o destacado advogado Adriano Sérgio Nunes Bretas, por iniciativa do ativo vereador Denian Costa Couto. Rejubilo-me pela iniciativa, por entender que o homenageado engrandece a nossa profissão e contribui decisivamente para a melhoria da civilização curitibana. 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI  Senhor, eu sei que lhe canso rezando pelo Coritiba, e mais rezando pela decência no Supremo Tribunal, mas eu sou insistente e mantenho a fé! Amém.

  • EU VOU, EU VOU, EU VOU, PARA CASA AGORA EU VOU?
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Impacto-PR / 24/06/2022

    Só saberemos a resposta em julho, pelo menos oficialmente. Álvaro Dias, todavia está entre disputar o Senado ou o Governo.  Em relação ao Senado enfrenta o peso de dois novos atores que estão alicerçados em partidos fortes, a saber, PL e União! Seu Partido tem pouco tempo de televisão, muito embora dinheiro não falte para a campanha.

    Quem conhece Álvaro sabe que um político que está na estrada há tanto tempo não decide nada que não seja amparado em pesquisa. Tenho conhecimento de que as pesquisas chamadas internas, ou seja, aquelas que os políticos pagam para seu real consumo dão boas indicações para Álvaro decidir pela disputa ao Governo.

    Álvaro tem uma media muita alta nas eleições dos últimos vinte anos, tendo atingido a impressionante marca de 77% por cento na última eleição para o Senado em 2014!

    Muita gente afirma que o ciclo de Álvaro no Senado já acabou. Imagino que isto se deva ao fato de que esta há muito tempo na instituição que tem sofrido um desgaste absurdo em função da posição de seus Presidentes e, da absoluta falta de resposta aos anseios de uma parcela preponderante do eleitorado, como condenação em segunda instância, por exemplo, que Álvaro defende, aliás. E mais pelo fato de que o Senado não ter decisões efetivas em favor do interesse popular.  Como já escrevi e agora enfatizo, o Senador baseia todas as suas decisões nas pesquisas.

    Anões

    Consultei o alto escalão do União e senti que a possibilidade de apoio a uma candidatura de Dias ao Governo é bem consistente. O interlocutor me afirmou que a pesquisa indica dois dígitos imediatos em caso de oficialização da candidatura.

    Entende o dirigente que a chapa composta por Dias ao Governo e Moro para o Senado ficaria bem forte, e afirma mais que tempo de televisão e fundo eleitoral não será problema.  Considera que os dois Senadores do Podemos também ajudarão muito no projeto.

    Óbvio que argui em relação ao candidato a Presidente do União que é candidato a Presidente da República e a resposta foi que Bivar só vê vantagem em palanque forte nos Estados. Alicerce para negociar segundo turno.

    Para não deixar faltando perguntei sobre o Governo do Paraná e sua possível reação, e a resposta foi extremamente educada, todavia destacadamente evasiva.

    Nesta estrada Álvaro consultará além das pesquisas Mestre, Feliz e sem dúvida Zangado!

    Dengoso dará o voto de minerva, Soneca como se sabe dorme no ponto e Dunga só tem interesse no capilé!

    MILILIQUE DE BARALHO!

    Este é o momento sagrado que os mililiques de baralho da política atingem o seu grau máximo de tensão. Para quem não sabe o mililique é aquele sujeito que fica de pé atrás dos jogadores profissionais e torce olhando as cartas deles. Para atingir seu objetivo balança de um lado para outro como um boneco de posto. Pois os indecisos e de pouco compromisso político, ideológico e moral estão assim. Seja no plano Federal seja no plano estadual. Para seu conforto pessoal, normalmente eles se identificam como de terceira via.

    Na verdade são os áulicos que uma vez eleito o candidato fazem desde logo juras de amor e fidelidade. Geralmente são os ocupantes de cargos de segundo e terceiro escalões, e em alguns casos viram presidentes de estatais ou secretários ou ministros.

    Como as sabe os mililiques são os primeiros a trair!

    O MINISTRO SEM EDUCAÇÃO

    Pois então, mililique não me lembro deste tal Milton Ribeiro como alguém que tivesse envolvimento na campanha de 2018, e, sobretudo representasse ao longo do tempo os compromissos conservadores e de direita. Entendo que a ordem de prisão para ex-ministro não seja decisão açodada de Juiz Federal, e confio na Polícia Federal, como, aliás, confio na Civil e na Militar. Aí você pergunta se confio no Judiciário. Claro que confio!

    Bem como, deveria ter confiado em Ministro de Estado que se torna responsável pela pasta mais importante de construção da cidadania nacional, a saber, a Educação.

    Todavia meu mantra é antigo: lugar de ladrã é batendo caneca na grade!

     Se e condiciono porque haverá por óbvio o contraditório, provar sua inocência, o que rogo a Deus ele o faça, tratasse de lastimável erro judiciário, se culpado for quero que seja punido com rigor legal máximo, porque terá cometido um crime de lesa pátria inestimável não só em relação ao peculato em si, mas também em face da repercussão do evento no quadro eleitoral presente.

    VAI UMA PESQUISINHA AÍ COMPADRE?

    Escrevi que político profissional trabalha rente que nem pão quente com pesquisa. Então você leitor haverá de me perguntar por que bato tanto nas pesquisas. Bato nas registradas que assim são sufragadas legalmente, e que são conduzidas de acordo com o desejo do contratante.  Tipo consulta de 3000 por telefone. Já as verdadeiras, são as que eles usam para eles, como acima citei no caso do Senador. Ainda assim vale como parâmetro o que ocorre na pesquisa real que é a votação. Para que quem não quer ser enganado pela estratégia dos malandros, acho válido destacar que nos pleitos recentes com vitória da esquerda pelo mundo afora o número de ABSTENÇÕES É ESTRATOSFÉRICO! Acho pertinente destacar este fato. Assim como nas grandes obras a “truta” está na terraplanagem nas eleições recentes o item abstenção tem cheiro de terraplanagem!

    OS RICOS

    Impressionante o número de pessoas abastadas e pertencentes a famílias tradicionais que manifesta amor desmesurado por Lulla. Nada demais posto ser Lulla um milionário que atende os desejos e desígnios desta parcela da população!

    CÂMARA MUNICIPAL

    Então no momento em que escrevo o Dr. Renato, advogado, está cassado da condição de vereador. Tenho ciência de que a defesa do advogado impetrou um Mandado de Segurança contra ato do Presidente da Casa de Leis co-assinado por figuras de proa do mundo de Lulla. O advogado por apodo Kakai ou Cacay é um deles. Esperam os subscritores naturalmente sucesso! Creio natural que esperem sucesso, depois do que parte da justiça brasileira fez no caso do Lulla! No mais destaque para vereadores que se abstiveram na votação. Votar a favor ou contra é ato discricionário do edil, mas se abster é ato no mínimo deplorável.

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI

    Senhor ilumine a decisão do eleitor. Se tiver uma nesga de tempo mande Pedro soltar um raio na CABINE DO VAR que deu pênalti contra o Coritiba e de quebra um relâmpago naquele árbitro.

  • E AGORA BRASIL? 
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 10/06/2022

    O que claramente acontece hoje é um conflito entre alguns Ministros do Supremo Tribunal Federal e o povo brasileiro que elegeu por voto direto o atual Presidente da República. 

    Com efeito, pelo menos três Ministros insistem em desqualificar o Presidente e mais do que isto desafiá-lo consuetudinariamente para um embate, como se isto fosse legal e moral! 

    Na terça-feira (07) Jair Bolsonaro mais uma vez levantou o cartão amarelo, com um diferencial. Alertou para o fato de que é o Chefe Supremo das Forças Armadas  e que por consequência as decisões a serem tomadas em relação a autêntica sublevação da ordem, portanto quebra da divisão tripartite de poder, patrocinada pelos Ministros  é responsabilidade moral e dever funcional dele. Foi claro e objetivo. Ainda uma vez conclamou a necessidade do apoio popular para qualquer atitude que o remeta a uma decisão que recomponha a ordem constantemente desafiada e transgredida pelo Supremo Tribunal Federal. 

    Como se sabe, em 7 de setembro o povo foi à rua de forma maciça e disse sim ao Presidente. Lembro que os atores eram os mesmos com ênfase menor para Edson Fachin, e destaque maior naquela fase para Rodrigo Barrozo e Alexandre de Morais. No período IL Padrino de Morais, o ex Presidente Temer Lulia, em nome da Constituição interveio e jogou areia no fogo! 

    Soe ocorrer que nada, mas nada mesmo mudou no comportamento dos membros da Corte, que insistem em inviabilizar o mandato presidencial na forma em que decidido pelo povo em 2018. 

    Desde recuperar um convicto da Justiça, e sustentar sua viabilidade eleitoral a intervir de forma direta na liberdade democrática de cidadãos os Ministros tem se aprofundado na sua jornada anti democrática. 

    Cumpre nesta etapa, lembrar-se das estratégias antiquíssimas, mas de resultado indiscutível, tipo “culpe os outros do que você faz”, e “uma mentira repetida em verdade se transforma”. 

    Nada se compara, contudo a estratégia de implantar a censura. Atividade a qual os Ministros se dedicam inclusive e especialmente construindo jurisprudência mediante julgamentos pautados em inovações e construção doutrinaria embasada em silogismos de premissas falsas. 

    O resultado deste confronto é imprevisível e cada vez mais parece inevitável que se aprofunde em prejuízo do atual estado democrático. Assinalo que não completei com “de Direito”, porque há fratura na divisão tripartite de poder como enfatizo e evidencio nas linhas deste comentário. Destaco que o Presidente usa de forma repetida a expressão “jogo nas quatro linhas” que são as linhas da Constituição. 

     Quem confronta a Constituição em sua Seção II artigos 101 e seguintes são os Ministros que insistem em não seguir o seu comando, em especial nos limites de seus deveres e direitos. 

    Valho-me aqui de um episódio recente da vida nacional e da narrativa construída pela esquerda Lullista que pretendeu e ainda pretende transformar o Presidente em responsável pela pandemia e suas consequências nefastas. A narrativa leva os fanáticos a pronunciar a palavra genocida em referência ao Governo que vacinou uma população inteira ao tempo em que cuidou dos hipossuficientes. Narrativa que os afasta do Consórcio Nordeste dos petistas (sempre eles) ora investigados e processados por peculato orquestrado por Governadores sob a batuta de um meliante de nome Gabas! Que lembro por oportuno ter sido o sujeito que fraudou a Previdência ao aposentar Dilma Rousseff. Lembro mais que a Polícia Federal apreendeu 100 relógios em operação na residência dele! Parametrizando relógios similares ao que Lulla ostenta no pulso. 

     Faço este destaque último como profilaxia para o discurso dos Ministros ativistas de esquerda que certamente buscarão culpar o Presidente pelas consequências que se avizinham celeremente em razão de seus atos e decisões tão nefastas ao Estado de Direito! 

    AFINADOS NO DISCURSO DE REGULAMENTAÇÃO DA MÍDIA. LULLA E OS MINISTROS. 

    Na quarta-feira (08), Lulla da Silva veio a público pela primeira vez depois de oficializar seu pré programa econômico que poderia chamar-se atrase o País mais cem anos em quatro. 

    Tratou desta feita de seu mantra atual que a regulamentação da mídia, a saber oficializar a censura prévia como fazem seus aliados, a saber todos os ditadores da América do Sul. 

    O que me causa profunda indagação e a passividade bovina que ostentam os seus seguidores de esquerda incrustrados nas redações dos veículos de comunicação. Imagino como eles pensam sobreviver com as redações, blogs e outros tipos de veículos fechados por conta da censura prévia que lhes será imposta pelo governo ditatorial e raivoso do que se anuncia repetitivamente censor. 

    Sei que uma parcela enorme deles pensa que com ele os bons tempos da mamata de grana de inúmeras empresas, em especial Itaipu, voltarão! 

     Que a grana fácil para bajular o Partido será inesgotável como nos anos de PT foi! Ledo engano. Se a patuleia ler e se aprofundar no que acontecera com a tal regulamentação proposta talvez seu entusiasmo infantil arrefeça! 

    REGIONAIS 

    MUDA O QUADRO. MORO NO PÁREO! 

    Moro por decorrência de seu impedimento na pauliceia volta aos rincões paranaenses. Com ele altas indagações. A primeira delas de ordem legal e nos remete a contradição do TRE de São Paulo. 

    Com efeito, de um lado negam a possibilidade de domicílio ao advogado e a concedem a advogada Dra. Rosangela, sua consorte (cônjuge) com que é de conhecimento público mantém uma família muito bem alicerçada e construída.  Justiça cega certamente, mas neste caso de cegueira seletiva. 

    Faz bem o Dr. Sérgio de não recorrer da estapafúrdia, porquanto tal atitude atrasaria ainda mais qualquer plano ou estratégia política pessoal. 

    QUADRO  

    Acho extremamente inadequado, senão desrespeitoso o que acontece nesta quadra política regional. O cidadão mal recebeu a notícia que seu domicílio eleitoral foi negado e as elucubrações começaram.Tenho certeza que a decisão do advogado qualquer que ela seja, será tomada no seu devido tempo. Claro que sob o ponto de vista meramente especulativo Moro tem condições de oferecer seu nome para qualquer postulação a cargo eletivo em 2022. Importante frisar que no partido em que se filiou sobra-lhe tempo eleitoral e dinheiro certamente não lhe faltará.  

    QUADRO COM O PARTIDO 

    Moro enfrenta um grande problema interna corporis, todavia, pois está sob o comando de Fernando Francischini que é renomado comerciante político. Como acomodar os interesses de um e de outro? Entendo que mais difícil do que enfrentar os adversários será para Moro dançar bolero com Francis. 

    SENADO 

    Tenho a impressão que nos majoritários a emoção esta reservada para o quadro nacional onde há um efeito acirramento e regionalmente para a disputa ao Senado. Explico: sob o ponto de vista da disputa ao Governo há uma enorme vantagem para Ratinho Jr. e o seu único adversário até então viabilizado não empolga o eleitor. 

    Já em relação ao Senado há prenuncio de disputa mais interessante. Claro, ate então Álvaro ponteia e no horizonte aparece Paulo Martins que representa o futuro. 

    O MDB ainda é uma incógnita porquanto não definiu apoio de forma clara a Pessuti. 

    Há quem diga que no PDT há um fogo baixo que pode se aumentar caso o cenário sofra algum novo impulso. Pelos lados do PT parece definitivamente decidido que o Dr. Rosinha empunhará a bandeira. E um homem de bem e pode surpreender mercê apoio de Lulla! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Pelo bem da democracia brasileira. Amém   

  • ESTÁ CHEGANDO A HORA
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR

    E com a chegada se alvoroçam os maus espíritos que de dois em dois anos, parte deles, e todos de quatro em quatro anos sobrevoam o espaço aéreo da política. O leitor pergunta logo: Por que não os céus da política? Elementar meu caro leitor, respondo de bate pronto. Desde quando céu e política ocupam o mesmo espaço? 

    BLOGS E REDES SOCIAIS 

    Componentes recentes apresentam naturalmente bons e maus espíritos. Como sou adepto da direita, conservador nos costumes, e liberal quanto à economia, pertenço a vários grupos de direita e que apóiam o atual Presidente da República. Convivo diuturnamente, portanto com uma grande parcela da rede social que tem sectarismo declarado. Recebo por esta razão, nas minhas manifestações pessoais, inúmeras respostas daqueles que modernamente são nominados haters! 

    Mercê deste contraditório, e porque não dialética, creio que posso amparar minha convicção que jamais constatamos em eleições tamanha polaridade. 

    Lembro que apesar de certas similitudes a disputa Collor x Lulla, em 1989, teve atores importantes em sede de primeiro turno. Brizola, Afif e Covas, sem esquecer o bom velhinho Ulisses, abandonado pelo PMDB! 

    Desta feita como diria Braga, Roberto Carlos, nada além do horizonte! A dupla de “dois” Jajá do Leite Condensado e Nove da Santa Cândida! E mais nada, mas nada mesmo! 

    A batalha na rede social é intensa e na maioria das intervenções com motivação ideológica dos intervenientes, que quando erram fazem-no por acreditar em fake News, vale dizer erram, mas movidos por sua boa fé. 

    Claro existe em ambas as turmas,  indivíduos mal intencionados, mas é preciso reduzi-los a sua insignificância moral e lembrar a qualidade da rede social como indutora da efetiva participação da cidadania. 

    BLOGS E OUTRAS INTERVENÇÕES PROFISSIONAIS 

    Este é um caso diferente! Nesta seara temos os honestos que atuam com base e fundamento na sua ideologia e na sua interpretação do que é melhor para o coletivo, para o cidadão, para a Pátria e os párias.  Os pena de aluguel do passado, hoje teclado do pix!

    A televisão tradicional perdeu totalmente o pudor e vestiu a camisa 13 e saiu por aí. Um absoluto descompromisso com o fato, com a verdade. Por exemplo, nesta semana o menor índice de desemprego desde 2015. E a reação dos telejornais foi menor, mas e uma enxurrada de mendacidades e questionamentos. Os programas de entretenimento tipo do rapaz rico de domingo, o Luciano, não perdem uma chance, ou melhor, escrevendo a menor chance por diminuta que seja para atacar o “statu quo”, moer o Presidente e saudar a mandioca! Aliás, como está rapaziada que gosta da mandioca! 

     Os grandes jornais já perderam a grandeza não é de hoje, mas a família das Frias merece um especial destaque, porquanto não se contentam com o trabalho deletério movido contra o atual governo e por extensão contra o BRASIL, e se dedicam a construção de pesquisas dirigidas e construídas para dar informação destoante da verdade das ruas, sem pudor e sem medo do que será o amanhã. 

    Confesso que há trinta anos esperava ansioso a pesquisa Datafolha porque entendia que era o único sucedâneo para minimizar o estrago que o falecido Ibope provocava no período eleitoral. 

    Mudaram os tempos, mudaram os Frias, e enquanto os ancestrais se preocupavam em fugir das geladas os atuais produzem o gelo! 

    PESQUISAS 

    Nesta semana uma atualização da PARANÁ PESQUISAS, nos conduz a um vislumbre muito mais próximo do que vejo nas ruas e mais do que aquilo que enxergo o eco que é perceptível a todos. 

    Com efeito, existe sim uma parcela imensa da população que rejeita Bolsonaro e sente inclinação a votar no seu único opositor. Aliás, o esforço gigantesco do Supremo Tribunal Federal para aceitar a alicantina criada pela Defesa de Lulla, encontra neles o resultado de declinar da justiça, da verdade e, sobretudo da segurança jurídica. 

    Ocorre que não é simples para o cidadão sustentar que não vota no Bolsonaro, porque não gosta dele, porque ele fala muito, e não raras vezes engrossa o caldo, e que vai votar em um ladrão condenado, que não foi absolvido das acusações, mas foi isentado por manobra jurídica. 

    De qualquer sorte, entretanto a esquerda tem em nosso País, seja candidato a estocadora de vento ou mesmo o poste paulista cerca de 44 por cento dos votos. Verificando números de eleição passada o leitor terá certeza disto. 

    Assim Lulla atingiu tudo que poderia atingir e só tende, portanto a cair. Especialmente porque quer falar e fala muito. Logo depois de seu casamento com a paranaense, deu uma submergida na questão, que seu fã aquele enganador chamado Hepatite da Seleção definiu como “fala muito”. 

    Todavia a motivação que a uca lhe dá, já, já o tornará eloquente outra vez e os disparates voltarão de molde a mostrar quem ele é na vera, e o que pretende no futuro próximo. Se alguém esquecer seu Vice Alckmin lembra a todos; “quer voltar para o lugar do crime”! 

    Bolsonaro tem que relatoriar o que fez. BASTA ISTO! E fazer o mais que está fazendo, ou seja, visitar os Estados onde existem obras do Governo Federal, ou seja, todos. Está aqui nesta sexta-feira (03) em Foz e Umuarama. E para variar ovacionado pelo povo! 

    ELEIÇÕES REGIONAIS 

     Como acima escrevi está chegando a hora e as diatribes entre os unidos para sempre em eleições anteriores ocorrem a mancheias. 

    Surpreendeu-me o BBB da turminha da Saúde de Curitiba que desde os tempos do Armando Raggio vota unida elegendo sempre os mesmos em nome de uma saúde que vai ser segundo eles a melhor do mundo. Enquanto isto dê-lhe conversa fiada. O fato é que a  Márcia Huçulack tomou gosto pela televisão deu uma reformada no visual e resolveu enfrentar o  Michelle Caputo tudo sob as bênçãos fraternas do Luciano Ducci que só quer a patuléia trabalhando para mandá-lo de novo a Brasília. 

    No Time do Álvaro nada se sabe, mas do que não se dúvida é que o Dalagnol vai para Brasília no mesmo avião que o Beto Richa que é herói da resistência tucana. 

    No PT do Bob Champagnat a senhora Gleyse vai continuar viajando com a sua bolsa Louis Vitton, ao lado do boneco de posto de Maringá e talvez ao lado do filho do Zé, o não menos famoso Zeca de Cruzeiro do Oeste. Fala-se muito na menina Dartora que tem se saído bem na Câmara Municipal. 

    Na Assembleia o retorno de Veneri se quiser e Chioratto que tem boa postura e talvez o Renato das Igrejas. Tem mais gente da esquerda que vai entrar. 

    CÂMARA MUNICIPAL 

    O que sei é que cada vereador custa à bagatela de 93 contos de reis por mês para a população. Sei mais, que três deles tem experiência jurídica mais acentuada. Denian Couto é professor Doutor em Direito Constitucional bem como Dalton Borba. A Secretária da Câmara Dra. Flávia Francischini, é advogada e escrivã de Polícia Federal, o que confere alto conhecimento jurídico aos três citados, lembrando que Renato Freitas também é advogado com carreira na segurança de presídios. Portanto, gente que conhece Direito, e me penitencio se olvidei outros.  

    O que me incomoda é como a Câmara  Municipal pode estar sendo alvo e objeto de tantos equívocos jurídicos? 

    O que se passa em relação à parte técnica da Casa? 

    Imagine você caro leitor que a assessoria jurídica é responsável pela parte legal dos pareceres favoráveis a aumentos de mais de cento e cinquenta milhões de reais só para o transporte coletivo. ISTO SEM FALAR NOS PARDAIS DAS MULTAS! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Senhor a turma da máscara e do fique em casa está assanhada de novo. Senhor tenha piedade nos livre destes dirigentes e nos proteja das doenças! Amém. 

  • A VISITA DE BOLSONARO 
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 27/05/2022

    Disse o Governador: “Eu tenho meu partido político. Tenho que respeitar esse momento de decisão das convenções, mas o PSD caminhando para a neutralidade, eu fico liberado para tomar minha decisão e caminhar junto à minha escolha”. 

    Este é o resultado real da presença do Presidente em Curitiba. Desde sexta-feira (20) à noite , Governador e Presidente estiveram juntos e mantiveram está proximidade enquanto em Curitiba esteve Bolsonaro. 

    A legislação partidária e a ética exigem do Governador nesta etapa a postura resumida por ele, lembrando, entretanto que em Minas Gerais o PSD já liberou apoio ao PT, inobstante Kassab não tenha a menor inclinação pessoal de apoiar o lullismo! 

     Ademais a união de Bolsonaro e Ratinho Jr. em favor da candidatura de Paulo Martins ao Senado já está oficializada! 

    ESTRELA QUE SOBE 

    O jovem Deputado Federal Felipe Barros tem o tratamento de primeiríssimo escalão pelo time de Jair Bolsonaro. Justo, porquanto Felipe encarou com denodo, competência e fidelidade todas as missões  destinadas pelo Presidente. 

    O PL CRESCE NO PARANÁ 

    O Presidente do Partido Fernando Giacobbo tem enorme prestígio na Câmara Federal e prevê de até quatro deputados eleitos em 2022. Imagina também que com o acirramento da disputa entre Bolsonaro e a esquerda o número possa aumentar. Para que isto aconteça está pavimentando administrativamente o crescimento do Partido no Paraná.  

    E O SENADO? QUEM VEM LÁ? 

    Depois da oficialização do apoio a Martins, como gosta de dizer Bolsonaro surgiram  rumores de outros candidatos que buscavam o mesmo suporte.  

    Bem assim do lado do Podemos já está suplantada a tese de Álvaro candidato a Governador, com o partido escalando para a missão o Senador Arns. Neste caso há que analisar essa candidatura majoritária.  

    Carol Arns, que participou da eleição municipal de Curitiba e fez boa votação será ou não afetada. Pessoalmente acho que Arns o Senador pensará muito em se expor nesta etapa. Como se sabe o prestígio dos Senadores não anda positiva, muito ao contrário. 

     No MDB prevalece a tese de candidatura própria ao Senado, já que o partido fechou apoio a Ratinho Jr.! Assim Orlando Pessutti segue no trecho e com sua eterna simpatia constrói seu caminho. 

    Quanto à candidatura da Deputada Aline Sleutjs o partido informa que é decisão interna corporis, e que entende que a candidata tem cumprido uma agenda muito produtiva. Entende mais, que a candidata não mudará de rumo e que manterá seu apoio irrestrito ao Presidente Bolsonaro. E fato inegável que a Deputada corre o trecho e tem apetite para o trabalho. 

    No lado do PT o sempre respeitável Dr. Rosinha esta em segundo lugar nas pesquisasse tende a crescer com a consolidação da aliança com Requião.

     A BRIGA DO ICMS 

    Heron Arzua

    Lembro-me de excelente Secretário de Fazenda, no caso Heron Arzua, que carregava no bolso um cartão com os dez maiores arrecadadores de ICMS no Estado do Paraná. Entre eles, por óbvio, estava a energia elétrica, o combustível e, à época, a telefonia. Afirmava o emérito tributarista que aqueles dez elencados sustentavam a efetiva arrecadação do Estado. 

    Tinha ele, inequivocamente, do alto de seus conhecimentos, plena razão. Tanto verdadeiro que permitiu ao Governador de então, o populista Bob Champagnat, promover a desoneração de 92 mil itens sem que isso arranhasse o montante da arrecadação do Estado. 

    Conto esta história verídica para alicerçar o que a seguir sustento: é verdade que o ICMS interfere no preço final dos combustíveis; e aí encontramos uma grande indagação a ser enfrentada. Tanto o Estado como os Municípios por consequência, serão afetados pela decisão desta quarta-feira (26) da Câmara Federal, que tabela o ICMS. Alguns estados mais, outros menos. No caso do Paraná, tão-somente em 1%, o que já significa muito, sem embargo. Outros estados, como o Rio de Janeiro, serão afetados em quase 10%. 

    As alternativas oferecidas pelo Governo Federal através do Ministério da Fazenda não sensibilizaram governadores e prefeitos. Convenhamos isso é natural: ninguém gosta que nenhum tipo de mão (peluda ou não) lhe seja introduzida no bolso. 

    O Governo Federal, por seu turno, não aguenta mais ser responsabilizado e pressionado por uma culpa que não lhe cabe objetivamente. Com efeito, o Governo Federal reduziu tudo que lhe foi possível na taxação dos combustíveis. Onde estaria, então, a solução para o preço exorbitante que se paga nas bombas? Evidentemente, nas leis de mercado. E aí, a grande questão shakespereana: ser ou não ser um monopólio, eis a questão. Vale desde logo lembrar que o monopólio estabelecido e que prestigia a Petrobrás é oriundo de uma ação estratégica do governo Getúlio Vargas, em tempos de Segunda Guerra Mundial. 

    Vale mais lembrar que ainda que em tempos de guerra, o preço do combustível não era sequer referência para o absurdo que se cobra nos tempos atuais, quer pelo barril de petróleo, quer seja pelo produto final consumido pelos brasileiros. 

    Entendo pertinente escrever que a Petrobrás tem um lucro líquido duas vezes maior do que a Shell Internacional. Destaco ser a Petrobrás um monopólio de economia mista, porquanto a empresa tem suas ações em disputa livre de mercado. 

    Digo tudo isso porque entendo que nesta etapa já não se justifica mais a Petrobrás ser uma empresa do Estado e do mercado. Como sustentei acima, o preço alto é debitado a ações de governo, e lucro é creditado no bolso do acionista privado. Há quem justifique o monopólio, dizendo que os governos em geral – inclusive o federal – arrecadam muito com os impostos havidos da Petrobrás. De fato, não compreendo esta lógica, porque mesmo privatizada, a empresa continua recolhendo os mesmíssimos valores, sem que os Governos corram o risco de ações criminosas e destrambelhadas como as praticadas pela quadrilha instalada pelo PT na companhia, com ênfase para Dilma Rousseff e Graça Foster. 

    Insisto, portanto, que a simples equivalência de ICMS em patamar balizado entre os estados, não resolverá o grave problema que a voracidade da companhia por lucros. A companhia tem que ser obrigada a competir com suas similares, e com isso obedecer às leis de mercado. 

    Privatização já! 

    ASSEMBLEIA LEGISLATIVA 

    Os tempos que foram mornos por cerca de três anos, já não têm mais a mesma placidez e platitude. As diatribes constantes têm custado muitos dos cabelos brancos do Presidente da casa, Ademar Traiano. O Presidente, que foi caracterizado pelas suas manifestações com pompa e circunstância, não abandona o tom formal para admoestar os senhores deputados para que voltem à trilha da urbanidade. 

    Existe um deputado que aproveita as tais escaramuças para lembrar ao presidente que o Plenário necessita de um tatame. Qual o quê! Os deputados restringem-se a escaramuças verbais, até e especialmente porque nunca lhes interessa descer a fundo nos assuntos que levantam; e daí ficam como a Dona Chica, mas não atiram de verdade o pau no gato: ficam na meia trava, a saber, só no berro que o gato deu. 

    ASSEMBLEIA LEGISLATIVA II 

    A decisão de Toffoli importa profundamente para o dia a dia da Assembleia e nas repercussões políticas que provoca. Ainda é cedo para avaliar a intensidade destas repercussões, mas é tempo de reconhecer que elas existirão. Os próximos dias orientarão melhor as conclusões a respeito. 

    CÂMARA FEDERAL 

    Existem articulistas sustentando alguns nomes como os líderes de intenção de voto para a Câmara Federal neste pleito de 2022. Interessante que, dos nomes citados, dois Betos (Preto e Richa) seriam novidades; e dois (Gleisi e Fahur) seriam reconduções. Gostaria que o eleitor brasileiro pudesse fazer uma análise de propostas de candidatos a legisladores baseada nos currículos históricos e, sobretudo, a capacidade de cada um deles de contribuir para o texto legislativo. 

    Às vezes, fico pensando que o eleitor não leva em conta que a finalidade do Legislativo é fundamentalmente, como o próprio nome indica, LEGISLAR, ou seja, contribuir para a qualidade legislativa do Estado ou da Nação. 

    Pensem nisto. Evidentemente, o mesmo teor do comentário, vale para as Assembleias Legislativas. 

    O que quero dizer é que o eleitor deveria analisar se o representante que ele está elegendo produzirá leis e fiscalizará o Executivo na forma em que ele, eleitor, gostaria de fazê-lo. Entendo que nem sempre os eleitores compreendem que, ao votar, nada mais estão fazendo do que assinar uma procuração praticamente em branco para aqueles a quem estão outorgando a procuração/voto. 

    De um outro Legislativo, vem uma situação fática emblemática para os dias atuais: como, por exemplo, o cidadão gostaria que seu representante votasse no caso do julgamento do vereador Renato Freitas? A simples resposta me parece, com simplicidade, representar todo o teor do comentário. 

    SENHOR PRESIDENTE TICO KUZMA 

    Aquele Agravo que deu todo o oxigênio que deu para o Renato Freitas foi feito por quem? Quem é o responsável? Vai ficar por isso mesmo, Tico? 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI:

     Senhor tende piedade de nós, afaste Covid, dengue, varíola do macaco, e espalhe Sua bênção pelo povo brasileiro. E sei que sempre está muito Ocupado, mas se tiver um tempinho, por menor que seja, mande uma luz pro Alto da Glória, senão a série B chega. Amém. 

  • A FIDELIDADE OU INFIDELIDADE PARTIDÁRIA. ATUALIDADE!
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio me parceria com o Jornal Impacto-PR – 20/05/2022

    Nesta semana o tema da fidelidade ou falta dela veio à baila com força, porquanto a chamada terceira via ou frentona resolveu defenestrar o Calcinha Apertada e o pau comeu na casa de noca, com friquiques  nunca dantes visto neste País com plumas paetês espalhados e até mesmo com possível convocação do IBAMA em face de bullyng e maus tratos a tucano paulistano. De fato, o Calcinha que a tudo trancou e fechou, melhor escrevendo quase tudo trancou, ganhou a tal destrambelhada pré-convenção partidária do Milk Today, e nesta etapa exige ser candidato a Presidente! Mais do que nunca o PSDB sendo o PSDB! Seus pares de Partido, todavia enxergam a inutilidade de gastar a fortuna de dinheiro do povo brasileiro que eles tungaram do povo, na forma de financiamento eleitoral e preferem o rachidão que farão com MDB e outros.   O que pensam a respeito os estudiosos que se debruçam sobre o tema:

    “Analisando-se desse prisma, infere-se que a fidelidade partidária apresenta-se como um aspecto indispensável para o fortalecimento das instituições políticas, pois ao longo dos tempos viu-se a supervalorização do candidato em detrimento do partido, uma situação originária da migração partidária que preceitua finalidades muitas vezes pessoais ou eleitorais e permitem a ausência do compromisso com os programas partidários. Com esse panorama, alguns esforços foram votados pelo Legislativo, pelo TSE e pelo STF na tentativa de valorizar a fidelidade partidária. O passo mais ousado foi dado pelo TSE, como forma de resposta à Consulta nº 1.398 (BRASIL, 2007), formulada pelo PFL (Partido da Frente Liberal, hoje DEMOCRATAS), dando nova interpretação às normas constitucionais quando reconheceu que o mandato pertencia ao partido e não ao candidato eleito. Nesse prisma, verifica-se uma incoerência, já que estruturalmente, ao propiciar eleições proporcionais para as Casas Legislativas e ao mesmo tempo não criar mecanismos que prestigiem a fidelidade partidária, de modo que a distribuição eleitoral proporcional confere representatividade partidária que atribui o mandato ao partido e não ao candidato. O que na maior parte dos casos, por conta da eleição proporcional, o candidato necessita da maior parte dos votos direcionados à legenda para que seja obtido o sucesso na sua disputa, ressaltando-se ainda que aqueles que conseguem atingir o quociente eleitoral de qualquer que seja a maneira, serão beneficiados nos seus partidos. 

    A Lei dos Partidos Políticos (BRASIL, 1995) que regulamenta os dispositivos da Constituição Federal estabelece o instituto da fidelidade partidária e sua disciplina, conforme transcreve-se a seguir: A) Em seu artigo 15 estabelece que o estatuto do partido deve conter, dentre outras, normas sobre: “fidelidade e disciplina partidária, processo para apuração das infrações e aplicação das penalidades, assegurado amplo direito de defesa . B) No capítulo V dessa lei, em seu artigo 23, vê-se abordada a fidelidade partidária e sua disciplina, prevendo que “a responsabilidade por violações dos deveres partidários deve ser apurada e punida pelo órgão competente, na conformidade do que disponha o estatuto de cada partido. C) E, em seu artigo 24, estabelece que “na Casa Legislativa, o integrante da bancada do partido deve subordinar sua ação parlamentar aos princípios doutrinários e programáticos e às diretrizes estabelecidas pelos órgãos de direção partidários, na forma do estatuto. Observa-se, que os dispositivos legais acima ressaltados consagram de forma clara o instituto da fidelidade partidária. Já com relação às sanções decorrentes da infidelidade partidária, o art. 25 da referida lei (BRASIL, 1995) é capaz de estabelecer as disposições de punição aos violadores das regras acima mencionadas, prevendo-se a possibilidade do estatuto inferir punições desde a suspensão do direito de voto nas reuniões internas até o desligamento do filiado da referida agremiação, conforme visualiza-se no que segue: Art. 25 O estatuto do partido poderá estabelecer, além das medidas disciplinares básicas de caráter partidário, normas sobre penalidades, inclusive com desligamento temporário da bancada, suspensão do direito de voto nas reuniões internas ou perda de todas as prerrogativas, cargos e funções que exerça em decorrência da representação e da proporção partidária, na respectiva Casa Legislativa, ao parlamentar que se opuser, pela atitude ou pelo voto, às diretrizes legitimamente estabelecidas pelos órgãos partidários”.  (fonte

    http://www.publicadireito.com.br/artigos/?cod=b139aeda1c2914e3)

    Como fica bem fácil de concluir neste 2022 vamos assistir de novo Pedro que é do Partido do Paulo  pedindo votos para Ernesto que é do Partido do Zé! Definitivamente a política brasileira transformou-se numa terra de ninguém, onde prevalecem os espertos sem compromisso ideológico e ou moral. 

    BOLSONARO EM CURITIBA 

    estará em Curitiba prestigiando a tradicional Marcha para Jesus, que é um evento que congrega cristãos evangélicos de todas as denominações, e que na sua tradição busca evangelizar e cada vez mais inserir na sociedade o sentimento fraternal. Importante que o Presidente da nação esteja cada vez mais próximo de ações que aproximem a sociedade da família e dos bons valores. 

    UMA INCÓGNITA 

    Até o momento em que escrevo, não se tem a confirmação da presença do Governador recepcionando os que marcham por Jesus. Pessoalmente acredito na presença do Chefe do Estado, porque é hábito na Marcha que ela dê uma parada homenageando o Prefeito Municipal em frente à Prefeitura, e termine na Praça Nossa Senhora de Salete, sendo os marchantes habitualmente recebidos pelo Governador. 

    A JUÍZA E O ERRO IRREPARÁVEL 

    A Juíza da 5ª Vara de Fazenda Pública de Curitiba, no afã de defender um direito que lhe foi exposto de forma parcial, corre o risco de causar um prejuízo irreparável para a Câmara Municipal de Curitiba e para a história da Justiça Paranaense como um todo. Eu explico: as medidas inaudita altera pars podem e devem ser concedidas sempre que as caracterize a reversibilidade e a certeza de que sua concessão não causará danos irreversíveis. Ora, o caso do vereador Renato obedece a prazos regimentais: vale dizer que o prazo do seu processo é peremptório e se encerra no dia 22 de maio do ano de Cristo de 2022. 

        Ao impedir em decisão em sede de liminar ainda que parcial, a Sessão que cassaria (ou não) o vereador, a ilustre Juíza pode prejudicar em sede definitiva a cassação (ou não) do dito parlamentar. A realidade é que a moda imposta pelo Supremo Tribunal Federal de intervir em outros Poderes não causa mais mal só nas decisões de Brasília. A presente intervenção, como eu já escrevi, pode sim tornar-se irreversível. A cassação (ou não) que seria decisão desta quinta-feira poderia ser revertida a qualquer tempo, retornando o vereador ao exercício regular do seu mandato – se fosse o caso. 

         Quero crer que a ilustre Juíza de primeiro piso tenha sido iludida na sua melhor fé. É de esperar que o Tribunal que certamente já está demandado pela Câmara Municipal de Curitiba corrija o erro in quaestio. Louvo-me deste comentário sobre o Judiciário para, aproveitando o ensejo, lembrar ao ilustre Corregedor que existem Varas de Família e Sucessões, setor em que o direito tem sido mais direito para alguns – não raras vezes com desprezo e escárnio para os fatos, e para a devida aplicação da lei a tempo e modo. Uma verificação in loco do que ocorre seria justa e apropriada, ilustre Corregedor. 

    PESQUISAS 

    crédito:Roque Sponholz

    Aguardamos com ansiedade a pesquisa anunciada sobre Governo do Paraná e Senado da República. Fatos novos, como por exemplo a adesão do Presidente Bolsonaro à candidatura de Paulo Martins e a entrevista de Felipe Barros que confirmou sua pré-candidatura, podem ter influído na opção do eleitorado. Também é um bom momento para aferir se a estratégia de Cesar Silvestri provocou algum tipo de resultado.  

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI:  Em favor da Justiça, para que Deus ilumine as decisões judiciais. Amém.

  • O SENADO TEM DEFINIÇÃO COM PAULO MARTINS. BOLSONARO E RATINHO JR. NA CAMPANHA!
    Coluna semanal de Ogier Buchi na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 13/052022

    O que já havia sido definido há mais de mês veio à tona em Maringá! É muito comum que políticos e seus grupos de apoio busquem holofotes no período que antecede as Convenções partidárias oferecendo seus nomes para disputas majoritárias. Isto produz um efeito catalizador de votos, em face de publicidade produzida pela frequência midiática. 

    Todavia como ensina a política existe a história da “vez”! Meses atrás dialogando com um grande líder do PP o mesmo afirmou a mim categoricamente que a “vez” neste tempo “é do Paulo Martins”! 

    Mais uma vez estava certo o líder político. Nesta quarta-feira (11) em evento espetacular que a gente maravilhosa de Maringá deu de presente a Jair Bolsonaro,  no estilo que o consagrou o Presidente da República chamou a luta para ao seu lado construir uma vitória da ordem e progresso o seu companheiro de há muito o Deputado Federal Paulo Martins.  

    Não enxergo no atual cenário outro nome além do atual Senador Álvaro Dias, atual líder absoluto das pesquisas como adversário real de Martins. 

    A disputa entre ambos será extremamente importante para mostrar ao eleitor do que é feito um Senador, para que ele serve e, sobretudo o que o povo deve esperar dele uma vez eleito. O que esperar do futuro, simples assim! 

    Bolsonaro e Paulo Martins

    Paulo Martins e Ratinho Jr.

                         CURITIBA EM ORDEM E PROGRESSO 

    Na terça- feira (10) Curitiba através dos representantes legais de sua população mostrou o que pensa e como age. Lembro que na Democracia e na forma atual de praticá-la em nosso País temos um sistema de governo em que o Legislativo através de sua proporcionalidade representa de forma efetiva mercê seus votos, o pensamento de todos! 

    Bem assim foi submetido ao Conselho de Ética da Câmara Municipal vereador eleito por cerca de três mil eleitores, que insiste em conduta fora dos padrões e nesta forma de agir é reincidente. Aparentemente o cidadão que se aproxima dos quarenta anos, imagina que seu proceder “out sider” o aproxima dos jovens e de bandeiras de minorias. 

    Estabelecendo que bandeiras de minorias e de constante mutação tão próprias de sociedades jovens como a brasileira são e serão sempre bem vindas, reitero que há maneiras e formas de praticar estas ações cidadãs. 

    O cidadão Renato em mandato de vereador resolveu testar o sentimento médio do povo de nossa cidade e infringiu mais de vez a conduta ética exigível de sua posição parlamentar. 

    Manifestou-se a sociedade organizada de forma manter o axioma constante da Bandeira pátria, a saber, ordem e progresso e aplicou em sede de Comissão a pena máxima ao edil. 

    Reserva-se uma segunda etapa de manifestação da sociedade via Plenário, onde se espera ainda uma vez a vitória esmagadora da sociedade em desfavor de infração a lei e a desordem como prática. 

    ORDEM E PROGRESSO 

    Renato Freitas

    Mais do que o julgamento de um adulto que insiste em atitudes infantilizadas e absolutamente irresponsáveis o povo, via sua representação antecipou o julgamento de duas propostas tão defendidas em seus segmentos mais presentes nos dias atuais.  E frise-se, se enfatize e o que mais se puder fazer para desmistificar aquele discurso falacioso de “negros, pobres e prostitutas” lembrando que o vereador recebe muito bem, carro com combustível na porta e tem dois, repito dois cursos superiores, além do fato de sua raça jamais ter sido citada em qualquer momento do processo! Gostaria que os intransigentes defensores do vereador me enviassem e oficialmente me comprometo a publicar projetos de lei, leis, ações de fiscalização encetadas pelo vereador em quase dois anos de mandato. Faço empenho em destacar que o vereador Renato recebe cerca de R$18.000,00(dezoito mil reais de salário mensal) e seu gabinete assim como os demais custa 93.973,00(noventa e três mil novecentos e setenta e três reais) por mês. Portanto este rapaz já custou para cada cidadão curitibano um milhão quinhentos e noventa e sete mil quinhentos e quarenta e um reais! Fez o que em retribuição?  

    Sim, de um lado à esquerda e seu representante que prega a desordem, a escola politizada a invasão a Igreja a proteção do menor que mata para roubar celular e outras tantas sandices defendidas pelos lideres do segmento. 

    De outro a sociedade que luta para vencer os atrasos e as dívidas econômicas e sociais de mais de vinte anos e que deseja um futuro decente digno para seus descendentes! 

    A manifestação expressa da Câmara Municipal foi sem embargo a melhor pesquisa de desejo e intenção da cidadania. Ordem e progresso! 

                        O QUE SERÁ O AMANHÃ? 

    Não sei quantas vezes já fiz a pergunta imortalizada pela música cantada pela Simone, mas escrevo-a novamente porque sinto que continua senso a grande pergunta que o cidadão se faz da hora da barba a hora do travesseiro! 

    O tempo passa e voa outra frase feita e a angústia do porvir nos assalta e sobressalta e o que nos espera nos assombra!  

    Tenho cá para mim, que poucas vezes na história nos deparamos com momento decisório tão relevante para nossas vidas. Quando assisto as manifestações do vociferante Lulla e dos seus “cumpanhero”, me percorre a coluna vertebral um frio que me aterroriza. A alternativa que este senhor representa se me afigura com uma sociedade brasileira destroçada em sua estrutura e seus conceitos civilizatórios. Muito mais que a submissão econômica tão perseguida pela Nova Ordem Mundial e seus donos tipo Soros e Gates, me assusta a submissão da nacionalidade, o conceito de povo de nação livre tal como a amamos. Lulla representa a nação “sud americana” que ele almeja comandar.  O dinheiro que desviou do BNDS e de outras fontes para financiamento externo prova tal estratégia. 

    O que assisto hoje é um grupo de pessoas que por motivos pessoais se ressente do “statu quo” vigente associada com um único objetivo que é derrotar Bolsonaro e o que ele representa. Destarte políticos de variadas matizes e passados obscuros, Paulinho da Força, por exemplo, Membros da Justiça capitaneados por Alexandre de Morais e Barrozito, e inúmeras figuras da imprensa e artistas globais em especial, atacam dia e noite o Governo. Ocorre que não dissociam o Presidente Jair Bolsonaro do interesse nacional e de um tudo fazem para obstaculizar o progresso da Nação. 

                  IMPORTÂNCIA DO LEGISLATIVO 

    Lula e Bolsonaro

    Como os dois candidatos ponteiros das pesquisas Lulla e Bolsonaro têm feito questão de destacar a eleição do Legislativo será fundamental nesta etapa da vida nacional. Inobstante o sistema presidencialista possa dar uma visão de comando efetivo e absoluto, isto não é real. 

    Com efeito, os Governadores são reféns absolutos das Assembleias e o Presidente não é menos refém do Congresso Nacional.  

    É preciso lembrar ainda que brevemente de quanto o atual Governo Federal foi atrapalhado na sua marcha pela recuperação da economia com o irresponsável e criminoso “fique em casa a economia a gente vê depois”. 

     O Supremo Tribunal Federal, claro com Lewandowski e demais companheiros togados, é o maior entrave para o desenvolvimento nacional, e este também só podemos mudar votando e elegendo novos atores para o Senado. 

    Voltando as Assembleias e a Câmara Federal, vale enfatizar que a esquerda atuou grandemente nas casas acuando mediante atuação da mídia de esquerda, capitaneada pelo jornalismo da Globo, os parlamentares que amedrontados uns e comprometidos com a esquerda retrograda outros trabalharam contra o Brasil. 

    Se você duvida de meus argumentos te convido a ler a decisão que inocentou o Ministro da Saúde Pazuello das acusações infundadas contra ele. 

     E nós pagamos ao canalha Renan e seus iguais inclusive ao saltitante Randolfito mais de oitenta milhões para eles bancarem os três patetas e trabalharem contra o povo. A forma de mudar isto, de mudar esta palhaçada chamada emenda parlamentar que afronta a dignidade e o bom senso e serve de fonte de enriquecimento ilícito para parlamentar ladrã, que não são todos é claro, mas existem é sem embargo mudar de forma abrangente a constituição das casas. Elegendo parlamentares comprometidos com a construção do País que represente uma pátria acolhedora e que ofereça condições reais de emprego e renda. 

     Que ofereça segurança ao cidadão. Educação de qualidade sem compromisso ideológico. Liberdade de opinião de pratica religiosa. Universidade voltada para ensino e pesquisa! 

    ENFERMAGEM 

    Finalmente a Enfermagem recebeu tratamento devido: 

    “O momento é histórico para mais de 2,5 milhões de profissionais da ciência do cuidado em todo o Brasil. Após mais de 30 anos de luta da categoria, o Senado acaba de aprovar a regulamentação do piso salarial nacional da Enfermagem. Por unanimidade, o plenário aprovou a emenda substitutiva da senadora Eliziane Gama (Cidadania/MA) ao Projeto de Lei 2.564/2020, de autoria do senador Fabiano Contarato(Rede/ES) e de relatoria da senadora Zenaide Maia (Pros/RN). De acordo com o texto, o piso salarial de enfermeiras e enfermeiros deve ser fixado em R$ 4.750, técnicas e técnicos deverão receber, no mínimo, 70% desse valor e auxiliares e parteiras, 50%. Os valores deverão ser reajustados anualmente, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)”. 

    Está notícia compilei do Senado com a alegria de quem reconhece na nobre profissão da Enfermagem a certeza de que o ser humano pode ser sempre melhor.  

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

     Em favor de toda a Enfermagem brasileira, com gratidão! Amém 

  • PERÍODO PRÉ-ELEITORAL DE 2016
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 06/05/2022

        Escrevi o texto que abaixo reproduzo em período pré-eleitoral no ano de 2016, eleições então municipais. Seis anos se passaram muita coisa mudou, a mocidade está mais ativa do que nunca, irrequieta e ouso dizer sem bússola, porquanto a geração que a antecede foi formada pela Universidade de Freire e ou pela rua tomada, ora pela amargura, ora pelo narcotráfico mais organizado, enraizado e influente do que nunca! O que mais ouço dos jovens é a opção pelos aeroportos, quando não pelos portos! 

        De fato, o desserviço prestado pelos políticos profissionais e pelo Supremo Tribunal, impediram o Brasil de crescer no ritmo desejável nestes últimos três anos, isto em análise intra fronteiras e em apertada análise sobre fatores exógenos a recente guerra tem peso preponderante neste momento histórico. 

       Avulta, todavia analisar a guerra mundial travada em relação a uma inusitada e até agora não explicada pandemia que matou milhões e sufocou a economia mundial. 

    Se o leitor atentar para o que escrevi percebera com nitidez que nada mudou em relação ao comportamento dos políticos, mas nada mesmo. 

               Parece que as mensagens de 2018 não foram recebidas! 

    “Esclareço que não fujo ao rótulo de político, porque se não ocupo cargo eletivo foi porque perdi a eleição de 2014, o que nem de longe me absolve da tentativa de estar sentando na cadeira de Governador do Paraná. Portanto não me acho melhor que qualquer político eleito! 

    Mas tenho o direito de ousar e sonhar com eleições em que se privilegie o plano de governo dos senhores candidatos. Eleições onde em sede de preliminar provemos ter apreendido algo com os inúmeros profissionais que deram muito de si e de suas famílias para melhorar o “status quo” nacional, mercê da atuação de cada um deles na Lavajato. Do mais humilde ao mais importante todos eles sacrificaram-se em nome da pátria amada Brasil! 

        É hora de lhes devolver algo. Como bem sabemos na forma de votos decentes, conscientes e comprometidos com o Brasil melhor. Lembro que tudo começa nos municípios, onde de fato vivemos, portanto exercitamos a nossa cidadania. 

                                    2016 

       O início da campanha aqui em Curitiba demonstra claramente que pelo menos os políticos e seus representantes diretos nada apreenderam ou propositadamente de maneira bakuniana insistem nos modelos já condenados pela sociedade, que por certo exigirá um comportamento minimamente decente. 

    Conchavos históricos se repetem nesta caminhada inicial. O uso inicial das redes sociais foi criminoso, e de pronto repelido pelo Judiciário. A única pesquisa divulgada, teve um resultado contraditório e me parece ter contaminado o pleito, pois sustentou os conchavos, em especial os palacianos, do Iguaçu e até mesmo os do 29 de março! 

         Só a simples perspectiva de associação de alguns homens e mulheres causa estupefação a um tempo e desprezo imenso por eles!”

    Como é muito fácil de notar mudam os nomes não muda o hábito ou a conduta! 

                         O ESCÂNDALO DANIELA MERCURY! 

    PREFEITURA DE SÃO PAULO PAGOU R$ 100 MIL PELO SHOW

    Sou do tempo em que se fazia política em comício, política que obrigava o candidato ao contato com o povo. Mais do que isto, acompanhei a evolução dos comícios que se transformaram em showmícios, que serviam para a apresentação dos candidatos e que davam alegria ao povo, especialmente o de menor poder aquisitivo que assim podiam ver de perto os grandes ídolos populares vis a vis! 

       A classe política houve por bem deliberar com o Judiciário em algum lugar do passado recente e acabaram-se shows, brindes, camisetas enfim a redistribuição de riqueza que assim de alguma forma retornava ao povo o seu suado dinheiro. 

    Então é terminantemente proibido! Menos para Mercury e seu candidato Lulla da Silva! 

                                                O ESCÂNDALO 

    O maior descalabro, entretanto não é o crime eleitoral incontestável. É o crime contra o povo da cidade de São Paulo que pagou cem contos pelo showmício para Lulla da Silva. A artista não tem culpa objetiva no que tange ao peculato, mas tem culpa pelo fato de mentir ao Brasil afirmando que ali estava por amor ao País e graciosamente. A pouca presença de público atestou a impopularidade do “Líder absoluto das pesquisas” e a baixa penetração da veteraníssima cantora. Não sei de que o vexame é mais consistente: do velho e cansado Lulla, ou da cansada de guerra avó baiana! 

                      A RESPONSABILIDADE 

    O Prefeito de São Paulo, ilustre desconhecido dirigiu-se ao povo, via imprensa, afirmando que o dinheiro foi oriundo de emendas parlamentares de vereadores da Solidariedade e do PT. 

    Desconheço o regime legal de aplicação de dinheiro público de emendas de vereadores de São Paulo, mas sei que não pode fugir a legislação aplicável ao dinheiro público. A justificativa do alcaide paulistano foi de puerilidade assustadora. Disse que o valor pago a artista era “de mercado”. Com efeito, o tempo passa o tempo voa e a turma acha que continua numa boa. 

    Este pessoal do PT, que foi beneficiado pela alicantina jurídica que isentou de pena seu candidato começa de novo a mostrar suas intenções em relação ao erário!  

                                              A SOLUÇÃO 

    Claro que solução para uma cultura arraigada de impunidade e patifaria sempre será de longo prazo. Mas é inequívoco que somente em três anos as coisas já melhoraram e muito. O fato de estatais fecharem balanços com lucro em tão pouco tempo é a prova inconteste. Outros tantos exemplos de investimentos mostram que o Brasil tem condições de oferecer aos seus cidadãos condições de vida de boa qualidade. Sabemos e bem que a distribuição de riqueza sempre foi e continua sendo desafio, que a equidade entre todos os cidadãos com competente inclusão é objetivo a ser continuamente perseguido, mas também sabemos que o País esta avançando. O aperfeiçoamento das relações sociais passa especialmente pela mudança de hábitos e mentalidade. A solução esta em manter o que vai bem e mudar o que não vem funcionando no Legislativo e no Judiciário. 

    Não se trata de um sonho, senão do exercício de um direito, a saber, o direito/dever do voto. Importante frisar que acredito em mudança de atores, jamais em ataque a instituições, que salvaguardam a Democracia e o estado de direito vigentes.  

    Mudando a escalação do Senado, elegendo Senadores comprometidos com o interesse da maioria do povo brasileiro faremos andar os pedidos de impedimento de Ministros do Supremo, o que de per si solucionará de imediato a crise de topete mesmo em desfavor dos que não tem topete! 

    Tenho convicção pessoal que impedido um ministro os demais voltarão ao exercício normal de suas funções jurisdicionais na forma do comando constitucional. 

    REGIONAIS 

                    BOLSONARARISTAS DE OCASIÃO 

    Primeiro foi o aparecimento de Lullistas de ocasião logo depois da adesão de Bob Champagnat (Requião) ao PT. Nesta etapa aumentaram os adesistas à  Jair, em especial depois do sucesso da estada no Norte. Natural, pois assim agem os que partiam política pelo poder e vantagens pessoais. Cabe ao eleitor ter a preocupação de escolher bem. A visita a rede social e ao comportamento histórico de cada política pode sempre ser um bom indicativo. 

                                                ELEIÇÕES  

    Está claro o quadro de candidatos ao Governo neste momento. Ratinho Jr., Roberto Requião e César Silvestre  na pista. Com a presença do candidato Ciro Gomes, neste final de semana, poderemos ter alguma novidade, posto ser imperativo para presidenciáveis palanques locais. No campo do PODEMOS que tem os três Senadores do Estado, a pasmaceira é absolutamente inexplicável. Qualquer um dos dois que tem mais quatro anos pela frente, Arns ou Oriovisto deveria ser convocado pela sigla para candidatura ao Governo. Sem embargo tal atitude garantiria ao partido cadeiras estaduais e federais. 

                                                   SENADO 

    Ainda que perdurem dúvidas até as convenções partidárias está se consolidando a união em torno de um só nome que terá o apoio de Ratinho Jr. e m Bolsonaro. Trata-se do Deputado Federal Paulo Martins, inobstante ainda se fale nos  nomes de outros pretendentes. Não há como ignorar que o Senador Álvaro Dias,  é um articulador de ponta e ainda busca apoio oficial. No MDB o candidato natural é o ex Governador Orlando Pessuti que está no trecho e sempre merece respeito. Existe uma grande dúvida em relação ao candidato petista que ser sempre alguém orgânico.

    VICE GOVERNANÇA 

    Renato Adur

    Alvo de inúmeras dúvidas. Palacianos sussurram Renato Adur (MDB). Até as paredes confessam. Sem esquecer naturalmente as qualidades de Darci Piana. O Governador neste caso parece técnico de seleção de qualidade. Está bem servido. 

                                           ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Salve as almas. Amém! 

  • BRASIL MOSTRA TUA CARA
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 29/04/2022

    Então o festejado compositor previu e com razão que o BRASIL teria sim que mostrar sua cara. Mostrar suas imensas e incontáveis qualidades e vantagens naturais, e que também que é e do que é feito seu povo sua gente.  

    Brasil
    Mostra tua cara
    Quero ver quem paga
    Pra gente ficar assim
    Brasil
    Qual é o teu negócio
    O nome do teu sócio
    Confia em mim 

    Já Buarque de Hollanda consagrou a descrição do cidadão brasileiro médio na sua visão histórica e pessoal:

    Equivale a um disfarce que permitirá a cada qual preservar inatas suas sensibilidades e suas emoções. ”  

    O “homem cordial” é, portanto, um artifício, um ardil psicológico e comportamental, que está incrustado em nossa formação enquanto povo. É por isso que Sérgio Buarque diz, também, que: a contribuição brasileira para a civilização será o homem cordial”. 

    Juntando os dois a conclusão nos permite enxergar um povo culturalmente refém de disfarce e impostura e que se recusa a dizer qual é o seu negócio, de mostrar sua cara e, sobretudo de esclarecer quem é o seu sócio. 

         Exatamente decorrente desta formação é que faz sucesso um tipo comum na nossa vida e em especial na vida pública brasileira. Refiro-me e é “aí que me refiro” a Rodrigo Pacheco, mineiro o que avulta sua astúcia, pois sabidamente os mineiros políticos se destacam em sua capacidade de preservar emoções. 

          Dito isto, vamos aos fatos atuais: o BRASIL vive uma crise institucional jamais vivenciada entre os Poderes constituídos no caso Executivo e Judiciário. Com efeito, o Judiciário está sofrendo de dois males. Enfatizo que me refiro ao STF e não as demais instâncias do Judiciário. Os males, os dois são a judicialização e neste mal o agente causador é o Legislativo fraco, pusilânime e mal intencionado, má intenção advinda de posição partidária, e um pecado capital dos Ministros, a saber, a vaidade! 

    Destarte a qualidade da prestação jurisdicional, ou seja das decisões é contestada pelo mundo jurídico de há muito, sendo comum o sentimento de que a atual formação do STF é a mais fraca da história da Corte. E tornou-se fraca pelo seu compromisso ideológico e pela necessidade quase patológica de aparecer na mídia! Os Ministros foram acometidos do mal da verborragia jurídica, e lhes compraz ver suas próprias imagens na mídia, em especial televisiva, o que conduz a antecipação de votos e mais sustentação de voto com posição ideológica claramente assumida. Pois provo o comentário com números, que reproduzo agora. O Senhor Alexandre de Morais tem 29 pedidos de impeachment, o carioca Barroso tem 13 e Toffoli 11 pedidos, o leitor consegue aquilatar então o prejuízo que o cordial Rodrigo Pacheco CAUSA À PÁTRIA, praticando a incúria e a inépcia deixando de processar os pedidos? 

    Estivesse um dos três citados impedido e o Tribunal já teria voltado a cumprir sua obrigação que é julgar causa na forma do artigo 102 da Constituição. 

    Lembro que Pacheco tentou ser candidato a Presidente da República, o que sem embargo comprova a prática de não mostrar a cara. Quando mostrou, aliás, caiu do burro! 

    Para quem não sabe ainda porque as pessoas irão às ruas dia º eu reitero: para que finalmente fique claro que não aceitamos mais que brasileiros regiamente pagos pelo suor do povo brasileiro continuem a trabalhar nos seus cargos contra o interesse do País! 

    LULLA VIVE MOMENTOS DE INCERTEZA 

    Quando Lulla resolver atacar a decisão de um programa de realidades da Globo, o “big bodi” segundo pronuncia dele, o que estava atrás do despautério? 

    Não era simplesmente uma idiotice dentre tantas já verberadas pelo ex-detento. Não. Havia muito mais ali. Ocorre que como em Direito o malandro de muitas eleições busca uma inversão do ônus da prova. Porque agora ele quer colocar em cheque votações remotas e outros que tais. Nada que venha dos militantes comandados de José Dirceu é por acaso ou simples e direto! O que buscam nesta etapa é desconstruir a certeza da possibilidade de fraude nas urnas. Escrevi certeza da possibilidade conforme orientação daqueles que trabalharam como “amicus curiae” do Tribunal Eleitoral! 

     Parece-me que os Bancos e demais interessados na queda do atual governo fizeram uma análise consubstanciada em conhecimentos do inicio do século. Imaginaram que manipulando pesquisas e insistindo na mentira na fórmula Gobbeliana através da imprensa amiga e ou convertida e da classe (?) artística a população seria influenciada e o macuco estaria no bornal com a roubalheira institucionalizada rumo à nova ordem mundial. Todavia, subestimaram a força da rede social e a capacidade de entendimento do povo brasileiro! 

    Nesta etapa a esquerda enfrenta suas próprias contradições e imensas divisões internas. Não existe unidade inclusive em relação à orientação do marketing! Há que considerar que as grandes lideranças Dirceu e Lulla, sofreram o desgaste incomensurável de passar caneca na grade, o que de forma indelével marca o prisioneiro e sem embargo mancha seu currículo. Em especial, quando os prisioneiros em questão não foram absolvidos, tão somente as alicantinas jurídicas lhes garantiram retorno ao palco político! 

    O PARANÁ E SUA FORÇA NO AGRO! 

    Na terça-feira (26), aconteceram as eleições para as Comissões da Câmara Federal que como todos sabem são temáticas. Para os interesses de nosso Estado a de Agricultura tem especial relevância considerando a participação do Agronegócio paranaense em nosso PIB bem como desta participação no PIB nacional. Inobstante os holofotes estivessem direcionados a resposta da Casa ao STF, a eleição do Deputado Federal Fernando Giacobo à Presidência têm que ser destacada. 

    Nas Comissões efetivamente são tratados os interesses dos segmentos ali especialmente representados. Bom para o Paraná! 

    RESPOSTA AO STF 

    Bolso, Alexandre, Daniel e Barroso….

    Como se sabe parte dos deputados federais votou contra o deputado Silveira, por entender e divergir de sue comportamento no que seria o balizamento ético de um parlamentar. Todavia o comportamento intervencionista e extremamente invasivo dos Ministros ativistas do Supremo assustou e muito mesmo os críticos mais exacerbados de Daniel. 

    A Câmara deu um recado claro e explícito ao Tribunal, lembrando que as atividades e atribuições dos Poderes são disciplinadas em sede constitucional, que seria assim dito pela minha tia Sophia no campo da Galícia: “cada macaco no seu galho”!

        Assim albergou o Daniel Silveira em 4 Comissões. Dito isto, claro está que o Parlamento “largou mão” do Supremo, que agora está na alça de mira do povo. 

    REGIONAIS 

     O AGEISMO ELEITORAL 

     Chamo-me a atenção o esforço desproporcional feito pelo TSE no sentido de chamar para a titulação eleitores da mais tenra idade. Ao mesmo tempo uma insidiosa Campanha nas redes sociais do partido de adoção do ex-presidente e do atual da corte eleitoral, “informando” que eleitores de mais e setenta anos não mais votariam em 2022! 

    Pois bem. Os números não mentem. São trinta e dois milhões os brasileiros com mais de 70 anos, e trinta e oito milhões os de mais de sessenta. Colégio eleitoral de 70 milhões de votos!  

    O sempre eficiente, eficaz e profícuo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná informa que não houve cancelamento de títulos eleitorais de eleitores com mais de 70 anos. FAKE NEWS. 

    A  discriminação ínsita na notícia falsa é prática de ageismo sistema de preconceito que indivíduos têm contra outros em função da idade.    

    SEGURANÇA 

    Wagner Mesquita

    Mais uma vez Wagner Mesquita é chamado para resolver a questão da Segurança Pública no Paraná que deve ser analisada sob dois vetores óticos. O primeiro como dever de Estado, e neste ver dividido em dois fatores indutores. O primeiro a questão da segurança publica sob as influencias mundiais e nacionais, onde se encontram narcotráfico e “novo cangaço” respectivamente. Nestes só acredito em sucesso qualquer que seja com ações de inteligência e repressão em esforços transnacionais e nacional no caso similar a Guarapuava, nossa amada e linda Guarapuava! 

    O segundo intrínseco a relação do Estado com o servidor publico policial militar ou civil, que evidentemente se encontra insatisfeito com o dito relacionamento. Considerando  a impossibilidade legal de dar aumento de qualquer natureza a servidor nesta etapa eleitoral fácil é concluir que a tarefa do novo Secretário será árdua, 

    Todavia Dr. Wagner Mesquita é homem muitíssimo preparado e já foi provado em situações anteriores, o que me permite augurar uma gestão profícua! 

     Parlamento como tem que ser 

    A ASSEMBLEIA VIVE ÓTIMOS MOMENTOS

     E por que eu afirmo isto? Porque a Assembleia é a casa do povo paranaense, e o povo como se sabe não tem unanimidade em absolutamente nada. Portanto, quando Requião Filho chama o líder do Governo para a briga (que no Parlamento sempre deve ser de argumentos) e exige dele comparação entre Governos Ratinho Junior X Roberto Requião os deputados estão justificando mandatos e salários. Quando Romanelli e Marchese divergem diametralmente dão vida à casa parlamentar. Quando a jovem senhora Deputada Mabel da um “chamadasso” no Deputado Marchese faz representando o segmento feminino. Quando Marchese afirma que não pedirá desculpas por não encontrar razão para isto faz valer a sua condição de parlamentar no uso de suas funções. 

    Viva o Parlamento que dá sinais de vida! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Pela vida. Amém 

  • CANGAÇO?
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 23/04/2022

    Manchete deve ser criativa, interessante e se possível “contar a história”, tudo isto com um mínimo de palavras. Na imprensa paranaense muitos foram os jornais que transformaram suas manchetes na essência do próprio jornal.  

    Em Curitiba era muito comum na década de 80, visualizar grupos de pessoas aglomeradas em torno de uma banca de revistas lendo as indefectíveis manchetes da Tribuna do Paraná, em especial as segundas feira! 

    Nesta semana a imprensa nacional viu aumentar seu desafio em função dos atos criminosos praticados na cidade de Guarapuava. E dê-lhe manchete! 

    Em verdade, já haviam acontecido ações similares em outros Estados em cidades de menor grandeza. 

    O próprio Ministro da Justiça influenciado pelas manchetes provavelmente nominou as ações de “novo cangaço”! 

    As ações de cangaceiros aconteceram entre os anos e 1920 e 1930 no sertão nordestino e mantinham certa ligação com disputas sobre propriedade, e eram executadas por grupos fortemente armados que agiam com estratégia e violência dominando até mesmo cidades inteiras. 

    O que ocorreu neste domingo (17) em Guarapuava foi um ato  com características de dominação com estratégia paramilitar e armamento moderno e superior as armas utilizadas pelas forças do Estado. Quando escrevo forças do Estado me refiro a nós os cidadãos, neste momento representados pelos heróicos policiais civis e militares que arriscam suas vidas para defesa do direito da cidadania! 

    Não quero discorrer sobre os atos ou ações em si, posto não ser especialista. Todavia, me sinto no dever de lembrar que o cangaço histórico guarda uma semelhança com o atual, especialmente no que tange a qualidade de armamento.  

    Claro, nos dias atuais existe um aparato tecnológico que pode e deve dar ao Estado condições de antecipação e prevenção aos atos destes criminosos. 

    Ainda assim, lembro que as ações criminosas do cangaço forma finalmente extirpadas quando as forças nacionais entraram em ação. 

    Ações de inteligência, Forças Armadas em conjunto com as Forças Públicas Estaduais e Municipais, lembrando que bandido bom é bandido “fora de combate”! 

    Quem passou pelos momentos de terror que os guarapuavanos passaram certamente concorda comigo! Crimes equivalentes ao terrorismo!  

    SINTOMAS DE VEZO ESTRÁBICO 

    Leio continuamente em blogs e jornalões da pauliceia desvairada e rio do funck, que a vitória de Bolsonaro será um desastre para a liberdade de imprensa e mais que os tanques estarão nas ruas pilotados pelo que os esquerdopatas chamam bolsominions! 

    Acho patético o estertorar desta turma. Nunca um Presidente foi tão violentamente perseguido pela mídia escrita, falada, televisionada e pela mídia alternativa. Nenhum, mas nenhum jornalista dos apaniguados dos esquerdopatas sofreu qualquer punição apesar dos seus, e aqui copio um dos termos básicos de suas narrativas “discursos de ódio” contra a autoridade maior do País. 

    Por outra ótica os artistas falam o que querem, pensam (?) e se manifestam com extrema liberdade. Nesta semana um dos ídolos deles, o Podre da Venezuela, que eles ainda acham Maduro prendeu sumariamente tipo Alexandre de Morais, uma mãe e seu filho por divergir na rede social do governo! Imagino que eles queiram que o governo que eles amam volte ao poder e que realmente extinga a liberdade de expressão como desde logo Lulla apregoa aos quatro ventos que fará!  

    E AS PESQUISAS. LULLA VAI OU NÃO VAI? BALANÇA MAS NÃO CAI? 

    Nestes últimos dias a panorâmica da eleição presidencial foi abalada por notícias recorrentes sobre o desempenho de Lulla e uma possível doença ou outra razão qualquer que viesse a justificar o desiquilíbrio verbal, que representa segundo especialistas de marketing  verdadeiro suicídio político. 

       Como em política vírgula é ponto ou vários pontos, os possíveis adversários desde logo buscam ocupar  espaços eventualmente abertos. 

       Ciro desde logo se pôs a disposição para possível substituição. Não vejo contradição na apresentação do mesmo posto ser um representante dos puxadinhos do PT, assim como o são o PSOL e Rede! 

    Por outro lado há uma efervescência no nome do Milk Today que abandonou o povo do Rio Grande do Sul para ser a opção da Nova Ordem Mundial  e se apresentar como terceira via, e eventualmente ser ungido pelos 27 por cento da população que não se consideram nem lá nem cá! 

    Assim o dia 18 de maio passou a ser emblemático para que descubramos definitivamente o que virá pela frente. Simone Tebet teve a coragem de tomar posição honrando o sobrenome e deixou patente que ou será candidata ou fica onde esta em silêncio obsequioso. 

    O fato é que abatido no seu voo galináceo Moro criou uma lacuna que permitiu ate a citação do nome de Bivar, o DPVAT! Piada de péssimo gosto! 

     Confesso-me preocupado com as intenções dos bancos e similares. Gente que almeja lucro e que via até então com certa tranquilidade seu objetivo na eleição de Lulla, tanto que investiram muito nas pesquisas e no apoio as ações de certos Ministros do STF. 

    As águas de março já rolaram, abril está turbulento e maio se avizinha, não menos turbulento, aliás. Creio fundamental ao cidadão nesta etapa vigiar e participar. Escolher seus candidatos com equilíbrio e seriedade, o exemplo recente do Chile onde a abstenção foi absurda deve servir de alerta. E escrevo mais, não basta prestar a atenção só na eleição presidencial! Necessário eleger de forma correta nas casas legislativas e nos Executivos estaduais. Depois não adianta reclamar como no caso do mineiro que preside o Senado e está amarrado até o talo com decisões judiciais de interesse profissional de seu escritório no STF. 

    Por esta e outras razões o País já promoveu o impeachment de dois Presidentes  e não consegue fazer o mesmo em relação a ministros do Supremo que tem dezenas de pedidos não tramitados no Senado. 

    Aproveito o ensejo para lembrar que a Constituição vigente tem que ser visitada na próxima legislatura posto ter tratado a época de direitos e muito pouco mesmo de deveres. Assim os privilégios de determinadas categorias tem que ser examinados e revistos se do caso for a favor da maioria da população que empreende e gera recursos! 

    Isto será possível com a oxigenação do tecido legislativo. Há que mudar e tem que mudar para melhor. Eleger bem e cobrar muito. 

    REGIONAIS                    

    LOCODOW: Pois não é de ver que o pessoal do locodow resolveu se candidatar. Soube que aquela senhora que fechou tudo em Curitiba e não saia da televisão aterrorizando tudo e a todos agora é candidata à deputada estadual. Só espero que não venha se apropriar das ações do Governo Federal e afirmar que é coisa e serviço dela! Até onde eu sei a municipalidade cumpriu a verticalização do SUS  e aplicou vacinas, sendo o município remunerado na forma da lei! Quanto à senhora ser candidata é um direito pessoal dela e nos cabe desejar sorte e que não encontre o Fábio Aguaio nem o Alexandre Leprevost no caminho! 

    PEDÁGIO: Todos sabem minha posição histórica quanto à necessidade de cobrar pedágio, como se faz em todo o mundo e mais do que isto, que tal necessidade seja atendida com a aplicação de preço justo em equação que beneficie a atividade privada e comtemple a almeja qualidade na prestação do serviço. Bem simples assim. Sem firula ou rococó! 

    Quanto à exploração política devo lembrar que já vivemos esta desordem tempo demais em terras paranaenses, em todos os governos desde a implantação do pedágio. A mais lembrada delas, por certo talvez pela frase bem cunhada fosse o “baixa ou acaba”, que não passou de parlapatice que custou caro aos cofres públicos em face de condenações em ações judiciais temerárias. 

    LINGUAGEM: Ouvi dizer que a linguagem protocolar pode mudar. Imagine você leitor que aquele insuportável “ bom dia a todos e todas” pode mudar e virar o não binário “bom dia todes”!  

    As pautas de minorias sempre serão dignas de análise e sobretudo a cidadania sempre, mas sempre mesmo deve ser exercida com vislumbre inclusivo. Reitero vislumbre que albergue, que inclua que permita aos diferentes entre si conviverem como iguais entre todos. 

    Por esta razão condeno aos que pregam a divisão, a separação enfim a segregação. Não estão a serviço da sociedade, estão a serviço de seu interesse de persona, e a serviço da desconstrução do tecido social idealizada por Antônio Granmsci, e seu ideólogo regional Pedro Caroço, conhecido com José Dirceu!

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

     CARLOS SIMÕES

    Conheci muito jovem ainda quando iniciou a Cabine da Esperança na Rui Barbosa ao lado de Carlos Massa, no inicio do Governo José Richa, já lá se vão 40 anos. Mais tarde fomos companheiros de CNT, já ao lado de meu querido amigo Iris Simões.  Há muitos traços positivos de Carlos que neste momento de perda e dor eu poderia destacar, mas escolho o seu tão demonstrado amor ao próximo como o que mais admirei sempre. 

    Homem de hábitos simples e modesto sob o ponto de vista pessoal foi um dos grandes da política regional e fecha as cortinas desta etapa lembrado como homem bom, ao som do acordeão magistralmente dedilhado pelo filho de quem tanto se orgulhava bem como de seus dois outros filhos! Amém 

  • QUEM PROCURA SEMPRE ACHA 
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 08/04/2022

    Lulla o ex-presidiário que faz campanha política livre, leve e solto, graças à atividade judicial de companheiros que hoje militam na Suprema Corte, pôs-se a imaginar que as pesquisa comandadas pela FEBRABAN, são verdadeiras e definitivamente representam o “cuore” do povo brasileiro, do efetivo povo brasileiro de sentimento de amor à pátria, a família, aos valores cristãos e a tudo que de mais caro constitui a tradição do Brasil. 

    Homem de valores morais rotos, rasgados senão inexistentes Lulla, investiu pesadamente contra tudo e todos, que se opõe a sua busca indecente pela volta ao poder. Quando me refiro à indecência de sua busca por óbvio não me refiro à tentativa albergada pela Democracia de qualquer cidadão buscar vitória em confronto eleitoral. Refiro-me ao conciliábulo de Ministros, imprensa, setores bancários e que tais, que buscam incansavelmente manipular a opinião pública desconstruindo de forma sórdida as realizações do atual governo. 

    Refiro-me a conduta pessoal de alguém descompromissado com a liturgia do cargo que ocupou de Presidente da República, que deveria cegamente observar, posto se regiamente remunerado por ter ocupado tal posição. 

    Este cabra vive à custa do trabalhador brasileiro, gerador de imposto e riqueza, e não teve a decência ou pejo de comportar-se com um mínimo de civilidade, não tendo hesitado por um segundo ao jogar brasileiro contra brasileiro, e incitar correligionários inocentes (massa de manobra) a que visitassem parlamentares contrários ao seu projeto de desconstrução de identidade nacional a que fossem nos lares de cada parlamentar ameaçar a eles e a seus familiares. A desfaçatez do sujeito é tão grande que se lembrou de ter sido deputado federal e que não atendia ninguém nem nenhum pedido, porque isto não tem relevância quando se esta em Brasília. 

    Creio firmemente que fez um grande favor a Pátria, pois se despiu da máscara de bom homem e revelou o   seu sentimento de rancor e ódio. 

    No dia seguinte ou se já na quarta feira resolveu atacar o tema aborto e a classe média brasileira. 

    Em relação à classe média encontra suas razões no fato de ter origem humilde e mercê de sua descompostura ter-se tornado milionário, filhos milionários e falecida companheira com herança declarada na Justiça de muitos milhões de reais. É comum em situações similares de enriquecimento que o novo rico se volte contra os de classe média que se mantiveram fiéis ao princípio de honestidade e respeito à lei. 

    Em relação ao tema aborto não existe novidade na pregação do petista que é historicamente contra qualquer tipo de valor cristão ou que defenda a família tradicional. 

    Todavia a tolice maior do canastrão foi proferida ainda na quarta quanto o imbecilizado afirmou que Deus todo poderoso seria petista. 

    QUEM PROCURA ACHA: ACHOU! 

    A imensa revolta dos parlamentares brasileiros encontrou eco nos diferentes legislativos estaduais e por óbvia muito maior intensidade na própria Câmara Federal. De imediato parlamentares ingressaram com ação objetivando salvaguarda de suas integridades físicas bem como de suas famílias. O Lulla a rigor repete seu mantra eternizado na sua canalhice e covardia de dividir a sociedade em nós e eles. Analisar seus pronunciamentos ao longo da história é comprovar sua estratégia, que consiste em enfraquecer dividindo para escravizar com maior agilidade e facilidade. Em passado recente por conta da submissão dos “socialdemocratas”, representados em essência por Fernando Henrique, Serra e similares, Lulla navegou em mar de almirante, e obteve sucesso consolidado sua estratégia e comemorando o sucesso no objetivo de escangalhar a sociedade brasileira. Claro, sempre ao fundo o eterno ideólogo, Pedro Caroço, o Jose Dirceu! 

    Nesta etapa, todavia ser de direita e conservador já não é mais motivo de chacota. Contrario senso, estar neste viés representa para milhões estar a serviço da Pátria e especialmente da liberdade desta Pátria. 

    LIBERDADE EM JOGO 

    Escrevo no dia do Jornalista, e faço questão de enfatizar que nesta etapa todo e qualquer jornalista brasileiro vivencia a mais plena liberdade de expressão. Friso liberdade plena e absoluta como pode se comprovar pela simples leitura de Folha, Estadão e tantos outros. Os jornalistas de grupos televisivos capitaneados por Willian Bolha da Rede Globo criticam o atual governo 24 horas por dia!   

     Todavia como se fossem contaminados pela síndrome de Estocolmo lutam com destemor e intensidade pela troca de governo apesar do seu ídolo Lulla da Silva repetitivamente afirmar que vai enquadrar a comunicação. Ora de suas bocas e penas sai o vocábulo fascista inúmeras vezes referindo-se a membros do atual governo. Fascista é quem ameaça como Lulla e seus sequazes estão fazendo! 

    DESCONVERSANDO 

    Gleyse foi a jantar com o mercado econômico segunda feira (04) em São Paulo. Está senhora é disciplinada no que tange a sua conduta como presidente de partido e ativista de esquerda. Estudiosa dos temas que seu grupo propõe, segue a risca o caderno petista! E o que diz este caderno no tem que mais interessa ao brasileiro? 

    Teto de gastos, reforma tributária e sobretudo controle de gastos são temas sensíveis. O QUE Gleyse propõe? Maior participação do Estado em tudo, tudo mesmo. Quer mais ou chega? 

    MORO E A INABILIDADE POLÍTICA 

    Muitos atacam o advogado Sergio Moro pelas suas atitudes políticas. Ocorre que este senhor não é nunca foi político. Desde tenra idade obedece a ordens, posto que aos 24 anos já fosse Juiz Federal. Engana-se quem pensa que não há hierarquia e ordem no Judiciário. Faço parêntese para afirmar que o Judiciário brasileiro é organizado e hierarquizado. Inclusive sempre valeu também para a Suprema Corte, que tão somente nestes últimos anos passou a ter ideologia político partidária. Sendo assim, Moro viveu suas decisões, inclusive as pessoais balizadas em ordens superiores. De repente, não mais que de repente mergulha nas aguas turbulentas e escuras da pratica política. Presa fácil foi vítima de suas próprias decisões, posto não ter experiência e habilidade na arte de iludir,  enganar e contar estórias. Recebeu dinheiro publico via Podemos e assinou com o União. Absolutamente lastimável. Como é jovem pode agora, iniciar em posto legislativo que é o que a política lhe oferece agora. Será certamente bem votado! 

    REGIONALMENTE A REPERCUSSÃO NA ASSEMBLEIA 

    Coronel Lee

    Então o Coronel Lee, que já enfrentou em campo aberto luta armada com o MST, mandou duríssimo recado a Lulla, o que provocou imediata defesa do campo de esquerda. Nota Oficial dos deputados petistas e do pacifista Goura Naturaj. Pois bem. Quem procura acha, e o ex-presidiário Lulla parece não ter percebido que a sociedade mudou e não está disposta a assistir sua destruição pacificamente como outrora aceitou. O foro de política regional que é a Assembleia Legislativa, ou seja o parlamento, reverberou em nome da população o que se pensa do lado de fora.  

    Como sempre o PSDB, através de seu representante buscou uma política de contemporização lembrando que se a cobra fumou em abril, em setembro incendeia o salão. Pois é, quem procura acha e Lulla ensandecido achou! 

    Na esteira de suas sandices da Silva atacou a classe média uma vez mais, ao condenar o consumo! O mesmo cabra que se vangloria de ter aumentado o poder aquisitivo dos pobres, o que é mentira a proposito, quer balizar gastos da população brasileira. 

    Por isto o parquinho interno do PT é fogo sem paixão. O pau está comendo na casa da Noca. Quem é do PT e em especial os de velha guarda sabem que minha afirmação de que a briga é intensa intra muros, corresponde a mais absoluta verdade. 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Pela família de meu inesquecível compadre Max Rosenmann que chora a perda do jovem Paulo! Amém 

  • A BUSCA PELA JUVENTUDE
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 01/04/2022

    Tenho lido com atenção e interesse as diversas manifestações relativas à jovem que atua no chamado mundo artístico e de entretenimento. Por óbvio, a jovem em questão atingiu o estrelato “urbi et orbi” e atrai tanto elogios quanto críticas, na proporcionalidade deste sucesso, como acontece com todos os famosos.

    Ocorre que neste momento ela atingiu o ápice das paradas e sua incontestável capacidade de influenciar a juventude brasileira rompeu barreiras.

    Pois neste momento, a artista que apesar de sua baixa formação educacional e moral é uma empresária admirável (especialmente pela sua capacidade de gerar resultado financeiro para si), resolveu se envolver de forma definitiva e frontal na atuação dos políticos brasileiros.

    Entende que deve contribuir convocando a juventude para associar-se a ela, em sua intentona. Chama, aplaudida por diferentes setores, os jovens para o título e o primeiro voto. Chama e clama para os jovens que ajam como ela e se associem ao seu sentimento político de aversão ao atual governo.

    Isto não é motivo do maior destaque, destaque é o sucesso que ela obtém. É o aplauso que recebe de ministros do STF, MINISTROS COM LETRA MINÚSCULA POR FAVOR, REVISOR! Os Lullistas veem nela uma arma poderosa de aliciamento do jovem eleitor. Os situacionistas perceberam tardiamente a importância da juventude.

    O “WE WANT YOU” BRASILEIRO

    Pablo, Luisa e Anitta

    Note-se que Anitta não está sozinha nessa jornada de arregimentar os adolescentes entre 16 e 18 anos a tirarem seu título de eleitor em 2022, justamente no ano em que Lulla está autorizado a concorrer ao cargo majoritário do Poder Executivo – que coincidência! Ao seu lado, também militam Luíza Sonza (ex do comediante Whindersson Nunes); Pablo Vitar; Ludmilla; a ex-BBB Juliette; e até mesmo o intérprete do Hulk, Mark Ruffalo ao retuitar Anitta (sempre ela!), a pretexto de uma maior participação política da juventude.

    Não é atual a estratégia de utilizar símbolos próximos ou simpáticos à juventude e ao povo em geral para arregimenta-los: em 1917 o governo estadunidense se utilizou da figura do Tio Sam para criar cartazes incentivando o recrutamento de soldados na Primeira Guerra Mundial, através da imagem emblemática e mundialmente conhecida do senhor de barba branca, vestindo as cores da bandeira americana, dedo em riste e o lema “we want you”.

    O “we want you” brasileiro utiliza-se da mesma ideia: personalidades da área artística, com influência nas mídias sociais e visibilidade (ainda que em menor amplitude) também junto àqueles que acompanham a mídia tradicional; convocando os adolescentes não apenas a buscarem seus títulos de eleitor, mas a votarem e fazerem a diferença no futuro do país. A diferença é que no Brasil, a expressão de quem convoca não é carrancuda e não há dedo em riste: o tom utilizado é ameno, a expressão levemente preocupada, e não há dedo apontado indicando responsabilidade de quem é arregimentado.

    A tática utilizada funcionou: na última terça-feira (29/03), o TSE divulgou que quase um milhão de jovens entre 15 e 18 anos solicitaram a emissão do primeiro título de eleitor.

    Ignorar que a classe artística influencia muito os jovens em suas escolhas é uma escolha arriscada para o futuro político do país.

    LIBERDADE DE EXPRESSÃO?

    Não é de hoje que a classe artística vem se posicionando, em sua maioria, contra o atual governo federal. De forma ruidosa e constante, mais ainda durante a pandemia, diversos artistas exerciam seu direito de expressão, garantido por lei, bradando que nos governos anteriores o povo tinha comida na mesa, dinheiro no bolso, só faltou o “saúde pra dar e vender” para fechar a música que acalanta as festividades de Ano Novo. Os governos anteriores a que se referem, é claro, foram os anos de Lulla e seus asseclas no poder.

    Com isso, a população que precisou ficar em casa por conta da pandemia foi quase que diariamente bombardeada com vídeos, declarações em redes sociais e notícias da insatisfação do pessoal ligado à Vênus Platinada com as políticas adotadas pelo Presidente Bolsonaro.

    Com o retorno dos grandes eventos em 2022, esses artistas que desde 2018 não aceitam o resultado daquelas eleições viram nos shows um ambiente mais do que propício para divulgar não apenas a sua música, a sua arte, mas também as suas convicções e ideologias políticas. E não é segredo para ninguém que o que eles querem, é reconduzir Lulla ao Palácio da Alvorada…

    O Título II, Capítulo I, artigo 5, IX, diz: “é livre a expressão da atividade intelectual, artística cientifica e de comunicação independentemente de censura ou licença”. Utilizando-se desse direito inalienável do cidadão, no último final de semana vimos um festival de música muito popular mudar seu nome entre os frequentadores de Loollapalooza, para “Lulla pá pizidêntchi”. A piada é fraca, mas tem sua razão de ser.

    Ao final de sua apresentação, Pablo Vittar gritou “Fora Bolsonaro”, desceu do palco junto à plateia, quando se deparou com uma bandeira improvisada com a foto de Lulla, tomou-a para si e desfilou com o objeto para a audiência. E é aí que partimos para o debate “liberdade de expressão versus propaganda política”.

    Ninguém pretende impossibilitar qualquer cidadão, figura pública ou não, de expressar livremente suas preferências políticas ou ideológicas. Mas não se pode perder de vista que, como ressaltou o Ministro Luiz Fux Julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 5970/DF, realizada em outubro de 2021, o objetivo das apresentações artísticas em eventos eleitorais é captar as emoções dos cidadãos, desequilibrando as eleições. Em seu voto, Gilmar Mendes indicou ainda que “em um país tão desigual como o nosso, um cidadão em condições miseráveis de subsistência mostra-se mais vulnerável ao oferecimento de bens, serviços e demais utilidades por parte de um candidato – tais como um divertimento propiciado por um show de um artista famoso”.

    Nem mesmo os ministros do STF chegaram a um consenso sobre a questão da expressão de apoio da classe artística a um candidato. Por um lado, apontam que a proibição de showmícios visa afastar o abuso de poder econômico nas eleições. De outro, que os artistas têm sua liberdade de expressão tolhida, ao serem proibidos de realizarem showmícios não remunerados.

    O problema não é Pablo Vittar, Anitta, Luíza Sonza ou quem quer que seja declarar publicamente voto em candidato A, B ou C, mas a forma e o local escolhidos para tal. Certamente, em um show com várias pessoas, ávidas por divertimento após dois longos anos de perdas e restrições, serão impactadas pelas falas de quem se apresenta nos palcos.

    ANITTA É CULPADA?

    A culpa da desconstrução da sociedade não é de Anitta ou suas similares: sem embargo, é de cada um dos brasileiros que assistiu passivamente ao crescimento do fenômeno de destruição da família, da sociedade, dos costumes e da moral.

    A culpa é de quem acredita que esta moça representa a mulher brasileira, e não a desconstrução preconizada por Gramsci e colocada em prática e com extrema agressividade por Pedro Caroço, o meliante José Dirceu que está livre, leve e solto pássaro de fogo que inferniza o futuro dos jovens de meu País.

     ORAÇÃO DE OGIER BUCHI:

    Adeus às máscaras. Amém.

  • ENTRE TOLICES, FRAUDES E MILITÂNCIA. 
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR / 25/03/2022

    Busco suporte na obra de Scructon para amparar a primeira etapa de meu comentário sobre as recentes decisões tomadas pelos políticos pátrios. Dito isto, a simples comparação do que disse e escreveu o cidadão Alckmin sobre o lulopetismo é suficiente para descrever sua adesão à campanha de Lulla, como um episódio sórdido de sincericídio, de desconstrução biográfica, como ouso escrever nunca testemunhei na historia deste País.

    Com efeito, faço eco às palavras do próprio Alckmin afirmando “o povo não é ingênuo, eles mudam as palavras e o discurso, mas Lulla, só quer o poder, só quer voltar ao lugar do crime”.   Ao filiar-se ao partido político auxiliar da linha esquerdista derramou-se em elogios a Lulla, chamando-o inclusive de salvação e resgate do Brasil. Tenho para mim que o uso de vocábulo “resgate” foi um óbvio deslize verbal do ex-chefe do Alexandre de Morais, quando secretário de segurança paulistano. 

    Quanto à desprezível tentativa de buscar alicerçar o discurso tendo como linha condutora, a ideia da prática democrática, levou a silogismo de premissa absolutamente equivocada, seja pela postura pessoal de Lulla, que anuncia a quatro ventos ditadura de esquerda, seja pela conspurcação da palavra e, sobretudo do exercício do interesse do povo como forma de governo! 

    O comportamento de Alckmin sem embargo levaria a quem competência para tal a demorada analise psicanalítica, todavia a nós mortais comuns nos leva a conclusão simplória e popular: SUJEITO CANALHA! 

    MIAS DE TOLICES E MILITÂNCIA

    Acompanho como todos os paranaenses a trajetória política do cidadão mais vitorioso de nossa história política, o Senhor Roberto Requião! Seus feitos eleitorais estão escritos na pedra, bem como suas ações governamentais. Poderia, tivesse senso de oportunidade, como alhures já teve retira-se ao som de Elgar com Pompa e Circunstância! 

    Como lhe falta bom senso e humildade mínima remexe em sua trajetória e similariza-se a líderes sem terra e ao ex-presidente condenado, que trafega livre ainda que condenado por chicana de limpeza de curriculum perpetrada em sede de STF. 

    MILITÂNCIA 

    Enganam-se aqueles que se surpreendem pela adesão e ou simpatia demonstrada por Requião à causa petista e ou Lullopetista! Lulla foi decisivo para vitória de 2002, e ajudou a ferrar Osmar em 2006! Inúmeros secretários de estado de 2002 já iniciavam seus discursos com “todas e todas”! Naturalmente agora iniciarão com “todes”! 

    O então secretário de comunicação Airton alojava o MST no sagrado templo esportivo Ginásio Almir de Almeida. Aliás, abro aqui parêntese para lembrar que nem Requião em 3 governos nem um outro govenador, incluindo o atual, teve a dignidade, a decência e o respeito ao esporte para construir um ginásio de esportes adequado à capital do Estado, crítica válida também a todos os Prefeitos de Curitiba. Fecho e volta ao tema, para afirmar que em Londrina Roberto Requião esqueceu que o tempo é outro e discursou para os apedeutas presentes! 

    Pediu carona no Barco de Caronte, atravessou o rio, moeu a propriedade privada, zombou dos cristãos, pois exigiu “firma reconhecida de Deus” e apoplético exclamou: “Lasciate ogni speranza voi che entrate”

    Não é preciso enfatizar que Roberto Baggio, Stédile e Lulla aplaudiram em frenesi, mas há que destacar a emoção de Gleyse que foi às lágrimas!  

    ROBERTO TIK TOK SUBSTITUE BOB BIGORRILHO! 

    Em ação de marketing que visa combater a imagem que o distancia dos jovens Bob, passou a frequentar o TiK Tok! Confesso que espero ansioso por episódio de eventual dança! Todavia Roberto Requião candidata-se ao Governo, portanto tem o dever de se comunicar com os eleitores do Estado em sua totalidade. Comete nesta etapa o mesmo erro que a imensa maioria dos políticos em destaque mundo afora, inclusive Lulla e demais candidatos à presidência. O discurso meramente ideológico é segmentado dirigido a bolhas e como tal se distancia do todo afastando de plano todo e qualquer cidadão que se preocupe de fato com o futuro do Estado e do País. Claro esta estratégia tem origem na esquerda de Gramsci e nunca abandonada nem pelo nonsense parisiense. O realmente difícil é explicar para o Manduca do Morro da Gasolina o porquê dos políticos agirem assim! 

    MOVIMENTAÇÕES PARTIDÁRIAS 

    Muito mais do mesmo em realidade. A maciça adesão do Iguaçu boys nada muda, pois eles a rigor estão no partido do Governador desde o inicio do Governo. Na condição do Iguaçu boys and girls, estão dos os deputados da dita bancada, a saber, os que votam no que o governo manda, invariavelmente. 

    A rigor até agora a mudança real aconteceu com  a Deputada Aline Sleutjes que passa a faze parte do projeto do PROS. Neste caso especifico é necessário analisar com cautela o andar da carruagem considerando o que representou o partido até agora. Sempre foi um apoiador inconteste de Lulla e Dilma. Como se sabe a Deputada tem apoio de parcela bolsonarista para sua caminhada em busca de uma candidatura ao Senado, da qual, segundo declarações repetidas ela não abre mão! Os próximos passos de Toninho Wanscher precisam ser acompanhados, realçando que o Deputado é um pragmático e vencedor! 

    O União Brasil vai de Ratinho Jr. e Bolsonaro como não seria diferente considerando que Fernando Francischine quer reeleger Felipe e tem compromisso de eleger a vereadora Flavia deputada estadual, o que ela já seria inclusive, como Fernando sabe e bem! 

    GOVERNO 

    Cada dia que passa vai ficando mais claro que na vera, vera mesmo, vamos ter três candidatos: Requião, Ratinho e César Silvestre. Enquanto Requião e o Governador estão em franca campanha, ainda aguardo a manifestação clara dos líderes do PSDB, em especial do Sr. Beto Richa, comprometendo-se de forma definitiva com a campanha do jovem guarapuavano. 

    Existe nesta leitura a considerar uma grande possibilidade de crescimento da terceira via. Porquanto no caso paranaense, há que realmente ponderar o “tertius” como opção qualificada. Silvestre vem de tronco político respeitado e já mostrou indiscutíveis qualidades, quer como político na esfera legislativa quer como político na esfera executiva. Representa o jovem experiente, o que sem embargo pode lhe favorecer muito.  

    SENADO: SACUDIRAM A GOIABEIRA

    Primeiro, foi a de bacle da pré-candidatura tão cantada em prosa e verso de Guto Silva, que fez parte de um movimento orquestrado pelo PP com concordância dos lua preta palacianos. Tal movimento consolidou, pelo menos em tese, a candidatura do deputado federal Paulo Martins, com apoio de Ratinho Júnior e Bolsonaro, conforme múltiplos relatos da não menos famosa reunião de segunda-feira. Como já escrevi acima, a deputada Aline Sleutjes  finalmente encontrou um partido para chamar de seu, e albergar sua pré-candidatura ao Senado. Neste ponto, destaco sua tenacidade e enorme capacidade de trabalho. 

    Gostaria de lembrar ao leitor que muito se fala na candidatura Lulla-Requião; mas poucos têm lembrado que a esquerda paranaense estará unida em torno de um só nome para o Senado. Por amor à história, lembro que o Senador (a) mais votado desde 1853 foi exatamente uma mulher, e ela tem nome: Gleisi Hoffman! Pode estar aí a escolha petista, sem olvidar outros nomes, como por exemplo o combativo e sério deputado Tadeu Veneri. 

    Por derradeiro, me informa os 3 da “armata” do Senhor Álvaro, a saber: Paulo Abbas, Paulinho e Gustavo que o Senador que está fechado em copas, abre sorrisos a cada vez que se incorpora um novo nome à disputa. Dizem os mais próximos que o Senador costuma lembrar a todos que o nome dele é Álvaro Dias, e que ele tem história no Paraná. 

    Claro, outros nomes poderão surgir, mas a análise atualizada, data vênia, é esta. 

    NOVIDADES! 

    Sou ouvinte assíduo dos programas de Denian Couto na MERCOSUL e de Marc Souza na Jovem Pan. Claro que sou ouvinte porque gosto deles e admiro suas qualidades profissionais. Dentre estas, uma delas é a interação promovida por ambos em seus programas, com seus ouvintes. É exatamente dessa interação que extraio que o eleitor paranaense está ávido por pessoas que divirjam do comportamento dos atuais legisladores estaduais e federais. 

    É insistente por parte dos ouvintes, inclusive, o pedido para que novas opções sejam oferecidas ao eleitorado. Nesta esteira, encontro o nome de Santin Roveda, que nesta semana, bem a propósito do comentário, lançou obra literária nominada “O Compromisso de Inovar”. Santin representa o meu amado sul do Estado, e foi competente Prefeito de União de Vitória. 

    FUTEBOL 

    Grande parte da minha vida foi relacionada com futebol. Quando jovem, fui medíocre lateral direito no time do Tuca da Sociedade União Juventus. Depois, na condição de professor de Educação Física, fui preparador físico do Esporte Clube Pinheiros e do Colorado Esporte Clube, onde aprendi muito com Geraldino e Armando Renganeschi. A posteriori, fui vice-presidente de futebol do Coritiba Futebol Clube, onde aprendi muito mais com o meu técnico Oswaldo Brandão. O mais importante que aprendi com todos e com tudo que vivi, é que jogo de futebol se ganha no campo; mas que camisa tem peso. Na quarta-feira (23) o Coritiba Futebol Clube provou que camisa tem peso, sim; e fez lembrar a todos que na história já aconteceram 350 Atletibas, e que o verde venceu 136, e o Athletico, 112; com uma diferença de gols pró-Alviverde de 53. É óbvio que domingo tem mais, mas respeito é bom, especialmente quando se trata da equipe do Alto de Todas as Glórias! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI: 

    Dia 29 Curitiba faz aniversário. Sem máscara. Amém! 

  • O HOMEM E O FEITO! LULLA EX PRESIDIÁRIO! 
    Coluna semanal de OGIER BUCHI no Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 18/03/2022

    Então hoje Lulla e Requião que já desfilaram glorificados na Rua XV de Novembro, aplaudidos por milhares e milhares trancam-se a sete chaves no Espaço Positivo, em Curitiba e na cidade de Londrina vão a acampamento do MST, ainda protegidos por forte esquema de proteção e segurança! 

    O tempo de alegria foi entre 2002 e 2006 quando ambos elegeram-se com suporte em propostas de moralização e outras tantas que versavam sobre tratar o interesse do povo como prioridade. 

    O governo petista terminou com inúmeras e incontáveis prisões e mais do que isto com uma permanente sensação de incompetência administrativa, esta por certo decorrente da equivocadíssima estratégia de Lulla de ungir uma néscia para que dele sentissem saudade. Neste ponto Lulla repetiu a estratégia de Fernando Henrique que trabalhou por Lulla imaginando voltar em 4 anos! 

    Remanescem discussões relativas à Pedágio, Porto de Paranaguá e certo secretário de comunicação! O tempo é o Senhor da razão e não apaga a pedra de Platão; “ao tempo”!  

    Voltando a Lulla, vale enfatizar que o blog oficial do PT informa que o ex-convicto “retorna triunfal à Curitiba” depois do serviço Lewandowski de lavanderia de curriculum! 

    Seria muito legal se o petista resolvesse fazer uma prova de veracidade das pesquisas feitas sob a égide financeira dos velhos bancos tipo Itaú,  e dissesse assim, bem assim:

    “ Velho cumpanhero Bob Champagnat, chame a Gleyse que eu chamo o Zé Dirceu e vamo desce a rua XV, e mostra como somos populares”! 

    SOLUÇÕES DOS POPULISTAS 

    Irrita-me sobremodo o discurso populista irresponsável e absolutamente dissociado da realidade econômica que se reduz a “vamos assumir para resolver a carestia da comida, baixar a gasolina, e as tarifas de agua e energia elétrica”! Mas em verdade, os populistas nada mais fazem que se locupletar da eterna falta de vigilância do povo que insiste em acreditas que existe almoço grátis. Ora o mais simples raciocínio amparado no não menos simplório suporte fático leva a verdade histórica de que quem promete “baixar ou acabar”, nem baixa nem acaba, seja contrato ou situação econômica! Analisar os detalhes das situações propostas é por demais fastidioso considerando que fatores externos influenciam hoje do preço do pão (trigo) a gasolina! Destarte governantes de Estado sequer tem ingerência no setor, até porque nesta etapa há isonomia entre estados no que tange ao ICMS. 

    Então fica assim e segue assim. Entra Juca que diz que vai resolver o que Manduca não fez e no fundo nada muda. Tudo que pinta de novo pinta no redondo do povo! 

    ESTRATÉGIAS DE MARKETING 

    Maurício de Souza e Lulla.

    Preocupa-me a comunicação do governo Bolsonaro, porque está descurando de uma parcela extremamente relevante da população. O time do ex-presidente que esteve preso, como se sabe trabalha com afinco e qualidade e nesta etapa tem desde Maurício de Souza da turma da Mônica até Juninho Pernambucano falando com a juventude através de um mecanismo nominado “lulaverso.com”, onde é tratado como sendo de espírito jovem, honesto, imaginem só leitores, honesto e como sendo o presidente que ajudou os pobres. Há uma intensa ação dirigida a eleitores de primeiro voto e a secundaristas, até porque o convencimento dos mesmos é tão intenso quanto o dos universitários, tarefa delegada ao Magistério. 

    Parece-me muito claro que os estrategistas do ex-presidiário contam com a possibilidade de através de um processo midiático massacrante, fazer com essa faixa etária esqueça-se do processo criminoso de ataque aos cofres públicos levados a cabo nos governos petistas. Salta aos olhos, todavia, a ausência de um trabalho específico do grupo do atual Presidente dirigido à mulher brasileira, aos mais jovens e às minorias. 

    Reconheço que um governo, quando se candidata à reeleição, tem o dever moral de relatoriar suas realizações, seus feitos e as realidades dos eleitores. Todos reconhecem que a mídia tradicional se dedica às 24 horas de cada dia para desconstruir Bolsonaro. Também se sabe que as redes sociais e a mídia alternativa como um todo foram preponderantes em 2018. Os grupos bolsonaristas estão ativos na mídia social, mas corroborando a preocupação inicial do comentário, não vejo a mesma intensidade entre os eleitores da faixa etária mais baixa. 

    PESQUISAS 

    A cada nova pesquisa, fica mais patente e claro o cenário de 2022. Terceira via, se existiu, nesta etapa dela só se tem lembrança… O governador de São Paulo, que apostou tudo (até mesmo sua calcinha apertada) nos efeitos da pandemia, não tem sequer estofo e estrutura para tentar uma reeleição naquele Estado. Ciro continua sendo o Ciro de sempre: não chega a dois dígitos, porque a realidade dos seus votos está atrelada ao saudosismo do patrono do PDT; este sim, uma estrela com luz própria, Leonel de Moura Brizola. 

    O neófito em política, Sérgio Moro imaginou que a sua figura mítica e heroica no que tange ao desmonte da quadrilha petista seria suficiente para iluminá-lo como starlet na eleição presidencial. Uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa, como a história política já provou em relação a Sílvio Santos e a José Ermínio de Moraes. Contra Moro, ainda trabalha o fato de que ele está num partido em construção, de pequena bancada e tempo televisivo escasso. 

    Outras figuras que poderiam ter relevância erraram muito no ano de 2021; dentre elas, destaco Simone Tebet. Conheci bem Ramez Tebet, pai de Simone, que quando deambulava nos tapetes do Senado recebia homenagens à sua esquerda e à sua direita. A filha construía com correção a sua trajetória, até que hipnotizada pela cobiça política e pelas melífluas influências reptilianas de Renan e Aziz ficou do tamanho daquele anão Randolfe, que lembra muito aquele personagem da trilogia O Senhor dos Anéis, Gollum. 

    Por último, o jovem Eduardo Leite, se tiver bom senso, se candidata à reeleição no Rio Grande do Sul, onde ainda tem chance. 

    SENADO 

    Nesta semana, bastante alvoroço no que tange às candidaturas ao Senado, não só no Paraná como em outros Estados. Em São Paulo, o Datena faz de novo o que costuma fazer em períodos eleitorais, ou seja: “o faz que foi, mas acabou não fondo”. Por aqui, as pesquisas continuam indicando que Álvaro Dias tem em média, no pico mais alto, cerca de 40% das intenções de voto. 

    Pessoalmente, entendo que os grandes eleitores no Paraná neste pleito de 2022 serão, não necessariamente nesta ordem, Lulla e Bolsonaro. As pesquisas, sempre elas, também indicam que ambos têm individualmente entre 30 e 33% de eleitorado fiel para o pleito que se avizinha. Nem um deles, até agora, informou quem é o seu candidato ao Senado aqui no estado. Lulla, como se sabe tem candidato ao Governo, Bob Champagnat, mas não se sabe deste lado quem virá para o Senado. Bolsonaro ainda não anunciou quem apoia, nem para o Governo, nem para o Senado. Como não é difícil prever, o eleito sairá de uma destas 3 vertentes, a saber: a reeleição de Álvaro, ou a eleição de alguém dos dois outros grupos citados. 

    Escutei com atenção e respeito à entrevista de Álvaro ao edil Denian Couto. É perceptível o esforço do Senador para manter a união efetivada com Ratinho Jr em 2018. Insiste o senador no fato de que não confirmada à união, ele poderá se sentir convocado para disputar o Governo do Paraná. 

    Nesta etapa, me permito expor ao leitor uma confidência: vivíamos o ano de Nosso Senhor Jesus Cristo de 2002. Recebi nos estúdios da Televisão do ilustre senhor Luiz Mussi para um programa ao vivo Roberto Requião e Osmar Dias. O programa acabava às 22 horas. No dia seguinte, convenções dos partidos de Requião e de Osmar. Em determinado momento, fora do ar, Requião diz claramente a Osmar: “se o Álvaro não for candidato, eu te apoio e não serei candidato ao Governo”. Naquela etapa, ambos eram senadores pelo Paraná. Osmar afirma que está tentando insistentemente ligar para Álvaro, sem obter resposta, entretanto. De verdade, a confirmação da candidatura de Requião só veio na manhã seguinte, na convenção do então PMDB, realizada na majestosa sede do Paraná Clube. 

    Contei essa estória apenas para enfatizar que o real cenário eleitoral só se torna visível no dia do fecha rosca das convenções partidárias. Como os personagens são todos vivos, o leitor poderá confirmar a veracidade de qualquer um dos citados. 

    A ESTRATÉGIA DE RICARDO BARROS 

    Como se sabe, Ricardo sempre trabalha pensando na eleição presente e na futura. Surpreendeu a todos com a filiação de Guto Silva e a possibilidade de oferecer a ele alternativa da cadeira senatorial. Evidentemente tal estratégia tinha apoio do Iguaçu, que buscava assim abrir o leque de opções para o Planalto Central. 

    Tal estratégia provocou uma reunião no início desta semana entre Ratinho Jr e Bolsonaro. Por óbvio, o que ali foi tratado está conservado sob 14 chaves (7 do Presidente, e mais 7 do Governador). O que não é preciso ser vidente para perceber é que os laços entre Bolsonaro e Ratinho Jr estreitaram-se nesta etapa, e que o nome do candidato ao Senado, o que o Presidente não faz segredo e lhe interessa em muito, vai sair de um consenso entre os envolvidos. 

    PSD 

    O PSD, partido oficial no Estado do Paraná, mostrará na próxima sexta-feira (25) sua consistência e força política. É importante para o atual Governador o grupo de solenidades que ocorrerá neste dia. Ele reforça – e reforça muito – as suas lideranças regionais. Com efeito, estão sob seu albergue três títeres da Assembleia Legislativa: Traiano, Romanelli e Alexandre Curi. Outras lideranças regionais e também outros deputados trocam aliança com o Governador nesta etapa. Consolida-se, assim, a liderança do Iguaçu que já houvera dado mostra de sua capacidade de articulação, quando atraiu o MDB. 

    ESPORTIVA 

    Há que reconhecer o esforço hercúleo de abnegados que buscam manter vivos os seus clubes de futebol. Os “oriundi” do inesquecível Clube Atlético Ferroviário choram lágrimas comoventes face à desconstrução de sua história e do patrimônio gigantesco do próprio Ferroviário, do Esporte Clube Pinheiros, do Britânia e do Palestra Itália, patrimônio que vaza consuetudinariamente pelos dedos dos apaixonados por estes inesquecíveis clubes. 

    No Alto de Todas as Glórias, uma tentativa amparada pela lei aplicável à espécie, de mercê uma Recuperação Judicial, encontrar forma de sanear os erros cometidos na história recente da instituição. Cabe lembrar aos dirigentes do Coritiba a lição do maior presidente da história do Clube Atlético Ferroviário, a saber, Hipólito José Azur: caminhando pela Vila Capanema ao lado de Ronald Osti Pereira, ensinava o mestre “a verdade do futebol dura 24 horas”, e ela depende do resultado esportivo. Portanto, ou o Coritiba vai bem no campo, ou a cobra vai fumar, e por enquanto, o time continua medíocre apesar de estar sendo acompanhando pela sorte. 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI:

    Estamos livres das máscaras. Amém! 

  • PESQUISAS, ETERNAMENTE PESQUISAS 
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 11/03/2022

    Como é muito fácil perceber, entra campanha, sai campanha, e o tema pesquisa e a veracidade das mesmas está sempre em discussão. A grande pergunta é: de quem é a culpa? Será que as pessoas desconfiam de aritmética, estatística, tabulação de dados? Ou será que as pessoas desconfiam de quem tabula e, eventualmente participa do processo de concretização de resultados? Ora, é muito óbvio que ninguém desconfia de ciência – e nem poderia, aliás. Todavia, os responsáveis pelo setor de empresas de pesquisa parecem criar problemas para sua própria credibilidade. 

    No início do ano, todos os institutos de pesquisa apontavam o ex-presidente, que foi recentemente presidiário, como o favorito das pesquisas, com uma extraordinária margem que lhe dava, a olhos vistos, a eleição como garantida em sede de 1º turno. 

    Com o passar do tempo, o registro das pesquisas na forma da legislação aplicável, e, sobretudo o choque de verdade representado pelo comparativo das ruas faz com que, “milagrosamente”, os números sejam cada vez mais convexos.  

    CHOQUE DE REALIDADE 

    A mais recente pesquisa, devidamente registrada, é do Instituto Paraná Pesquisas, e reduz em muito a diferença entre Lulla e Bolsonaro. 
    Retrata com muito mais fidelidade, portanto, o que o dia a dia nos reserva. E o dia a dia tem reservado o atual Governo enfrentando as vicissitudes de um país de mais de 200 milhões de habitantes, com crescimento do PIB acima do esperado. A estratégia de dividir as manifestações entre a Presidência e a diplomacia tem permitido que o Brasil se mantenha equidistante das posições exacerbadas de outras nações, no fenômeno de guerra atual; aliada à retomada da normalidade em todo o país trazem consigo credibilidade e esperança.
     
            De outro turno, o “semper fidelis” discurso populista encetado pelo ora veteraníssimo e vetusto senhor Lulla! A repetida ideia, velho mantra de que sua figura encarna milagres, até porque, ele foi erroneamente mitificado como um grande governante, quando as condições externas permitiram avanços na distribuição da distribuição da riqueza interna. O que será o âmago, no meu modesto entender, da campanha que se avizinha, não perpassa por figuras míticas e manifestações oníricas. O embate,  e isto  que interessa ao cidadão brasileiro, será sobre o que cada um fez, o que cada governo representou para o cidadão, que soluções foram construídas nos diferentes cenários. 

             A parlapatice do boquirroto Lulla esbarra na realidade dos números: a sua recente propaganda eleitoral está construída em substrato de ideário ideológico e político partidário. Ainda uma vez, pretende sensibilizar os de menor poder aquisitivo e minorias. Nesta etapa, o publicitário construtor me parece subjugar o sentimento da população como um todo. Se existem avanços para grupos de minorias, estes avanços devem ser creditados ao trabalho incessante de fricção social promovida pelos próprios grupos, e à custa do trabalho e sacrifício dos seus membros. As mudanças legislativas, obtidas ao longo dos últimos 30 anos, de forma alguma podem ser creditadas a Lulla da Silva, o presidente dos banqueiros e das nações estrangeiras. O mais simples de todos os argumentos desconstrói e fulmina toda a retórica lullista: me refiro ao salário mínimo, cujo comparativo, desde logo, representa leitura positiva para o atual governo. 

              De outro vértice, cabe ao atual governante, Presidente Bolsonaro, mostrar de que é feito o seu governo: quais são os resultados obtidos pela Pátria neste período, como foram defendidos os interesses da cidadania, e do setor produtivo. Como enfim o atual governo cuidou do Brasil, investiu nos nossos interesses pátrios, com destaque para infraestrutura e o setor produtivo. 

            Também é preciso, de forma pontual e didática, para que se obtenha no processo eleitoral uma mudança profilática no Legislativo, e na medida do tempo legal do Supremo Tribunal Federal, como foi árduo buscar o interesse do Brasil com o Supremo que busca, a cada dia, tornar-se mais ativo no campo legislativo em flagrante desvio de função constitucional e de um Legislativo que não hesita em queimar dinheiro do povo brasileiro em ações deletérias e como o tempo se encarregará de provar, criminosas, como no caso da CPI dos Três Patetas, que como meu leitor lembra, é a CPI da Covid. 

    PLATÃO 

    O filósofo, como sabido, não escrevia; mas mandou gravar na pedra “ao tempo”. Na linguagem do grego inspirador da Filosofia, enquanto lembrança para reiterar que o único senhor da razão é o próprio tempo. Dito isso, enfatizo que o tempo até então utilizado pelo atual Governo não foi suficiente para consolidar a transformação que ainda haverá de ser executada e a consolidação dos avanços já obtidos. 

           Entendo que a eleição que se avizinha exige do eleitor uma percepção muito aguda em relação à manutenção do atual governo, com a adequação e oxigenação da Câmara Federal e do Senado da República. Na eleição anterior, havia o vento da mudança, e muitos se beneficiaram da votação do Presidente Bolsonaro. Todavia, não tinham nem compromisso ideológico, e nem compromisso moral com a tarefa que se pretendia executar. 

             Despiciente discorrer sobre nomes e sobre aqueles que, uma vez eleitos, com votação que jamais obteriam não fosse o guarda-chuva de Bolsonaro, buscaram os seus caminhos. De verdade, buscar um caminho próprio é um direito inalienável do ser humano, porque foi o Criador que nos premiou com o livre arbítrio. Todavia, eleger-se jurando uma bandeira e a posteriori renegá-la, e mais do que isso, conspurcá-la, é ato vil. Quem defende de forma desassombrada a bandeira bolsonarista sabe bem a quem me refiro. É preciso, nesta etapa, analisar com profundidade os nomes: buscar no seu histórico recente suas manifestações e seus atos na condição de guardadores da bandeira. 

                Pertinente lembrar que um mandato nada mais é do que uma procuração coletiva, de sorte que o eleitor outorga ao deputado e ao senador a responsabilidade de representar o seu interesse como cidadão e, sem olvidar, também a sua posição ideológica. 

             Outubro se avizinha, e neste novo pleito a responsabilidade que nos remete ao ensinamento histórico a que antes de buscar o avanço territorial manter os territórios conquistados e, sobretudo fortalecê-los em capacitação, qualidade e competência. 

    MUTATIS MUTANDI 

    Para quem não lembra, a expressão latina significa “mudando o que deve ser mudado”. E é exatamente isso que os políticos estão fazendo nesta etapa de construção do cenário eleitoral regional. 

    O Governador atraiu para o seu partido os deputados do PSB. Naquilo que se chama em esgrima, touché! Com efeito, quatro nomes de peso com destaque para o campeão de votos Alexandre Curi e para o futuro presidente da Assembleia, Deputado Romanelli. Por amor à verdade, quando afirmo que Romanelli será o futuro Presidente da Assembleia, faço-o movido pelo conhecimento que tenho da história política do Paraná. 

    O Governador, com isso, consolida uma possibilidade efetiva de 15 cadeiras ou mais em 2022. Mas não se trata só de pensar em base governista; trata-se também de enxergar e aí de forma absolutamente pragmática a liderança dos parlamentares, toda ela motivada pelo cenário de reeleição do atual Mandatário. 

    Escrevo no dia 10 de março. Até este dia, são lembrados como nomes que estão em campanha os de Roberto Requião (que aparece com números respeitáveis na pesquisa); Cesar Silvestre do PSDB (que ainda não chegou a 2 dígitos, mas por óbvio tem potencial); e Filipe Barros, que também tem visível potencial e claramente já informou à sociedade paranaense que será candidato, SIM, na medida de decisão pessoal do Presidente Jair Bolsonaro. 
    Creio relevante lembrar que o período pré eleitoral tem que servir, de forma muito efetiva, para propostas de soluções presentes e futuras. Lembro mais, que sinto verdadeiro horror pessoal quando assisto candidatos majoritários discorrendo sobre questões relevantes, sem vincular a discussão a orçamento, que inclusive, no primeiro ano é previamente votado pelo Governo em exercício. 
    Cabe também ao eleitor repudiar a irresponsabilidade de propostas não vinculadas à questão orçamentária. 

    GRUPO INTERNACIONAL PRÓ-LULA TENTA INFLUENCIAR ELEIÇÕES NO BRASIL 

    A GAZETA DO POVO NOTICIOU O QUE SEGUE: 
    Nos próximos meses, prepare-se para ver meios de comunicação e influenciadores de esquerda citando relatórios e estudos de um think tank lançado no fim de janeiro: o Washington Brazil Office (WBO). Reunindo instituições e personalidades de esquerda e extrema-esquerda brasileiras e internacionais, o grupo prepara uma investida para influenciar a opinião pública nas eleições de 2022 sob a fachada de “defesa da democracia”. 
    E MAIS: 
    “O grupo terá como embaixadores algumas celebridades cujas presenças se tornaram quase obrigatórias em iniciativas semelhantes, como o ator Wagner Moura, a cantora Daniela Mercury, o apresentador Gregório Duvivier e o ex-deputado Jean Wyllys. O diretor-executivo do WBO é Paulo Abrão, que foi presidente da Comissão de Anistia e secretário Nacional de Justiça durante o governo Lula.” 
    Um alerta: a conferir! 

    CONGRESSOBRASIL PROFUNDO

    Neste final de semana, grandes lideranças brasileiras estarão reunidas em Londrina – PR, sob o comando dos deputados federais Eduardo Bolsonaro e Filipe Barros, no Tsuru Centro de Eventos. Serão 22 palestrantes em diferentes painéis, que analisarão com profundidade o Brasil à luz do pensamento conservador. O evento será transmitido por vários meios de comunicação e, obviamente, nas redes sociais de todos os envolvidos. 

    O sucesso já está amplamente garantido pelo enorme número de inscrições. 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI: Estamos nos aproximando do final da pandemia. Amém!

  • A GEOPOLÍTICA MUNDIAL
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 04/03/2022

    É absolutamente inevitável que todos nós sejamos sensibilizados fortemente com a situação que envolve nesta etapa, a geopolítica mundial e a ação direta da Rússia de “manu militari” anexar a si, uma nação livre tal como a conhecemos, com seu povo, sua gente, sua história, sua cultura, suas raízes, sua moeda própria, bandeira, fronteiras limítrofes, enfim enfatizo uma nação livre! 

    Todavia há que exercitar o bom senso e a cautela, antes de expressar desde logo juízo de valor e assim servir a narrativas de uma imprensa partidária e profundamente engajada e pior do que isto a políticos corruptos e oportunistas que face à proximidade eleitoral em nossa Pátria buscam, como sempre, aliás, benefícios eleitorais e meramente pessoais. 

         Isto posto, meu nobre como diria o excelente Abrilino Fernandes Gomes consagradíssimo na imprensa esportiva, vamos à planilha que não falha! 

         Sem embargo há que considerar que a Ucrânia e seu jovem Presidente, estão sendo, abduzidos militarmente porque ele acreditou em canalhas (e ponha canalhas nisso!), tipo Bidê, Lacron, Peruquinha da Inglaterra e demais da OTAN, que se dedicaram às palmas, jogo de cena, afirmações veementes em público quanto à ajuda militar e financeira, mas que na prática trataram de congelar dinheiro russo nos seus bancos! 

    Seguinte: convidaram o guri para a festa, ele embasbacou-se subiu na carruagem e foi. Na hora do baile os anfitriões fecharam a porta e disseram “você não entra”. E o guri ficou sozinho com seu admirável e heróico povo! O inglês pragmático Bóris, como soem ser os piratas do mar, lascou um: “não dispararemos contra russos”! 

             Não conhecemos de verdade os meandros do conflito, as realidades de Rússia e Ucrânia, pelo menos eu não conheço, e em principio nenhum motivo submetido à noção de nação livre e ao direito internacional, em especial, justificam a invasão e submissão consequente de um País! 

           Refletindo sobre as críticas que os neófitos insistem em verberar quanto à posição oficial do Brasil, quero assumir meu respeito à Diplomacia brasileira, que trilha o caminho do Direito Internacional aplicável ao caso, e, sobretudo a defesa da pessoa humana, e ao Presidente que consegue neutralidade tão relevante para os interesses do Brasil nesta etapa. 

             Por outro viés recomendo a leitura de Friedrich Nistzche aos eloquentes néscios que tanto atacam Bolsonaro. Escreveu o filósofo em seu “Humano, demasiado humano”, capítulo nono, O homem a sós consigo, o que segue: 

          “487. A paixão pelas causas- Quem dirige suas paixões pelas causas (ciência, bem estar publico, interesses culturais, artes, (e acrescento eu, partido politico) retira muito fogo de sua paixão pelas pessoas.” 

          488. “A calma na ação- Assim como uma cascata se torna mais lenta e rarefeita na queda, também o grande homem de ação com mais calma do que faria esperar de impetuoso desejo antes da ação”! 

    Para meu leitor bom entendedor pingo é letra, para quem insiste em não entender meu desejo respeitoso é que limpe uma grelha de churrasco de carneiro, depois de quatro horas após acabar o festere! 

               Finalizando, como cidadão nem Rússia nem Ucrânia e sim fim da guerra já! 

    AINDA CENÁRIO NACIONAL 

    A cada dia que passa, fica mais evidenciado o fato de que a polarização está confirmada: teremos o confronto Lulla e Bolsonaro, e isto está confirmado de forma irrefutável pela pesquisa de intenção de voto espontânea. Há uma alternância nas pesquisas entre quem ocupa a terceira posição, de sorte que, num momento, ela é ocupada por Moro, no momento subsequente por Ciro Gomes. Todavia, qualquer entusiasmo em relação a ambos foi dissipado como se percebe pelos números retratados. 

    Com efeito, a polarização foi provocada pela inconformidade da imprensa engajada; pela permanente atuação com viés político do Supremo Tribunal Federal, que não só influenciou negativamente no mandato, como – e mais importante – recuperou para a vida política o candidato da preferência dos Ministros, o Sr. Lulla da Silva. 

    É óbvio que a assertividade desses grupos ocasionou, em grande parcela da população, o desejo de manter o Brasil livre desta proposta política de esquerda. Nos próximos capítulos, enfrentaremos cada vez mais a divisão. Isso se clarifica pelas já citadas anteriormente coberturas jornalísticas do episódio da recente Guerra. 

                  Parece não importar àqueles que são adversários do atual Governo Central o custo de suas posições para o país. Importa-lhes mais o retorno ao status quo ante, e a Pátria amada chega em poucos meses a um momento histórico sem retorno. Ou buscamos um Brasil independente, ou nos submeteremos à nova ordem mundial, que é o sonho dourado de Lulla e de sua súcia. Daí, vamos ser obrigados a cantar “ou ficar a Pátria livre, ou morrer pelo Brasil”

                           ESTADUAIS 

                Com o retorno à normalidade das atividades (inclusive do Governador), o mês de março promete em relação a mudanças na equipe e com o posicionamento esperado em relação a apoios.  

                                  PRAZO DE MUDANÇA 

    Mercê do benefício oferecido pela lei, o verdadeiro quadro político para 22 se estabelecerá neste mês. A revoada de Juca Pato e Mané Galo é esperada. Engana-se aquele que pensa que políticos sempre estão neste ou naquele partido, em função de um viés ideológico: na verdade o que lhes orienta é a viabilidade dos seus projetos, a sua busca pessoal pelo poder. A atuação de uma grande parcela deles comprova o que coloco, posto que nas votações em geral, eles olvidam que é de sua missão profissional fiscalizar o Poder Executivo. Votam normalmente buscando suporte para as emendas parlamentares, o que lhes permite sair na fotografia de entrega (ambulança) e na nomeação de apaniguados. 

                                      GOVERNO 

    Neste mês também, a definição – pelo menos, inicial – do quadro dos reais candidatos ao Governo do Estado. Fala-se muito na ida de Requião para o PT, o que, aliás, já foi apadrinhado por Lulla há mais de mês. Continuam no páreo Felipe Barros, César Silvestre, e outros nomes começam a ser lançados como, por exemplo, a candidata do PSOL. 

    Entendo que a definição do Governador estabelecerá a realidade do quadro. 

                                        SENADO 

                A cada dia que passa, surgem novos nomes. Há quem diga que serão mais de vinte! No bunker do Podemos, que, aliás, está em borbulhas (que não são de amor), Álvaro Dias ri a bandeiras despregadas. Com efeito, para ele, quanto maior o número de candidatos, melhor. 

    Interessante, por outro lado, que até agora não ouvi falar em candidatura ao Senado pelo PT, o que evidentemente me surpreende muito. No MDB, há confirmação da candidatura do ex-Governador Orlando Pessuti, o que é um nome indubitavelmente respeitável. 

                                      MUNICIPAIS 

    Parece que o Carnaval sacudiu definitivamente a Câmara Municipal de Curitiba. Despidos de suas fantasias de pierrotes ou colombinas, ou dos seus caniços e samburás, resolveram os edis mostrar que buscam visibilidade em 2022. Há quem possa enxergar nisso um palanque para o pleito que se avizinha, posto vários vereadores serem declaradamente candidatos nesta Eleição, seja a deputado estadual ou a federal.    Melhor palanque não haveria para eles, do que o fornecido pela Prefeitura de Curitiba, que oferece um transporte coletivo de duvidosíssima qualidade e frequência, pelo preço mais caro do país. 

    É, portanto, inevitável que o assunto venha à baila, sob-responsabilidade daqueles que foram eleitos para serem fiscais do povo. Quando escrevo, ainda não sei se estamos próximos dos 13 votos necessários para a instalação da CPI do Transporte Coletivo. Vale lembrar que há duas legislaturas atrás, já aconteceu uma CPI similar, sob o comando de Jorge Bernardi e Bruno Pessuti. 

         O trabalho da Câmara foi exemplar: a CPI foi para onde legalmente teria que ter ido, o Ministério Público. Nunca mais ouvi falar dela… 

            No caso presente, as perguntas são as de sempre: insumos, caixa preta da URBS, garantia de enriquecimento dos empresários. Imagino que os vereadores – se a CPI for instalada – terão seu trabalho muito abreviado, se buscarem na anteriormente citada, os dados que procuram. Por outro lado, também há a intenção de instalar uma CPI sobre a Linha Verde. Neste caso, acho que só há um reparo: a CPI está atrasada uns 10 anos, pelo menos.  

                                             ESPORTIVA 

    O Athletico revelou-se um gigante. Enfrentou o bi-campeão da Libertadores e vice-campeão mundial com galhardia. Definitivamente, está entre os 4 melhores do Brasil. 

                                   AJUDA AO ELÍSIO 

         Trabalhou comigo na CNT, como jornalista e produtor do Programa Ponto de Encontro. Muito magro sempre, franzino, mas com temperamento. Tivemos sempre discussões homéricas em face de nossa profunda divergência política. Sujeito sério e fiel, rapaz de bem extremamente trabalhador sempre contou com meu respeito. A última vez que o vi foi num carnaval de Rua em Curitiba, já não estava bem de saúde. Soube dele recentemente pelo Professor Valdir Cruz!  

        Além de sofrer as consequências de um AVC, teve uma queda, com a situação agravada com diagnóstico de Alzheimer. As doenças comprometeram o físico e a memória dele. 

    Elísio vive com a mãe dele, dona Celina, que tem 90 anos.  Vivem em uma casinha de fundos, alugada, no bairro Capão Raso (Rua Francisco de Camargo Pinto 46-fundos).
     A aposentadoria de um salário mínimo da dona Celina, é a única fonte de renda deles.
    A situação é crítica. O dinheiro que recebem mal dá para pagar as despesas. Os dois vivem sozinhos e permanecem acamados. Amigos montaram uma maneira de ajudar mediante contribuições.

    A conta está em nome de MAIGUE GUETHS no Banco do Brasil: Banco do Brasil//Ag. 1869-4//Conta 13698-0//CPF 462.406.329-53 e o PIX 462406329-53

    PS: transcrevi parte da notícia do Blog do Zé Beto, a quem agradeço respeitosamente a informação!

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI:

     PELA PAZ NO MUNDO!

  • NEM RÚSSIA NEM MUITO MENOS ESTADOS UNIDOS: CHINA COMO BOLA 7
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 25/02/2022

    Qualquer pessoa com um nível razoável de informação tem conhecimento da estratégia diplomática e comercial da hoje superpotência China. Importante frisar que até a década passada, diplomatas chineses (extremamente bem treinados como são) eram orientados à tática do mineirinho. Se provocados sobre o crescimento estratosférico do País respondiam com escapismo fazendo referencia à pobreza interna e outras mazelas. Atualmente citados como potência, corrigem de imediato: superpotência!

    No Brasil já nos deparamos com a convivência com o dinheiro chinês no agronegócio (em especial) e em outras atividades. São fortes as afirmações no sentido que a Copel Telecom tem na origem de seu capital uma estatal chinesa.

    Então existe um plano estratégico de expansão, em especial na América do Sul e território mexicano em andamento. O setor de comunicação de massa também é vislumbrado, claro, e não são menos fortes as afirmações que o grupo Bandeirantes tem aportes significativos de dinheiro chinês.

    Ocorre que nos dias atuais a grande questão geopolítica envolve o embargo econômico anunciado com fundamento em uma “red line” traçada pelos Estados Unidos e demais aliados. O embargo tem como fragilidade a extrema dependência da Alemanha do gás russo, além de outras particularidades de cada aliado dos americanos.

    A China em tese acompanha os russos, usou Jogos Olímpicos para mesuras a Putin e outros salamaleques, mas não tem interesse em guerra, posto que um conflito dessa dimensão ser ruim para negócios.

    O que não é possível ignorar é o protagonismo chinês e quanto os demais envolvidos perderiam em conflito desta magnitude.

    Por outro vértice, este o humano, o do escriba, rogo a Deus que ilumine os atores principais e os encaminhe para solução pacífica. Como moramos no Paraná todos temos inúmeros amigos com raízes profundas na Ucrânia. No Brasil vivem um milhão e cem mil ucranianos e ou descendentes.

    Na nossa humilde dimensão pessoal nos resta a oração em favor da paz entre os homens! A Ucrânia decretou estado de emergência! Notícias das redes dão conta de início da guerra, o que será a configuração de um conflito de inestimáveis consequências para a humanidade.

    CENÁRIO

    Abaixo faço comentários sobre cenário nacional e regional com vislumbre ótico deste pré-carnaval! Se realmente as notícias que recebo enquanto escrevo se tornarem fato, ou seja, se guerra houver a realidade muda e muito! Para análise rápida, mas não superficial face às implicações às 10 da manhã de quinta o barril de petróleo já estava 106 dólares. Claro, faço a observação porquanto o nosso dia a dia será extremamente afetado e, insisto, as consequências serão funestas.

     E A ELEIÇÃO NACIONAL?

    Pois é! Os institutos de pesquisa começaram a jogar o jogo da realidade, e os números entre os possíveis candidatos começam a sentir o bafo quente das ruas. Ainda assim, encontro dificuldade em identificar o enorme eleitorado de Lulla visível aos institutos. Todavia, creio prudente acreditar que eles são visíveis a olho nu.

    De qualquer sorte a todos os que entendem de política fica clara a polarização entre Lulla e Bolsonaro, o que parece cristalizado nesta etapa. Todavia movimentações intensas nos demais candidatos indicam que tudo que parece ser pode não ser.

    Um momento e as apostas continuam em Moro, e no momento seguinte já se fala em Ciro com cavaleiro da esperança. Mais um ratito e o nome de Simone Tebet será lembrado.

    Neste segundo pelotão, não tenho encontrado o nome do margarina. Soe ocorrer que este senhor tem um dom especial. É inigualável na compra de gente, na aquisição da ética e da moralidade alheias. Assim ganhou todas as convenções e daqui a pouco começa a investir nos institutos de pesquisa e veículos de comunicação.

    Ocorre que Dória vai rolar o rolo compressor e este amassará muita consciência ate o jogo começar. Certamente efeitos regionais que produzirão danos colaterais, em especial onde o PSDB tiver candidato com viabilidade.

    ESTADUAIS

    GOVERNO:

    Nesta semana aumentaram os ataques de pré-candidatos ao atual Governador, em especial por parte de Felipe Barros e Requião.

    • FELIPE BARROS

    Na segunda-feira (21) deu mais uma longa entrevista e não só manteve a sua candidatura, como reiterou sua postura em relação ao mandatário atual. A entrevista demonstra o preparo do candidato, o que para quem o conhece tão bem quanto eu, não é surpresa. Sempre importante frisar que a estratégia política de Felipe está atrelada ao comando de Flavio Bolsonaro, que é o coordenador da campanha de reeleição do atual Presidente da República. Como tenho acesso privilegiado aos diferentes grupos de apoio ao Presidente no Paraná, acompanho o crescimento da tendência de apoio ao jovem candidato e as suas propostas. Espero que continue firme e forte.

    • REQUIÃO

    Reinventa-se e nesta semana veio de TikTok! Apesar de muitos insistirem em desdenhar da sua candidatura, ele segue firme e mantém postura. Pessoalmente, não entendo quem analisa o maior vencedor de pleitos por voto popular na história do Paraná, que tem declarado apoio de Lulla, em corrida eleitoral que só tem outro ponteiro e brinca com o Requião.

    Analisar o pleito estadual que se avizinha e cantar que Juca ou manduca já ganhou é de amadorismo e falta de conhecimento do ramo.

    SENADO:

    O Senado tão importante é tratado como moeda de troca pela candidatura ao Governo. Por isto, e nenhuma outra razão que há tanta reclamação sobre a atual representação senatorial. Incomoda-me o fato de que os Senadores do Paraná tenham sido coniventes com a CPI dos Patetas comandada por Aziz e Renan, posto terem mantido obsequioso e cerimonioso silêncio frente aos descalabros que tanto desmoralizaram a instituição Senado.

    Continua o balcão, e nesta semana a novidade foi Guto no PP!

    NOVO VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO

    Meu grande amigo Fernando Ghignone lançou o seu ótimo site Hojepr.com.br, que conta com excelentes colaboradores. Permito-me fazer um destaque a Gerson Guellman, de quem sou histórico admirador.

    GRANDE CONTRATAÇÃO

    A Rede Massa contratou Sandro Dalpícolo, profissional de enormes qualidades, e ser humano admirável. Parabéns!

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI

    Em fervorosa intenção de paz! Amém

  • Lulla agita o Caldeirão! 
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 18/02/2022

    Então Lulla o eterno continua mais Lulla do que nunca, para a imensa alegria dos que ficaram milionários no período lullopetista de roubar o erário. Antes de adentrar ao comentário propriamente dito, me obrigo a fazer especial referencia a personalidades curitibanas que enricaram no dito período e que deitam falação sobre o governo atual. De imediato me lembro da sempre repetida expressão “vão lavar uma pia de louça”, posto que não possa escrever algo mais contundente e compatível para estes hipócritas!

    Discorrem sobre divisão de riqueza fumando cubanos de 100 doletas e tomando vinhos caros, posto terem se tornado todos eles enólogos néo ricos. Não lhes critico o bom gosto em relação a vinhos, pois nem todo mundo gosta de 51 como o ídolo deles, não admiro, porém o habito do charuto que provoca emissão de gases intestinais, que sempre se fazem presentes nas tertúlias dos petistas novos ricos. 

    O que não me convence é a exacerbada defesa da divisão de riqueza, das minorias e outros salamaleques do discurso desta malta! 

    Lulla agita a panela de pinhão 

    Lulla deu uma aula de como fazer política e de fidelidade aos amigos. Em entrevista a radio de Curitiba fez revelações e, sobretudo posicionou-se eleitoralmente no Paraná. 

     Deixou claro aos “meia colher” que não dá para babar ovo para Ratinho e pretender ser Lulla.  

    Já no inicio de sua manifestação afirmou ser grato ao Ratinho por colocar o helicóptero do Paraná quando ele estava preso e o neto faleceu. Gesto humano e bonito que Lulla deve agradecer ao povo do Paraná que pagou o voo! 

    Disse que foi amigo dos Ratinho, mas que não confunde coisas, e na política é Requião! 

    Justo, porquanto estão juntos desde sempre e já se ajudaram em pleitos anteriores. Pensam de forma muito parecida em relação ao Estado como incrementador de riqueza e produção e se consideram de certa forma PAI do Estado. 

    Lulla já percebeu que a estratégia de inflar desmesuradamente pesquisas esbarrou na realidade das ruas. Ao invés de desmotivar o principal adversário fez crescer o sentimento de sua militância. Bom lembrar que os donos de institutos de pesquisa são empresários, capitalistas, portanto e trabalham por lucro. Lucro não tem cor, ideologia muito menos compromisso republicano. Bem assim a turma encomendou os números para Lulla e a pesquisa achou!  

    Todavia Lulla é “símio entrado em anos” (será assim politicamente correto?) e não se deixou encantar até porque o confronto com o povo tem sido bem desgastante para ele. Tratou desde logo de enquadrar a moçada. Quer Federação Partidária e distribuição de dinheiro do fundo para os parceiros que entendem viáveis! 

    Por outro lado a turma do todas e todos, ou seja, a canhota paranaense recebeu a ordem unida direta de Lulla: “É Requião meu irmão”!  

    Portanto esta definitivamente consolidada a campanha de Requião ao Governo em 22! 

    Outro candidato – Filipe Barros 

    Ainda que os blogs e articulistas vinculados à voz do Iguaçu insistam, conversei ainda uma vez com Filipe Barros nesta quarta feira, ocasião em que ele me confirmou que é pré candidato ao Governo do Paraná em 2022! 

    Em verdade estava extremamente feliz o Deputado porquanto “A Câmara dos Deputados, por meio da Procuradoria Parlamentar, afirma que além de não ser crime, era meu DEVER FUNCIONAL (por força da Resolução no 29/1993 e Ato da Mesa no 33/2015) dar publicidade ao Inquérito da invasão hacker ao TSE de 2018. E conclui que instaurar inquérito para me investigar é perseguição política: “A instauração do Inq. no 4878-STF constitui instrumento de perseguição política ao Deputado FILIPE BARROS e viola o livre exercício de seu mandato popular”, conforme divulgado em suas redes sociais. 

    Com essa manifestação, se estreita ainda mais a relação entre o jovem político e o Presidente da República, configurando a plausibilidade da candidatura ao Governo do Estado. Importante frisar, todavia, que em nenhum momento o jovem parlamentar foi tomado de soberba, mantendo a cautela e o equilíbrio que lhe são peculiares. Razão pela qual mantém a coerência de sua postura inicial, a saber: “sou pré candidato e manterei a candidatura. Só altero minha postura por decisão do Presidente Jair Bolsonaro”

    Um terceiro candidato: César Silvestre 

    Conversei longamente com o jovem político César Silvestre. Para quem não o conhece, segue um breve histórico de sua atuação política: foi vice-presidente da juventude do PPS e assessor do presidente nacional do partido, senador Roberto Freire. Foi o advogado da executiva nacional. Em 2008, disputou sua primeira eleição, aos 27 anos, para a prefeitura de Guarapuava, obtendo mais de 34 mil votos. Dois anos depois, foi eleito deputado estadual, sendo o candidato mais votado em Guarapuava. Nas eleições para prefeito de Guarapuava em 2012 pelo PPS, foi o vitorioso com 51.425 votos contra 30.150 do segundo colocado. Em 2016, foi reeleito para o cargo com 60% dos votos. 

    Em 2019 se filiou ao Podemos. Foi vice-presidente da FNP (Federação Nacional de Prefeitos) para Concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs). Deixou o Podemos, do qual era presidente do diretório regional, no início de 2022, para ingressar no PSDB como pré-candidato ao governo do Paraná. 

     Conheço César desde menino, pois sou amigo de sua família desde há muito. Do jovem César, fui próximo à medida que estudou Direito com meu amado primogênito Arthur. Portanto, conheço-o, e bem. Em seu favor, devo escrever que é dotado do pedigree da seriedade, além de ser um bom e fiel amigo. Entendo que tem a pavimentar a sua candidatura, uma bela história política e pessoal com uma administração vencedora num dos municípios mais politizados do Estado. Para quem não conhece, recomendo a obra literária de Nivaldo Krueger “Guarapuava – Seu Território, Sua Gente, Seus Caminhos, Sua História”. 

    Faço referência ao literato para que o leitor entenda que político que dá certo em Guarapuava, dá certo em qualquer lugar, tão exigente é o seu povo. Há um dado sobre a história do jovem político que acho relevante: posto ter sido ele o único prefeito paranaense a instalar em seu município uma Parceria Público-Privada. Vale dizer, portanto, que ele está qualificado para manusear as chaves do Iguaçu, se for o caso. Sob o ponto de vista de política eleitoral, depende de tratativas que tornem sua candidatura mais viável sob o aspecto do financiamento e tempo televisivo. 

    Ouvi nesta semana que o PSDB está predisposto a compor nas chamadas federações partidárias; e que existe conversa avançada com o Cidadania. Acredito que com o estabelecimento de Federações, seja como a citada, ou mesmo com o União ou outro qualquer partido, César pode representar uma parcela significativa da população que não tem simpatia pela esquerda, e que não vê com bons olhos uma aliança entre Ratinho e Bolsonaro, desde que é claro que não se consolide a candidatura de Filipe Barros. De qualquer sorte, já dizia o poeta musical “ainda é cedo, amor”. Com a experiência que tenho, sei que as águas, não só de março, ainda vão rolar, e o “fecha a conta e passa a régua” só vem no final de julho. A vinda de Gustavo Fruet está a caminho, mas vai depender da mamãe de Cesar liberar o Cidadania, porque para o PSDB, Fruet não gostará de retornar.

    Álvaro Dias 

    Por certo, não é poule dez, como já foi anteriormente. Todavia, desconhecer a importância política de Álvaro é desconhecer a história recente do Paraná. Existe no Podemos uma parcela de simpatizantes da adesão à candidatura de Ratinho, figurando Álvaro na condição de candidato ao Senado desse grupo. Aos observadores não tão próximos a ambos, pareceu muito claro que o acordo estava consolidado quando Álvaro e Ratinho puxaram o tapete de Silvestre e Guto Silva, respectivamente. Observadores mais argutos dos meandros do Iguaçu entendem que o Governador apenas valeu-se da chance para se livrar da nominada “República de Pato Branco”, representada por Guto; e depois, deixou Álvaro no lenço de pescoço Louis Vuitton. Pelo sim, pelo não, nesta semana Álvaro ofereceu à sociedade outra opção indiscutivelmente respeitável: com o Podemos, lançando a ele, Álvaro, como candidato ao Governo e Deltanzinho ao Senado. 

    Cabe, por amor à verdade, lembrar que Álvaro Fernandes Dias foi o Governador do Paraná que deixou o Iguaçu com melhor avaliação popular e inúmeras obras realizadas. 

    Cenário do Senado 

    Nesta semana, o MDB consolidou movimento para ter como candidato o ex-governador Orlando Pessuti. Orlando, meu bom amigo pessoal, administrou tanto o Iguaçu como Governador, como a Assembleia na condição de Presidente, com as suas características pessoais: homem sério, bom amigo e comprometido com as suas responsabilidades. Com ele, tive o prazer de trabalhar na condição de Conselheiro do BRDE quando Presidente ele o era. Enfatizo que vi um trabalho incansável em favor do desenvolvimento do Paraná, e como não poderia deixar de ser, um olhar especial para o agronegócio. 

    Oração de Ogier Buchi 

    Rapaz, mais uma semana e estamos vivos! Amém! 

  • FILIPE BARROS COMEÇA A MONTAR EQUIPE DE CAMPANHA
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 11/02/2022

    Nesta quarta-feira (09) conversei demoradamente com o Deputado Filipe Barros que estava em Brasília. Impressiona o entusiasmo do jovem paranaense de Londrina! Lembrou-me logo ao iniciarmos a tertúlia que de há muito o Paraná não tem Governador com história no interior. De fato, desde os anos 90 do século passado só tem gente de Curitiba. Requião, Jaime, Jaime, Requião, Requião, Beto, Beto e Ratinho. Os dois últimos nasceram no interior, mas foram criados em Curitiba. Barros afirma que fala a língua dos municípios do interior e desde logo lembra o seu sotaque. “Tenho a cara do Paraná dos jovens e reconheço a importância daqueles como meus pais que ajudaram a construir este grande Estado” afirma o candidato. Claro, perguntei sobre partido já que nesta etapa o parlamentar está no agora autorizado oficialmente União.  

    Afirmou-me que esta tratativa tem prazo e que nesta etapa não é, e também penso eu, não é mesmo, o grande obstáculo. Tudo há seu tempo. 

    Entende que sua passagem por Brasília, lhe deu o necessário estofo para conhecer os caminhos do crescimento e em especial as necessárias fontes de financiamento do Estado a nível federal. 

    OGIER BUCHI E FILIPE BARROS

    Em relação às manifestações de apoio que são muito fortes e até certo ponto surpreendentes em face de sua juventude ele lembra que sua maior qualidade é a lealdade, mas que não lhe falta coragem como mostrado frente à ridícula perseguição da delegada federal a Serviço de Alexandre (estas últimas palavras sobre a delegada são minhas). O deputado pré-candidato foi mais educado rsrsrs! 

    Perguntei como ele se sentia com as demonstrações de esperança que o funcionalismo público tem manifestado em especial os setores policiais, ao que me respondeu que este é um tema que tem que ser aprofundado e que soluções permanentes tem que ser buscadas posto que de há muito haja uma defasagem salarial que envergonha a cidadania. 

    Como fui enfático sobre uma desistência de candidatura, posto que vários jornalistas que tem como fonte a comunicação do Iguaçu e insistem no assunto, ele foi incisivo e peremptório: “Sou soldado do meu Presidente, e a única hipótese de desistência é um pedido pessoal do Presidente Bolsonaro”! 

    EXIJO RESPEITO AO GOVERNO DO PARANÁ 

    Ratinho Jr. Sandro Alex e Fernando Furiatti

    Nesta semana ocorreu sem embargo o maior desrespeito à figura de um Governador de meu Estado da história contemporânea. Vamos aos fatos: na quinta feira (03) próxima passada o Governador afirmou ao vivo publicamente que não romperia o contrato com a BR Travessias Ltda., porque literalmente disse ele “isto seria inviável, impossível durante a temporada”! 

    Todavia, na segunda feira (07) desta semana, um cidadão de terceiro escalão governamental, diretor do DER, Fernando Furiatti Saboia (conhecido Taffarel), do time SEIL do Deputado Sandro Alex de Ponta Grossa, veio a público desmoralizar o Senhor Governador, e todos os outros órgãos governamentais afins, como Controladoria, AGEPAR entre outros e convocou a imprensa para determinar em nome do contratante Estado do Paraná, a caducidade do contrato do transporte marítimo de Guaratuba/Caiobá! 

    Bem caducidade, para quem não é afeito ao Direito Administrativo é a extinção de um contrato de concessão pelo Poder Publico através de ato unilateral durante sua vigência, por descumprimento de obrigações pelo concessionário não condizente com o enunciado contratual e, portanto incorreta! 

    Destaco, pois que quinta o Governador do Paraná, disse não rompo! Segunda o terceiro escalão rompeu. 

    Como cidadão de meu Estado não admito que o Senhor Governador seja desrespeitado assim, em especial publicamente! 

    O CONTRATO E A CONTRATAÇÃO 

    O DER deve explicações ao povo do Paraná no que tange a construção do contrato com a BR Travessias em especial no que segue e que recebi de leitor: 

    “Se a BR Travessias mostra-se pouco capaz de manobrar as balsas de Guaratuba, o mesmo não se pode dizer do processo da concorrência. Exemplo: a primeira versão do edital previa a exigência de comprovação mínima dos candidatos para transportar 831 mil veículos por ano. Isso era 50% da média anual dos últimos cinco anos na travessia Matinhos-Guaratuba. Estranhamente, o governo estadual mandou reduzir a exigência para 351 mil veículos por ano, exatamente 21% do movimento médio apresentado nos cinco anos anteriores. Com a mão  que patrocinou essa mudança, a BR Travessias pôde se habilitar. E como a antiga operadora, a F. Andreis, que estava à frente do negócio desde 1996, foi desclassificada na fase técnica porque não apresentou um seguro-garantia de R$ 134 mil, sobrou apenas a BR Travessias na disputa. A empresa “ofereceu” então um desconto de apenas 2,7 sobre a tarifa máxima fixada pelo governo, de R$ 9,15, e foi a escolhida”. 

    ALGUEM JÁ OUVIU FALAR POR ACASO JÁ OUVIU FALAR  EM ACERVO TÉCNICO NO DER? 

    Ouvi de um Deputado que como houve a rescisão estava tudo certo. Não esta! Este descalabro vergonhoso e indesculpável precisa ser apurado com detalhes, determinação de responsabilidades e exemplar punição a culpados! Moçada, não é possível fazer o usual, ou seja, enfiar a sujeira embaixo do tapete, ou jogar fora o sofá da sala.  Não dá para o povo “Deglutir o batráquio” (engolir o sapo) sempre. 

    Além do mais há que ter cuidado na transição contratual visto que na quarta feira servidores da BR paralisaram serviços por falta, segundo eles de pagamentos. Claro que na quinta todos já sabiam da Internacional Marítima anunciada com pompa e circunstancia pelo Taffarel. Pois é, esta tem acervo técnico e 32 embarcações próprias!  

    Imagino que o Governador não esteja dormindo imaginando as consequências deste fato histórico! 

    NOVA LICITAÇÃO 

    No momento em que escrevo só se fala em licitação emergencial e outros leros. Entendo que a capacidade de administrar a nova Licitação por parte do órgão originalmente contratante está sob severa suspeição! Entendo mais, que esta Licitação coloca em duvida a qualidade de um órgão que historicamente esteve intimamente ligado ao desenvolvimento de nosso Estado.  

    Exatamente por esta razão, por este vezo ótico como diria Requião do alto de sua pantufa Dior, a emergencial não pode e não deve ser tão emergencial assim. Como já escrevi anteriormente o Governador foi desmoralizado pelo Taffarel do DER, será que de novo vai escalar este time agora que esta perto do exame das urnas…! Agora é raiz, não da para usar copinho Stanley, hora da turma do Jorge da Lua! 

    COMUNICAÇÃO DA SANEPAR 

    Então a velha SANEPAR gasta com comunicação e avisa que foram feitas 15 obras recentes, mas que não resolve, nem a chuva enfim…! Então tá! Governador se tua turma diz que fez obras tem que atender princípios comezinhos e basilares de comunicação. Onde, quando, quem, quanto gastou, por que o que resolveu? Se não parece papo da Joyce aquela que depois da surra virou Madre Joyce de Uvaranas. 

    DILEMA 

     Kassab aquele, samba no compasso paulistano. Quem entende do riscado diz que compasso paulistano tem surdo de primeira mais rápido, assim como a batida dos  repiniques. Kassab que já foi rei ou rainha de bateria, portanto entende do ritmo, pelo sim pelo não já escalou Milk, o gaúcho para reserva do Pachecão do Senado!  Ocorre que esta toada complica cada vez mais o xadrez do Iguaçu. 

    O MDB pediu prazo, o União é o Franceschini, enfim tá ficando encapelado o mar do PSD no Paraná. Claro, resta a fidelidade do PSC, PR, PP e o PL do Giacobo, sem esquecer o PTB! 

    Por esta e tantas outras razões nesta quinta feira o Governador esteve despachando com o Presidente em Brasília. Nada mais adequado e tempestivo! 

    POLÍCIAS  E NOVA PROMESSA 

    Sou defensor histórico de tratamento digno e adequado as policiais Civil e Militar. A cidadania quando precisa a eles e a ninguém mais recorre. Incluo Corpo de Bombeiros! Tratamento digno e adequado significa equipamento adequado que possa competir com o armamento e meios de transporte  dos marginais, segurança familiar mínima, e obviamente salário compatível.  Ocorre que quando o cabra é candidato, mente desbragadamente para eles. Com o atual não foi diferente e as fitas que são repetitivamente reproduzidas no Centro Cívico provam isto. 

    A pergunta permanente é referente à politica de Segurança Pública? Qual é a prioridade e como se aquilata? O que esperar do Governo do Paraná no que tange a tema tão atual e prioritário, e que será cada vez mais sensível na sociedade do futuro. Só como simplório exemplo faz referencio-me a  crimes cibernéticos,  impensáveis há dez anos!  

              Nesta quarta-feira (09) veio uma proposta a lume, será que a turma vai aceitar? 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Nesta semana em intenção a família de meu amigo Alceu Carlos Preisner! Amém 

  • O MINISTRO FUX E A ESTABILIDADE DEMOCRÁTICA
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma SEM DOMÍNIO em parceria com JORNAL IMPACTO-PR – 04/02/2022

    Poucas vezes em minha trajetória entendi tão desprovida de substrato uma manifestação de um representante do Judiciário. Tenho ocupado espaços diversos na comunicação nos últimos trinta anos. Poucos terão defendido a importância e, sobretudo a necessidade de proteção do Poder Judiciário, como eu o fiz. De fato, lembro-me da história do Moleiro de Sans Souci, do Rei da Prússia e os Juízes de Berlim, como se fora a primeira que aprendi na Católica com um de meus veneráveis e inesquecíveis professores de Direito!


    Demonstração inquestionável da relevância da Justiça frente ao poder exacerbado dos príncipes. História que enobrece a destaca o valor da Toga em confronto com a lâmina do poder absoluto.


    Todavia quando a vaidade a concupiscência e a inversão total de finalidade tolhe e obnubila a visão e a leitura da realidade dos representantes do Judiciário, quando este Poder já não esta mais a serviço da sua mais nobre finalidade que é a de distribuir Justiça a tempo e modo o questionamento indubitavelmente é decorrente! Quosqe tandem abutere, Supremo Tribunal Federal,  patientia nostra.


    Revisito a obra de Jaques Maritain, O Homem e o Estado todas as vezes que enfrento a realidade de homens e mulheres que bem sucedidos em suas trajetórias politico administrativas, com destaque em alguns casos para seu profundo conhecimento de Direito, imaginam que passar pela baliza do suspeitíssimo e não menos corrupto senado após serem indicados por um politico que no plantão os unge mais pelo interesse pessoal que republicano, os transforma em seres especiais intangíveis e inalcançáveis.


    Na citada obra a folha 37 a lição definitiva a meu modesto vislumbre.
     “Tudo isso esta de inteiro acordo com a conclusão de que a expressão mais acurada para designar o regime democrático não é a ‘SOBERANIA DO POVO”, mas sim a sentença de Lincoln: “Governo do povo para o povo e pelo povo”. Isto significa que o povo é governado por pessoas que ele mesmo escolheu a quem cometeu um direito de comando, tendo em vista funções de uma determinada natureza e de certa duração e sobre cujo exercício o povo mantem uma fiscalização regular, acima de tudo por meio dos seus representantes e das assembleias assim constituídas.


    Vali-me da lição do mestre para encontra alicerce na peroração no sentido de que o povo não mais aceite com candura a absurda inversão de valores que a manifestação de Fux representa. Longe de ser uma manifestação de obediência  à vontade popular o Príncipe das vestes negras esvoaçante cabeleira da qual é fã Gilmar aquele, atemoriza os cidadãos que um dia amaram o Supremo, veneranda Corte Superior e admoesta “imporemos a estabilidade democrática”. Fux, isto nada significa vindo de onde vem, pois democracia é a democracia de Lincoln como Maritain ensina, é do povo pelo povo!
    Por derradeiro a culpa não é do Fux  e turma, é do Senado frouxo e covarde e da Câmara  Federal que a tudo assiste inerme e pusilânime, honrosas exceções. Claro a Câmara se ressente da falta de poder legal, mas tem a representatividade moral.


    Minha gente como diria o cabeça branca: TÁ NA HORA, TÁ NA HORA DE MUDAR O SENADO E A CAMARA FEDERAL. E também tá na hora de mandar a XUXA para a Chechênia!

    FEDERAÇÕES PARTIDÁRIAS


     E o inefável e inimitável Barroso julga a questão das federações partidárias neste dia 3. Em boa hora, o PTB busca impugnar e reedição das coligações proporcionais. Veja o leitor que juntar partidos com objetivos eleitorais em sambão do afrodescendente louco, é muito mais do mesmo. Tenho lido sobre a possibilidade de determinadas federações e a conclusão é a  mesma. Tudo que pinta de novo em politicagem e para   ferrar o povo. Já não basta este nojento e inescrupuloso fundo partidário buscam retorno dos acertos entre donos de siglas. De verdade o acerto para posições majoritárias é que deveria ser extinto de imediato. Agora PSDB com MDB, muda o quadro e borrifa tudo com o merdel paulistano!


     De dia João e de noite Maria era o refrão musical nos tempos em que não éramos pautados pelo “politicamente correto”!  Então o Lulla, por exemplo, vai encampar sob o mesmo teto, ou sem teto Boulos e o médico que tem uma filha na boutique mais cara de São Paulo. O Alckmim. Sensacional o desempregado milionário dono de iate, na barraquinha com o milionário das invasões e o médico da Daslu, todos recebendo verba partidária do fundo eleitoral. Nos demais grupos a associação não é menos triste!

     DE ECONOMIA                         

    Primeira, o Brasil fechou 2021 com quase 3 milhões de novos empregos. 
    Segunda, o PIB brasileiro, que o mercado previa no final de 2020 que cresceria só 0,5%, está fechando 2021 com mais de 4,5% (o terceiro maior crescimento dentre todos os países).


    Terceira péssima notícia para os abutres da esquerdalha e da inexistente terceira via,  o governo brasileiro está batendo recorde de arrecadação em 2021, sem aumentar nenhum imposto, o que comprova o crescimento do PIB.


    Isso sem falar nos 700 bilhões que o Brasil irá receber nos próximos 8 anos por conta dos programas de concessões, e o grande avanço logístico no cerrado.


    Ah, e sem falar que o Bolsonaro foi o primeiro presidente a ter coragem de formalizar a  independência do Banco Central, para que cumpra seu real papel de buscar estabilidade da moeda e não agir como cofre de partidos políticos, como era nos governos de esquerda.
    Mais o Marco Legal do programa de iniciativa do mercado de capitais, a lei do Agro, o programa de liberdade econômica, o marco legal das startups. E ainda tem o auxílio Brasil, como uma forma de injetar dinheiro público direto no bolso dos mais pobres. Um programa eficiente de renda sem depender de estatais.


    No conceito de renda básica universal criado por Milton Friedman.
    Tudo isso num contexto de praticamente 70% do mandato num período de pandemia, com escassez de arrecadação, guerras de recursos, lockdowns e paralisações da atividade econômica em nível global. E ainda tendo que enfrentar o vergonhoso ativismo judicial de um STF com caráter claramente duvidoso. E mais…
    Perdão de até 92% das dívidas de estudantes com o FIES…

    Aumento de 33% para os professores. E NÃO PARAM AS BOAS NOTICIAS DE RECUPERAÇÃO. Todavia a grande questão esta no dia a dia do cidadão e os reflexos da pandemia e de outras tantas circunstâncias que influenciam nos preços, em especial da cesta básica.
    Pessoalmente entendo que o Governo Federal peca e muita na divulgação dos feitos e fatos da atual administração. Talvez por isto exista certa dose de insatisfação no dia a dia!

    DE BRASÍLIA


    Então a história de Covaxin foi para a cloaca do metro de São Paulo. Dinamitada pelo vazamento de esgoto a sugestivamente nominada MARGINAL PODERIA SER uma via utilizada pelo Senado Nacional. O Tatuzão sem duvida sempre foi pilotado pelo Renan Calheiros. Perfura a dignidade das instituições, ZOMBOU do STF O QUE NENHUM OUTRO POLITICO BRASOLEIRO TEVE CORAGEM DE FAZER, e recentemente ao lado de patifes de menor catadura comandou a dita CPI da COVID. Pois os mesmos petistas que duvidam da condenação imposta a seu líder o piloto de barco de luxo Lulla, aplaudem a reunião do mesmo com Callheirão e Calheirinho (soa bem ou estranho ahahaha) nesta semana em que o MBD se une para abraçar o ex-presidente presidiário! Ou seja, expressão repetitivamente usada por Lulla depois de ingerir 51, ou seja, o Calheirão gastou 70 milhões na CPI que deu em nada e sequer investigou o Calheirinho!


    Ah, quanto ao merdel em São Paulo, Dorieta indignadíssimo com o mau cheiro afirmou: “Cruuuuuuuuzes este coco não é meu!”

    REGIONAIS


    MATINHOS E A SOLUÇÃO

    Parabenizo o Governador Carlos Massa Junior por enfrentar tema tão árduo e recorrente na história do Litoral. Obras começam já!


    Esta é uma situação que certamente caracteriza um Governo e a história pessoal de um Governador. Quem é meu leitor assíduo neste jornal, lembra que marquei Roberto Requião com a marca indelével da “DROGA DA DRAGA”! Tratava-se a época da compra de uma draga que resolveria todos os problemas do histórico Canal da Galheta! Desde logo, como havia no PARANÁ UMA IMPRENSA ATUANTE, o assunto foi discutido com a cidadania e a referida compra foi examinada de molde a descobrir-se um japaruta ou chinesinho  que tinha um escritório de porta e sala em Londrina e com isto o interesse público prevaleceu e o cabeça branca afundou com a droga da draga, neste caso o cabeça branca de Paranaguá.


         Nesta etapa da história a equipe do jovem Governador influenciado por um fela da puta qualquer, resolve inovar, afinal disse o fela: “Gove nos somos o Governo inovador”. Então enganaram o Gove, pois ele não pode ter compactuado com seu próprio suicídio político. Foi enganado o jovem Carlos Massa. Conheço de menino, tem índole boa. Ocorre que os fela em volta ficam justificando: Gove é coisa de boicote dos Andreiss. Tá tudo bem Gove …!

    Pois vamos aos fatos. A empresa que ganhou a licitação para transporte de seres humanos e bens materiais, é de Foz do Iguaçu!


         Foi criada em 22 de março de 2021, e funciona na sala 11, no segundo andar de um prédio a Av. Felipe Wandscheer e tem como sócios a Sra. Sheila Cristina Norberto dos Santos, na condição de Administradora, e Três Mosquiteiros Comércio e Navegação Eireli. O capital social total da empresa Governador é de seiscentos mil reais (R$ 600.000,00).  A atividade principal da Mosquiteiros é “comércio varejista de  vestuário e acessórios! Atividades econômicas secundárias venda de bebidas, artigos de armarinho, filmagem de festas e eventos além de outras. Pois é: e já operava em agosto!
     Importante destacar que a Senhora Sheila e esposa do dono do Macuco Safari produto turístico que funciona nas Cataratas, com qualidade diga-se por amor aos fatos. Macuco Safari é do Sr. Adriano dos Santos. Pois é!


     Travessia ou transporte marítimo nenhuma experiência, pelo menos torna-la pública!


    Ainda assim foi à única empresa habilitada a participar do certame licitatório. Para comemorar a vitória, desde logo aumentou o preço da tarifa!
    Ocorre, Senhor Governador, que seus áulicos os fela, não tiveram a responsabilidade de cuidar de sua história politica vitoriosa e nem muito menos do interesse do povo do seu estado Governador.   Ouvi com atenção sua manifestação no programa Marc Souza, uma estrela jornalística em franca ascensão, ocasião em a qual o jornalista lembrou a V. Excelência do risco enorme a vidas humanas e a trajetória do Governador caso ocorra um desastre! O governador afirmou que nesta etapa nada pode fazer quanto ao rompimento do serviço, incompetente, medíocre e assaz perigoso oferecido ao povo paranaense.

    TEM RAZÃO O GOVERNADOR


    Nesta altura nada há para fazer senão rezar com fervor. Todavia Governador é seu dever tomar providências drásticas contra quem contratou a empresa em seu nome, em nome de seu Governo e por consequência em nome do cidadão paranaense. DER, Controladoria, AGEPAR e a tia da comadre da vizinha! E mais, Senhor Governador peça ajuda ao Governo Federal que lhe dá imenso suporte, traga a Marinha Brasileira para ajudar! Só não fale em multa para uma empresa que tem Capital Social de seiscentos contos!

    MAIS RAZÃO


     Por outro lado, é preciso apurar boatos sobre a Andreiss, e ocorrência de boicotes. Vidas humanas estão em jogo, balsa a deriva enfim o que todo mundo sabe! Investigação rigorosa e as claras é o que se espera.
    Finalizo afirmando aos interessados que estou à disposição para suas versões na próxima edição!

    PONTE


    O assunto demanda profundidade. Semana que vem abordo o tema!
    Felipe Barros e candidaturas de direita. Idem para próxima coluna.
     
    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI
    Em nome dos usuários da travessia de Guaratuba! Amém

  • O SUCESSO DO BBB E A POLÍTICA!
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 21/01/2022

         Nem bem começou o maior de todos os BBB, o programa de maior faturamento da história da rede de televisão a serviço da desconstrução da verdade da educação e cultura do povo brasileiro e já está garantido outro recorde de arrecadação do show de entretenimento! 

        Quando nos dispomos a brevíssimo mergulho histórico nos deparamos com premissas que desde sempre ampararam a estratégia do grupo televisivo. Tempos imemoriais e já se reportavam os atos de líderes, que amparavam suas ações e sua relação com o povo com a premissa “panis et circenses”

    NERO
    BIDEN
    Lula, Macron, Putin

    Nero ou Luiz XV, Lulla ou Putin, Biden ou Macron,   chefes de estado que sabidamente se utilizaram e utilizam em maior ou menos escala da manipulação do sentimento da massa. 

    Estratégia primária que consiste em expor opressor e oprimido e construir enredo que contenha, briga e cotejo, extrema sensualidade e fofoca, disse me disse! 

        Se o leitor tiver paciência vai lembrar que Nero era um pansexual, fofoqueiro e virulento, que não economizava espetáculos ainda que significassem fogo destruidor. Luiz XIV fez do seu Palácio de Versalhes um BBB e com isto conseguiu ser nominado Rei Sol e mais construiu a frase “L’Etat c’est moi”. Imagine um palácio esplendoroso com 15 mil salas e um banheiro, um mar de gente, o próprio rei com duas amantes fixas fora o alho, e uma falta de higiene e gente avessa ao chuveiro. Semelhanças inegáveis com o produto global. 

           Ora não é difícil encontrar verossimilhança entre o que foi e o que é! 

          O enorme sucesso atual vem acompanhado pelo fato de que as pessoas estão sendo obrigadas a ficar em casa, com consequente aumento de audiência. 

           Acrescente-se o fato de que há uma divisão ideológica insuperável neste momento histórico. Os convertidos às pautas gramnscinianas que genericamente abrigam-se na guarda chuva de esquerda e  aqueles que defendem a pauta conservadora e amparada na família tradicional que figuram no espectro bolsonarista. 

    A divisão é tamanha e o sucesso da estratégia é tão visível que o pena paga Ricardo  Noblat cafajeste e pulha que tem o jornalismo como profissão, não hesitou em torcer para o leão no Coliseu da Globo e em nome do seu nero brasilienses Lulla, pediu a morte de pobre moça participante do show, sob a justificativa que a portadora de vitiligo é bolsonarista. Melhor sorte não tem sido reservada a cantora sertaneja que também revelou simpatia pelo atual Presidente. 

         A similitude e o sucesso do evento como visto tem alicerce na história do ser humano.  

    Dediquei-me a construção para lembrar que a política no Brasil desgraçadamente nos tempos últimos não passa de um gigantesco BBB. 

         Narrativas e fake News antes do fato, da verdade. Personagens construídas por publicitários que instruem seus candidatos a personificar tipos que estejam em concorde com o sentimento e as pautas da moda. 

         As nominadas minorias encontraram voz e eco nos tempos atuais. Nada contra muito pelo contrário, posto que numa sociedade minimamente digna todos os cidadãos tem que ser tratados com isonomia. 

       A busca por esta igualdade plena, entretanto, tem sido usada por políticos e pela mídia com maestria. Como ela é pulsante no momento histórico é explorada em conjunto com a divisão político ideológica, e do nada, pessoas e histórias de vida são canceladas pela patuleia da arquibancada do circo global, com a cumplicidade da rede social. 

       Quem explora o BBB, não é dotado de pudores cívicos ou republicanos e trata de lucrar seja pecuniariamente seja no resultado eleitoral. Exatamente por isto, são construídos da noite para o dia ídolos como sejam os BBBs da Globo ou  similares das casas legislativas nacionais! 

                             PESQUISAS 

       Quando me deparo com as pesquisas nacionais reconheço que elas estão sendo montadas com a expectativa dos montadores de pesquisa. Ora não é difícil para beócio qualquer verificar que mesmo o fac totum do Lulla, fez 44 por cento no segundo turno da eleição anterior. Assim projetar números próximos não esta tão longe da realidade e serve evidentemente a quem patrocina a pesquisa e quer criar sentimento positivo a Lulla! 

       Quando Lulla fala e se expõe a realidade é clara. Ele sabe que lá no segundo turno quem decidirá a eleição será o segmento evangélico e o nordeste. Ocorre  que por lá, como por aqui também o trabalho do Governo federal é intenso e tem resultados efetivos.   Minas Gerais  e seus votos será fundamental. Está ideia de via três tornou-se desde logo inviável na medida em que a exposição dos seus pretendentes parece tê-los queimado na largada. Moro parece reorganizar sua estratégia e centralizou suas recentes manifestações se contrapondo ao político que ele condenou a passar caneca na grade! Aqui uma observação; há relatos que dois advogados curitibanos providenciavam rango do “ILE” para o então presidiário! Está seria a razão além da abstinência da 51 para de lá ter siado rosáceo e de certa maneira mais saudável.  

    REGIONAIS 

    1-    O jovem dos  campos de Guarapuava. 

    Um livro de Nivaldo Kruger de 384 páginas descreve o território a gente e a história do povo Guarapuavano. Gente de brio e com inegável capacidade de trabalho. Pois nesta semana  o jovem político Cesar Silvestre deu uma significativa sacudida no cenário político da sesmaria. Trocou o partido anterior pela possibilidade efetiva e real de uma candidatura majoritária. Jovem  e expedito tem resultados muito positivos de sua passagem pela prefeitura de Guarapuava município que cresce nos últimos anos com índices muito altos.  

    Com tantos anos que tenho de caminhada não sei se Cesar vai optar por disputa ao Iguaçu ou ao Senado. De qualquer sorte fortalece o PSDB regional e dá palanque a Dória! 

    Álvaro Dias

    2-    O PODEMOS de Fernandes Dias, levou o que se chama na linguagem turfística um chambão e bamboleou o alazão! Enfrenta momento delicado e vai ter que assumir posição, posto ter ainda e por enquanto candidato a Presidente. Bem assim, o próprio Álvaro pode ter que rever planos e ser candidato ao Governo e ou optar por Oswaldo Flávio Arns. Ocorre que Arns tem filha candidata com eleição muito plausível. Se for para majoritária de fato vai apanhar com madeira de dá em doido e poderá prejudicar a filha! Falo em majoritária porque Flávio sempre foi pela beirada como na recente vitória ao Senado. Agora o quadro é muito diferente: a turma já sabe que ele é moita e vai com certeza tocar fogo no capim que começa no PT, passa pelos tempos de Richa e está seco e alto nos tempos de Senado atual! 

    3-    Requião certo de que será o titular do palanque do Lulla aqui nos Pinheirais, segue com seu discurso nacional desenvolvimentista que sempre sustentou. Muita gente confunde o discurso e crê em Requião como um esquerdista nato. Nada mais falso! Requião administra o estado como se fosse uma casa da qual ele é o chefe. Discordo dele em inúmeros pontos, em especial porque ele acolitou canalhas em seus governos. Todavia Requião tem histórico de  obras realizadas no Estado! 


    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Perdi Caio Soares

    Sei que inúmeros outros perderam também em maior ou menor escala! Todavia não posso deixar de registrar que encontrar Caio ao longo dos anos, foi encontrar a mensagem de paz de carinho de humor sagaz, de inteligência e cultura. Muito obrigado por tudo meu amigo Caio! Amém 

  • PESQUISAS SEMPRE ELAS
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 17/12/2021

    Alguns analistas políticos insistem em reverberar as pesquisas que nesta etapa são exaustivamente repetidas e trazidas a lume por seus ordenadores de despesa para que produzam efeito imediato e mediato! 

    Não duvido do instrumento pesquisa com comprometimento científico e acadêmico, mas tenho testemunhado erros grotescos nas pesquisas eleitorais tanto as pré-eleitorais com grande antecedência quanto a denominada boca de urna ou quase! 

    Claro com boa vontade absolvemos erros em geral, o brasileiro cordial tem o hábito de perdoar, tanto que perdoamos até mesmo  o VAR, que é rei de pênalti e impedimento da unha do pé! Mas assim como a pesquisa se defende com base na tecnologia! Soe ocorrer que em ambos os casos o interesse do homem tende a corromper a ciência! 

    São inúmeros os erros e emblemáticos e muito significativos! A eleição de 2018 para o Senado no Paraná comprova o que escrevo. No meu próprio caso a pesquisa errou no dia da eleição de forma deplorável. Triste eu diria, para ser ameno! 

    Mas o que mais me incomoda é o serviço prestado pelos institutos que são remunerados para desempenhar a função de matchmakers, ou seja, função de acasalamento ou emparceiramento. Por exemplo, aqui no meu estado não paro de ouvir que um senador interessado no sucesso do advogado Moro seria interlocutor(?) de instituto que enxerga crescimento geométrico do rapaz. Outro instituto de São Paulo, mais ousado já crava Lulla  como vencedor de primeiro turno e ze fini tá na boca do Brasil! 

    Evidentemente a pesquisa do histórico BRASMARKET, mostra números bem diversos inobstante comprove o crescimento do advogado maringaense e reconheça Lulla com player importante. 

    Nesta pesquisa importante destacar o resultado encontrado em apoio ao Presidente nas regiões Norte e Nordeste redutos da esquerda em toda a história recente.    

    Óbvio que esta deturpação momentânea causa efeitos favorecendo nomes e desqualificando outros que sem indicativo positivo ficam sem apoio e recursos. 

    O fato é que o sistema é assaz injusto e comtempla benesses para os de sempre impedindo ao máximo, renovação do tecido que sabidamente é imperfeito e doente. 

     Nada do que escrevi por certo é novidade, o que seria novidade e entendo fundamental é acabar com a pesquisa dirigida e irresponsável, que induz comportamento, influencia o sentimento do eleitor e ao contrário de quase tudo que se refere à eleição não tem responsabilização por erro! 

    Resumindo não quero ser repetitivo, mas é impossível deixar de enfatizar que mais uma vez as pesquisas buscam influenciar mesmo que as ruas as desmintam em cada aparição dos candidatos principais!  

    Minha esperança de mudança é tênue, todavia, posto que os legisladores queiram que fique tudo com esta e os julgadores querem legislar, como é o hábito do Barroso de Ipanema!  

    PETROBRAS 

     Em  entrevista ao vivo com o presidente da Petrobrás, o General Joaquim Silva e Luna, além das perguntas excelentes e esclarecedoras sobre a Petrobrás, preço da gasolina, veio a lume que, na parte de exploração e produção, existem 86 empresas de outros países explorando o petróleo no  Brasil e mais de 56 deram bons resultados. Treze são as refinarias, 3 foram vendidas e mais 5 estão em processo de venda. É uma empresa que corresponde a 4% do PIB. No que tange a recuperação dos ativos desviados nos governos do PT, nas palavras do General Joaquim, já pagamos a dívida dos Estados Unidos “160 BILHÕES DE DÓLARES”. Este valor foi o que nós brasileiros tivemos de pagar por desvios dos governos anteriores. Estes 880 Bilhões de reais, somados a 500 bilhões desviados do BNDS dão um total de R$ 1.380.000.000,00, 1 trilhão trezentos e oitenta bilhões de reais, só destas duas empresas. Ainda houve desvio da Caixa, dos Correios, os fundos de Pensões, até no ENEM, estão investigando roubalheira desses bandidos.  

    O povo precisa saber quem é essa quadrilha… 

    Só para lembrar: Não era só o PT que estava envolvido roubalheira, aí tinha um plano de se perpetuar no poder, entre PT, PSDB, PSOL, entre outros partidos que  na época estavam se beneficiando da roubalheira e por isso ninguém entregava ninguém. E o povo pagando a conta, e que conta! 

    TERCEIRA VIA! DE QUE? 

      Assim quando vemos indivíduos que fazem parte de ramo esquerdista que sempre foi o PSDB no puxadinho tucano chamado Podemos falando como se não existisse ontem e mais como se não tivessem escrito juntos a história recente do País, em a qual como escrevemos acima o descalabro e o desvio contumaz de dinheiro publico foram à tônica dizendo-se paladinos da moralidade pública dotados de um propósito moralizador a pergunta é inevitável: Por que só agora? 

    Prova irrefutável disto é a aliança de Alckmin com Lulla, tudo apadrinhado pelo velho parça Fernando Henrique padrinho eterno das ações de esquerda no País! Pois não é que o Podemos esta atrás de Temmer. 

    Não há embargo em buscar ajuda de Temer, infinitamente mais qualificado intelectualmente que o candidato, mas é uma das inúmeras contradições de quem esta apenas começando. 

    REGIONAIS 

    LITORAL 

     O Governo do Paraná divulgou nesta quarta-feira (15) o resultado da análise dos recursos impetrados pelos consórcios participantes no processo de licitação para contratação de empresa especializada para execução da obra de Recuperação da Orla de Matinhos, no Litoral. Foi considerado vencedor o Consórcio Sambaqui. A decisão foi divulgada no Diário Oficial, atendendo a legislação estadual e federal. Os recursos foram impetrados pelos Consórcios Sambaqui e Nova Matinhos, ambos habilitados no processo de licitação. A análise considerou os projetos, planilha orçamentária de referência, cronograma, especificações, memoriais descritivos, demais elementos técnicos instrutores e anexos da Concorrência Pública nº 02/2021. A licitação seguiu o critério de menor preço. 

    Esta foi à nota oficial do Governo, a respeito de uma demanda histórica do povo do Paraná. Informa ainda que serão obras a realizarem-se ao longo de 32 meses e fornece mais detalhes. Devo enfatizar meu entusiasmo com a notícia, posto representar empregabilidade, progresso e atuação que vislumbra crescimento e futuro. Não é segredo que o Paraná tem região de baia maravilhosa e propensa a representar na indústria sem chaminé, o turismo, recursos de inestimável valor. Todavia a infraestrutura dos municípios litorâneos demandava projeto ousado, que ora se vislumbra como real, com obra de Governo. Auguri Camon! 

    O JOGO ELEITORAL OFICIAL COMEÇOU! 

    O Camon oficializou seu desejo de manter o Dr. Darcy Piana, homem respeitado por mim, como seu candidato a Vice Governador, e com isto abriu  a temporada da reeleição. Acaba com uma divisão histórica de seu governo entregando o comando do Estado, excetuando a chave do cofre, para Ortega de los Orteguita, velho parça de Jandaia. Guteco volta à Assembleia sem o aval para a candidatura ao Senado. Está assim, no mesmo plano com os demais. Há que  contar com a amizade “in pectoris” que Camon tem por Paulo Martins que é confiável e pode vir a ter o aval de Bolsonaro! Camon, entretanto raposete política não abandona as piscadelas para Alvora raposão antigo, que repete jogo eterno contra o governador de plantão. Desta feita Álvaro tem como players a dupla de juvenis em política que representa um inegável balaio de votos no Paraná. Para os de memória fugaz Raposete e Raposão dobraram em 2018, tendo como padrinhos de enlace Renata do Podemos e Kassab a raposona mor! 

    Ouço falar de outros nomes tão respeitáveis quanto Romanelli que tem trabalho e partido, Pessuti que representa o sempre forte MDB e tem currículo gigante e Pikler. Este último há mais de três anos afirma a qualquer interlocutor que o pai de Camon tem compromisso com ele! É um trunfo inegável! Se vier pelo União em acerto com Francischini que realmente deve para ele, Pickler fica forte! Muito, aliás! 

    OPOSIÇÃO 

    Como se sabe até então o único nome que é repetido e muito pela oposição é o de Bob Champagnat! Dizem que Bob tem uma rejeição grande e que está idoso. Requião esta em plena forma física e sempre teve altíssima rejeição. Ainda assim já ganhou três eleições para o Governo. Com a provação das FEDERAÇÕES partidárias vai englobar a esquerda sob o guarda chuva de Lulla.  Não esqueçam que Bob foi visitante de Lulla na Federal e participou assiduamente dos eventos. Imaginar como imaginam os camondonguetes que o macuco esta no bornal, só porque a imprensa inteira foi cooptada é desconhecer o efeito de período eleitoral! 

    Engraçado que pensei que o MDB estava alinhado com Camon, mas existe um segmento muito consistente que pensa diferente e fala em convenção se preciso for. Legal, a Democracia agradece! 

    Qualquer que seja o candidato de oposição terá o apoio maciço dos servidores públicos. Cruzei aqui no Centro Cívico com os grevistas ensopados de chuva. Rapaizzzzzz como diria o assessor de palco do pai: ouvi cada coisa….! 

    FUTEBOL NOSSA PAIXÃO. 

    Assisti ao show maravilhoso proporcionado pelo torcida do Athletico na quarta feira (15). Sem embargo posso elogiar em especial por ter sido Vice Presidente do Coritiba presidido então pelo maior de todos Evangelino. Creio que o exemplo da torcida atleticana transcende o futebol e merece uma analise mais aprofundada da mudança de comportamento dos curitibanos. Se por um lado me rolaram lágrimas na festa da Império na nossa volta a Série A, não é menor meu respeito à galera rubro negra aplaudindo sua equipe.  Vivi para ver curitibanos no Alto da Gloria e na Arena dando boa tarde e boa noite para o vizinho do lado e mais relevante abraçando-o por uma paixão comum. Auguri. 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Nesta semana em intenção do menino Fábio Buchmann e de seus familiares. Amém. 

  • FABULAÇÃO NACIONAL
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 10/12/2021

    Vem a ser atividade da imaginação que consiste em fabricar relatos fictícios. Uma espécie de delírio que implica certa confusão entre o presente e o passado, expressando-se num discurso incoerente dominado pelas formas imaginárias de perceber. 

    O que consigo entender do que vejo e ouço nos diversos discursos dos que se opõe de forma ferrenha ao governo de meu País é que seus autores já transcenderam a fabulação e transformaram-se em mitômanos. 

    Absolutamente impressionante constatar que indivíduos com respeitável grau de informação, alguns, senão muitos com relevante graduação acadêmica defendem um Brasil pré 2019, que nos seus imaginários era justo, honesto com distribuição de riqueza real, educação inclusiva e competitiva a nível internacional. Saúde de primeiro mundo, jamais enxergaram filas no SUS, e claro, nunca tiveram conhecimento da guerra urbana promovida pelos bandidos acolitados pelo governo de esquerda. 

    Os fabulantes  não reconhecem que o Brasil se tornou paraíso do narcotráfico, com corrupção endêmica proveniente da atividade criminosa que grassou inclusive em altos escalões políticos.  

    Também é lugar comum nos discursos dos fabulantes uma pós-verdade que encontra suporte na fabricação de verdades extraídas de parte de manifestações de autoridades ligadas ao Governo Bolsonaro, de molde a transformar a autoridade em idiota agressivo que transgrediria a lei e o bom senso médio! 

    Isto ocorreu na semana com o Ministro da Saúde que reafirmou a importância da liberdade para o ser humano. A interpretação que a imprensa engajada repetiu de forma extenuante foi que o Ministro não respeitava a ciência médica e é contra vacina. Ao que me consta estamos atingindo o número ideal de vacinados ainda que sejamos Nação Continental. 

    O grande desafio do dias atuais é encontrar a verdade em meio a tantas fake News e pós-verdades,  que são externadas tanto de forma oficial quanto não oficial. 

    ATIVIDADE DE ENSINO RELIGIOSO - VALORES HUMANOS: VERDADE - ANOS FINAIS

     O Brasil bate recorde absoluto e histórico na atividade mais relevante da economia nacional o agronegócio! 

    ATIVIDADE DE ENSINO RELIGIOSO - VALORES HUMANOS: VERDADE - ANOS FINAIS

    Bolsonaro recebe votação recorde em publicação internacional de grande renome! Escolhido pela Revista Time em enquete anual com cerca de nove milhões de votos. A Globo na sua missão de não informar no ano de 2020 fez questão de destacar uma adolescente birrenta Greta de tal. Neste ano ignorou a láurea ao mandatário brasileiro. Todavia momento áureo foi a âncora da CNN Daniela Narizinho engolindo o choro ao anunciar a vitória de Jair Bolsonaro. 

    ATIVIDADE DE ENSINO RELIGIOSO - VALORES HUMANOS: VERDADE - ANOS FINAIS

    O Senado trabalhou e mais de quatorze milhões de brasileiros terão um Natal melhor! Auguri Bolsonaro. 

    História A Mentira - Capítulo 7 - História escrita por Hesron15 - Spirit  Fanfics e Histórias

    Felipe Nunes da Quaest pesquisa divulga mostra que destroça os índices de Bolsonaro e afirma que o Presidente levará surra homérica do dono do Typlex que não tinha, mas agora tem e mais afirma que o Presidente perde em sede de segundo turno para Ciro e o recém-chegado Moro! A pesquisa “in quaestio” foi divulgada no dia 8 no Correio Braziliense e afirma ter entrevistado mais de 2000 brasileiros de diversos estados! 

    Em princípio sempre fui a favor de pesquisa como fonte de informação científica que serve de parâmetro para tomadas de decisão nos mais diversos campos de atividade humana. Todavia as pesquisas de cunho político têm demonstrado ao longo das recentes eleições, erros gravíssimos ostentando índices muito diversos das realidades das urnas. 

    O mais grave é que inobstante se situem longe da realidade não sofrem nenhum tipo de penalidade legal. Ora, em nação cuja população padece de melhor grau de informação, que é influenciável pela imprensa, em especial televisiva, a divulgação de pesquisa distanciada da realidade, paga sabe-se lá por quem tais pesquisas têm o poder de induzir sentimento. Inobstante às ruas demonstrem um sentimento diverso do encontrado pela pesquisa sua repetição é danosa. Cabe ao poder legislativo produzir leis que disciplinem a questão e moralizem o período pré-eleitoral. Todavia os caras só legislam para tornar eleição mais fria, longe do povo e com fatores que concorram para reeleições! 

    Importante frisar que há convergência de interesses nos grupos de esquerda com a clara associação dos fratelli. Fernando Henrique, praça velho de guerra de Lulla Lá e demais atores de esquerda caviar como a dissidência tucana chamada Podemos. Destarte a força deste segmento é imensurável posto que sem teoria da conspiração, é importante frisar são todos admiradores do húngaro Soros! E a nova ordem mundial em marcha. 

    LULLA DO TYPLEX! 

    Lulla lá que deixou de ser condenado no caso do Typlex de Guarujá resolveu cobrar quase um milhão  da Construtora. Então o imóvel que era do amigo tornou-se dele porque o tempo passou, a chicana jurídica funcionou e a punibilidade dele evaporou!   

    Pois é, este é um caso emblemático em função do ator envolvido, mas que destaca uma vez mais que o crime aparentemente compensa em nosso Brasil. Relevante é destacar que aqui houve uma prescrição de punibilidade, mas em tempo algum uma declaração de inocência, tanto verdadeiro que o velho político cobra à construtora! O sujeito sem embargo não deixa passar uma mínima oportunidade de mostrar o quanto é salafrário! 

    REGIONAL:

    NOVO MERCOSUL 

    Tive a oportunidade de conversar com o Arquiteto Nilso Rafagnin, que me mostrou o Boletim da Tríplice Fronteira, que fala sobre o manifesto do Iguassu, que congrega cidadãos dos três Países interessados em contribuir propondo uma agenda visando acordo para implantar um modelo de Metrópole Trinacional Verde e Inteligente, tornando o MERCOSUL operacional e, portanto, muito mais real. São várias propostas que passam pela utilização das pontes, parque turístico trinacional,  circuito turístico das Águas Grandes e até mesmo um entroncamento multimodal. 

    Lembro que o atual Governo falou e muito de recuperar o Projeto Antofagasta que se discute desde seu lançamento, como proposta de governo de José Carlos Martinez ainda em 1990.  Pois é sabido que a logística continental deverá sem embargo depender da chegada ao Pacífico para que sejam competitivos os produtos brasileiros a nível mundial, em especial nossas tão relevantes commodities. 

    FEDERAÇÃO PARTIDÁRIA 

    Começa a ficar interessante o jogo político de 2022 no Paraná. Existe um aceno intrapartidário para convergência de interesses em torno de PT e PSB! O reflexo regional importa diretamente na caminhada de deputados e da candidatura de Roberto Requião. Este, tenta aumentar seu feito, posto que é o único paranaense a possuir três mandatos eletivos conquistados pelo voto popular. E o Palácio tem pesquisa recente que mostra Bob Champagnat, com dois dígitos. Não é novidade que Requião ganhou em 2002 ao lado de Lulla, repetiu 2006 e estará ao lado do mesmo em 2021!  

    ÁLVARO QUER O QUE? 

    Álvaro antes do que mais, cobra de Camon do Iguaçu fidelidade, pois dobraram em 2018. Estiveram juntos e combinados. Lembro-me de assistir calorosíssimos abraços abençoados pela Renata, presidente do Podemos, no hall do Bourbon. Meninos eu vi! 

    Nesta etapa Dias cobra e o faz com força, o apoio de Camon do Iguaçu, para sua candidatura ao Senado. O quadro é bastante instável. O Camon é uma espécie de Álvaro. Ótimo político. Apesar de jovem em idade é velho na artimanha. Promete a um e a todos com facilidade e faz juras eternas sem pestanejar. Próprio de político vencedor que Camon de fato é! E descarta qualquer amigo em razão de sucesso em empreita política. Um é moço outro não, um foi ótimo Governador deixou Governo com aprovação recorde. Não foi candidato a Presidente em 1989 porque medrou quando Collor queria ser Vice dele, outro ainda não disse ainda o porquê. 

    ALTERNATIVA 

    Remanesce a possibilidade de Álvaro Dias decidir pela candidatura ao Governo do Paraná. Como escrevi acima não há como deixar de enfatizar que Álvaro fez um governo até hoje lembrado. Será sem dúvida alavancado pela candidatura de Moro, que ocupa em todas as pesquisas a terceira posição com dois dígitos. Álvaro candidato poderia reeditar seu confronto com Requião de 2002. Imagino os programas de debate…! 

    SENADO: LEONARDO PETRELLI 

    Surge outro nome relevante para o Senado! Filho de um empresário e político de extrema competência e habilidade o grande Dr. Mário Petrelli, de quem sempre fui admirador e sempre o serei. Não sei sequer se é desejo de Dr. Leonardo candidatar-se, posto que quem lembrou o nome foi amigo comum. Todavia a ideia é sufragada por um filho meu, e apoiada por mim, que insiste na necessidade de que o eleitorado tenha nomes de pessoas bem sucedidas empresarialmente e com experiência de vida que lhes permita figurar na Casa Revisora de Leis, com eficiência e eficácia. Leonardo é um destes nomes! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI. 

    Senhor, o Brasil está vencendo a luta, com Sua Benção! Amém 

  • ABREM-SE AS CORTINAS DO ESPETÁCULO
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 03/12/2021

    Assim o maior narrador de futebol de todos os tempos Fiori Gigliotti, abria suas transmissões esportivas na Rádio Bandeirantes, transmissões marcadas pelos inúmeros bordões na voz marcante e emocionante do locutor.

    Confesso meu sentimento bucólico e saudosista nesta etapa de maus brasileiros, de absoluta demonstração de descompromisso com o presente e com o futuro. No hodierno as locuções são marcadas pelo compromisso político e pelo envolvimento partidário, o que desqualifica transmissões e as inquina de parcialidade permanente e a distância do amor pelo esporte.

    Valho-me da lembrança de um imortal em sua atividade para destacar a qualidade de quem faz bem seu trabalho. Palmeirense, desde que meu pai assim quis que fosse, pois era assim antigamente, me lembro de quando assisti a Academia jogar no Alto de Todas as Glórias, pela primeira vez. Vi jogar Vavá, Ademir Dudu e Valdir de Morais e o inolvidável Djalma Santos.

    Então, conheci os melhores coletivamente de sua época, que só encontravam rival no maior de todos os tempos Pelé!

    Ocorreu naquele sábado ouvir de meu pai, ferroviário da RFFPSC, a frase “Desfrute filho”! Claro, referia-se ao espetáculo mágico de esporte e também ao “dolé”, pois assim era chamado o sorvete de palito e ao adorado praliné!

    Pois bem, décadas passadas e ouço este genial português Abel, campeoníssimo pelo Palmeiras ter como sua palavra chave, seu gatilho disparador a palavra “desfrutem”. Testemunham seus atletas que seu comandante os motiva a desfrutar.

    Busco no “Houaiss” suporte: apreciar, deleitar-se, encontrar prazer e alegria! O ex-atleta de seleção nacional e atual bicampeão da América, ensina seus jogadores a apreciar as viagens, as concentrações a comida que recebem os locais onde se hospedam as partidas que jogam. Enfim os ensina a valorizar a VIDA!

    Invade-me uma vontade imensa de praliné do campo de futebol, e do tempo que eu não conhecia o que agora conheço!

    AS CORTINAS

    Na terça feira (29) outras cortinas foram abertas. As cortinas da sucessão nos estados e no País. O espetáculo é outro. E o espetáculo da Democracia. Claro, sempre combatida por seus reconhecidos defeitos, nunca suplantada pelas suas indiscutíveis qualidades. No momento em que o Presidente assina contrato com sua nova equipe, estão definidos os players principais que correm na raia 3 e 4, que são destinadas aos melhores tempos nas classificatórias. Refiro-me por óbvio a Bolsonaro e Lulla!

    CORTINAS

    Os demais por ora compõem o grupo de corredores.  A recente decisão do partido de esquerda que é liderado intelectualmente pelo vetusto escriba arrependido Fernando Henrique Cardoso terminou seu período de consultas em frangalhos, e com imagens históricas, com o leitor liberado para guardar as imagens como melhor entende-las. Bem assim o enano pelatto Dória vencedor, mais calcinha apertada que jamais o foi tendo como guarda costas Joyce Cambalhota agradeceu a Milk Today a parceria, parceria eu escrevi! Milk em tom lacrimoso por sua vez agradeceu a fidelidade do namorado que compreende suas ausências motivadas pela causa do PSDB, e elegantemente afirmou seu amor pelo trabalho no Rio Grande do Sul! O outro candidato afirmou que fez que foi, mas não foi e de saída disse que quando jovem era bom de porrada. Pobre Virgílio.

    De outro viés uma parcela enorme dos tucanos não esconde a realidade histórica do vermelho da plumagem de Henrique e acerta o voo com Lulla com Alckmin de copiloto!

    Na outra banda de dissidentes, pois se o PSDB é dissidência do MDB, o Podemos é turma de magoados com Henrique, Serra, Aníbal e demais. Então na galera do Podemos canta-se em prosa e verso o ex- juiz que de forma desenvolta busca formar time. De novidade (?), escalou para Economia o Pastore! Bastante óbvio que a indicação tem dedo de Álvaro Dias ou de outro conseglieri, pois o economista que presidiu o BC com inflação estratosférica, fê-lo no Governo Figueiredo, além de ter sido lugar tenente de Antônio Delfim Neto. Nesta época o advogado jogava bolinha de burico na saída do Gastão Vidigal.

    Os demais também de esquerda têm em comum o discurso contra Bolsonaro. Não passam de coelhos ou corredores corta-vento para o ponteiro deles o velho e encanecido Lulla!

    FATORES MODIFICADORES

    Existem indícios de que alguns fatores poderão modificar este quadro supra descrito e o principal deles é o recrudescimento do COVID com cepas desconhecidas o que afeta o quadro político, em especial, mercê atuação de indivíduos inescrupulosos que militam nos poderes constitucionais. Pessoalmente, entendo a CPI da pandemia, aquele circo de Renan e seus amestrados, como um exemplo maior deste comportamento. Gastaram cerca de 80 milhões e como visto nada de serio produziram. Com a chegada do Ômicron as aves de mau agouro recomeçam a revoada. Por suposto o descompasso que já é uma realidade entre oferta e demanda vai aumentar.

    A imprensa engajada já dava sinais de entusiasmo posto que torçam pelo vírus e suas consequências. Nesta etapa encontram conflito de interesses porque são ativistas das escolas carnavalescas da famosa Liga do Rio de Janeiro. Os locutores esportivos da platinada moeram a Copa América, mas agora pilotam programas de carnaval. Desprezíveis.

    Interesse de grupos econômicos sempre se sobrepõe ao interesse público, fenômeno que não é só nacional como sabemos. Para o povo as cortinas do espetáculo deveriam se abrir para um tempo de fartura e progresso na terra em que se plantando de um tudo dá, como bem escreveu o amanuense Pero Vaz. O que vale lembrar que ele, Pero como bom funcionário nunca plantou, assim como seus similares atuais que vicejam na política.

    O PRESIDENTE DEU UM SAPECA IAIÁ! ANDRÉ MENDONÇA!               

    Todo mundo sabe que a sabatina do Senado é tão ridícula quanto à eleição da Academia que escolheu imortal Gilberto, o Gil. Todavia, em face das atitudes do sicofanta Malcolumbre a aprovação do pastor André revestiu-se de dúvidas. Ocorre que o Senado foi o Senado que conhecemos e André é o novo Ministro do STF. Prometeu agir como Ministro e fugir do ativismo político, e julgar de acordo com a interpretação da lei.

    AS DA SEMANA

    Sete fatos importantes nessa semana que me fizeram pensar que a nossa luta não é em vão:

    1- Alexandre de Moraes não conseguiu a extradição de Allan dos Santos.

    2- O mesmo Alexandre de Moraes teve que anular o pedido de quebra de sigilo as redes sociais de Bolsonaro.

    3- Peixoto e Alcolumbre tiveram que se dobrar e marcar a sabatina de André Mendonça.

    4- Foram inauguradas mais quarentena e três escolas cívico militares no país contra tudo e contra todos.

    5-Enquanto a Globo agoniza, a Jovem Pan é líder de audiência: jornalismo de primeira linha. Estamos nos livrando do jornalismo calhorda e mentiroso.

    6- Anularam 11 questões progressistas do ENEN esse ano. E os professores doutrinadores pediram demissão em massa.

    7- Com a entrada de Bolsonaro no PL, a Tammy Miranda deixou o partido.

    PS: Mas o homofóbico é o Bolsonaro, ou a heterofóbica é a *Tammy (nome inspirado no filme “Tammy a flor do Pântano”: que fique lá no pântano!)?

    Tudo isso sem pedir socorro aos militares. Sem dar um tiro!

    CONCLUSÃO: POVO NAS RUAS FUNCIONA E BOLSONARO É O CARA!!

    Copiei do meu amigo Ricardo Godoy, empresário e piloto!

    REGIONAIS

    1. PARABENIZO SENADOR ORIOVISTO

    Como bem sabemos, todas as grandes obras de infraestrutura ou mobilidade do Município de Curitiba foram alavancadas com empréstimos internacionais. Pois bem, o Ligeirão Leste- Oeste vai sair do papel para melhoria da qualidade de vida de milhares de cidadãos. O Senador Oriovisto foi fundamental para que isto acontecesse. Auguri.

    • Sou advogado com muito orgulho desde sempre. Escrevo agora, dia 2 de dezembro que o Deputado Fernando Francischini vai recuperar os seus direitos políticos. Afirmo que acredito em reversão da sua cassação espúria. Por evidente não posso cravar em que efeitos dar-se-á a cassação da decisão que o afetou. Mas dar-se-á! Sei e bem que poderão estranhar esta defesa de direitos do cidadão Fernando. Como escrevi acima, sou advogado e por decorrência defendo a lei e o que é justo. Simples assim!
    • E a SANEPAR VELHA DE GUERRA? Água na torneira neca de pitibiribas. Mas para os acionistas quase 63% de lucro no trimestre! Acho que os acionistas vão tomar banho na banheira do Tio Patinhas com a companhia dos diretores da empresa!
    • Pesquisa para o Senado em Londrina. Tive acesso à pesquisa realizada em Londrina por instituto histórico da região. Pois aparece em primeiro Álvaro e em segundo Romanelli. Não me surpreende o destaque, posto que o deputado têm trabalhado dia e noite pavimentando caminho. Minha surpresa se deu com o número do filho de Dona Sofia que usa a posição na Casa Civil, mas que aparecesse com índice baixíssimo!
    • Álvaro para o Governo: Poderemos ver outra vez o embate histórico entre Álvaro e Requião cacifado por toda a esquerda e Álvaro com suporte na candidatura de Moro. Claro, ambos com seus históricos de obras no Paraná.

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI: Senhor, não vai dar colher de chá para os medíocres de novo, né, Senhor?

  • PESQUISA 51,5%
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR

    Número absolutamente estarrecedor que foi obtido pelo instituto Paraná, brasileiros pesquisados no período entre 16 e 19 de novembro em 154 municípios brasileiros. 

    Então é o seguinte: mais da metade dos brasileiros não quer ouvir falar em eleição! Por que será? 

    Os maiores interessados, que são os políticos profissionais em lado oposto se perguntam isto? Tem interesse nisto? 

    É absolutamente evidente que não. Político profissional, e convenhamos os não profissionais, os de um mandato só, ou no máximo dois, são honrosíssimas exceções, só pensa em renovar o vínculo de emprego que contrata com o povo no período eleitoral! Emprego dos mais bem remunerados e com baixíssima responsabilidade no que tange a analise de desempenho.  

    Assusta-me muito o fenômeno, descaso do eleitor. E convenhamos estes números próximos a 50% não acontecem só no Brasil. O resultado deste sentimento de náusea e repulsa, é a falta de renovação de quadros e por consequência mais, muito mais do mesmo! 

    NOMES

    Nomes

    A simples visualização dos que lideram a pesquisa demonstra o mais do mesmo. Ponteiros com longa vida pública, Lulla e Bolsonaro. A nominada terceira via que eu não sei bem o que significa no caso brasileiro, indica um funcionário público de carreira, e ou políticos de não menos longa vida pública. 

    Não é de admirar, portanto que nem cócegas façam no entusiasmo do cidadão que obrigatoriamente votará em 2022. 

    Ops leitor: aqui o parêntese para chamar sua atenção! Obrigatoriamente votará interessado ou não!  

    E o que interessa aos profissionais da política é manter o emprego, as prebendas o “puder”! 

    EXEMPLO DO DIA  

    No momento em que escrevo o decaído e destroçado PSDB ocupa todas às manchetes com a sua “PRÉVIA”, que expõe de forma sórdida as entranhas da política nacional e o olímpico desprezo a ética e a decência. Insisto que não encontro diferença entre os emplumados e outros partidos políticos posto  todos serem vorazes sugadores do sangue do trabalhador brasileiro.  

    Este partido no momento já queimou nove milhões de reais neste processo de prévias. Na quarta-feira (24) o senil cidadão Arthur Virgílio passou o dia dizendo que Milk Today, o houvera chamado de laranja. Redarguia o bravo de outrora com frases feitas, lugares comuns, mas ao final do dia aparecia sentado com Calcinha Apertada em louvação mútua os dois abençoados pela Miss Tucana Joyce Queda Livre! (qual a função desta pessoa atrás dos candidatos?).  

    Interessante aqui destacar que Milk Today, embora não seja um neófito, tanto que é Governador do RGS, ainda se surpreendeu com a sordidez de Doria e companhia, que alias esta sendo endeusado pela imprensa. Lembrando que, quem quer que seja o candidato do PSDB não tem a menor chance de sucesso! A pesquisa citada comprova o que escrevo em face de números paupérrimos de Calcinha e Milk Today!  

    Espetáculos deprimentes e tragicômicos como este, subvencionados pelo dinheiro do povo, constroem o número assustador 51,3%%! 

    VISITA AOS NÚMEROS DO PASSADO RECENTE

    A simples comparação com os números oficiais da eleição de 2018 mostra que a pesquisa continua refletindo o desprezo que o cidadão comum tem pelo assunto política. Em 2018, cerca de 116 milhões de brasileiros votaram. Em Bolsonaro 55,13% ou seja, 58 milhões de votos, e 44.87% em Haddad pouco mais de 47 milhões de votos, isto entre os válidos. Ocorre que 29% por cento dos votos entre nulos 7,43% e abstenções 21.30%%, equivalendo a cerca de quarenta milhões de brasileiros, quase o número total  de habitantes da  Argentina expuseram seu sentimento negativo. 

    Então volto à frase que negritei acima. Os políticos sabem que  em função do sistema vigente eles obterão seus cargos novamente goste ou não o povo, porque exatamente em função da estrutura partidária eles comandarão o processo e tudo ficara como dantes. Mas e o povo? 

    Um povo que aceita tudo que aceita e não se rebela se cala e consente legitimando, pois, merece o que têm! Tenho certeza que um povo que aceita a intervenção do STF contrariando a vontade de 104 milhões de pessoas e nada, nada, mas absolutamente nada faz, merece os políticos que tem. 

    PESQUISA OUTROS DADOS RELEVANTES 

    A página 23 do caderno da pesquisa do Murilo Hidalgo me chama a atenção o fator mais importante para a escolha de candidato a Presidente da República. 

    Valho-me do dicionário pra sinônimos de honestidade: correto, decente, digno, probo, sério! E mais, competência: que tem como sinônimos apto, capacitado! 

    O povo que respondeu a pesquisa indicou honestidade e competência como os fatores mais importantes para determinar sua escolha. Respectivamente com 38,1% e 18,4% como índices. Como se pode notar qualidade que deveria ser inerente a qualquer cidadão pesa de maneira intensa na escolha. Creio ser triste, muito, aliás, que ser honesto seja a qualidade fundamental como indicado pelos pesquisados. A frase latina “antiqua homo virtute et fide” que significa homem de um só rosto de uma só fé, deveria descrever alguém que se candidate a dirigir o destino de mais de 200 milhões de seus iguais. Todavia a percepção da população é diversa, como se nota. Já a questão da competência que está em patamar quase vinte pontos abaixo, mas ainda é o segundo em importância para o eleitor. Neste índice há que externar considerações posto que seja lícito exigir não só do candidato a Presidente prova mínima de competência. Vejamos: para se candidatar a gari nos municípios em geral, o valoroso candidato  tem que ter minimamente escolaridade de primeiro grau, capacidade física  com prova de avaliação e conhecimentos em Português, Matemática com noções de Geometria, além de conhecimentos gerais também com prova de avaliação! Assim se provas de avaliação fossem exigências em candidaturas os quadros seriam esvaziados e certamente depurados! Voltando ao cerne, a terceira qualidade importante é “ser próximo ao povo”. Bem nesta sobram dentre os nomes colocados Lulla e Bolsonaro, ou alguém acha que Calcinha desfila na Vila Pinto? Ou o advogado do Álvaro vai ao Morro do Querosene?  

    Fatores como ser novo na política e partido político tem índices desprezíveis, 1,6% e 0,8 respectivamente! 

    PSD

    Antes de finalizar lembro que na quarta-feira, dia 24, o PSD se reuniu em Brasília, mais de três mil, segundo eles, todos com despesa paga pelo povo, indignidade exposta e pré lançaram candidato a Presidente aquele advogado mineiro que preside o senado (minúsculo assim). Tem 0,4 segundo Hidalgo Paraná! Nos itens honestidade, competência e proximidade com o povo quanto terá?  

    Observações feitas, adicionando que em minha opinião nenhum dos nomes apresentados representa uma via diferente concluo que se não surgir o nome de um brasileiro diferenciado o quadro é claro e mais polarizado que nunca entre Bolsonaro (que é sabidamente meu candidato, pois não acredito em quem dá opinião e diz que é neutro) e Lulla! 

    MACRON O BOBÃO! 

     O Presidente da França, amigão da esquerda do Lulla e ditadores afins, metido a dar pitaco na Amazônia não tem capacidade para enfrentar o rebosteio armado pelos 400 mil habitantes da Ilha de Guadalupe, que é paraíso  caribenho. A bronca decorre do assunto vacinação! Então é assim; o sujeito não resolve sequer os problemas na casa dele e quer decidir assuntos brasileiros. Vá lava uma pia de louça Macron! 

    REGIONAIS. 

    1. PL ESTA NA PISTA. FERNANDO GIACOBO 

    Pois, com a  filiação de Bolsonaro dia 30 o PL do Paraná está na pista, e certamente terá nomes fortes a oferecer ao eleitor paranaense. Imagino que o Governador esteja atento, mais do que nunca, ao fato de que Bolsonaro tem gigantesca aceitação no Estado. Isto implica em considerar com profundidade os prováveis encontros com o Deputado Fernando Giacobo, Presidente da sigla no Paraná. Para quem não conhece melhor o Deputado, lembro que ele está na Câmara Federal desde a eleição de 2002, e já foi Secretário Geral da casa, cargo que dá ao detentor um enorme poder no Legislativo Federal. Experimentado, apesar de jovem, conduzirá com cautela e firmeza a posição do Partido. O Governador conhece e bem Fernando, pois foram parlamentares juntos e são amigos pessoais. Como afirmei o PL está na Pista! 

    2-O Governador estava relativamente tranquilo, pois tem a sua disposição o Progressistas, já devidamente acertado, bem como o MDB, igualmente sob manto. Siglas que oferecem tempo e estrutura, mas vislumbram posições de relevo, a saber, Senado e Vice Governadoria. O MDB tem nomes respeitáveis, Renato Adur, homem de trajetória inatacável e muito bem sucedido em tudo o que faz, e Orlando Pessuti, de igual trajetória vitoriosa que foi Vice Governador e pavimentou a bem sucedida administração atual do BRDE de tanta importância para o progresso do Paraná. O Progressistas tem Cida Borghetti que é querida e respeitada por todos que a conhecem e Silvio Barros outro que faz bem tudo o que faz! De outro lado o Podemos de Álvaro arrulha através dos mais novos, Silvestre na posição de spala, toca o violino da candidatura à majoritária. Nas cercanias da Assembleia fala-se em muitos nomes com destaque para Alexandre Curi para compor na Vice Governança, o que é legítimo considerando o trabalho reconhecido e sua liderança junto a inúmeros Prefeitos e Romanelli que tem olho no Senado, e para tanto trabalha incansavelmente! O quadro é favorável ao Governador, pelo menos nesta etapa, mas a costela fogo de chão ali nos fundos da casa do Pé, já esta na brasa! 

    BRASA 

    O Vice Governador tem o apoio do G7, pois faz parte do time. Tem trajetória irrepreensível na função e quando assumiu o Governo fê-lo com discrição e tranquilidade! Jamais foi objeto de qualquer comentário que deixasse em duvida sua lisura e fidelidade. Imagino que tudo que o Governador quer é mantê-lo na função.  

    PEDÁGIO 

    Quem me acompanha sabe que combato as irregularidades do Pedágio desde sempre. Reitero, combato o enriquecimento ilícito de empresários e políticos, não o pedágio, prática consagrada no mundo! O sistema serviu para pavimentar eleição de Jaime Lerner, com o congelamento da tarifa. 

    O atual Governador pisa em ovos. De codorna, aliás! Se tudo correr bem sem tarifa ele surfa na onda. Se der zebra como deu na balsa de Guaratuba ele se esborracha!  

    Todavia como cidadão eu aguardo posição oficial do Estado em relação a obras não construídas e entregues que JÁ FORAM PAGAS

    Tome atenção porque neste caso, nem tudo são flores. 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Obrigado Senhor. Ao tempo. Amém

     

  • HOMENAGEM À COMPETÊNCIA E AO TRABALHO
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 19/11/2021

    Tenho o prazer de pertencer a vários grupos de whatsapp que reúnem pessoas interessadas em diversos assuntos. Por certo, a maioria dos grupos tem viés político e mais certo ainda com lado. Da Direita com destaque para os bolsonaristas! Dos que não tem viés político um dos grupos que mais gosto porque me remete a minha origem, pia do Campo da Galícia, que furava por baixo da lona no Circo Irmãos Queirolo e pulava a cerca do Campo do Poty, que era perto da casa do Nelsinho e do Celso filhos do craque Tadique, é o nominado “Moleques do Batel”.  Congrega pessoas que frequentaram a Sociedade União Juventus, inclusive na Rua Carlos de Carvalho, onde a Dona Anastácia fazia a melhor empada de todos os tempos. Pessoas da melhor qualidade de diversas áreas de atividade. O Juventus revelou uma plêiade de craques que fizeram sucesso inclusive no futebol profissional. Para não ser injusto e correr o risco de ser traído pela memória não destaco um nome, mas lembro do Tuca, do Sr. Raul e do Dr. José Cadilhe de Oliveira, que dirigiam o futebol juventino! O grupo de rede social é administrado por um destes craques, o Paulinho, que jogou no Coritiba, assim como seu irmão. Paulinho, certa  noite entrou em campo para marcar o então imparável Claudiomiro do Internacional melhor time do Brasil a época! Quando o jogo terminou Claudiomiro estava com as travas da chuteira do volante impressas na sua canela. Grande Paulinho! Pois o irmão que citei, Renato imitou o pai e foi profissional coritibano militando na ponta esquerda! Valho-me do texto de um destes Moleques do Batel, o Fito para reproduzindo-o homenagear o Presidente que comandou o retorno do time do Alto de Todas as Glórias para o devido lugar.      

    Coritiba Foot Ball Club
    FOTO – coritiba.com.br

    “FOLLADOR ETERNO  

    Era uma vez um reino devastado. Seu povo andava cabisbaixo e sem aspirações. Até que um dia um líder surgiu. Saído do exército desse reino, onde em épocas passadas tinha conquistado várias guerras, ele traçou  estratégias  para fazer o reino voltar a vencer suas batalhas e a ter as alegrias  do seu passado. E junto do seu exército foi à luta. Mas eram tempos de agruras e uma peste terrível se espalhou por toda a terra. Infelizmente, essa doença se apossou do rei e ele não resistiu. Mesmo sem seu líder, mas seguindo à risca seu planejamento, seus fiéis seguidores  lutaram as batalhas bravamente e ao final daqueles tempos tão difíceis, enfim reconquistaram sua glória. 

    Felizes, se reuniram junto à praça principal do reino, que já reluzia seus campos verdejantes, anunciando o verão que se aproximava, e todos, súditos, guerreiros e a corte reverenciaram então ao rei que tinha partido precocemente, mas que tinha deixado o legado e o caminho para que seu povo encontrasse enfim a felicidade. E todos, numa só voz, que estremeceu da terra até o céu, gritaram seu nome, que ficará eternamente gravado na história desse reino e nos corações de seus súditos. Diziam todos, sem exceção, que do alto veio à glória. 

    Do céu uma chuva mansa caiu sobre o reino durante as comemorações. 

    Dizem que eram as lágrimas de alegria do rei, o eterno Follador. “Fito Domachowski”  

    NOTA DE PESAR – RENATO FOLLADOR - FECOPAR

    A SITUAÇÃO POLÍTICA VAI FICANDO MAIS CLARA? 

    No campo nacional com os dois players principais no Exterior, me valho da mais famosa de Chitão e Xororó! Evidências, nada mais! 

    Bolsonaro enxovalhado pela imprensa domesticada pela esquerda vai às ruas em Dubai e é incensado. Nas demais visitas às Nações Árabes mais sucesso!  Recebido pelo chefe de estado com honras históricas. Lulla o “doto onorios causa” não vai às ruas na Oropa por medo de ser ovacionado apesar do preço do ovo. Em euro, por suposto! 

    Com certeza as narrativas dominantes buscam influenciar mais do que nunca o processo eleitoral para 2022! 

    Lulla reclama que Bolsonaro vai “destruir o que ele e Dilma já destruíram”. 

    E a imprensa cala de forma sórdida! Lulla afirma que Bolsonaro é modelo pior que Trump. Esquece que ele é o modelo do Bidê! Nesta semana que Lulla recebeu mais um “doto onorius” a internet não perdoou e repetiu inúmeras vezes o vídeo do “doto” defendendo ladrão de celular! Imagine se um ladrão de celular matasse a sangue frio (o que não desejo a nenhum pai de família nem mesmo a Lulla) aquele filho dele que catava bosta no zoológico e hoje é milionário consultor de finanças! O mundo cairia, e é claro a imprensa culparia Bolsonaro pela falta de segurança. 

    MEIO PRESIDENCIALISMO 

    O inenarrável Toffoli voltou à carga e mais uma vez se superou! Desta feita desqualificou a divisão tripartite de poder e deixou claro e límpido o sentimento dominante entre os togados de piso superior, em especial, porque em sua maioria favorecidos pelo petismo em sua ascensão a Corte. A simples interpretação de sua manifestação pública, mostra que de há muito o STF intervém no Executivo. E mais, legisla desqualificando, portanto o Legislativo, em indiscutível invasão de competência, ou seja: a Corte que custa fortunas para o povo, em tese, para ser guardiã e zeladora dos preceitos constitucionais os agride e desqualifica. Como quem fala demais dá bom dia para poste, o Luthor do Supremo jogou pedra gigante de kriptonita nos demais super togados ao lembrar que foram eles a “moderar” a pandemia. Pois é, quem tem culpa do que então? 

    Toffoli afirma que o Brasil vive semipresidencialismo sob controle do poder  moderador do STF

    CONTRADITÓRIO  

    Todavia, ao estabelecer o contraditório aqui em apertada análise, devo lembrar que o Legislativo talvez seja o maior responsável por esta detestável e execrável prática do Supremo, que é a prática de executar e legislar sem voto popular. Imagine os 11 do Supremo palmilhando trechos de vilas populares em busca de voto! Pois é, mas os votados pelo povo, Talíria Petrone e senador Dolfe Rodrigues, apenas como modestos exemplos se valem sempre de medidas judiciais rogando a interferência do Supremo. A análise tem que ser mais consistente e corajosa, portanto. Temos convivido com a omissão e a covardia do Executivo e do Legislativo no enfrentamento a delimitação de competências e prerrogativas. Apesar do imenso desprezo que tenho a figura do Renan Calheiros há que lembrar ser ele o único parlamentar que desafiou e ignorou olimpicamente o Supremo Tribunal. Os demais se comportam como colegiais amedrontadas frente aos togados, em especial a Moraes, aquele! Muitos já brincam chamando nossa pátria de Togaquistão! 

    MEIUCA 

    À volta ao equilíbrio entre os poderes não é simples.  Até mesmo o não menos famoso Lira das Candongas do Progressistas, que preside um dos poderes alvos de ataque, ajoelha e quer rezar a cartilha do semi-presidencialismo. Entendo o cabra. É parlamentar federal com os parquíssimos votos de Alagoas, chega a comandar o Legislativo com a politica asquerosa dos fungos e abraços dos corredores do Congresso. Não lhe basta intervir como intervém na pauta nacional, ele quer é mais…! Quer mais “puder”. Está lá em Lisboa GASTANDO A SAGRADO DINHEIRO DO POVO, ciceroneado pelo Gica Mendes do Supremo Tribunal. O evento, aliás, é Fórum Jurídico Brasileiro, o nono! Mas é sediado em Lisboa, para piada pronta para português rir de nós! 

    MEIUCA PARA NINGUÉM MANDAR MESMO…! 

    Nesta etapa creio caber à filipeta a lição do filósofo cristão Jacques Maritain, livro O Homem e o Estado, p. 36, que em resumo lembra que o povo exerce seu direito a plena autonomia, quando se reúne para elaborar uma lei, ou elege seus representantes. Este direito é inalienável! Investindo estes homens com autoridade, dentro de certos limites de duração e de poder, o poder do povo restringe-se na mesma proporção, mas não faz que a posse deste direito cesse ou diminua. Há que lembrar então a frase de Lincoln: “Governo do povo, pelo povo e para o povo”.

    Aprofundo-me para reiterar que na eleição do 2018, o povo exerceu seu direito inalienável elegendo um Presidente para o executivo, deputados federais e senadores para o legislativo e este legislativo na forma da legislação vigente sabatina, e aprova ou não juízes de piso definitivo! Qualquer modificação deste “statu quo”, só é possível com alteração da legislação vigente, após fastidiosa  consulta popular. Fora disto imito os adeptos de Dilma: “é gopi”! 

    STF  

    Não sei se entendi corretamente, mas parece que agora teremos que chamar o cidadão de Ministre Fachin? Então tá! 

    OS DEMAIS 

    Nesta semana Moro se tornou oficialmente pré-candidato de seu partido a cargo eletivo. Visitou o Pedro Bial, jornalista milionário que escreveu livros interessantes e fez coberturas históricas. Entrevista em a qual discorreu sobre responsabilidades da Petrobras, e deu outras opiniões sobre o Brasil contemporâneo.  

    VOA PASSARINHO 

     Ainda nestes dias, acirrou-se o debate relativo à prévia da tucanada. Por aqui mais de 600 votos de paranaenses que imagino, porque se tratando de tucanos e de seu muro de estimação só é possível imaginar que serão destinados ao Milk Today dos pampas, em imensa maioria. Assisti a debate dos três candidatos e confesso que Milk tem minha simpatia, porquanto Virgílio esta combalido, e o sujeito de São Paulo representa o que há de pior na politica brasileira! 

    PAROQUIAIS 

    1. Como seria de imaginar, o Podemos regional esta em alvoroço esbaforido…! O presidente do Partido, outrora fervoroso ratonete, o Dr. Silvestre dos campos de Guarapuava, vai à rádio Deniam, e afirma que não pode o partido ficar a reboque do Governo. Com extremo cuidado navegam no lago do candidato Moro. Mas invadem terreno de dois Senadores, como se fossem do MST. Álvaro e Oriovisto que trabalham incansavelmente para coligar com Camon. E declara o guarapuavano, em alto bom e límpido som, que é pré-candidato ao Governo em 2022. Interessante comportamento dos jovens políticos em busca de espaço. Os Elon Musk, os SpaceX do Podemos contra a turma do samba canção!
    1. Na corrida pelo Senado nenhuma novidade. Guto Silva palmilha o trecho, mas quem tem a chave do Partido é o Ortega! No outro lado da rua, Romanelli costura e também corre o trecho. No MDB alguns nomes ilustres se ensaiam. Pessuti, Adur e até mesmo a vereadora Noêmia! Em outros partidos há sempre a lembrança de Pickler, que avoca um acordo de 2018, com familiar do Governador. Pickler pode é claro ser candidato, pois tem viabilidade e estrutura, mas o acordo não rola!
    1. O destino do PSL/DEM será definido brevemente no TSE. No caso regional há a pendência do recurso de Francischini este no STF, que mudará certamente o destino regional. Se recuperar direitos políticos Fernando é candidato ao Senado, caso contrário a vereadora Flávia buscará à Assembleia.
    2. Alianças políticas sempre surpreendem, mas já não deveriam mais espantar ninguém. Poucos anos atrás Requião me chama que eu vou, chamou ninguém mais ninguém menos que o Cramulhão para coligar com ele. Dizem que o dito cujo fugiu de medo do Bob Requi!

       ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Senhor há muito para agradecer! Obrigado. Amém  

  • As RP 9 EMENDAS DO RELATOR E O STF
    Coluna semana de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 12/11/2021

    A Constituição prevê o mecanismo das emendas parlamentares individuais, em que cada deputado ou senador tem à disposição um montante fixo e igual para todos, destinado para os gastos de escolha do parlamentar. Em tese o dinheiro é dirigido a obras ou instituições de cidades ou regiões onde tais parlamentares têm suas bases eleitorais, o que ocasiona a repulsiva presença constante de  parlamentares na rede social se perfazendo como se realmente fizessem algo com dinheiro seu. Durante anos o  governo federal detinha o poder de recusar  a despesa prevista, o que transformava a execução das emendas em instrumento de barganha política: o dinheiro era liberado à medida que o autor da emenda se comprometia em dar seu apoio ao governo de ocasião ou a alguma proposta específica de interesse do Planalto – um expediente que independia da orientação ideológica de quem estivesse negociando. Às emendas individuais foram acrescentadas, posteriormente, as emendas de bancada – propostas em conjunto por todos os parlamentares de certo estado – e de comissão, sugeridas pelas comissões técnicas da Câmara e do Senado. 

    Após o estabelecimento das emendas impositivas, os congressistas não tardaram a encontrar outro meio de abocanhar uma fatia maior do orçamento, privilegiar certos grupos de parlamentares e restabelecer a barganha política. 

    Em 2015, o Congresso aprovou a primeira alteração constitucional que estabeleceu o chamado “orçamento impositivo”. A partir dali, o governo ficava obrigado a executar todas as emendas individuais, seja de sua base aliada, seja de oposicionistas. Em 2019, a mesma obrigação foi ampliada para as emendas de bancada. Terminava ali, portanto, a possibilidade de negociatas políticas usando as emendas como “argumento”. Os congressistas, no entanto, não tardaram a encontrar outro meio de beliscar orçamento, privilegiar certos grupos de parlamentares e restabelecer a barganha. 

    Em 2019, durante as discussões do Orçamento de 2020, foram criadas as “emendas de relator”, oficialmente de responsabilidade do parlamentar encarregado de relatar a peça orçamentária anual. A voracidade ficou escancarada desde o surgimento desse instrumento, quando o deputado Domingos Neto (PSD-CE) colocou nesta rúbrica inacreditáveis R$ 30 bilhões – o dobro da soma das emendas individuais e de bancada – e ainda pretendia que as emendas de relator também tivessem caráter impositivo. No fim da queda de braço com o presidente Jair Bolsonaro, as emendas de relator foram reduzidas a R$ 20 bilhões, sem execução obrigatória. No Orçamento de 2021, foi a vez de o senador Márcio Bittar (MDB-AC) incluir R$ 26,5 bilhões em emendas de relator, contra R$ 17 bilhões em emendas individuais e de bancada; também desta vez o valor final foi reduzido, em uma disputa que ainda levou em conta o fato de a peça orçamentária simplesmente não fechar as contas, com a redução de recursos para gastos obrigatórios. 

    A “truta” das emendas de relator está no fato de que, obviamente, a “responsabilidade” das emendas é apenas nominal, pois não é o relator quem decide sozinho para onde vai tanto dinheiro: ele acaba aplicado de acordo com as indicações de parlamentares amigos, e alocado em ministérios e órgãos de governo controlados por apadrinhados desses políticos. E todo o processo ocorre sem formalidades tipo vento a favor, no vai da valsa! 

    Já está suficientemente demonstrado que o instrumento das emendas de relator é uma forma inadequada de distribuição orçamentária. 

    Os vícios contidos em todo o procedimento das emendas  são evidentes.  Agride a isonomia garantida pelas regras das emendas individuais, que contemplam igualmente todos os parlamentares. Com as emendas de relator, cria-se uma resma de privilegiados que têm direito a fazer indicações em valores muito maiores que as previstas nas emendas individuais. Não é segredo para ninguém que não suporto a intervenção do Supremo Tribunal nas atividades afins de executivo e legislativo, e realmente acredito que o Ministro do Supremo que deseja fazer política deve enfrentar o escrutínio das urnas, sem privilégios é claro! 

    Todavia no caso das emendas supra descritas, aplaudo Rosinha Weber, senhora de viés canhoto tantas vezes demonstrado! Dinheiro público tem que ser usado de forma clara, transparente e hialina!  

    Os deputados federais levaram uma coça, apanharam de relho e como tem sido uma constante vão afinar para o Supremo, que, aliás, só tem medo de um político que é o Coronel Renan Calheiros. 

    Claro existem honrosas exceções entre os Deputados como Felipe Barros, Paulo Martins e Ricardo Barros que habitualmente mostram sua inconformidade com as atitudes dos Togados militantes! 

    Com a suspensão de pagamentos surge o enorme problema de que existem obras em andamento. E neste Governo existem sim obras em andamento, especialmente infra-estruturais. 

    Cabe a Câmara tratar de buscar solução que não é difícil, bastando para tanto iluminar as tais RP9 com holofotes de transparência! 

    LATIDOS DE CÉRBERO! MISCUGLIO 

    1-    Então a solenidade do Podemos lança Moro candidato. Tem todo o direito cidadão que é! O discurso escrito para ele por publicitário usa artifícios comuns para políticos e oradores neófitos. Tenta abrandar a imagem do político candidato, brinca com sua própria voz e outros truques habituais. Comete o publicitário, gafe imperdoável ao desqualificar “voz de locutor” já que o máster chefe de Moro foi locutor de rádio e por aí começou sua vitoriosíssima carreira, a saber, o Senador Álvaro Dias. Já na essência do projeto/discurso uma fratura. Mais ou menos assim: “ juntos podemos” e o deputado federal do partido vota com a esquerda contra o auxílio emergencial! Certamente longe do caritas do discurso. Moro não tem diretamente responsabilidade sobre isto por óbvio, mas, vai ver de novo como já viu no Ministério da Justiça o quanto é mais difícil, e particularmente  vai ver que é mais fácil cantar Maringá canção amada por todos nós, que desviar das flechas amigas! É óbvio que as observações não deslustram nem desqualificam o candidato! No mais como se poderia esperar lança flechas contra Bolsonaro e Lulla. Enquanto tiver bambu tem flecha do Podemos, pois afinal Moro este escalado como arqueiro mor! Claramente tratei aqui de forma muito superficial e generalizada a candidatura de Moro, e justifico: primeiro porque assistimos na quarta-feira(10) a uma mera apresentação de alguém que repete estratégias vencedoras de 2018, ou seja “ eu sou out-sider, não sou polótico”, que foi usada com sucesso até por Jair, bem como pelo financiador regional o Oriovisto! O discurso raso e previsível tem justificativa. Como a imprensa em geral foca na atividade de lacrar e se perde na cantilena “poucas mulheres, não vi negros e número suficiente”, os grandes temas como maior inflação do século que acontecerá em 2022, seja quem for o Presidente, desemprego, educação, saúde, segurança alimentar entre outros não foram considerados ainda! Como Moro esta realmente em terceiro em todas as pesquisas acho prudente dar tempo ao tempo para analisar de fato a candidatura.  

    2-    As pesquisas agora pagas pelo fundo eleitoral! Já estão patéticas novamente. Uma afirma que Moro surra Lula e Bolsonaro no segundo turno e se derem canja para o instituto ganha dos dois juntos. Já outro mostra Dória como player possível! Pesquisa bem feita é sólido instrumento de informação. Pesquisa como as que citei agora representam deformação do processo de construção da eleição. Os culpados são os inertes deputados federais que não legislam sobre o processo eleitoral. Flébeis e débeis! 

    3-Onde anda o Secretário de Fazenda? Não conheço o carioca, mas simpatizo com ele. Aguentar  caras que ele aguenta, não é fácil! E equilibrar o orçamento com a turma que só pensa em viajar…! 

    4-E o rapaz da Educação? Não ouvi mais falar dele, nem sei se ainda é Secretário! Será que a professorada tem saudade dele? 

    HOMENAGEM 

    Fui amigo de Sicupira desde a juventude. Escola de Educação Física. Lá praticamos esportes juntos, lembrando que ele era habilidoso em todos os coletivos. Melhor no Voleibol. Era neste tempo por óbvio o aluno mais importante e admirado por todos nós. Neste período jogou no Corinthians de Rivelino. Enquanto estive na Educação Física mantivemos contato amiúde, inclusive familiar nos jantares semanais. Fui eu que o levei para a Diretoria de Futebol do Colorado, ao lado de Geraldino e de meu irmão Matter. Mais tarde nos encontramos na CNT, onde dividimos estúdio, no Mesa do Fernando Gomes, pois eu os esperava terminar para iniciar o Ponto de Encontro!  Figura ímpar, sempre foi um ídolo! Grande ídolo, aliás! Mas nunca se comportou como tal, pois sua simplicidade tocante foi talvez sua maior grandeza. Tenho certeza que depois de abraçar Dona Ana e o Capitão, armou uma mesa de cacheta com a galera…! 

    ATHLETICO PARANAENSE 

    Fui homenagear Sicupira na Arena! Conheci a estrutura. Espetacular. Mas, mais do que a grandeza física me chamou a atenção a estrutura dos serviços e o tratamento destinado aos que lá estiveram pranteando o amigo! Entendo porque o clube esta em duas finais de grande porte. Não se trata só de qualidade esportiva, inegável com o internacional Autuori e este jovem Alberto que já é um dos maiores técnicos do Brasil, mas de um conjunto de decisões corretas ao longo do tempo que fidelizam sua gente e seu sentimento. As homenagens organizadas pela direção representada neste caso, por Mauro Holzmann, sintetizaram a imortalidade da camisa oito, que com certeza, só se vestiu por amor! 

    ALTO DE TODAS AS GLÓRIAS 

    Atenção moçada: domingo é tudo ou nada para nós! Estaremos lá! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Nesta semana de forma muito particular, para a família do Barcímio! Amém 

  • FALANDO SOBRE TERCEIRA VIA
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma SEM DOMÍNIO em parceria com o Jornal Impacto-PR – 05/11/2021

    Tenho ouvido falar sobre a dita Terceira Via, de forma bastante repetitiva – e, para minha surpresa, percebo desconhecimento não só das pessoas em geral, mas também de segmentos de imprensa e até mesmo de políticos. Devo enfatizar que uma parcela considerável de ocupantes de cargos eletivos não tem o estofo e a qualificação necessária para ocupar estes cargos logrando êxito nas suas funções. Figuras populares, em muitos casos, não estão preparadas para a função legislativa ou até mesmo executiva; não se cercam de assessores qualificados e, como resultado, verberam termos ou seguem correntes sem saber do que são formados seus elos. Creio relevante uma brevíssima consideração sobre o assunto, visto que nesta etapa existem filiações (e até mesmo prévias) em torno de nomes que representariam em 2022 a dita via!  

    Terceira Via foi à ideologia resultante da reformulação da social- democracia. Seria uma tentativa de reconciliação entre direita e esquerda, pois defendia uma política econômica conservadora associada a uma política social progressista. Seus defensores argumentam que o modelo ideológico está além do livre mercado e do socialismo democrático. Fez muito sucesso na Austrália no final da década de 1980, mas foi mesmo muito popular nos governos do presidente estadunidense Bill Clinton e do primeiro-ministro inglês Tony Blair.

    A Terceira Via defende a necessidade do Estado com interferência moderada na economia, assim como o combate à miséria e a responsabilidade pela segurança, saúde, educação e a previdência. A ideia foi especialmente adotada no Brasil durante o governo de Fernando Henrique Cardoso ena consolidação do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Vários partidos brasileiros buscaram representar a figura de Blair, com destaque para o PTB, sem lograr êxito, todavia. Após o sucesso que fez no mundo durante algumas décadas, a ideologia perdeu força no começo do novo milênio. Algumas vezes o termo foi atribuído ao que acontece na China, o que é um equívoco, pois se trata, neste caso, de um Socialismo de Mercado, e não da Terceira Via.

    Espero que fique claro, mas bem claro mesmo que o que temos até agora são candidaturas de esquerda, com Lulla, Boulos, Ciro, de direita com Bolsonaro e de sociais democratas (esquerda caviar, lagosta e champanhe Don Perignon Vintage Brut) representada por Doria ou Leite; e pela costela do PSDB, o não menos famoso Podemos. O slogan é: “juntos, podemos!”. Então: juntos de quem, e o que se pode esperar destes políticos antigos?

    Imaginar que a turma do Álvaro apresente discurso diverso do sintetizado acima – a saber, Moro, Flávio Arns, Oriovisto e outros –, seria similar a imaginar que Lulla virará honesto; que Ciro vai parar de agredir os outros; que Boulos deixará de chefiar invasões; e que Bolsonaro finalmente vai parar de falar demais! Não falei do Novo porque é velho! Vide quanto custou eleger vereadora em Curitiba.

    A PESQUISA DO MORO

    A pesquisa da Paraná merece credibilidade, em especial neste caso, por razões históricas. E ela fornece, como toda pesquisa, informações deveras relevantes. A mostra é extensa e realizada em mais de 200 municípios. Cerca de 60% por cento, dos consultados se manifestou contra a candidatura a Presidente.  A pesquisa parece conduzir ao sentimento de que a maioria seja contra, e, ou melhor, entendendo que Moro poderia ser mais útil concorrendo a outros cargos. Há quem entenda que seu resultado concorrendo ao Senado tanto pelo Paraná quanto por São Paulo será positivo. No Paraná, seu grupo de apoiadores é inequivocamente muito forte.  Também o é em São Paulo.  De uma apoiadora incondicional ouvi que prefere a candidatura a Presidente, porque assim ele “derruba” Bolsonaro! De outro antigo participante da vigília da Federal, ouvi que ele bate a todos de tala erguida! Outros admiradores mais moderados acreditam que ele fará enorme diferença candidatando-se ao Senado no Paraná ou até mesmo ao Governo do Estado. Soe ocorrer que Moro não decide sozinho, pois de sua decisão depende a continuidade politica de Álvaro Dias. E quem manda no Podemos é Álvaro. O outro Senador fala, mas não manda; e o terceiro Arns, nem fala nem muito menos manda. Há muito tempo não ouço o Senador Dias, mas insisto que ele é espartano nos costumes, goza de ótima saúde e foi o Governador melhor avaliado de todos os mais recentes quando deixou o Governo, o que pode pesar na decisão do grupo. De qualquer maneira o Podemos está no jogo, pode ser player regional ou federal, pois tem um “quarter back” poderoso e experiente, e agora um running back que qualquer outro Partido gostaria de ter!

    E A ESTREIA DE MORO?

    O pré candidato foi ao twitter e deu uma amostra do que pensa, afirmando ser ótimo aumentar o Auxílio Brasil, mas furar teto de gastos e dar calote em professor é péssimo, e ensina que é preciso ter responsabilidade fiscal! Então tá, soluções senhor candidato? Claro que há concordância em relação à segurança fiscal, mas aqui se trata da manifestação de um político que representa o sentimento da vertente já analisada acima. Então insisto: você tem alguma solução, Sergio Moro?

    E A PEC PASSOU POR ENQUANTO….!

    Volta ao Plenário na próxima terça feira (09)! Provocou reação em outro pré candidato o estridente Ciro Gomes, que se sentiu traído com os 15 votos do PDT a favor da proposta. O fato é que tão somente 4 votos permitiram a vitória do Governo.  Evidentemente a semana será de intensas negociações e discursos inflamados. A bancada paranaense votou da seguinte forma:

    Aliel Machado (PSB-PR), Aline Sleutjes (PSL-PR), Aroldo Martins (Republicanos-PR),

    Christiane Yared (PL-PR), Felipe Francischini (PSL-PR), Filipe Barros (PSL-PR),

    Giacobo (PL-PR), Leandre (PV-PR), Luciano Ducci (PSB-PR), Luísa Canziani (PTB-PR),

    Luiz Nishimori (PL-PR), Luizão Goulart (Republicanos-PR), Osmar Serraglio (PP-PR),

    Pedro Lupion (DEM-PR), Ricardo Barros (PP-PR), Roman (Patriota-PR),

    Rossoni (PSDB-PR), Sargento Fahur (PSD-PR), Stephanes Junior (PSD-PR),

    Toninho Wandscheer (PROS-PR) e Vermelho (PSD-PR).

    Vinte e dois votos a favor, portanto! Quando leio e assisto discursos inflamados de gente como Ênio Verri, condenando a PEC e nominando-a de CALOTE, me lembro de que esta mesma gente votos com Dilma em 2013 situação absolutamente similar! Há quem defenda o fato de ter votado na PEC do teto em 2016, justificando assim sua posição contrária.

     COP 26

    De certa forma, esta coluna está hoje influenciada pela língua inglesa, pois as estultices dos ignaros que se manifestaram em relação à Glasgow e a COP 26 me incomodaram bastante. A mania histórica do povo brasileiro de apequenar-se não encontra limites, em especial quando se trata dos membros da armata progressista. As fotografias de um Lulla rindo a bandeiras despregadas ao lado de líderes mundiais são mostradas como grandeza pelos tais! O contraste seria Bolsonaro deixado de lado…! Interessante lembrar que os tais líderes são péssimos pagadores e que devem ao nosso País fortunas em créditos de carbono, por exemplo. Na semana passada já abordei aqui o fato de que o Governo Brasileiro esta fazendo o dever de casa! A diplomacia brasileira assinou o Forest Deal, que contraria tudo o que Bolsonaro diz a respeito do tema desde 2018. Não entendi absolutamente nada.

    ORLA DE MATINHOS

    Então licitação realizada e o vencedor: CONSÓRCIO SAMBAQUI! E O QUE SÃO SAMBAQUIS? Os sambaquis são sítios arqueológicos deixados por povos pré-históricos que habitavam a costa brasileira de 7 a 8 mil anos atrás, muito antes dos tupis-guaranis. Esses sítios são geralmente compostos por ossos de peixes, pássaros e mamíferos, além de conchas de moluscos e outros materiais orgânicos.

    E EU QUE INGENUAMENTE PENSEI QUE SE TRATAVA DE MODERNIZAÇAO DA ORLA!

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI: Senhor, obrigado! Amém.

  • ACABOU A FARSA NO SENADO
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 29/10/2021

    Como sustentei durante meses aqui neste espaço e a História mostrou que nem mesmo as sete pragas do Egito foram perenes. Assim os sete pragas do Senado duraram um tempo finito e valeram-se do espaço midiático para servir aos interesses da oposição ao governo e aos seus interesses pessoais de poder.

    O espetáculo tragicômico de arrogância assumida por senadores elencados em crimes e ou práticas e criminosas pelo menos em tese, mostrou que qualquer sacripanta pode transformar-se em Torquemada e em qualquer etapa do desenvolvimento histórico das Nações, bastando para tanto que a população local esteja sob ameaça da qual ignore defesa e em especial prévia.

    O relatório final da dita CPI que sugeriu ao MP o indiciamento de quase cem brasileiros foi o produto mais qualificado que inúmeros servidores do Senado conseguiram parir. Um conjunto de quase mil folhas que tornaram natimortas as denúncias por falta absoluta de fato criminoso atribuível a quem os sicofantas travestidos de homens públicos queriam atingir.

    Evidentemente a danos colaterais e figuras de menor envergadura vão ter que explicar jantares noturnos e soturnos tratado de sobre preço e outras quizilas tão ao gosto e paladar dos corredores do poder.

    Todavia se já não daria em nada imagine agora que a lei 14220/2021 lei de Improbidade Administrativa foi promulgada!

    Não posso deixar de lembrar que mais de 70 milhões de reais foram gastos nesta ópera bufa!

    Quem vai exigir que o Senado devolva ao povo brasileiro este recurso torrado em ação meramente política?

    Ou alguém imagina que aquele sujeito desprezível chamado Renan Calheiros acreditou em uma só palavra do relatório dele?

     Por outro vezo é de enfatizar que em 2022 teremos eleição para o Senado. Cada Estado poderá renovar um Senador de sorte que cabe ao povo a responsabilidade de enviar 27 novos brasileiros ou brasileiras para Brasília! Claro não é o ideal, mas da uma boa renovada. Quando falo renovar não me refiro à idade, mas sim a conduta e o modo de pensar e agir!

    CPI dos três patetas

    CÂMARA FEDERAL

     Pois a Câmara Federal na pessoa de seu Presidente veio a lume, e defendeu com ardor os deputados federais que foram citados pela CPI dos malandros. Com efeito, o Deputado Presidente não poderia ter agido de forma diversa. Dizem os juristas que a liberdade de expressão esbarra na veracidade, ou na exigência da mesma. Bem assim, Lyra confirma o que a maioria da população sabe e soube sempre. Então a dita CPI esbarrou na veracidade, pois construiu um discurso de cometimento de crimes que não foram cometidos. Defendeu seus pares! Fez bem, mas quem defenderá os demais brasileiros acusados de forma injusta. Lembro, todavia que se culpados efetivamente existem então que sejam punidos. Nunca passei pano em ladrã!

    CRESCIMENTO VERDE

    Um dos discursos que mais me incomoda nos últimos tempos, é o da PAUTA VERDE: normalmente sustentado sem a preocupação e a responsabilidade de lembrar que, como ensinado pelo primeiro ato oficial em relação à Ecologia, que remonta ao Congresso Realizado em Estocolmo em 1952, a par do tema preservação somar-se-á a sustentabilidade.

    Portanto, com auspício e bons olhos, vejo a instituição do Programa Nacional de Crescimento Verde (Decreto 10.846, de 25/10/2021), que institui o Comitê Interministerial sobre Mudança de Clima e Crescimento Verde.

    Dentre os objetivos do Programa, aliar o crescimento econômico com o desenvolvimento de iniciativas sustentáveis; aprimorar a gestão de recursos naturais para incentivar a produtividade, a inovação e a competitividade, criar empregos verdes, e outras tantas providências. Mas, importa destacar, o item 6, que sai do sonho e ampara a realidade: “estimular a captação de recursos públicos e privados, destinados ao desenvolvimento da economia verde, provenientes de fontes nacionais e internacionais”.

    Destaco os eixos de atuação do programa: incentivos econômicos e financeiros; transformação institucional; critérios para implementação de programas; projetos e ações considerados verdes; além de pesquisa e desenvolvimento.

    REGIONAIS

    Wilson Bley Lipski

    PRESIDÊNCIA DO BRDE: Uma boa notícia para os paranaenses é a eleição de Wilson Bley Lipski para o Banco de Desenvolvimento. Sua manifestação inicial pelo crescimento e transformação positiva do Banco, que já é graças ao trabalho incessante dos colaboradores e de seus predecessores, o maior instrumento de fomento do sul do país. Pois bem. O seu discurso tem muito a ver com a referência que fiz ao Programa Nacional de Crescimento Verde, mesmo porque nas hostes do BRDE, de há muito já se sabe que o Pacto do Equador exigirá das instituições bancárias, em especial as de fomento, submissão no que tange às ações de fomento às exigências de crescimento verde.

    Lembro, por oportuno, que o crescimento do Paraná no setor agropecuário, sempre esteve atrelado ao BRDE. Portanto, torcer pelo BRDE é torcer pelo crescimento do Estado do Paraná. Auguri!

    PODEMOS: as últimas informações do mundo Podemos de fazer política, dão conta de que o advogado Sérgio Moro pode ser candidato a Presidente da República, Governador do Paraná e até mesmo candidato ao Senado. Pesquisas do dia de hoje indicam que Moro tem 8% das intenções de voto, caso seja candidato à Presidência da República. É um número expressivo, considerando que é previsível que seu conhecimento seja menor de Minas Gerais para cima. Há um natural alvoroço entre os correligionários de Álvaro Dias. O atual senador tem apetite político vigente, e é espartano nos costumes, gozando de reconhecida saúde. Não pode ser descartado como um player importante. Ao lado de Moro, que assim como Fachin sempre foi extremamente prestigiado por Álvaro, terá indubitavelmente, relevância no pleito de 2022.

    A GERINGONÇA DE ROBERTO REQUIÃO: o blogueiro oficial de Roberto Requião tem dado destaque ao que chama de “geringonça de Requião”, para identificar as caravanas de Roberto pelo Paraná. Aos de pouca memória, lembro que Roberto é um exímio criador de slogans: “voltar atrás nunca mais”, “me chama que eu vou” (com auxílio do sambista Ciro Morais), e o inesquecível e grandioso “as cartas de Puebla”. Desta feita, vale-se da geringonça que, eu esclareço exitoso sinônimo de improviso, utilizado nas eleições europeias por longos cinco anos, em especial pelas esquerdas de Portugal, reunidas em torno de Antônio Costa, nos partidos PCP, VERDES e bloco de esquerda. Naturalmente, Requião deverá ter cuidado para que esse seu novo saque se torne em outro sinônimo de geringonça, que é “engenhoca” ou “caranguejola”.

    O TELEFONEMA DO GENRO

    Quarta-feira, por volta das 23h30min, recebo um telefonema de meu genro, Henrique Giglio, que me pergunta se eu estava assistindo a algum filme. Surpreso, perguntei por que. E ele me disse que estava passando um filme ambientado no Rio de Janeiro, mais especificamente, no Estádio do Maracanã. Perguntei-lhe o nome do filme, ao que ele me respondeu “A Fantástica Fábrica de Chocolates”. E eu perguntei quem substituiu Johnny Depp no papel de Willy Wonka. Rápido no gatilho, ele me respondeu: “Nikão, é claro!”.

    ELEMENTAR, MEU CARO WATSON: porque a Terra não é plana.

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI

    Senhor faço-Lhe com humildade, um pedido especial: manda raio no Renan, no Omar e no Randolfe.

  • A CORJA
    Coluna semanal de OIGER BUCHI na plataforma SEM DOMÍNIO em parceria com o Jornal Impacto-PR – 22/10/2021

    Nesta semana recebi a imagem de publicação semanal de Lisboa do século passado. Período de pós-guerra prevalecia no dia a dia o regime dos proxenetas seja das mulheres seja do estado. A lei era a do mais forte, do mais esperto e do mais malandro. Evidentemente em menor escala que em outros Países posto Portugal não ter sido teatro da guerra intra fronteiras. Todavia recebeu toda espécie de escória  de outras nacionalidades  como se atraídas em suas  fugas pelo flautista de Harmelin. 

    Lembrar com horror da “guerra de trincheiras” e dos oito milhões de mortos e trinta milhões de sequelados físicos ou emocionais! 

          Por certo neste tipo de cenário histórico a Justiça teria papel absolutamente destacado. Esperar que os bacharéis de Coimbra “Coimbra é uma mulher, só passa quem souber…!”, fossem os exemplos! Jamais as vestais, só exemplos mesmo, porque homens, pobres homens jamais o serão, ao menos exemplos de dignidade! 

          Ora, se você encontra verossimilhança entre aqueles e estes tempos, certamente tem razão. Pandemia, cenário de guerra moderna, posto que química dizimasse milhões,  mais do que nunca provou que seja em tempos de tiros de fuzil seja em tempos de mortes por contaminação os homens são só estes seres enanos morais. Oh tempora, oh mores! 

    A TRAGICOMÉDIA DO SENADO ACABOU 

    Pois como todos os males, este desvio moral e político que assolou o Senado acabou.  Antes, muito antes de qualquer outra consideração vale enfatizar que o G7 e  senador menine Fabiano Contarato, frequentaram a mídia mais do que em qualquer tempo  e que importante enfatizo, jamais voltarão a frequentar. E fizeram política, rastaquera de seu quilate habitual e característico! Da catadura mais baixa e imoral. Ouvi este menine Fabiano defender que mercê pacto federativo não seria obrigação da CPI dos Patetas investigar o dinheiro dos brasileiros (recursos federais), que foi subtraído e queimado no tal consórcio nordeste do Gabas e de outros tantos meliantes. De inutilidade absoluta e desserviço a instituição participação deste jaez! Obrigam-se os Senadores a justificar os setenta milhões de reais que segundo a imprensa aparelhada foram gastos no picadeiro. A Deputada estadual Janaína cobra diuturnamente a devolução do recurso público. 

         Todavia, todos eles, mas todos eles medraram para o General Braga Neto. Covardes, além de como fartamente provado no caso da maioria corruptos envergonharam não a si mesmos, posto que individualmente sejam  nada mais que mandranas, mas envergonharam a  instituição Senado da República! 

           O relatório final motivou a quebra de união se é que alguma união houve que não fosse trabalhar contra o Governo Federal na mais subalterna forma de fazer oposição, e os preteridos por Renan que ocupou o espaço global do programa Fanático, fizeram um escândalo, e desmoralizaram ainda mais o circo mambembe! 

              Para os menos atentos vale lembrar que as quadrilhas de malfeitores normalmente se entregam para a lei no momento da divisão do butim! 

          Ora o prêmio almejado pela súcia senatorial era sob a ótica individual garantir um lugar de Vice na chapa do  outrora  hospede da Santa Cândida! 

    Renan tem o comando do MDB com Sarney e outros tantos e esta é a razão do súbito desaparecimento de Simone Tebet, que só fez enlamear sua biografia! Neste caso particular saberemos se estou certo depois da manifestação dos sul-mato-grossenses nas urnas! Renan o calhorda mor traiu os demais senadores e ocupou o picadeiro global em solilóquio suicida! 

         Todavia ao medrar no que tange aos indiciamentos e constituí-los tão somente com objetivos políticos os PATETAS encerram este episódio sob a  extrema desconfiança popular e certamente ocuparão na história o lugar que suas trajetórias pessoais, exceções devidamente excepcionadas, lhes reserva que é o esgoto! 

    POR QUEM SOIS TERCEIRA VIA? 

    Então! A cada dia que passa a construção de uma alternativa que se afaste das realidades das candidaturas já consagradas para 2022, fica mais difícil! O jovem Eduardo Leite é considerado por muitos uma sólida opção, e merece uma consideração mais aprofundada. De pronto, todavia devo enfatizar que em seu primeiro debate em face das previas de seu partido político caiu no enredo do cidadão de São Paulo. Por respeito pessoal a Arthur Virgílio, outrora vigoroso combatente não comento sua tentativa eleitoral. Amigos e familiares devem preservá-lo de exposição nesta etapa. 

    Voltando aos pré-candidatos de fato, Dória melífluo envolveu o debate em salamaleques e futilidades tão ao seu estilo e o gaúcho Leite amornou! 

    O único nome de terceira via com viabilidade eleitoral é Eduardo Leite! Tem uma trajetória política despida de acusações de improbidade, representa o novo e tem boa imagem para os veículos de comunicação. 

           Eu vi o Governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, homem de bem, chorar no Piratini por não poder pagar em dia o funcionalismo! Pois Leite, com ajuda do Governo Federal vem pagando em dia e resolvendo questões estratégicas de seu Estado, com eficiência e prudência! 

           Eduardo, pode se ultrapassar as prévias partidárias receber o apoio do UB que detém enorme tempo de televisão e um bi-trem de dinheiro. 

    Tem ainda a possibilidade de agregar os insatisfeitos do Podemos, que sempre será o puxadinho do PSDB. Igualmente, quando escrevo que cresce se ultrapassar a sua convenção é porque enfrentará em eleição de colégio eleitoral fechado a máquina de corrupção chamada João Dória! 

    Não há embargo em afirmar que quem quer que seja que vença a máquina partidária paulistana esta pronto para embates maiores! 

          Creio que Leite pode contribuir para a qualidade do pleito de 2022! 

                  QUEM VAI AOS PAÍSES ÁRABES FAZ O QUÊ? 

         Independentemente das razões da viagem, no momento turístico tira foto com camelo e posa de roupa típica. Meu amigo Eduardo Bolsonaro agiu com a normalidade dos brasileiros em geral. Foi o que bastou para ser alvo das grosserias habituais destinadas aos bolsonaristas em geral. Conheço bem Eduardo e admiro sua educação e lhaneza no trato com os demais! O tempo é o Senhor da razão! Todavia, quem é bolsonarista esta acostumado com as ofensas diárias e mais do que isto a ser tratado como imbecil, somente e tão somente porque não cede ao canto da sereia lullista. Ser chamado de retardado e ignorante é lugar comum. Faz parte da livre manifestação admitida em regimes onde se pratica a liberdade. Aliás os de esquerda viajam sempre para países onde se pratica a liberdade, como por exemplo, o da Bandeirantes o Megali, que mora em Nova York. Lá constrangido ouve em todos os jogos de basquete e outros espetáculos a que comparece “Fuck you, Bidê”! Chupa que é de uva! 

    REGIONAL 

    1-    Pedágio em discussão permanente aqui no Estado e de forma especial na Assembleia Legislativa, aliás, foro correto! O que se espera é que finalmente seja implantado um modelo decente e submetido à correta relação custo/ beneficio! Qualquer informação preliminar, entretanto não indica um resultado auspicioso! Atenção! 

    2-As movimentações partidárias nesta semana foram bem intensas. Neste momento dependem de decisões judiais que podem alterar o quadro regional de forma relevante. Aguardemos. 

    2-    Informaram-me que uma alta figura do Judiciário foi a uma reunião em São Paulo, no momento histórico em que foi finalmente resolvida à questão do Precatório CR Almeida! Por óbvio, pedi documentos comprobatórios e ou testemunhais! O informante me prometeu maior profundidade. Aguardemos! 

    3     ESPORTE: Beach Tennis! Brasil Tetracampeão mundial 

    Por conta de meu amigo Robinho Guzzati sou fã da modalidade. Vale destacar que as jovens Marcela Vitta e Rafaela Miller, sob orientação do competente Gabriel Farah, trituraram as italianas na final mundial engalanando o esporte. Enfatizo ainda que o apoio oficial a modalidade tão vencedora é muito esperado. Atenção Secretário de Esporte, vale investir…!  

              COPA DO BRASIL: ATHLETICO 2 X 0 FLAMENGO 

    Assisti a porfia com atenção e o resultado de campo foi o que acima digitei. Todavia, o Relatório Final da CPI (CBF) foi diverso da meritocracia e da realidade do campo de jogo! 

    Com efeito, a partida foi apitada por Renan Calheiros, com Randholfe Rodrigues na bandeira 1 e Humberto Costa na 2! 

       No VAR com decisiva participação fabricando verdades, no caso gols para o Flamengo, Omar Aziz, a mulher de Omar e os dois irmãos de Omar! 

        Claro que resultado moral não resolve, mas mesmo para um Coritibano histórico como eu constatar o assalto ao Athlético é revoltante! 

    REFLETINDO: 

    Elementar, meu caro Watson, porque a Terra não é plana…! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI  Senhor abençoe o Brasil! A gente precisa, pois o Senhor deve ter se equivocado na Sua Santa decisão. É muita gente que não presta para um PAÍS só! Manda raio nos ladrã! Amém   

  • A QUESTÃO TRIBUTÁRIA
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 01/10/2021

    De repente não mais que de repente todo mundo virou especialista em tributos e decide o que é correto sobre incidência e cobrança e redistribuição. Fato incontestável é que brasileiro tem está tendência atávica de comportar-se como técnico de um tudo, herdada do comportamento de torcedor de futebol. 

    Todavia o campo tributário exige profundo conhecimento e não cabe analisá-lo de forma superficial, em especial considerando que determinados impostos dão substrato para a manutenção de governos diferentes e em três esferas, federal, estadual e municipal! 

    A análise mais superficial exige dos governadores de estado que diminuam ICMS de ICMS de gasolina e energia. Todavia a questão não é tão simplória assim. Os governadores tem todo o seu planejamento alicerçado na arrecadação prevista em lei. Aprovada no parlamento, com despesas orgânicas que não podem ser ignoradas. Inobstante possa haver amparo em discricionariedade, não há amparo factual.

    A realidade nos demonstra estados falidos de há algum tempo, a exemplo do outrora extremante pujante Rio Grande do Sul! Ora se isento de maneira tão evidente os governadores, significa que estou a favor do “statu quo”? Absolutamente, até porque não aceito a forma como se comporta o Paraná em relação à Copel e Sanepar, por exemplo. 

    Todavia é preciso sempre enfatizar que os Governos, todos eles, não produzem um figo podre sequer, como diria minha avó, então a realidade,  e o fato mostra que a questão é muito mais complexa que o Telê botar um ponta como Jô Soares queria.

    O que é consequente e responsável é tratar de uma Reforma Tributário, que já deveria ter sido produzida de há muito. É nesta etapa, que devemos nos lembrar de que quem produz, ou deveria produzir leis é o Congresso Nacional, e que a reforma em questão como todo mundo sabe já deveria ter sido feita há pelo menos 20 anos. Então ao invés de bancarmos entendidos em assunto tão hermético, deveríamos nos ater ao nome do deputado federal em quem votamos e cobrar dele produtividade. Se você lembrar que existe Senado e em quem você votou pode cobrar deles também, se achá-los é claro! 

     Existe um trabalho de enorme pujança e qualidade, realizado pelo então Deputado Federal Luiz Carlos Jorge Hauly, que é uma proposta consistente de Reforma Tributária. Bastaria haver compromisso da Câmara dos Deputados e o assunto poderia ser pautado e aperfeiçoado se for do caso. O que é positivo na discussão atual é que populariza a questão e a torna “trend topics”! De qualquer sorte a solução da questão da reorganização e atualização da esfera tributária no País é emergencial. Como a vontade política é fundamental cada um de nós deve cobrar como já escrevi acima do seu Deputado Federal urgência na Reforma! 

    QUESTÃO INTERNACIONAL 

    Creio que todos tem consciência que a crise logística é mundial, incrementada nesta semana pelos rumores, senão realidade da quebra da Evergrande da bolha chinesa imobiliária. As Bolsas de Valores do mundo inteiro estão deveras incomodadas com está questão o que as deixa em  constante oscilação negativa. Gasolina subiu em todos os Países e moradores dos Estados Unidos falam em 50 % na bomba e a carne com aumento de até 65% por cento. Energia elétrica então, um Deus nos acuda! Claro aqui um comprometimento mais destacado por decorrência da crise hídrica e nosso tipo de matriz preponderante. Ocorre que no nosso País há sempre um desvio de foco, uma constante tergiversação que objetiva o dano colateral que deve ser político.  Inobstante estes números sejam reais os correspondentes das redes nacionais NÃO expõe a realidade porque lá o Presidente é de esquerda o Bidê! Por aqui a tradicional Volkswagen deu folga na fábrica por falta de fios condutores que são importados da China. Este apenas um modesto exemplo da aldeia global do Mharsal Mac Luahan, previu isto nos anos 80!  Vale dizer: a pandemia produziu efeitos globais e estes efeitos são palpáveis e visíveis não só nas perdas de vidas humanas, mas também nas perdas de vidas e empresas.  Culpar como sordidamente de forma direta se culpa o Governo Bolsonaro é de uma desonestidade abjeta! 

    REGIONAIS 

    1. O partido do Senador Álvaro Dias não desiste de tentar fazer parte da chapa do Camon I! Desta feita o jovem Silvestre dileto amigo de há muito do Governador coloca a seu nome a disposição do Phodemos  no intuito de disputar o Governo. Tudo perfume de Gardênia ou espuma, posto que Cezinha jogue bem e busque cadeira na Câmara e reeleição materna na Assembleia! Simples e direto assim. 
    2. Fusão de partidos: A fusão de partidos junta Bivar e Magalhães. Há quem aplauda, outros tantos de imediato gritam socorro. FATO É QUE QUASE UM BILHÃO E MEIO DE DINHEIRO DO POVO BRASILEIRO, estarão à disposição da dupla e seus representantes regionais. Por aqui a dupla Francischini/Lupion está na área. Como é habitual em política os orienta o pragmatismo e nenhum prurido ético. Em verdade  as reuniões de quarta feiras a noite de há muito reúnem Felipe e Bekinha Lupion. Um será vice outro o Pedro será secretário geral. 
      Como sempre o tempo será o senhor da razão! 

       
      A CPI QUE TRANSFORMOU O SENADO EM CIRCO MAMBEMBE 
    1. Deixei para escrever sobre este assunto para finalizar a coluna, porquanto como todos esperava o depoimento do senhor Luciano Hang. Não conheço o cidadão pessoalmente, mas admiro sua capacidade empreendedora, assim como horizontalmente admiro a todos os homens e mulheres deste País que tem a coragem de empreender e sustentar este estado brasileiro que sofre de elefantíase, preguiça indolência e corrupção por atavismo, aliás! 

      Soe ocorrer que os ineptos, incompetentes e em casos específicos ladravazes que compõe a CPI do Circo do Covid, não avaliaram de forma adequada o quanto lhes era perigosa à tarefa que lhes fora proposta, a saber, impedir o Presidente da República!  

      Assim o primeiro rato da era Collor, Renan ex-cara de xixi na areia, alinhado com Aziz da esposa presidiaria, e outros de menor catadura como o escoteiro histérico Randolphinho, como se fossem exemplos de  conduta e cidadania puseram-se a obra. 

      Claro jamais, mas jamais chamaram o Consórcio Nordeste e o tal Gabbas que foi do INSS do PT! E dê-lhe de auto desmoralização pessoal e da instituição Senado! 

      Casa revisora de leis, que deveria ser respeitada por todos os brasileiros hoje é motivo de risos e chacotas com seus membros e respectivas condutas sendo alvo de rigorosas investigações da cidadania. Afinal, cada cabra deste custa mais de milhão por mês para o povo! O QUE FAZEM? O QUE PRODUZEM? COMO SE COMPORTAM?  

      A culpa é deles mesmos, porque sequiosos de resultado político que enfraquecesse o Executivo, permitiram a construção de um monstro amparado pelo exercício legal, CPI, e deram legitimidade para Renan e seus sequazes! 
    • O depoimento de Luciano  Hang lembrou cena épica do clássico de Cecil B. de Mille, Sansão e Dalila, com Victor Mature como Sansão e a maravilhosa morena Hedy Lammar como Dalila. Pois bem Sansão careca volta ao templo onde iria ser seviciado e o destrói matando todos os filisteus. Qualquer coincidência terá sido propositada por este escriba. 

      O careca moeu, triturou seus inquisidores senadores. Provou quanto eles são despreparados, covardes, a ponto de expulsarem advogado digno e honrado Benno Brandão, meu amigo, da sala. Ofensa grave as prerrogativas. MAIS GRAVE, MUITO MAIS GRAVE, entretanto foi destruir o templo senatorial. Demoliu a instituição. Mostrou que até operação plástica, isto mesmo, até operação plástica o povo paga para senadores e deputados federais! 
      Honestamente, não sei com que cara senadores pegarão avião ou sentar-se-ão em restaurantes! 
      Pior, mas muito pior para aqueles que tentarão em 2022 voltar ao SENADO…! 
      Como diria minha tia Ruth: vergonha alheia! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Senhor obrigado Senhor! Pandemia chegando ao fim.

    Coritiba la garantia soy jo, quase lá!

    Mas humildemente rogo Senhor: manda São Pedro largar um raio mais poderoso que o do Veio da Havan no meio do Senado!Amém !!!

  • CPI DOS PATETAS
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 17/09/2021

    Pois a tal comissão parlamentar de inquérito vai chegando ao seu ocaso. Finalmente e felizmente! Inobstante o Randolph busque incessantemente vestir a capa de super-herói, no caso até por semelhança física em especial a capa multicor de Robin e na condição de herói chama a intervenção dele, de Coronel Renan, e de Aziz aquele da mulher presa, como fundamental para salvar vidas. Seria cômico se não fora como de fato é tragicômico! Exatamente indivíduos de trajetórias duvidosíssima em especial os dois últimos buscando usurpar vestes de cavalheiros do Santo Graal! 

    Não bastassem as três figuras, ainda engrossam as imagens televisivas Humberto da Saúde e Simone Tebet, que confunde sua condição e veste a batina de Torquemada e suplicia depoentes com virulência surpreendente e que evidencia voracidade política com vislumbres para 2022! 

    Claro, esta é uma rápida análise do quadro geral e de seus pouco qualificados atores.  Parece a rigor que os Senadores combinaram e resolveram escalar o que de pior havia no quadro senatorial.  

    (crédito: sitealertatotal.net)

    Pois a tal comissão parlamentar de inquérito vai chegando ao seu ocaso. Finalmente e felizmente! Inobstante o Randolph busque incessantemente vestir a capa de super-herói, no caso até por semelhança física em especial a capa multicor de Robin e na condição de herói chama a intervenção dele, de Coronel Renan, e de Aziz aquele da mulher presa, como fundamental para salvar vidas. Seria cômico se não fora como de fato é tragicômico! Exatamente indivíduos de trajetórias duvidosíssima em especial os dois últimos buscando usurpar vestes de cavalheiros do Santo Graal! 

    Não bastassem as três figuras, ainda engrossam as imagens televisivas Humberto da Saúde e Simone Tebet, que confunde sua condição e veste a batina de Torquemada e suplicia depoentes com virulência surpreendente e que evidencia voracidade política com vislumbres para 2022! 

    Claro, esta é uma rápida análise do quadro geral e de seus pouco qualificados atores.  Parece a rigor que os Senadores combinaram e resolveram escalar o que de pior havia no quadro senatorial.  

    PATETAS 

    Todavia se os escalados tivessem real compromisso com uma séria investigação o instrumento regimental e devidamente amparado pela legislação de regência, certamente teria utilidade para o erário nacional. 

    Investigações sérias nos atos do Ministério da Saúde  e no que é da estrutura do sistema de saúde vigente no País, ou seja secretarias estaduais e municipais de saúde poderiam oferecer uma contribuição séria para o aperfeiçoamento das ações de controle sobre gastos públicos. 

    À exemplo do que ocorre no Supremo Tribunal Federal, a vaidade e a destemperança suplantaram o senso de responsabilidade e o dever público. Além é claro do espírito de corpo que fez espancar das investigações tudo que não objetivasse atingir o Presidente da República. 

    POIS BEM: QUANTO FOI GASTO PARA ENCENAR ESTA ÓPERA BUFA? 

    Seria preciso uma CPI para investigar dois funcionários da MS que teriam feito estripulias na compra de vacina? 

    Causa-me, espécie que o Sistema de Controle Interno do Executivo Federal, Tribunal de Contas da União ou Controladoria Geral da União e mesmo e de forma especial o Ministério da Saúde e  a hierarquia do SUS, deixem de ter controle mínimo. 

    Mais espécie me causa o fato de que o membro da CPI Senador Izalci Lucas, DENUNCIOU na quarta feira, dia 15 de setembro, desvios do Governo do Distrito Federal que recebeu R$ 3 bilhões dos 150 bilhões do dinheiro do povo brasileiro para combate a COVID!  

    E COMO SEMPRE NADA SE APROFUNDA!  A IDEIA REMISSIVA DA CPI É ATINGIR O PRESIDENTE.  

    Ora se houvesse boa fé mínima esta CPI serviria de fato para tratar de gestão e controle. Para realmente em respeito aos 600 mil mortos até aqui, cuidar de informatizar o serviço público com qualificação cibernética! Ao no meio da CPI vem o Jean Prates senador do PT defender Lulla! Daí a gente entende que o  Brasil continuará tendo enormes dificuldades. Daí ameaça um depoente e se esquece do Brasil de anos atrás! Resumo: não há seriedade. Faz apologia ao bom e sério homem Coronel Renan, o probo!  

    Quero frisar que não tenho ladrão ou ladra de estimação, portanto se vão chamar a ex mulher ou quem quer que seja não me interessa. Quem quer que seja que tenha roubado na pandemia tem que bater caneca na grade! 

    RENAN TENTA DAR GOLPE 

    Acompanhado por juristas que tem Miguel Reale de novo na fita, o Coronel Renan quer dar golpe no Brasil e promover o impedimento do Presidente por supostos crimes de responsabilidade durante a pandemia que ainda vivenciamos. O fato inquestionável e que nosso País teve um número de mortos bastante elevado e cada um deles tem sua ausência chorada e imensamente valorizada pelos seus próximos ou nem tanto. Todavia, buscar programar um golpe de Estado com supedâneo neste infausto implicaria em responsabilizar toda a cadeia hierárquica do SUS, INCLUSIVE E ESPECIALMENTE NOS ESTADOS! Então se o Coronel Renan Calheiros quer responsabilizar os envolvidos que peça desde logo o impedimento do Governador de Alagoas! Ah não vai pedir Coronel? Então vá tomar melhoral seu palhaço! Aliás, a bem da verdade ética e inegociável de sorte que a premissa de Renan está equivocada. Ademais ele se equivoca desde que cuspiu na citação que o Supremo lhe enviou alhures. A expressão jurídica é “venire contra factum proprium” Coronel Renan! 

    REGIONAIS 

    O LITORAL  VAI MUDAR!

    Tenho notícia firme que o litoral do Paraná vai receber um mega investimento. Mais do que isto uma injeção de modernidade e valorização em região que congrega sete municípios com belezas ainda inexploradas sob a ótica da indústria do turismo, e que com a agregação de valor das diferentes oportunidades que virão das mudanças infra estruturais, proporcionarão crescimento de opções em diferentes segmentos, além é obvio de agregar valor e muito ao setor imobiliário!  

    Vale parabenizar os paranaenses que em muitos casos dedicaram suas vidas inteiras ao nosso litoral, abnegados em suas diferentes atividades produtivas. Finalmente um olhar especial do Poder Público. Mas vale também parabenizar o Governo Ratinho Junior e sua equipe. O projeto é admirável e o que é mais relevante, os recursos já estão disponíveis! Sei que existem obstáculos legais que serão transpostos, o que motivou ações do GAECO! Todavia entendo que esforços das diferentes autoridades envolvidas devam ser encetados com brevidade, separando joio de trigo se houver e onde houver por as mãos no trabalho. Tenho certeza que o Paraná merece pelas razões supra sustentadas e que as autoridades encontrarão o caminho do bem comum! 

    RESERVA HÍDRICA DO IGUAÇU 

    O Governador Ratinho Junior e o Prefeito Rafael Greca assinaram juntos a criação da Reserva Hídrica do Iguaçu, Decreto 1172 de 2021! Denomino de ação de estado. Estadista, e o administrador público que assume seus atos vinculando-os a motivos concretos que visem o bem comum! Assim procedendo Prefeito e  Governador agem como homens de estado. AUGURI GURIS! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Quando assisto as sessões da CPI do Covid penso que estais a descansar, oh Pai! Até quando Renan e Azis impunes Senhor? Amem 

  • TERCEIRA VIA?
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 03/09/2021

              Como esta na moda outra vez falar em terceira via, acho relevante um brevíssimo passeio histórico sobre o tema. Quando esteve na moda o tema no governo de Henrique do PSDB, o que escreveu e mandou esquecer, o PTB promoveu palestras sobre o tema já que Tony Blair fazia sucesso midiático! Os teóricos ensinam:-  

             “Os dois modelos econômicos mais conhecidos (Liberalismo e neoliberalismo de um lado; Socialismo e comunismo do outro) compreendem aquilo que poderíamos chamar de uma polaridade direita-esquerda. A dinâmica desta polaridade na contemporaneidade que tem levado vários autores a procurar resolver os impasses criados entre elas. Diante de uma possível falência dos modelos socialistas/comunistas e dos avanços do mundo globalizado onde o capital exerce um papel preponderante, é possível pensar um projeto político, para além dessa polaridade e que seja viável e alternativo? Uma terceira via ou um modelo que inclua em seu arcabouço teórico e prático Estado e mercado”? 

            Vou supor que “terceira via” se refere a uma estrutura de pensamento e de prática política que visa adaptar a social-democracia a um mundo que se transformou fundamentalmente ao longo das duas ou três últimas décadas. É uma terceira via no sentido de que é uma tentativa de transcender tanto a social-democracia do velho estilo quanto o neoliberalismo (GIDDENS, 2001b apud SELL, 2006, p. 75)”. 

           Quando os que se acham cultos espancam os bolsonaristas como ignaros e lembram que Lulla é somente quem é, líder cleptocrata lhes vem à mente o discurso fácil e palatável da terceira via. 

             Mas quem eles sugerem? Moro por admirar líderes socais-democratas, Fernando em destaque? 

    Dória dos Botoques com base na sua medalha ganha em Curitiba pelo desenvolvimento de vacinas (arrrrghhh, desculpe leitor vomitei)

             O cara do Novo de quem não lembro nem quero lembrar o nome? 

    E a pergunta que eles fazem a quem ora governa me vem à mente. “Como vai resolver a crise hídrica e o preço da energia Presidente? 

            E a pergunta que eu faço: “Por acaso os líderes sociais democratas, oito anos, e os esquerdistas 14 anos resolveram ou planejaram solução para os gravíssimos problemas apontados”?  

              NÃO! Então tenham honestidade intelectual mínima e deixem de culpar o atual governo por erro que não lhe pode ser atribuído! 

    Certamente, por outro lado, há necessidade de permitir ao atual governo que governe e busque soluções para os problemas logísticos e econômicos que nos assolam como Nação e sem embrago, são graves! 

    Ah, quase me esqueci de citar Simone Tebet, e outros, mas estes querem só ser vice de Nove, que aliás só precisa de sete. 

    AS PEGADINHAS DA TERCEIRA VIA 

       Alessandro Vieira ferrenho opositor da direita é senador por Sergipe. Advogado com carreira de delegado da Polícia Civil, jovem 46 anos, pertence a partido de nome transmutado. O PPS, Partido Popular Socialista foi apoio histórico ao PT defendendo mesmos ideários, e hoje atende pelo nome de Cidadania. Entendo o senador se apresentar como homem de via alternativa como indignidade posto ser ideologicamente um combatente contra a direita e o liberalismo. Tem legítimo direito de ser candidato, mas sem pele de cordeiro. É representante da pauta esquerdista!  

    ENSINO DE MANDARIM! CALCINHA APERTADA CÓPIA  DE BOB CHAMPAGANAT! 

    Dória determinou que se ensinasse mandarim em São Paulo! Grande coisa. Requião ao retornar de uma de suas muitas viagens internacionais por conta do povo no longínquo período de 03 a 10/2021, anunciou sob som de erhu, fou(percussão) guzheng( cordas parecida com citara) tudo sob a batuta do maestro Pissireti, que duas professoras de mandarim estavam vindo ao Paraná! Como de hábito era peta de Bob. Já no caso de Dória Botox é verdade e trata-se de acordo, mais um, como o governo Chinês! E existem intelectuais que defendam terceira via. O que mais me assusta é que alguns deles são homens e mulheres de bem!  

    O MAIOR DESTAQUE DA CPI CIRCENSE É SEU NON SENSE! 

    Então a turma não larga o picadeiro. Renan o palhaço relator já avisou que por conta de novos fatos, a saber, inquirir gente da catadura do motoboy, segue a função. Ocorre que o povo brasileiro deveria exigir resultado compatível com o gasto, com o esbanjar de dinheiro público neste desvirtuamento do legítimo instrumento legal a dispor do Poder Legislativo. 

    Imagine cidadão quanto custa está ópera bufa! Na quarta-feira, 1º de setembro, ocupa o microfone Azis José de tal do Amazonas para denunciar que um Prefeito viajava à Brasília com uma fortuna de quinze contos. Segundo o senador seria dinheiro para bancar manifestação! Ora leitor, este sicofanta que posa de Torquemada é acusado de pedofilia, mulher já presa, assim como irmãos. Do seu lado o inconfiável traidor Renan xixi na areia, coronel de sertão. Um sujeito com inúmeros inquéritos! Seus lugares tenentes Dolphinho e Costinha! Movem-se com desenvoltura no picadeiro contorcionistas da verdade. Trocam de posição sempre que em desvantagem como se croupier de cassino fossem! Aliás, bem que poderiam trabalhar em cassino, seria limpeza para o Legislativo. De repente não mais que de repente vai depor um humilde office boy! Os canalhas alvoroçados e Azis de tal, dedo em riste avisa: NA SUA ESCOLA DE MALANDRAGEM FUI EXPULSO!  

    Olha o Senado já foi palco de assassinato. Nada é surpresa lá. Mas não posso deixar de me confessar estupefato com a baixeza e desqualificação dos senadores que supera citei. 

    REGIONAIS 

    Porto em Santa Catarina? 

    Dizem que a COAMO vai construir um porto em Santa Catarina. EM PRIMEIRO LUGAR ACHO INACREDITÁVEL. Em caso remoto desta notícia ser verdadeira pergunto a Camondonguinho e Pianna. Vocês têm sangue na veia ou água de torneira? Darci é da tchurma G7! Eles financiaram campanha do Camon e agora vão infligir a maior humilhação da história do Cooperativismo paranaense a dupla?  

    DIA 7  

    Neste dia Curitiba comparece em peso as solenidades civis do basta de STF e que tais. Às 14 horas no Centro Cívico. 

    ALGARAVIA LEGISLATIVA 

    Nos Legislativos há um frisson perceptível. Todos os eleitos que em princípio começam seu discurso, “fazer uma fala”, como eles gostam de exprimir, com o inenarrável e seguramente insuportável  “bom dia a todos e a todas”, foram aos parlatórios “fazer uma fala sobre o risco de ruptura política” em 7 de setembro e nos dias subsequentes. NÃO ENXERGARAM a ruptura do pacto democrático com as 123 intervenções diretas do STF no Executivo e também ignoraram a decretação da Lei da Censura Prévia, no dia 27 de agosto de 2021, pelo Supremo Tribunal Federal, Resolução 742, que fazia parte da Proposta de Haddad e já era repetida pelo Lulla! 

    Louvo a preocupação com a Democracia, especialmente se ela foi eivada de honestidade intelectual! Você acha que é o caso leitor? 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Dia 7 de setembro o Brasil estará nas praças e nas ruas clamando por liberdade e respeito às instituições! Amém 

  • COMO PENSA O JURISTA? PARA ONDE PENDE SEU CORAÇÃO?
    Coluna semana de Ogier Buchi na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 27/08/2021

    Nesta semana a turma de Lulla conseguiu sua primeira grande vitória depois de seu sucesso na Suprema Corte Brasileira. Agora sim onde queria, a saber, na primeira instância em Brasília!  A JUÍZA DESCARTOU SÓ 29 PROVAS

    Para decisão que liberta Lula das acusações “Sua Excelência” disse: 

    “Tal mister, o de especificar os elementos de provas consubstanciadores de indícios de autoria e materialidade delitivas, é ônus e prerrogativa do órgão da acusação, sendo vedado ao magistrado perquiri-las, sob pena de se substituir ao órgão acusador, o que violaria o sistema acusatório vigente no ordenamento jurídico, corolário da ampla defesa, do contraditório e do devido processo legal. 

    Não cabe ao Poder Judiciário atuar como investigador nem como acusador. O magistrado é o fiador do devido processo legal e o garantidor da ampla defesa e do contraditório.! 

    Pois bem: esta é a prática que caracteriza a postura dos tais intelectuais da esquerda brasileira. Festejar quando a exegese lhes favorece e desqualificar sempre, se possível desmoralizando quando possível. 

    Todavia seria justo e adequado lembrá-los que seus líderes partidários foram fazer visita ao ministro Alexandre nesta semana. O solerte motivo seria manifestar a solidariedade ao tal julgador. Presta serviços à Democracia dizem eles. A pergunta que não me abandona é, senhores defensores de Lulla e de sua inocência: –    Se acreditam na lição da eminente Togada de Primeiro Piso, acreditam também que se aplica a lição ao tal Alexandre que subverte à Justiça e mais a submete aos seus mais condenáveis objetivos pessoais, estes amparados ou não por ideologia. 

    Ou por acaso algum letrado jurista de esquerda imagina que manter preso um homem por suposto crime de opinião, sim suposto porque não julgado e nem mesmo submetido a contraditório ainda é proceder como fiador do devido processo legal? E se este homem morrer?  Comparar este Alexandre de Morais com os ilustres membros da justiça que desarmaram a quadrilha é de uma desonestidade intelectual assustadora! 

    Resumindo e em português do campo do Poty: Pau que dá em Francisco também arregaça Chico, ou vamos largar de prosopopeia esquerdaiada! 

    LEMBRANDO DA LAVAJATO SENHORES PETISTAS 

    Gostem ou não, admitam ou não, o fato é que as pesquisas que vocês patrocinam indicam Sergio Moro como líder absoluto da nominada terceira opção! Agora em sede de segundo turno vocês acham que por milagre de Mãe Secundina do Agreste a turma vai votar na esquerda? 

    O SICOFANTA DO SENADO 

    O mineiro malandro Presidente do Senado chamou de fato a moçada para o confronto. Na semana que Brasília será posta à prova ignorou a Constituição e cuspiu na lembrança que todo poder emana do povo. Um milionário mineiro, mais de 22 milhões declarados no IR, COM TRÊS MILHÕES DE VOTOS, A MAIORIA HAVIDOS DE POSIÇÕES CLARAS Á DIREITA, submete-se ao STF e ignora o sentimento da população eliminando o pedido de impedimento de Alexandre liminarmente. Dia 2 de setembro tem reunião de Governadores com este sujeito. Quem serão os cretinos presentes. Se mandar vice configura presença! 

    É grande e inexplicável a provocação ao povo brasileiro. Este papa brioche ou papa pão de queijo parece a Maria, aquela de Paris! 

    123 MANIFESTAÇÕES 

    Computadas pela atenta cidadania 123 manifestações do Supremo buscando intervir ou fazendo-o de forma direta nas decisões do Executivo. É preciso dar um basta nesta excrecência! É fundamental que de 7 de setembro em diante o Brasil volte a ser uma Democracia obediente a sua Constituição, em a qual se respeito a eleição do Executivo, legisladores de primeiro piso produzam Leis e Senadores as homologuem. Ah, é claro e os eminentes e respeitados Ministros do STJ e o STF JULGUEM DE ACORDO COM A LEI!  

    CPI DOS PATETAS 

    A CPI dos patetas cada vez mais se afasta da razão de ser. Desta feita dedicou-se a uma entidade prestadora de garantia, entidade privada que prestaria fiança em caso de realizar-se um negócio. Assustou-me muito o comportamento da nova paladina dos que pereceram pelo Covid a senhora Simone do MDB. O sujeito lá depondo e de repente, não mais que de repente ela tasca uma no indigitado. “Mas você está sacando mais que pode na barbearia da qual você é sócio”! Frenesis e tico ticos daquele Dolphinho. O Presidente da comissão moralista por prática, mulher e irmão na caneca na grade e Xixi na Areia de Alagoas fazendo caras e bocas! Uma deturpação sórdida de o Instituto Comissão Parlamentar Inquérito instrumento auxiliar da justiça que poderia ser de grande valor! Sinto tristeza de ver Simone se reduzir a este papel, pois filha de notável Jurista e Senador Ramés Tebet. Convenceram a senhora que ela pode ser catapultada à candidata a Presidente ou a Vice do boneco do Zé Dirceu. 

    Pior é constatar que cada Senador custa uma milha por mês no toco! Imagine quanto custa este simulacro chamado CPI ! 

    REGIONAIS 

    1. A política traz momentos hilários que não podem ser perdidos, posto que ainda que sejam consuetudinários não tem tanto registro assim. Nesta semana eu assisti um pouco o trabalho dos deputados. Tive a sorte de ver Deputado Le Coq virar poule! Discurso ensandecido porque foi ao lado de tantos outros criticados por legitimar o Pedágio Camundongo!  Pôs o sapatinho de verniz para saltitar. Sensacional. Furibundo! 
    2.  Na mesma cena aparece o patrício de União da Vitoria e um estagiário de meu escritório larga a pérola “Nossa, vai explodir”!  
    3. Gosto do Backri velho guarda metas salonista. Nutricionista já guri! Aproveita e indica para o Bolacha!  
    4. A história sórdida de emprestar um bilhão para furar a fila do Precatórios, por óbvio não se sustentou. O Tribunal de Contas lembrou a tchurma que existe uma fila uma hierarquia e que não é possível furá-la com a solerte justificativa de alavancar empresa com despesa de capital. 
    5. Vem cá rapaziada.  Não chega às bobagens e vantagens previstas no Pedágio, a idiotice do transporte em Guaratuba? Vocês querem destruir o jovem bolacha, Carlos Ratinho Massa? 
    6. Substituição à vista: Sai Guteco da Casa grande entra Pochet do Desenvolvimento Urbano. Vitória do Senior! 
    7. Guteco vai para a planície! Dizem que gasolina é o que não falta para as viagens! 
    8. Está não é só regional, mas passa por aqui. O menino Edson Lau sempre foi o anfitrião de Leite o governador. Pois bem; será uma eminência caso Milk de bombacha(?), vire candidato a Presidente pelo PSDB! Acredito, e agora não estou brincando que o Senhor Governador do Rio Grande do Sul é o único político brasileiro que pode de alguma forma efetiva fazer sombra a Lulla e Bolsonaro! Representará TODAS as minorais brasileiras. É dotado de capacidade administrativa, tem experiência como prefeito e Governador. Não há termo de comparação com o malandraço de São Paulo, pois com Dória não há quem Lide!

    Oração de Ogier Buchi 

    Non, je regrette rien! Por amor aos meus netos! Amém 

  • PODERES
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 20/08/2021

    Charles de Secondat trouxe a lume em 1748, filósofo iluminista que era, sua obra de maior destaque depois de 20 anos de trabalho. Tratava de poderes. Examinou os três tipos de governo, a  República, a Monarquia e o Despotismo. Explica que as leis que governam o povo devem levar em consideração o clima, a geografia e outras circunstâncias influenciadoras em geral, e que, as forças que governam o povo devem ser separadas e balanceadas para garantir os direitos individuais e Liberdade. Dizia ele que em qualquer estado três são os poderes, legislativo executivo e judiciário e que uma combinação entre eles formaria o equilíbrio! 

    Charles de Secondat

    Ensinou mais, e aqui o meu destaque: “os três pressupostos republicanos são a liberdade (participação política), igualdade (garantida pelas leis) e a frugalidade (bem coletivo mais importante que o particular). Disse ainda “uma República pode ser de dois tipos: democracia (governo de todos) ou aristocracia (governo de alguns, nobreza). 

    Se você mediante análise do breve texto consegue reconhecer que vivemos em plena aristocracia, e que esta é praticada pelos baronetes da Suprema Corte, que quebraram a divisão de poderes e legislam e decidem e agem, então você está certo! Se tiver dúvidas ainda, examine o vocábulo em negrito e reconheça que o coletivo esta ausente no decisório do Supremo Tribunal! Só para quem não lembrou informo que Secondant foi imortalizada como Montesquieu! 

                         Da ciência política para à política da soleira dos trívios do baixio 

    CÂMARA FEDERAL 

    De lá vem à notícia que deputados tentaram votar na questão do voto auditável e não conseguiram fazê-lo! Bem, se realmente este fato for configurado devo entender que a bagunça esta generalizada e realmente é preciso por a casa em ordem.  No momento em que escrevo estes fatos ainda não estão provados e se consubstancia a notícia numa gravação de um deputado federal. Manda o bom senso que se aguarde devidas provas na medida em que não conheço o deputado e Arthur Lyra é quem é! Capaz certamente de um tudo!  

    Outra notícia que vem de lá é que um deputado federal teria feito uma prótese peniana, as expensas do erário da Casa. Devo enfatizar que a vida pessoal dos deputados e deputadas não nos interessa, até porque grande parte deles representa a escória, alguns caindo de sua própria altura e sofrendo significativas contusões como no caso da deputada Hasselmann! 

    Todavia o deputado gaúcho Pimenta de tal, que roubou a própria família como consta de seu prontuário, acusa o cantor Reis, de ter feito a indigitada cirurgia por conta da Câmara Federal. Conheço duas deputadas que já fizeram procedimentos de “SAÚDE” com o povo pagando. Bariatricazinha básica né! 

    O que importa aqui é que mercê da lavagem de roupa suja por conta da ideologia, Reis é Bolsonaro e Pimenta é vermelho, ficamos sabendo desta pouca vergonha. Então o povo paga levantamento de bilau e  lifting e que tais de perseguida? 

        Como diria aquele rapaiiiiiiiiiz que esta na moda na televisão: “Corja de basculhos”! 

    SENADO FEDERAL BEM MINÚSCULO 

    Quando se espera da casa revisora de leis atuação de alto bordo em momento de crise extrema o rapaz de Minas que preside a casa procura Fux para que resolvam amistosamente as questões! Soe ocorrer que a Nação exige pacificação e projeto de País. O simples aperto de mãos entre os presidentes dos três poderes não convence mais ninguém e não deve nem pode ser aceito pelo povo brasileiro. 

     Quem está na planície e paga o régio salário desta turma quer serviço e trabalho! Assim o Presidente presidência o Legislativo legisla e o Judiciário julga, no exato limite constitucional de suas atribuições. E no mais, vão trabalhar cambada, porque se suas brigas pelo poder estamos fartos! 

    BRIGA DE CACHORROS GRANDES 

    De um lado a nova ordem mundial. Soros e Amazon, por exemplo. De outro China e Rússia, no meio o pobre povo que acredita na esquerda e s julga intelectual. No chão as afegãs sendo pisoteadas. Os de esquerda estão chocados com a covardia de João Bidê o americano. Nesta briga torço pela briga. 

    REGIONAIS 

    E o calça apertada veio! Três dias como se estivesse no baile da Ilha Fiscal. Reizinho calça apertada reinando com os varzeanos da 5ª Província! Começou no Palácio  da Ilha da Fantasia onde foi recebido pelo Príncipe Camondonguinho I, que desde logo foi agraciado com mimoso panetone de banana (?), pelo Rei Calcinha! Não se fez de rogado o Príncipe  e tuchou em contrapartida não menos mimosa garrafa de pinga de Morretes de… banana é evidente! Desta visita palaciana o proveito foi que calça apertada convenceu Camondonguinho I a um novo visual com corte de cabelo moderninho padrão calça apertada.

    COM GEL, SEMPRE ÚTIL CLARO! 

    Nesta etapa conheceu os projetos,  só projetos, pois obras inexistem, projetos que em 2021 são todos eles 5.0! Todavia já avisou calça apertada que quando ele voltar em 2022, como candidato emplumado à Presidência os projetos serão 6.0! Óbvio as obras começarão em 2023 rsrsrs! No sábado o suprassumo dos bregas e a vassalagem do PSDB falando sobre a honra e masculinidade dos convencionais. Calcinha apertada e Leite sem bombacha aplaudiram em frenesi! À tarde de sábado o corolário do comportamento provinciano homenagem pela luta pela vacina. A cereja do bolo, a imprensa da província bajulando a figura. 

     Só para constar Dória manteve programa na rede CNT por anos a fio. Não usava calcinha tão apertada na época. Conheci bem, pois era responsável pelos contratos! Resumo: nada mudou senão o penteado de Camondonguinho I. 

    Finalizando sobre este homem diminuto João Dória: o vídeo deplorável que ele gravou e que inunda as redes sócias, que termina com um soquinho efeminado na mão e um “toma Bolsonaro” prova definitivamente quão pequenino ele é! E ainda nomeou o chileno como Secretário especial. Traia. 

    PEDÁGIO 

    Camondonguinho disse que Deus reservou para ele a solução sobre o Pedágio. Está aprovado o modelo Ratinho de pedagiar! Em julgamento! 

    A Assembleia ajoelhou e rezou o mantra de Camondongo. Meu amigo Mano de Cascavel fez uma análise dos deputados da região. Recomendo leitura e por economia estendo meu apoio à opinião dele. A Assembleia com honrosíssimas exceções, destaco Romanelli e Veneri e a menina Canto,  capitulou. O Bakri dando saltitos de alegria pela entrega das estradas paranaenses me fez ficar com vergonha do compadre! 

    Agora a pergunta que não cala? O rapaz terceiriza tudo e não tem obra! Faz o que então? 

    Prejudica aposentado por diletantismo? 

    HOMENAGEM A RENATO FOLLADOR

    Ousou sonhar um sonho que parecia longínquo, quase impossível. Metade do sonho já virou realidade. Como todos os amigos de Renatinho rezo pelo sucesso total, o que será uma justa e eterna homenagem a este cidadão exemplar! Salve Moleques do Batel. 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Pelo bem do Brasil que nesta etapa corre tanto risco de ser assumido pela tropa vermelha! Amém… 

  • QUE PAÍS É ESSE?
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-PR – 13/08/2021

    A votação efetivada nesta última terça-feira (10) na Câmara  Federal foi uma demonstração cabal de que existe um enorme descompasso entre o que o brasileiro normal julga relevante e o que a classe política compreende como tal! 

    O assunto urna eletrônica e uma nova maneira de torná-la mais moderna e assim apresentá-la ao eleitor como instrumento mais confiável, transformou-se em uma questão contra o Presidente da República.  

    O fato inquestionável é que o voto é poder dever do cidadão e não pertence a ninguém senão a ele próprio. É legítimo pretender que os votos sejam auditáveis e muito mais legítimo pretender que a própria Justiça Eleitoral seja a maior interessada na credibilidade de sua atuação. 

    Todavia pelo fato de que o Presidente duvidou e muito da veracidade do atual sistema, a oposição assumiu a questão com garotos propaganda de peso, como por exemplo, o Ministro Barrozo! 

    O correto seria  que ambos os Poderes tivessem mantido a distância que seus respectivos cargos e a liturgia dos mesmos exige. 

    Como isto não aconteceu criaram-se os movimentos a favor da mudança e pela modificação. 

    Pessoalmente fui a favor da modernização do processo o que assumi inclusive em manifestação pública na Boca Maldita. Entendo que a prática democrática exige posicionamento! 

    A manutenção do formato atual foi confirmada por minoria, o que não impede a dita manutenção. Faz parte do processo! O que não entendo é a conspurcação do legislativo. Não entendi o papel do Presidente do Legislativo, o tal Lira ferrando o voto auditável, ou melhor, como estou na lida há quarenta anos entendi bem. Esta a razão do título, o que se passa com nosso País. Que povo é este que elege Aziz, Renan, Lira e inúmeros outros similares? O que pretendemos como povo? Imitar a Venezuela quem sabe?  

    UM CIRCO CHAMADO CÂMARA DOS DEPUTADOS 

    Enquanto os adversários babam de satisfação pela derrota do voto auditável e transparente à Câmara Federal, a mesma da uma vitória máscula a Bolsonaro menos de 24 depois. O próprio Presidente se encontrava em dificuldades politicas em função do sistema vigente e da impossibilidade de coligações partidárias. Ressurgindo com os partidos menores que voltam a poder se coligar resolveram o problema de Bolsonaro. Nesta semana consultei Murilo da Paraná Pesquisas, que reafirmou que 2022 é só para Lulla e Bolsonaro. Pois bem; agora Bolsonaro tem uma dezena de partidos que receberão de bom grado Flávio na Presidência, permitindo que o Presidente eleja super bancada federal em coligação com qualquer sigla grande. Elege os dois filhos Eduardo e Carlos federais e se perder a eleição disporá de enorme fundo partidário. Daí a virar ídolo da Folha, Estadão e similares está a um passo de uma simples TED! 

    INTERVENÇÃO ABSOLUTAMENTE INDEVIDA  

    Assim que a CÂMARA legislou sobre coligação o histérico Ministro Barroso veio a lume para afirmar que coligação é inconstitucional, secundado por ninguém menos que Gilmar aquele. 

    Soe ocorrer que hoje, quinta a CCJ da câmara Federal trabalha para dar um basta nas judicializações e interferências inter poderes! JÁ SE FAZ TARDE.  

    Pois bem; a Câmara retroage no tempo e no espaço.   

    ALEGRIA DE OPOSITORES 

    Quando constato a alegria dos opositores do atual Presidente frente ao que reputam como uma derrota dele, me pergunto: O que aqueles que o chamam de Bozo tem como alternativa? 

    Imaginam que trazer de volta José Dirceu e seu acólito Lulla, vai ser realmente um serviço ao Brasil? Acreditam que a proposta de esquerda de um estado cleptocrático é o que devemos oferecer as nossas crianças? 

    TIROS DE SAL! 

    1- O Governador do Paraná veio a público declarar que salvou o contribuinte paranaense. Que ninguém duvide, disse ele, dos poderes de Supermouse! O pedágio ficara cinquenta por cento mais barato. Mais de quarenta bilhões em obras e contrato de 60 anos. Consultei deputados! Estão horrorizados com o modelo. Mas são acumpliciados pelos compromissos eleitorais e calam e consentem. Pode ser que desta vez, insisto desta vez, Supermouse não esteja mentindo e esteja trabalhando pelo bem do Estado, Tomara. 

    2- A CCJ da Assembleia não falha com Supermouse! Desta feita entregaram as estradas do Paraná. Assim o governo não cuida de escola, de estrada etc.! Serve para que mesmo? 

    3-Índices de Covid sobem em Curitiba. Quando será que ficaremos livres desta gangorra? A vacinação avança e com ela a certeza de queda de mortalidade. Em relação à vacina uma lembrança do mau caratismo de parcela da população que se transformou no que vulgarmente chamamos de sommeliers de vacina. 

    4- Escrevo na quinta-feira (12) pela manhã. Portanto tratarei do tema da presença de Ricardo Barros na CPI DO CIRCO na próxima semana. 

    5-Falando nos senadores palhaços me lembro que Renan acusa Bolsonaro de ser curandeiro. Um amigo de Alagoas me telefonou para avisar que reza a lenda em Maceió que o canalha entende disto. Diz que quando moço, Renan prestava serviço de office boy na Boate Areia Branca de Benedito Alves dos Santos, a melhor do nordeste segundo a propaganda. E que as gentis senhoritas da instituição se utilizavam muito da mezinha, ou seja, remédios caseiros que curam de caspa a chulé! Salve a democracia que nos faz aguentar e pagar regiamente gente da catadura de Renan Calheiros. Dizem mais, que o cabelo de Renan cresceu e a cara de xixi na areia ficou lisa com uso de chá de mamacadela e Minâncora! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI  Senhor manda um chá de catinga de mulata para os deputados da CCJ/PR. Que horror fizeram com as estradas Senhor! Amém

  • OS CRÁPULAS
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 06/08/2021

    Então, Cícero escreveu no século imediatamente anterior a Cristo o famoso De officcis, a saber, Os Deveres que discorre entre outros tantos temas sobre os deveres para a Conquista da Credibilidade, no Capítulo XI. 

    Já a vida pública brasileira nos oferece personalidades que ajudam as escrever à obra sobre os Crápulas, suas lições e seus ensinamentos. Pretendem agora imortalizar e se possível perpetuar com a reassunção do poder no Brasil o estado onde reina a cleptocracia!  

    Claro, são inúmeros e me faltaria espaço se quisesse sobre todos eles escrever. Todavia nesta exata fase da vida brasileira há que destacar três deles pela intensidade do trabalho que desenvolvem contra cada um dos brasileiros que almeja liberdade, dignidade, e um governo que seja a representação efetiva da vontade do povo.  

    Me refiro a Barrozo, Renan e ao mestre e chefe de todos, o patrão da esquerda José Dirceu! 

    Este último sem embargo o crápula por excelência da uma aula histórica de como sobrevivem os seus iguais. E mais do que isto, Pedro Caroço, tem a coragem e a ousadia que só os crápulas sempre tiveram na história universal. Disse e afirmou que retomaria o poder. Vale-se de milhares de atores menores ou maiores que estão aparelhados nas instituições pátrias. E cirúrgica e pontualmente manobra atores de maior envergadura que ele colocou nos Tribunais, Legislativos, e estatais. Colhe frutos da corrupção endêmica da imprensa brasileira seja pela facilidade com que compra os proprietários de veículos e muitos articulistas, seja pela colaboração apaixonada e espontânea de jornalistas que acreditam na salvação socialista. 

    BOLSONARO X BARROSO

    Renan um caso à parte em matéria de conduta crápula.  Hors concours em cafajestismo. Por último resolveu o escroque que lhe competia calar a Jovem Pan! Só este episódio já lhe valeria ser escorraçado da vida pública! 

    Já o advogado carioca Barroso está a serviço de Dirceu por motivos que são sussurrados, mas não publicados. Sobre esta relação cabe lembrar o ensinamento de Nietzsche: “A mentira mais comum é a que um homem usa para enganar a si mesmo”!    

    Os resultados atuais da comandita dos crápulas são o Inquérito contra o Presidente da República, a derrubada do voto impresso e a declarada intentona que visa assumir o comando da secular OAB, agora nos Estados! Lembrando que Juiz não tem competência para abrir inquérito, estes são de competência da Polícia Administrativa e do Ministério Público! 

    Aliás, o Ministério Público  em Nota Oficial manifestou sua justificadíssima preocupação com a Democracia. Muito bom, o Ministério Público cuida de sua função institucional o Supremo deveria cuidar da sua e o Presidente da República deveria poder governar. Termina a nota de forma brilhante lembrando Brecht: “que tempos são estes, em que temos que defender o óbvio?”.  

    E AGORA BARROSO?  

    O Presidente ao lado do Deputado Federal Felipe Barros prega a madeira de lei no arauto de Dirceu que é o garoto propaganda da incolumidade das urnas eletrônicas e do processo eleitoral brasileiro. Mercê provas irrefutáveis auto produzidas pelo TSE escancara a população Brasileira a fragilidade do sistema. Giuseppe o tal merece no meu modestíssimo entendimento lhe seja oferecida guarda pessoal de segurança 24 por dia. Prevendo naturalmente que seria exposto escondeu-se na , ops ato falho, na toga de Barroso. Creio firmemente que o Ministro Barroso, tivesse um mínimo de decência pessoal, depois de inúmeras vezes ser chamado de mendaz para o Brasil, deveria se afastar para tratamento de saúde pelo bem da Suprema Corte. Todavia deveria ser afastado pelo bem do Brasil.  

    LANGUE DE BOIS

    A tradução literal significa a linguagem da madeira. Tornou-se um clichê no jornalismo francês para denegrir o discurso oficial soviético dos anos 80. Na verdade “fraseologia estereotipada usada por certos partidos comunistas e pela mídia em estados onde estão no poder”. 

    Pois a “Langue de bois” está na moda no Brasil desde há pelo menos 15 anos. As frases estereotipadas sempre foram padrão de Lulla e de seu chefe e mentor Jose Dirceu, linguagem padronizada que só se perdeu com Dilma a disléxica rompendo o padrão.  

    Esta Langue de madeira tem uma extraordinária vantagem para quem dela se utiliza. Não implica em promessa  e ou em compromisso. 

    Como se sabe cabe a filipeta para os populistas. 

    LANGUE DE BOIS II 

    Falando em populista impossível esquecer o Camondonguinho e seus petizes palacianos ou não. Todos eles, mas todos usam este linguajar que pouco ou quase nada diz, mas que no caso do atual ocupante do Iguaçu, se traduz em repetidos atos falhos. Exatamente por falta de estofo e planejamento é um governo que se dedica as odes aos tais pontos zero. E aí gera compromisso com a mais moderna tecnologia. É tal de 4.0 e 5.0  para tudo e para todas as situações e circunstancias. Da Agricultura à energia solar, sem esquecer-se das pontes e das engordas litorâneas. 

     E A PONTE DE GUARATUBA? 

    Como da ponte só se tem notícia quando se lança projeto novo, vamos nos contentando com o fiasco abissal do governo marsupial, que agora mandou a turma do Raulzinho do Compliance cuidar das balsas. Como se sabe fizeram um novo contrato e a prestação do serviço desandou. Agora a responsa não é do DER ou da AGEPAR? Tenho ouvido versões estarrecedoras sobre envolvimento de figuras pançudas. Assim como a referência a circunstâncias tenebrosas lembram a venda da Telecom. Creio que seria de excelente postura o Governador mandar a P2 investigar a fundo, associando-se ao GAECO, pelo bem de seu futuro politico! 

    E AGORA DEPUTADOS? 

    Vem ai o novo modelo de Pedágio. Os deputados do Paraná sabem que o modelo é pior do que o vigente, e disto sabem bem e não tem como negar. Então lhes pareceu restar à saída de dizer que a culpa é do Governo Federal, para tentar salvar a imagem do Pinocchio do Iguaçu, que eles tanto teimam e proteger e açular! Todavia lhes resta a condenação da verdade. Todo mundo guardou o vídeo gravado pelo papudo que afirmou” foi Deus que me mandou resolver o Pedágio do Paraná”! 

     É chegada a hora de justificar o mandato popular Senhores Deputados; “quem pisa em duas canoas esgarça o….”!  

    Claro que assistiremos institucionais  e  passíveis de ser adquiridos por preços acessíveis de pessoas a venda! Prevalecerá não obstante a verdade! O pedágio se estenderá por quilometragem muito maior e será mais caro. 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Senhor o Paraná foi saqueado por meio século em o nome do Pedágio! Agora eles querem mais. Manda raio neles! Amém   

  • POPULISTAS
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 30/07/2021

    A passagem do tempo e a modernidade não favoreceram a qualidade da comunicação dos políticos.  Registro que percebo um incremento extraordinário na atuação dos populistas. Ou melhor, escrevendo dos que se auto nominam populistas, que afinal seriam os políticos que se dedicam as causas populares! 

    Ocorre que estes citados não lutam absolutamente pelos interesses populares. Dedicam-se a proselitismo e discurso que é aceito pela maioria. Frequentam as redes sociais e verbalizam posições que a maioria aceita.  Falta-lhes estofo moral mínimo. 

    Neste momento nos estados do sul, soltam sua baba desprezível em favor dos menos favorecidos que são carentes de roupas, comida quente e agasalhos compatíveis com a temperatura. Todavia, ocupantes de cargos e funções públicas deixam de incrementar ações políticas que realmente combatam as carências desta enorme parcela da população. Deveriam ser punidos com a deserção de seu eleitorado. Não são, como as pesquisas mostram. Sendo assim cada povo tem os populistas que merece. 

    POPULISTAS II

    O período olímpico fez emergir o que de pior os populistas tem. Manifestações múltiplas buscando favorecimento pessoal de políticos, no mérito da skatista menina e do jovem  surfista são dignas de profundo desprezo. 

    Um vereador curitibano chegou ao desfrute de tentar a prática de skate frente à casa de leis do município. Vergonha plena e absoluta do compadre edil! 

    Outras figuras, Prefeitos inclusive, responsáveis diretos pelas políticas públicas de incentivo ao esporte nos municípios, tiveram a ousadia de publicar ODES aos heróis olímpicos, sem que nos seus municípios, até mesmo capitais tivesse um só representante olímpico sequer classificado. Maldita mania de dar boa tarde para poste!  

    ECONOMIA E A GRANDE IMPRENSA 

    Na quarta-feira (28) ouvi a comentarista de economia da Rádio Bandeirantes elogiar o crescimento da economia nacional e dos reais sinais aumento da demanda de inúmeros produtos em especial da indústria da construção civil. Todavia em ato falho ou não se dirige a parcialíssima radialista Bigatto e afirma; “tanta coisa BOA para falar e eu tive que falar disto”. Claro, tanta coisa boa seria por óbvio ridicularizar e criticar o Governo Federal! 

    Esta é a demonstração mais clara entre tantas outras de que a imprensa brasileira está totalmente dominada pela ideologia de esquerda, do atraso e, sobretudo do culto ao governo cleptocrata! 

    DOMINGO UM DIA DE TESTE REAL 

    A direita brasileira convoca há já alguns dias a população para manifestação em favor do voto auditável. De fato o mote principal é a questão do voto e o condenabilíssimo envolvimento dos Ministros do STF em mais este tema que é relativo ao Legislativo. A conduta de Ministros como, por exemplo, Barroso em especial, buscando trasvestir-se em poder legiferante é realmente de apavorar. O Ministro não se cansa de assumir a postura de garoto propaganda. 

    Há um manifesto repúdio de imensa parcela da população brasileira a esta falta de compromisso dos Ministros, com sua função real de julgar, só de julgar de acordo com a lei. 

    DOMINGO UM DIA DE TESTE REAL II

    Há uma dúvida consistente em relação à popularidade efetiva dos dois candidatos que ponteiam a corrida presidencial para 2022. 

    E absolutamente óbvio que nas duas parcelas da população que já estão comprometidas com a candidatura de esquerda ou de direita não persistem dúvidas. Todavia o teste das ruas é esclarecedor! Tem conteúdo probante. 

    TESTE REAL 

    Há uma obrigação daqueles que são apoiadores do Brasil sem cleptocracia. 

    Domingo a manifestação remete não só ao repúdio ao voto não auditado, mas, sobretudo a parcialidade de Ministros comprometidos ideologicamente. Justifico. Fui um dos muitos que palmilhou às ruas na busca de registro do partido politico chamado Aliança! Todavia foi um sonho que se esvaneceu sabe por que leitor. Porque a assinatura do eleitor tem que ter firma reconhecida em cartório para que o TSE a reconheça. É A LEI. O império da lei. Todavia o voto, o sagrado voto não pode sequer ser auditado. Como diria Boris,  com imensa propriedade: Isto é uma vergonha, Barroso, Fachin e congêneres! 

    GINÁSTICA OLÍMPICA E O EMPODERAMENTO FEMININO! VICÉLIA FLORENZANO

    Rebeca e Daiane
    Vicélia

    A menina Rebeca subiu lá! Resultado do trabalho de inúmeras mulheres e homens também. O sobrenome real é Andrade. Poderia ser do Brasil. Inúmeras atletas serão citadas como justo louvor. A super estrela Daiane Santos que nomina inclusive movimento consagrado na prática mundial deve ser citada nesta etapa por ser de justiça. Todavia como professor de Educação Física, com imenso orgulho, não posso deixar de reverenciar a minha contemporânea de Escola de Educação Física Vicélia Ângela Florenzano em cuja gestão tudo começou. No Centro de Treinamento do Tarumã, tempos do inesquecível Secretário de Esporte Oswaldo Magalhães dos Santos.  

    O FUNDÃO ELEITORAL 

    Semana passada fiz neste espaço defesa veemente dos Deputados Paulo Martins e Felipe Barros. Pois bem! Nesta semana Paulo Martins protocolou Proposta de Emenda a Constituição que dá nova redação ao artigo 17 da Constituição Federal, VEDANDO o financiamento de partidos políticos e campanhas eleitorais por meio de recursos públicos. Teve como justificação: “Inicialmente, cabe destacar que esta Proposta de Emenda Constitucional corresponde à versão revisada  de outra PEC já apresentada por mim no ano de 2019, e que não contou com apoio de parlamentares em numero suficiente para tramitar perante o Congresso Nacional. Diante das recentes manifestações populares quanto à necessidade de extinção dos fundos partidários e eleitoral, reapresentamos esta PEC PARA QUE O PARLAMENTO BRASILEIRO VENHA FINALMENTEextinguir os fundos partidário e eleitoral em consonância com os anseios populares. 

    Creio que está devidamente esclarecida à questão! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Senhor rogo para que faça milagre! De Novo Senhor! Imponha um mínimo de vergonha na cara para os governantes de Estado para que não explorem resultados olímpicos e muito menos a miséria dos que passam frio. Se não estiver muito atarefado manda uma raio na busanfa dos que viajam muito. Amém  

  • “AQUELES QUE VOTAM NÃO DECIDEM NADA. AQUELES QUE CONTAM OS VOTOS DECIDEM TUDO”, JOSEPH STALIN.
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 23/0/2021

    Creio firmemente que não existe tema que interesse mais a cidadania brasileira, nesta etapa que a eleição de 2022! Os que exploram a CPI dos Patetas e outros assuntos que desgastam o atual governo, naturalmente manifestarão divergência! Que seja, porquanto cada um tem o direito de visualizar os fatos de acordo com sua verdade ou pós-verdade, como deixei patente na coluna anterior. 

    Todavia julgo o sucesso da empreitada dirigida por José Dirceu, o ideólogo e conduzida pelo Barroso, este gastando dinheiro do povo, em campanhas e deslocamentos nababescos como um crime em marcha contra a prática da liberdade democrática no seu apanágio, qual seja eleições livres. 

    Hilário senão risível é o comportamento de fãs de uma ideia de “terceira via”, nesta etapa representada por Moro, ou quem quer que seja. Sequer imaginar que Dirceu e seus comandados do Supremo Tribunal Federal, teriam feito o que fizeram, se submetido à execração pública, como de fato se submeteram para dar consecução ao golpe desde a viabilização eleitoral do álter ego de Dirceu o alcoolista 51, para dar de mão beijada o poder é acreditar na honestidade destes saqueadores da Pátria! 

    Resumo: se não tivermos os votos auditados o jogo já tem resultado definido e Lulla será ungido na urna eletrônica. Quero observar aqui que não faço o vaticínio preocupado com o resultado favorável a este ou aquele. Só não posso acreditar que depois de tudo que foi provado e julgado com o devido processo legal, a cidadania brasileira ajoelhe como parte dela esta fazendo, para rezar a cartilha do sicofanta José Dirceu. 

    PRÓ VOTO AUDITÁVEL 

    Dia 01 de agosto às 14 horas a Boca Maldita vai receber os apoiadores de Bolsonaro e do voto auditável. Os diferentes organizadores acreditam em presença massiva dos curitibanos que não desejam uma volta ao passado recente de corrupção estatal e investimento de dinheiro do povo brasileiro em outros Países, especialmente em ditaduras de esquerda! A turma lembra que do sofá ninguém muda o Brasil! 

    PAULO MARTINS E FILIPE BARROS 

    É preciso ser balizado pela conduta de honestidade intelectual e apego a lealdade para construir credibilidade. Conheço os jovens deputados federais supracitados e sei que JAMAIS ELES CONCORDARIAM COM A MAJORAÇÃO DO FUNDAO ELEITORAL! Os votos não foram nominais. Trabalhei anos ao lado de Paulo em produto jornalístico de enorme prestígio e posso testemunhar por ele. Homem de bem! Tenho como se filho fosse e se Maria Eduarda fosse minha neta.  

    Conheço igualmente Felipe, o Bentinho e seus pais a quem admiro e respeito. Gente séria e comprometida com o que é certo!  

    Enfrentam com denodo, coragem pessoal e galhardia, ao exército do mal, que deseja ganhar a eleição na marra com as urnas do Maduro! 

    As críticas a eles são injustas, infundadas e advém ou de desconhecimentos do processo legislativo e do voto de liderança ou de má fé pura!  

    Paulo Martins e Filipe Barros

    FUNDÃO DA CORRUPÇÃO 

    São famosos os casos de corrupção nos períodos eleitorais. Remetem ultimamente com ênfase, veemência e da forma mais enfática possível ao PSL e ao PT. Como vimos na eleição municipal à derrama não foi suficiente para resultados expressivos. Quero crer que o povo tem que manter sob óculos especiais os candidatos famosos destas siglas. São conhecidos e reconhecidos pelas suas trajetórias e hábitos. Insisto que ninguém jamais acreditou em almoço grátis. Corruptores ativos, ou melhor, explicando quem compra vota com dinheiro publico vai cobrar a conta vendendo sua conduta no mandato.  

    FALANDO EM TERCEIRA VIA 

    Rumores fortes no PRTB dão voz e insistem em chapa MM! Acomodaria dois insatisfeitos com o atual Presidente. Afirmam os rumorejantes que tanto um como outro da dupla MM sentem-se extremamente usados e traídos por Bolsonaro! Evidentemente, os apoiadores do Presidente dinamitaram a proposta na rede social. Todavia setores relevantes da sociedade veem com simpatia a possibilidade de reunião da dupla. Nesta etapa ainda acho precoce acreditar em qualquer tipo de noticia, e não acho que ocorra por agora, decisão hierárquica na composição, tipo quem seria vice de quem, na dupla Moro-Mourão

    E O PARANÃ? 

    1. O entusiasmado permanente por turismo subsidiado pelo erário Ratinho Junior, voga como diriam os colunistas sociais que os Ratos fingem desprezar em céus do México. Somam-se inúmeras viagens já realizadas em sua trajetória pública, insisto as expensas do povo. Todavia os resultados ou foram mal divulgados ou são pífios e inexistentes. Pois é, em plena pandemia em a qual o Governo é só um coadjuvante sem presteza e agilidade, soa como desprezo a família paranaense a viagem do rapaz! AH, a bem da verdade  Junior, se lhe aprouver faça um relatório de suas viagens e, sobretudo o resultado efetivo delas. 
    2. O Guto Silva viajou para tratar da vacina russa? Por quê? Quanto custou e qual foi o resultado?  
    3. Ratinho, Guto, e Preto, quantos hospitais vocês construíram? Nenhum, um, dois? Projetos 1.5 fizeram? 
    4. E as Balsas da Travessia? O que de muito podre esta escondido neste fiasco? Deputada Mabel Canto sabe quem vai investigar o escândalo? Aquele mesmo Senhor que liberou  a pedageira para participar do pedágio do mouse! Espero seu empenho parlamentar porque da AGEPAR e DER, até agora silêncio obsequioso. Insistem muito no envolvimento de figura de grande nominata no imbróglio! 
    5. Quantas são as obras do atual governo? Quais são? 
    6. Requião oficializou seu desejo de ser candidato em oposição ao que ele nominou de “ratos”, bem ao seu estilo! Faço aqui reparo a quem destacou a idade de Requião como obstáculo. Cabível lembrar que o “Biddê”, Preside os Estados Unidos e é mais velho que Roberto. 

      Para quem não conhece o MDB esclareço que Roberto tem apoio de todos os caciques nacionais. 

      ORAÇÃO DE OGIER BUCHI. 

    Em favor de todos os desempregados do Paraná! Amém 

  • PÓS-VERDADE
    Coluna semana de Ogier Buchi na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 09/07/2021

    Já em 2016, foi eleita a palavra do ano pelos Dicionários  Oxford, e merece uma lembrança do seu significado “é o qualificativo das circunstancias em que fatos objetivos são menos influentes na opinião publica que os apelos emocionais e as crenças pessoais”. Assim posto, seria a pós-verdade não apenas um sinônimo das não menos famosas fake News, mas, sobretudo, de convicção, vez que, falsas ou verdadeiras, as informações são divulgadas ou excluídas não pela sua veracidade, mas pela adequação ás crenças valores de cada sujeito. 

    Evidente para todos que tal indisponibilidade a verificação a se daria, em tese, por razão  direta do tipo de racionalidade instrumental, pragmatista e utilitarista que compõe ao conhecimento e a posterior retórica das pessoas. O que me interessa aqui é provocar o leitor quanto à falta de racionalidade contemporânea e suas consequências imediatas e mediatas! Visitei na construção desta coluna conceitos, em especial de Rodrigo Seixas da UFMG, entre outros autores! 

    PÓS-VERDADE

    PÓS –VERDADE II

    De fato na miríade de situações que nos oferece a realidade brasileira é bem difícil pontuar onde a pós-verdade cria mais problemas e é mais deletéria para o nosso processo civilizatório! Obrigo-me, entretanto a correr o risco de deixar de fora desta análise situações relevantes, o que é natural lembrando a racionalidade deste escriba, aqui em provação! 

    De plano analiso o Supremo Tribunal Federal que criou mercê voto de Fachin a mais destacável pós-verdade da história deste País, a saber, a inocência presumível de Lulla! A adequação das crenças do Ministro excluiu a veracidade e os fatos objetivos aplicáveis a conduta do condenado, permitindo mercê de filigranas jurídicas de plano adequá-lo a lei eleitoral, permitindo assim que ele percorra os sinuosos caminhos eleitorais. 

    A mesma pós- verdade  permitiu construir um raciocínio que sustentado por enorme parcela ideologizada do mundo jurídico que de imediato foi sufragado por não menos relevante parcela da imprensa falada, escrita, televisiva e de mídia alternativa, busca diuturnamente destruir a segurança jurídica, e como consequência destruir a estabilidade democrática a tanto custo obtida. 

    A militância ardente e apaixonada de Ministros do Supremo seja pela causa partidária petista seja por minorias ou maiorias que representam a sociedade, atenta para o cumprimento da obrigação de cada um deles que é julgar de acordo com a lei. 

    Além do exposto, a Corte composta em sua minoria por Juízes de origem trás consigo o habito adquirido ao longo da vida profissional dos advogados  de apresentar lado em perniciosa adição ao supra exposto, que contamina seus atos e provoca o que se nomina “JUDICIALIZAÇÃO” que nada mais é que a intervenção danosa do Judiciário invadindo competências de Executivo e Legislativo!  

    A grande imprensa brasileira, bem assim em minúsculo, porque minúscula senão invisível é sua isenção, faz campanha dia e noite para desconstruir o resultado eleitoral de 2018, fazendo valer a racionalidade instrumental de cada jornalista de acordo com seu viés político partidário, que se adiciona no caso com sua ardente defesa do sectarismo de minorias que entendem valido impor a sociedade suas opções como se estas fossem as únicas a disposição do livre arbítrio!  

    O grande desafio de cada um e de todos é saber separar as informações que deseje ou não o individuo o bombardeiam com infernal consistência e insistência e não cair no engodo, na esparrela de formar sua opinião com base na pós-verdade de terceiros! 


    Randolfe, Omar e Renan

    E O OSMARZINHO O PALHAÇO CHEFE? 

    Pois não é de ver que Osmar Aziz do alto de sua história pessoal e familiar de corrupção resolver ter um chilique de proporções ainda não passível de avaliação? 

    Depois de mandar prender um servidor público de carreira com base no poder de polícia conferido ao Senado pelo artigo 52 da Constituição Brasileira, prisão que foi estraçalhada em poucas horas, o indigitado resolveu atacar o Símbolo Nacional chamado Forças Armadas. Com efeito, esticou a corda estabelecendo um momento histórico. 

    Tenho lido as mais diferentes interpretações sobre o fato, e é claro desde logo os senadores em especial o Presidente do Senado imediatamente passaram a enxugar gelo ou se preferir o leitor passar pano!  

    Não posso admitir que, nesta altura da vida nacional, as Forças Armadas deixem passar uma postura desmoralizatória desta envergadura. Por mais que se deseje fugir da gravidade do fato, é chegada a hora de dar um basta nesta sórdida estratégia de desconstrução da cidadania e da democracia brasileiras. 

    Não é possível que aceitemos com passividade bovina que meliantes como esse ser, Azis, (acompanhado de seus pares de CPI) continuem atentando com virulência dessa magnitude o resultado das urnas em 2018. 

    CHEGOU A HORA! 

    Tenho assistido repetidas manifestações do Presidente da República pedindo apoio da cidadania brasileira para suporte de seu mandato. O povo não lhe tem faltado. Em todos os momentos em que se expõe publicamente, tem recebido maciça manifestação favorável. É dizer histórico de locutor esportivo: “o teeeeeempo passa”, e é inexorável. 

    Chegou à hora, Presidente. Ninguém mais aceita a solerte tentativa de inversão do mandato presidencial, seja por força das repetidas ações do Supremo Tribunal Federal, seja por força da classe política que desrespeita a vontade popular. 

    Do Presidente, se espera que deixe o discurso e tome as atitudes necessárias para obedecer à vontade popular! 

    REGIONAIS 

    1. E a Represa do Miringuava, Governador? É verdade que não há dinheiro para dar continuidade às obras, mesmo com os Diretores recebendo sessentola por mês? 
    2. Mudou a bandeira e o Greca já voltou pra TV? MAS JÁ? 
    3. Tenho ouvido de alguns deputados que a modelagem do pedágio não será exatamente como tem sido descrita pelo time do Governador. Não quero acreditar que alguém (quem quer que seja) tenha a ousadia de mentir para o povo do Paraná, em qualquer assunto que se refira a esse malfadado pedágio. 
    4. E a viagem para Foz do Iguaçu, para falar do Paraná 5.0? A fixação da galera pela tecnologia não me assusta: o que me surpreende é a facilidade de mentir, quando o assunto é esse. 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Em favor de todos que ainda não foram vacinados. Amém. 

  • O TERCEIRO TURNO EM ANDAMENTO
    Coluna semanal de OGIER BUCHI na plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto PR – 02/07/2021

    Pois não é que os setores orquestrados por José Dirceu e que tem como ungido Lulla, perderam a paciência!  Está em pleno andamento o terceiro turno da eleição de 2018! A esquerda jamais aceitou o resultado das urnas! 

    Diferentes setores ligados ao comando de Dirceu o revolucionário covarde, se puseram a serviço da desconstrução da vitória democrática e da implantação de um modelo sem amarras com a arrecadação de dinheiro público. Com efeito, a desestabilização das instituições, em especial da família, posta em ação  com metódica observância dos primados de Antônio Gramnsci, revelou uma mudança pragmática de Dirceu o ideólogo, que da revolução das ruas passou a pregação da revolução de métodos e costumes. 

    Por óbvio a eleição de Bolsonaro subsequente a Lavajato que já houvera destruído a fonte primaria das ações da súcia esquerdista consolidou o que parecia ser a transformação da sociedade e do estado brasileiro em instituições novamente voltadas a construção da cidadania livre e produtiva! 

    Quis o destino que um vírus chinês mudasse o momento histórico da humanidade e produzisse efeito altamente destruidor em inúmeras Nações, inclusive na nossa Pátria. 

    José Dirceu, o revolucionário covarde, que tem como ungido Lulla, perderam a paciência!

    TERCEIRO TURNO EM ANDAMENTO II 

    O estado de guerra, sempre foi propício a ação dos marginais e oportunistas. Verdade universal inquestionável. Há que adicionar a isto o tal “brasileiro cordial” tão bem descrito por Buarque de Hollanda, que inequivocamente é afeito as facilidades e jeitinhos sem esquecer a tendência a “levar vantagem em tudo”. 

    Como a Universidade brasileira foi desconstruída e teve sua finalidade básica, ensino e pesquisa desviada para ideologização com viés de esquerda, nos tornamos reféns absolutos da compra de insumos de outras Nações! 

    Com a infecção pandêmica estava criado o cenário ideal para os meliantes atuarem. 

    Assim, em estratégia bem urdida o Supremo Tribunal Federal quase em sua totalidade escolhido por Dirceu, patrão de Lulla e Dilma, as redes de televisão dominadas pelos servidores de esquerda, os jornais não menos dominados, e a grande armada petista instrumentalizada em 15 anos de domínio, em quase todos os setores da sociedade, especialmente no serviço público e até mesmo em setores militares iniciaram o Terceiro Turno. 

    Por óbvio, existem os oportunistas como Doria que enxergam no Terceiro Turno uma oportunidade pessoal. A este patife se associaram outros que como as pesquisas mostram não podem ser levados a sério. 

    TERCEIRO TURNO EM ANDAMENTO III 

    Como se constata não foi suficiente o Governo Federal financiar estados e municípios, socorrer a população mais necessitada e comprar quando pode as vacinas e insumos para o combate ao vírus mortal. Neste momento somos o terceiro País que mais vacina no mundo, sendo os dois primeiros produtores de vacina. 

    A narrativa construída ao largo da verdade, em especial do fato do Supremo Tribunal, ter jogado nos Governadores a responsabilidade sanitária, atingiu em cheio a popularidade do Presidente. 

    Bom momento para os oportunistas canalhas Senadores se valerem do que poderia ser um bom instrumento legal para clarear fatos. Ocorre que se transformou em mais um agente politico a serviço do Terceiro Turno, porquanto, apesar de constituída de senadores meliantes em sua maioria, obtém seu desiderato que é unicamente impor sua narrativa e domina o cenário de noticias bombardeando dia e noite o atual Governo. 

    Conseguem aparentemente seu intento, e atingem o pináculo com o depoimento de dois irmãos sicários que visitaram o Presidente. Este o momento em que há que separar os homens dos meninos. Imaginam os do exército de José Dirceu que é chegada a hora e reunidos sob a sua batuta partidos políticos, preparam um super impedimento! 

    A  CPI que já esgotava seu prazo legal , conseguiu uma sobrevida catapultada pelas denúncias de superfaturamento. Já escrevi aqui que estes fatos podem se tornar altamente benéficos para o Presidente. O atual governo se elegeu com o mote e a predica da honestidade. Pois bem! E a hora e a vez de provar!  

    O IMPEDIMENTO 

    Nesta quarta-feira (30), distribuído o tal super impeachment! Mais uma vez luziu a estrela do Presidente. Basta ler os subscritores para que as mais de duzentas páginas que instruem o pedido percam a legitimidade! 

    Bem assim, somando a CPI dos 3 Patetas e o tal impeachment sobra o resumo do terceiro turno. Sabedores que não conseguirão responsabilizar o Presidente pessoalmente fazem mercê das estratégias acima descritas sangrar o Governo Bolsonaro. 

    Imaginam atingir assim seu real objetivo eleitoral de poder. Consultei analista eleitoral e politico renomado nesta semana e obtive dele a resposta que 2022  esta absolutamente polarizado entre Lulla e Bolsonaro. Lulla conta com a estratégia e Bolsonaro é o Presidente. 

    Lulla jamais desmentiu que seu Governo foi prenhe de ladravazes e jamais provou inocência, Bolsonaro ate hoje é inocente! Simples, muito simples e bem assim. 

    POSICIONAMENTO 

    REVISTA VEJA – EDIÇÃO DE 08/05/2006

    Jamais defendi ladrã. Já fui duramente punido por não compactuar com ladrã que atuava no Governo Roberto Requião. Não mudei ao longo do tempo. As denúncias relativas ao superfaturamento ( roubo), nas compras de EPIs e vacinas tem que ser investigadas com a máxima profundidade e os responsáveis ( ladrã), mereceriam execução de sentença sumária. Mas de forma especial me refiro aos políticos que indicam estes operadores e recebem suas propinas na sombra. Bolsonaro não afine! Cumpra a missão que o Povo lhe confiou e trabalhe pela punição dos culpados. E não me interessa se os FDP são do Centrão ou do DEM ou da pqp! Puna em nome da Pátria e dos mais de 500 mil mortos!  

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Hoje pela Economia Brasileira para que os 14 milhões de desempregados possam ser acolhidos pelo trabalho digno e produtivo! Amém 

  • HORA DE SEPARAR HOMENS DOS MENINOS. AVANTE PRESIDENTE!
    Coluna de Ogier Buchi na Plataforma Sem Domínio em parceria com o Jornal Impacto-Pr – 25/06/2021

    HORA DE SEPARAR HOMENS DOS MENINOS. AVANTE PRESIDENTE! 

    AVANTE PRESIDENTE!!

    Não é preciso testar a memória. Bolsonaro foi eleito com base em economia liberal e na moralização do Estado Brasileiro devastado pelos anos de Lulopetismo, que além de administrar o País como se fora uma empresa pessoal deles, de seus sindicatos de suas ONGs e de suas empresas jornalísticas e televisivas tratou de desconstruir a educação e a família brasileira! 

    Pois bem, no capítulo moralização inobstante o esforço hercúleo de setores dos mais diversos da sociedade com ênfase extremo para veículos de comunicação aliados e a serviço da esquerda, nada, mas nada mesmo até então havia sido levantado. 

    TODAVIA CHEGOU A HORA DE RACHAR LENHA! 

    Para entender: uma Procuradora da República no uso de suas atribuições funcionais, afirma ter encontrado pelo menos 5 indícios de possíveis crimes na aquisição da vacina Covaxin, em especial nas relações de empresa de nome PRECISA e do Ministério da  Saúde! 

    Afirmou mais que uma investigação criminal é necessária, pois há que considerar o preço pago pelo MS que teria um over de 60 reais por dose! 

    Levanta ainda o fato de que a intermediária PRECISA faz parte da holding Global Saúde que já deve 20 milhões de reais em medicações ao povo brasileiro! 

    Agrava-se mais a situação porque Francisco Maximiano, dono da empresa não foi a CPI porque teria voltado recentemente da Índia! 

    Pois bem, por que afirmo que é hora de rachar uma boa partida de lenha no quintal? Porque é! Simples assim. 

    O Presidente tem a seu favor uma oportunidade histórica única! A CHANCE REAL DE MOSTRAR A QUE VEIO E SOBRETUDO PORQUE VEIO AMPARADO POR 57 MILHÕES DE VOTOS! 

    RACHANDO LENHA 

     O Ministério da Saúde sempre foi  citado como um dos Ministérios em o qual mais foram favorecidos negócios escusos ao longo da história de Brasília!  

    Está empresa ora citada é “bala Zequinha” em rolos históricos no dito Ministério!  

     Portanto eu não quero nem saber qual é a cor da chita, quero ter notícia e conhecimento que o Presidente pessoalmente vai cuidar deste assunto. Que vai mandar investigar sob lupa quem estiver envolvido na denúncia! Que vai chamar as falas à Casa Civil para descobrir o critério do preenchimento dos cargos do Ministério da Saúde e quem são os servidores e de onde vieram. Qual a responsabilidade direta ou indireta do DEM e de MANDETTA, em relação aos servidores e quem são os deputados padrinhos dos servidores. Fundamental esta série de simples atitudes e providências para separar o joio do trigo! Mais do que isto, para dar um exemplo histórico a Nação de que este governo não afaga nem acolita ladrão, prática comum a governos anteriores. E ainda mais para agradecer e incentivar os milhares e milhares de servidores públicos do bem, que não merecem ser obrigados a estar próximos destes ladrões se de fato o forem! 

    Se forem, todavia tem que ser condenados a passar caneca na grade!  

    DEPUTADO MIRANDA 

    Este cidadão morava nos Estados Unidos de onde foi defenestrado por golpes financeiros, quando foi eleito deputado federal por Brasília. Com pouco mais de 65 mil votos youtuber e empresário (?), resolveu estourar foguetes na véspera de São João, soltando um balão cheio de vento e com tocha aparentemente subvencionada por interesses senão escusos, quando no mínimo discutíveis. Todavia não cabe simplesmente refutar o mensageiro, um estelionatário em tese. Há que refutar com eficiência, eficácia e, sobretudo verdade o sacripanta. Dele se estrai ate então um relato! O que é fundamental é saber se existe um FATO! 

    APLAUDINDO A SANEPAR 

    Nesta quarta- feira (23) a denúncia de persecução de uma quadrilha que de há muito assalta a empresa utilizando-se de cumplicidade de funcionários! 

    A denúncia com suporte em ações do GAECO é bem fundamentada e exemplarmente construída. Neste caso, todavia vale e muito enfatizar a informação da Ilustre Promotora que atua na 1ª Vara Criminal de Ponta Grossa, Dra. Fernanda Basso Silvério, que confirmou que a SANEPAR através do setor de Governança Corporativa colabora de forma consistente para resolver a questão! Parabéns pelo bom exemplo da empresa!  

    MARCO DO SANEAMENTO 

    Prazo para legislar a nível regional se esgota em julho. Cabe a todo paranaense fiscalizar a atuação de seu deputado. Não só saber o que ele decide em relação à questão fundamental que regula agua e esgoto, mas influenciar sim sua decisão posto que do interesse direto da preservação e da vida e da saúde dos cidadãos. 

    PEDÁGIOS. MABEL CANTO

    O Governador do Paraná foi a Brasília e ainda desta feita não trouxe um resultado positivo em relação ao assunto! Neste segmento o Governador há poucos dias afirmou ser ungido por Deus em razão de ter a oportunidade histórica de resolver a questão que assombra o setor produtivo paranaense e a cidadania em geral há décadas. 

    Todavia não tem encontrado facilidades o administrador. Conversei longamente coma Deputada Mabel  Canto que luta contra a decisão do Governo do Paraná que permite que empresas já condenadas por descumprimento de contratos de pedágio participem das novas licitações para concessões! 

    Isto mesmo que você leu! Uma decisão da Controladoria Geral do Estado espanca a Lei 19.857/2019, portanto do Ratinho Junior, que instituiu o Programa de Integridade e Compliance do Estado do Paraná que reúne métodos e técnicas  para identificar práticas irregulares e ilegais como Fraudes, subornos e desvios de conduta. 

    Bem Governador se Vossa Excelência não encontra desvio de conduta em empresa que já formalizou acordo de leniência por descumprimento contratual, é preciso rever o conceito de quem o ungiu nesta etapa! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Claro continuando orando em favor dos enfermos, mas nesta semana oro especialmente para que Huçulack e Preto frequentem  reciclagem escolar em aritmética e fielmente apresentem uma conta relativa às vacinas que a população possa entender! Amém.

  • O GORDO X O MAGRO
    Coluna semanal de Ogier Buchi em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 18/06/2021

    E o pau quebrou! O Gordo tocou a trombeta de membi tarara e desancou a imbuia no lombo do Magro. 

    Confesso que na minha já muito, mas muito longa carreira, jamais houvera testemunhado um ataque tão frontal e virulento de um Prefeito de Curitiba a um Governador do Paraná. 

    O fato é que Rafael gravou um vídeo e acusou o Governador de subtrair vacinas do povo de Curitiba e região. A acusação por óbvio toma gigantismo quando lembramos que as vacinas até então representam a única real forma de enfrentamento do vírus mortal. 

     Até o momento que escrevo não vi ou ouvi uma manifestação advinda do Governo. Cabe lembrar, por oportuno que o Vice Prefeito da cidade de Curitiba é um Ratinho mais educado, figurando no partido do Governador e mais, com seu irmão na empresa mais importante do Estado na condição de Presidente da Copel. Cabe enfatizar, portanto, que o Governador é pessoalmente subscritor da reeleição de Greca! 

    Ratinho Jr, sabidamente só vai na boa, razão de seu consagrado apodo, Romário do Iguaçu, porquanto  joga em 20 metros, e jamais, mas jamais vai em bola dividida! 

    Ocorre que dada à denúncia é de esperar que finalmente o governo se manifeste de forma oficial e ou desminta o Prefeito de Curitiba com justificativa plausível ou assuma como verdade o que afirma Greca! 

    Na expectativa o povo de Curitiba e região! O primeiro round foi claramente de Greca! Uma ripada nas costas e um Huck no fígado! 

    BETO AFRODESCENDENTE 

    O não menos famoso Secretário de Saúde do Paraná está naquela de virar sofá. Ratinho Junior não trocou um só Secretário de seu Governo apesar das críticas consolidadas. O de Educação já teria afirmado que ninguém o tiraria em face de compromissos assumidos no período de pré-eleição!  

    O rapaz de Campo Mourão que é deputado é imexível. Sabe e participa demais! Ocorre que Beto também sabe demais, especialmente de Apucarana e região. Então o Governador está pela primeira vez encurralado. 

    Tenho certeza que chegou a hora de separar os homens dos meninos! 

    CAMPANHA ANTECIPADA 

    O principal responsável pelo espírito alvoroçado da patuleia política é o próprio Romário do Iguaçu. Com efeito, na medida em que começou o processo eleitoral de 2022 confirmando alianças precocemente instigou as disputas na sua própria seara. Primeiro acertou o PP, e imediatamente após confirmou o Cidadania que faz parte do Governo, posto ocupar duas Secretarias a de Esporte e de Representação do Paraná em Brasília!  Nesta quinta-feira (17) estaria agendado jantar em Palácio com Francischinis e demais do PSL. Francis só repetiria o acerto de 18, quando boicotou a candidatura de seu próprio Partido! 

    Junior terá um problema sério daqui a pouco. Na análise que farei abaixo o leitor constatará os índices de pesquisa atual da Paraná Pesquisa. Há um empate técnico evidenciado nesta etapa. O Romário do Iguaçu em tese vai apoiar Bolsonaro e se o fizer será finalmente minimamente agradecido. 

    Todavia enfrentará vários obstáculos. Kassab luta por uma Vice de Lulla! O time pessoal de Junior é extremamente dividido. São vários os secretários progressistas. Lullistas de carteirinha e alguns como Beto da Saúde atavicamente de esquerda! 

    CAMPANHA ANTECIPADA II

    Requião o primitivo assiste o açodamento do Romário do Iguaçu com frouxos de riso. Sabe que Renan Calheiros e Sarney vão atropelar Sergio Souza e garantir a ele Requião a candidatura ao Governo! Sabe mais, que a Presidente do PT e o partido localmente tem histórica ligação com ele!  Reconhece como importante a candidatura de Goura da Magrela, que fará um strike na juventude o que desfavorece o atual Governador. 

    Mais do que isto, repetirá estratégia adredemente utilizada com sucesso e ao lado de Samek fechará costura com Lulla. Rochinha e os demais advogados aplaudem. Fachin estertorado de alegria! 

    MAIS CAMPANHA 

    Greca vira assim com seu inenarrável DEM,  o mililique de baralho! Mililique para que não sabe ou lembra é aquele sujeito que fica entre os jogadores que estão sentados a mesa de baralho e olha o jogo e fica pendendo entre eles desesperado. Greca é sempre foi e continua sendo bem relacionado com Requião. Que ninguém se engane sobre isto. Ah, mas e o Mandetta? Brincadeira tem hora.  

    PESQUISA 

    A Paraná Pesquisa trouxe a lume pesquisa recente inovando com a figura do locutor esportivo apresentador de programa policial Datena. Evidentemente tal figuração deve ser visualizada com uma epifania do Murilo Hidalgo, e como tal não merece analise mais profunda. Todavia a pesquisa merece!  

    Lulla e Bolsonaro estariam rigorosamente em empate técnico nesta etapa. Parece-me absolutamente evidente que Jair Bolsonaro deve ter estourado uma garrafa de guaraná Jesus e comido quatro fatias de pão com leite condensado de alegria! 

    Se a pesquisa indica empate nesta altura em que a imprensa em geral se lastreia na pós-verdade para malhar o Presidente 24 por dia, os políticos inventam a CPI dos Patetas para buscar destruir o Governo e tudo mais que se faz no Supremo Tribunal Federal para obstaculizar a governabilidade existe um empate técnico, imagine leitor em 2022 com todos vacinados e a economia subindo como um foguete!  

    IBMP e o TECPAR 

    O Tecpar vai de vento em popa.  Crescendo e se modernizando. Jorge Callado imprime ritmo de trabalho firme e forte apesar da pandemia. 

    Nesta semana se despediu da participação no Conselho do IBMP o Dr. Lindolfo Junior que segundo palavras de Dr. Pedro Barbosa fez uma aproximação consistente entre o Instituto e o Tecpar, conseguindo inclusive vários registros na ANVISA. Vou voltar ao assunto. 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI. 

    Para todos que lutam contra o COVID. Amém!

  • RICARDO BARROS: INABALÁVEL!
    Coluna de Ogier Buchi em parceria com o Jornal Impato-PR – 11/06/2021

    Testemunho a carreira política dos Barros de há muito. Comecei acompanhando  Silvio Magalhães  Barros, Vereador, Deputado Estadual, Deputado Federal, mas sobretudo Prefeito de Maringá, mineiro intrépido aviador e empresário, que detinha uma característica pessoal incomum a políticos. Cumpria sua palavra. Jovem ainda  testemunhei esta qualidade! 

    Mais tarde vivenciei a atuação de Ricardo, então Prefeito de Maringá na mais bela e empolgante campanha política da história do Paraná, a campanha de José Carlos Martinez. Na ocasião  fidelidade de Ricardo se fez presente, e aqui faço justiça a Antônio Belinatti, Prefeito de Londrina igualmente fiel, inobstante a prenunciada derrota, provocada pelo Crime Eleitoral e pela inépcia de Fernando Collor e Zélia Cardoso!  

    Desde então com admiração assisto o desenrolar de brilhante carreira política e a confirmação de Ricardo como o político paranaense de maior influência interna e externa no Estado! Nesta semana, mais uma aula de Ricardo. Aliás, bom frisar que em 2020 na eleição municipal Ricardo já mirava 2022! As reeleições de Prefeitos eram previsíveis, em face da pandemia e do sentimento de medo de mudanças! Assim reeditou alianças anteriores, inclusive em Curitiba. 

    Nesta semana,  fechou questão com o atual Governador do Paraná! De lembrar, que Ricardo é líder do Governo Federal, e que o Presidente é amigo e fã do artista televisivo pai do Governador. 

    Ouso afirmar que Ricardo, por opção, será candidato a Federal, assim como a jovem, senhora Maria Victória voltará à Assembleia Legislativa.  

    Inabalável em seu propósito enfrenta sempre suas batalhas. Nesta semana alertou o Poder Judiciário, para que se preserve dê valor a sua dimensão. Lembrou com propriedade que de tanto ingerir-se  nos  outros dois poderes o Judiciário vai descontruir a maior de todas as premissas que é “decisão judicial se cumpre”! Imagine o Supremo reunido sob o comando de Carmen Lúcia para decidir se sai ou não saí um torneio de jogo de bola! 

    Ricardo aprendeu cedo com o aviador mineiro: cumpre a palavra, é fiel à família, amigo dos amigos e não teme inimigo! 

    CPI DOS TRÊS PATETAS AINDA FUNCIONA 

    Sei e bem que o assunto é deveras chato. Que de um tudo já se disse a respeito dos Senadores que sentam a mesa e falam asneiras todo o tempo. Insisto que Renan, canalha, porém pragmático como poucos, mira tão somente a composição com Lulla. Quer porque quer o MDB na Vice do PT e claro jactar-se na condição de candidato. Tem os caciques da velha guarda com ele, Sarney e até mesmo Requião. “Sonho meu” de emedebistas a estratégia seria repetida nos Estados inclusive Paraná. 

    O AZIZ QUER UMA REELEIÇÃO SENÃO BATE CANECA NA GRADE!  

    Todavia me refiro ainda à comissão porque ela custa uma fortuna para o contribuinte e se dedica tão somente a desconstruir biografias, como no caso da Dra. Nise! 

    Causa-me espécie a conivência anunciada de setor do Judiciário que desde logo protegeu o Governador de Amazonas.  Disse Azis que o Senado vai recorrer da decisão de Rosa! Bem se não reverter à decisão é melhor dissolver a comissão! 

    Enfim, a conclusão é inequívoca “pannis et circenses”! 

    Sigam o dinheiro dos medicamentos Senadores e assim cumpram minimamente seu dever! 

    VOTO IMPRESSO 

    Começou a cena oficial!  Barroso foi ao Congresso e dedicou-se a desqualificar o voto impresso, sua história e com ênfase desqualificou e destratou o povo brasileiro, que segundo ele não pode participar de uma votação com voto impresso porque tal situação ensejaria a manipulação de votos e outros que tais. 

    Disse que não existiu procedimento judicial contra urnas eletrônicas e que tem judicializações excessivas dos pleitos eleitorais. Bem a Justiça Eleitoral existe exatamente para decidir questões eleitorais. 

    Ocorre que inobstante o Ministro Barroso seja contra o voto impresso a Comissão que trata do assunto na Câmara Federal tem maioria clara  formada a favor. O Ministro finalizou com propriedade lembrando que quem legisla é o Congresso. Ainda bem, pelo menos neste caso! 

    E o MDB não indicou membros titulares da Comissão! Incúria ou omissão planejada? 

    GESTÃO FISCAL 

    O Governo do Paraná trata de melhorar o ambiente econômico das empresas com propostas como, por exemplo, o Programa Retoma Paraná! 

    E evidente que é louvável o esforço que ao final deve proporcionar a retomada de empregos em empresas em recuperação judicial! 

    MABEL CANTO 

    A Deputada Mabel Canto fez manifestação pesadíssima em relação ao Governo do Paraná! Com efeito, no momento em que o Governador afirma que foi Deus que lhe deu a chance de resolver o Pedágio, a Deputada afirma que o Governo beneficiou de forma espúria pedageiras em acordo que permitiria empresas já punidas atuando com playeres no “novo” pedágio. Detalhe relevante a parlamentar apresentou provas!  

    EDUCAÇÃO 

    Nova acusação contra o rapaz da Educação. Desta feita 13 milhões teriam sido jogados pela janela em sistema de avaliação que não funcionou. Detalhe: sem licitação! Verdade ou mentira? 

    WILSON PICLER E O PATRIOTA 

    O Professor é o grande nome do Patriota no Paraná. Carregou a sigla nas costas durante largo período. Está na Nacional, tratando de organizar sua candidatura ao Senado. Tem evidentemente boas chances! 

    MARISA LOBO 

    Presidente regional do mais antigo partido político do Brasil, o PTB! Organiza a sigla, sua muito bem encaminhada candidatura a Deputada Federal e a de Oswaldo Eustáquio ao Senado, desejo pessoal de Roberto Jefferson! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Em favor de todos que sofrem com o Covid! Amém 

  • OS PATETAS IMITANDO! RAMBO I, II, III etc.
    COLUNA SEMANAL DE OGIER BUCHI – 28/05/2021

    Como o objetivo de destruir o Governo Bolsonaro esbarra na realidade dos depoimentos e, sobretudo, funciona como fermento a popularidade do Presidente, como as ruas bem o atestam, os Patetas da CPI, valem-se de roteiristas novos para criar novas narrativas para sua falida e falaciosa construção politica. 

    Já escrevi e não canso de fazê-lo que uma comissão de inquérito de qualquer dos parlamentos é instrumento válido do arcabouço legislativo que como o próprio nome ensina visa instruir um Inquérito que ao final, mercê relatório será ou não utilizado pelas autoridades competentes. 

    Nesta semana os patetas resolveram que lhes sobrava conhecimento científico prepotentes que são, e imaginaram que destroçariam a mulher que chamaram como depoente. Coronel Renan, que apesar de esquerdista é um tremendo misógino quis se perfazer. Foi debulhado pela médica! O Rã Dolfe então ficou com cara de Carol Konka contrariada! 

    Sou fã desde terça-feira (25) mais do que nunca da Dra. Mayra Pinheiro, Mestre em Medicina com extraordinário currículo daqueles que cansamos só de ler, empoderada de fato e de direito que deu uma surra de vara de marmelo naquela corja de moleques corruptos denominados senadores.   

    MAIS DOS PATETAS  

    No caso, sabemos que a CPI não tem objetivo que seja diferente de desgastar o Presidente para ao lado de outras estratégias construídas por José Dirceu, catapultar a candidatura da esquerda! 

    A leitura de pesquisas que apresentam abissal diferença entre o candidato Lulla, o condenado e o atual Presidente provam o que digo. E neste campo, o de pesquisas, não admito ser contestado porquanto fui submetido a elas e só para efeito de ilustração lembro que no meu caso, as pesquisa erraram em 2018, em 600%! Isto mesmo, seiscentos! 

    Então, neta etapa longínqua das próximas eleições as pesquisas são utilizadas para construir sentimentos de apoio a narrativas. 

    Produzindo notícias diárias Renan e seus asseclas produzem conteúdo para a imprensa ativa e destarte imaginam cumprir sua missão de ressuscitar a maior cleptocracia da história. 

    Ocorre que o tiro a cada dia que passa me parece estar mais próximo da culatra. Renan e Azis foram reduzidos a pó de traque pelos depoentes e o menino maluquinho do DPVAT, o Rã Dolfinho, é o alvo mais constante de memes! 

    Depois da visita ao Rio e do incontestável e visível apoio recebido por Bolsonaro restou à imprensa aliada a esquerda falar em golpe, posto que a CPI dos Patetas aliada aos veículos de comunicação e as pesquisas desmentidas pelas ruas não funcionou e finalmente agora vai chamar os GOVERNADORES ao depoimento. RSRSRS! Os próximos a serem chamados serão os síndicos dos prédios do PT e do PSOL. O prédio do PT é de um amigo e o do PSOL foi invadido….! 

    CARLOS GABAS

    Final: Se esta CPI quisesse ser minimamente respeitada teria que chamar um cabra chamado CARLOS GABAS! E os Governadores do Consórcio do Nordeste dirigido por ele. Até quando o povo brasileiro vai aguentar este escárnio? 

    CHAMANDO LULLA PARA À RUA! 

    Convictos da falácia das pesquisas os bolsonaristas chamam Lulla para que mostre sua liderança nas ruas. É por demais evidente, que o condenado não virá ao paralelepípedo, nem muito menos ao asfalto. Não existe dinheiro estocado, pois o dinheiro ao contrário do vento da Dilma, esta em contas muito bem guardadas e a patuleia só ia à rua para ganhar algum e obviamente em dia de serviço. Sem grana o petismo de rua não funciona….! 

    A estratégia de José Dirceu é muito clara. Buscou ressuscitar um cadáver político. Disto se encarregaram Fachin, Toffoli e Lewandoski! Imediatamente após, as pesquisas e o bombardeio incessante dos grupos de imprensa acolitados historicamente. E a estratégia adredemente consolidada na história política brasileira, a aproximação com o grupo de malandros históricos da política, os do time “hay governo, jo apoio”! 

    Na linguagem futebolística denomina-se “na meiuca”. Joga onde pergunta o técnico. Se o cara responde na meiuca você já sabe que é malandro. Não se expõe! 

    Este é o Centrão! Sempre sem se expor um pé em cada canoa. 

    PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DO IMPACTO 

     Ministra da Saúde de Portugal, Marta Temido expõe a realidade: 

    1. Talvez tenhamos que morar com o COVID 19 por meses ou anos. Não vamos negar ou entrar em pânico. Não  vamos tornar nossas vidas inúteis. Vamos aprender a conviver com esse fato. 

    2. Você não pode destruir os vírus COVID19 que penetraram nas paredes das células, bebendo galões de água quente – você só irá ao banheiro com mais frequência. 

    3. Lavar as mãos é o melhor método para sua proteção. 

    4. Se você não tem um paciente COVID19 em casa, não há necessidade de desinfetar as superfícies da sua casa. 

    5. Cargas embaladas, bombas de gás, carrinhos de compras e caixas eletrônicos não causam infecção. Lave as mãos, viva sua vida como sempre. 

    6. COVID19 não é uma infecção alimentar. Está associado a gotas de infecção como a gripe. Não há risco demonstrado de que o COVID19 seja transmitido pelos alimentos. 

    7. Você pode perder o sentido do olfato com muitas alergias e infecções virais. Este é apenas um sintoma inespecífico de COVID19. 

    8. Uma vez em casa, você não precisa trocar de roupa com urgência e tomar banho! Pureza é uma virtude, paranóia não é! 

    9. O vírus COVID19 não está no ar. Esta é uma infecção respiratória por gotículas que requer contato próximo. 

    10. O ar está limpo, você pode caminhar pelos jardins, pelos parques, apenas evite aglomerações. 

    11. É suficiente usar sabão normal contra COVID19, não sabão antibacteriano. Este é um vírus, não uma bactéria. 

    12. Você não precisa se preocupar com seus pedidos de comida. Mas você pode aquecer tudo no microondas, se desejar. 

    13. As chances de levar o COVID19 para casa com os sapatos são como ser atingido por um raio duas vezes por dia. Trabalho contra vírus há 20 anos – as infecções por gota não se espalham assim! 

    14. Você não pode ser protegido contra o vírus tomando vinagre, suco de cana e gengibre! Estes são para imunidade, não para cura. 

    15. Usar uma máscara por longos períodos interfere nos níveis de respiração e oxigênio. Use-a apenas na multidão. 

    16. Usar luvas também é uma má idéia; o vírus pode se acumular na luva e ser facilmente transmitido se você tocar em seu rosto. Melhor apenas lavar as mãos regularmente. 

    17. A imunidade é muito enfraquecida ao permanecer sempre em um ambiente estéril. Mesmo se você comer alimentos que aumentam a imunidade, saia regularmente de sua casa para qualquer parque / praia. A imunidade é aumentada pela exposição a patógenos, não por ficar em casa e consumir alimentos fritos / condimentados / açucarados e bebidas gaseificadas, e não praticar atividades físicas. 

    Fonte:  https://www.impala.pt/noticias/atualidade/covid-19 

    Reflexões 

    É esse tipo de notícia que temos que compartilhar…. 

    Se o vírus está proliferando, então vamos proliferar, boas coisas, boas ideias e boas dicas também! 


    Alexandre Teixeira e Jaime Lerner

    Prefiro sempre analisar Jaime Lerner como Prefeito de Curitiba. Sim, foi Governador eleito e reeleito pelo voto popular o que sem embargo e muitíssimo importante. Todavia sua marca está em Curitiba. E sua marca indelével é o coração curitibano. É o sentimento de orgulho e de pertencimento que é de todos os cidadãos desta cidade. Fiz inúmeras entrevistas com Lerner, a mais emblemática ao vivo para todo o País na inauguração de obras do Afonso Pena, ele  e o Governador Fernando Henrique Presidente. Está nos anais da CNT! 

    A última vez que estive com ele foi no aniversário de Alexandre Teixeira. Estava feliz, barreado, pimenta forte e amigos! 

    Jaime foi um homem visionário. Além de seu tempo.          

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI  Pelo conforto das famílias que perderam seus entes queridos! Amém

  • QUANTO CUSTA A CPI DOS TRÊS PATETAS?
    COLUNA SEMANAL DE OGIER BUCHI – 21/05/2021

    Em primeiríssimo lugar, devo reafirmar minha crença no instrumento parlamentar de investigação! Lembro que o Legislativo tem duas funções precípuas, a saber, legislar e fiscalizar. Bem assim, esta cumprindo seu papel o legislativo quando via comissão regimentalmente instalada, investiga. 

    Então por que sou tão crítico a dita CPI do Covid? Porque acredito piamente que ela não resultará em nada, pelo evidente erro de constituição, e, sobretudo pelo desvio óbvio de finalidade imposta pelo senador relator! 

    Basta acompanhar a condução dos trabalhos e constatar a imensa parcialidade dos patetas! 

    CUSTO 

    Por óbvio, e muito difícil de acompanhar os gastos de uma CPI! Consultei relatórios de eventos passados no Senado e na Câmara Federal e seus resultados. Todos pífios! A conclusão é que representaram apenas oportunidades e janelas para parlamentares aparecerem. Claro, ressalvo os bens intencionados que de alguma forma foram produtivos. 

    De qualquer modo investiguei outro dado importante. Tempo dos mandatos. Excepcionando Aziz o presidente da comissão os outros três patetas, Renan, Randolph e Humberto Costa, tem mandato até 2027, para sofrimento da Nação! Renan, o cínico busca além de proteger o filho uma vaga na chapa de Lulla! Os outros dois, notoriedade e visibilidade, para ocupar posições e poder em caso do retorno do petista!  Aziz busca uma improvável reeleição, posto que se candidatasse em 2018 e os amazonenses expurgaram-no! 

    O Senado custa aos brasileiros 32 milhões de reais por mês. Tem 3017 funcionários entre efetivos e comissionados. Custa, portanto quase meio bilhão por ano! O indigitado Renan Calheiros tem como custo de Gabinete o estratosférico valor de seiscentos e noventa e três reais e quinhentos e sessenta reais e nove centavos (R$ 693.560,90). Apenas para efeitos de análise comparativa os três senadores do Paraná,  custam  R$ 367 o Álvaro, R$ 365 o Arns e Oriovisto R$ 203 mil. Confesso que os dados compilados dos 360 graus não informam a razão de o coronel Renan custar tão caro para mim e para você leitor, que caso concorde comigo acredita que o lugar deste cabra é a hospedaria caneca na grade! 

    OS LACRADORES 

    Compulso na manhã de quinta-feira os outrora grandes e importantes jornais brasileiros Folha e Estadão. Descrevem as manifestações dos patetas que insistem em desqualificar depoimentos que não servem para os objetivos deles. Há uma evidência clara nas manifestações dos jornalistas. Eles não fazem jornalismo. Militam politicamente. 

    Todavia há um fator de convergência entre os que militam na esquerda jornalística e o que eu penso. Há uma imensa perda de tempo e de recursos financeiros na presente CPI. A preocupação permanente é lacrar. De ambos os lados, a não ser os depoentes que buscam livrar-se do Renan e do Dolfinho, que encarnam a Santa Inquisição,  pilantras e caras de pau que são. 

    O tal Renan agora deu para atribuir as perguntas mais patifes que faz, à supostos “internautas”. 

    Não constatei uma só referência positiva ao depoimento do General Pazzuello nos jornais e na televisão, todavia encontrei um maciço apoio nas redes sociais que repetiram insistentemente todos e foram muitos momentos de constrangimento de Renan o sicofanta! Ainda que assim tenha ocorrido não sinto o real desejo de prestar serviço à pátria por parte dos inquisidores. Se não por respeito ao cargo que ocupam por votos de uma minoria ínfima de brasileiros, cargo que é sustentado pela maioria diga-se por amor a verdade, pelo menos por respeito aos mortos na desgraça que é a Pandemia, cujo número ostentam em placas, lacradores patetas e canalhas que são, deveriam perguntar ao Pazuello quanto dinheiro mandou na condição de Ministro, para Alagoas e como este dinheiro foi gasto? Quanto dinheiro foi para o Amazonas e porque não compraram oxigênio? Perguntem Eduardo e Aziz? Lacradores de quinta categoria, covardes e cagalhões! 

    SALLES E A POLÍCIA FEDERAL 

    A PF investiga o Ministro. Pede quebra do sigilo bancário. Bem que faz, pois cumpre sua função. Se o Ministro nada deve, a investigação lhe fará bem! Se deve que “pague lo que deve, e tome chocolate”! A ação da Federal poderia se estender a Alexandre de Morais e pares em especial relativamente às consortes! Por aqui, alguma investigação relativa ao Meio Ambiente? PF ou Gaeco?  

    DA PROVÍNCIA! 

    1. O momento é muito, muito difícil para as autoridades regionais. Com efeito, não sinto firmeza nas decisões dos vários segmentos envolvidos. 
    2. Alguns municípios como Guarapuava, por exemplo, que jamais figuraram nas listas de Covid, foram obrigados a medidas restritivas de envergadura. 
    3.  Continuamos a conviver com mais do mesmo e pior do que isto com o agravamento da crise financeira, adicionada aos números de ocupação de leitos de UTI. 
    4. Parece muito claro ao observador que a necessidade de leitos especializados jamais foi enfrentada. 
    5. Não tenho notícias de Hospital em construção! 
    6. Em Curitiba a crise avolumou-se em função de evento promovido pelo Munícipio, com consequente manifestação da Associação Comercial afirmando que não se submetera a medidas restritivas do setor produtivo. 
    7. Tem apoio a Associação Comercial de enorme parcela dos curitibanos, e de também de setores independentes da Câmara Municipal. 

    DA PROVÍNCIA I

    O Governador foi à Brasília tratar da questão contratos de Pedágio. Bolsonaro derramou-se em elogios e afirmou que a questão pedágio pelo menor preço esta quase resolvida! Pois bem: todos os paranaenses torcem para que isto seja verdade. Seria de fato uma vitória gigantesca de Ratinho Jr., e por consequência de todos os paranaenses!  

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Tenho orado, pela saúde de todos Senhor! Todavia hoje peço um milagre humildemente! Só o Senhor para salvar o Coritiba! Amém. 

  • VALET DE CHAMBRE DE BIGORRILHOS
    COLUNA DE OGIER BUCHI EM PARCERIA COM O JORNAL IMPACTO-PR – 14/05/2021

    Confesso que a cada dia que passa mais horrorizado me sinto com a malta que açula os assassinos do narcotráfico. É impressionante o ataque à polícia e consequentemente ao Estado Brasileiro que ela representa. 

    Dizem os acólitos de criminosos traficantes em impressionante louvação aos criminosos que a ação da policia é a ausência do Estado. Que os bandidos não são bandidos, sua atuação representa somente  a incompetência do poder publico. 

    Dizem mais, que a favela e os morros são habitados em sua imensa maioria por pessoas honestas e trabalhadoras. Verdade absoluta! 

    Reclamam de racismo, pois as favelas, pelo menos as do Rio de Janeiro tem maioria de habitantes negros. Outra verdade. 

    Aqui, encontro sim a culpa do Estado que nos remete ainda a Abolição em 1888, uma vez que libertos os escravos não tinham onde morar. Foram para os morros pagar aluguel ao Conde Deux  genro do Imperador! Estes são os oprimidos sim. Estes sentem carência e sofrem as diferenças abissais impostas pela história deste País. Estes os honestos, os trabalhadores. Já bandido do tráfico é e continua sendo bandido por decisão e opção, more e se esconda onde morar. Os chefes se escondem em mansões! 

    Inexplicavelmente os valet de chambre culpam o atual governo federal pelos fatos recentes. Apenas “ad argumentandum”,  a nível de retórica, pois o argumento é irretorquível, vale dizer que é uma confissão da esquerda, em especial da imprensa engajada, que esta é uma resultante da falta de educação, da saúde, do nível de emprego etc. e quantos etecetras você quiser. Estes apedeutas como só fizeram estudos sobre Marx e Gramnsci e esqueceram-se da aritmética e, portanto seus silogismos padecem de premissa correta. 

    Todas as imagens dos bandidos traficantes remetem a indivíduos de mais de dois anos e meio! Sendo assim eles são produtos dos governos que antecedem o atual. 

    Esta predica contra o armamento da população e a qualidade da atuação da polícia se esmaece, cai por terra, quando qualquer um dos jornalistas, ministros do supremo, deputados ou senadores se sente ameaçado! Aliás, eles têm normalmente porte de arma, e no caso das três últimas categorias sua própria polícia! Daí quando a ameaça é visível, é palpável e real no campo real deles é um Deus nos acuda! 

    Recordo e com pesar, o sacrifício horrendo do jornalista da Rede Globo Senhor Tim Lopes.  Quem prendeu o facínora Elias Maluco? 

    Qualquer manifestação dos criminosos, e elas são muitas na Internet, dão conta que eles têm absoluta consciência do que fazem e do risco que correm, e o risco ao qual submetem os servidores do povo em uniforme policial. 

    É sem embargo uma guerra urbana, em a qual os criminosos têm armamento mais moderno e potente, que o povo brasileiro representando por sua polícia! Por ora, o povo ainda tem mais organização! Todavia se o supremo continuar a proteger os criminosos e a grande mídia a proteger a ambos as famílias correrão a cada dia risco maior!  Portanto há necessidade de posição clara de um e todos. E nesta guerra tenho lado, lado da polícia, da lei da ordem e, sobretudo da família brasileira! 

    O CIRCO DO SENADO CONTINUA TENDO FUNÇÕES! 

    Confesso que me entristece não poder assistir a matinada nem a matinê, pois o destaque maior a grande estrela o palhaço mor que tem filho Governador de Alagoas, Renan Cambalhota, expert na arte da bufonaria, tem tido atuações memoráveis. Dotado de uma mascara que não é EPI, e sim de teflon o saltimbanco jamais fez pergunta que não fosse no sentido de acusar e constranger o governo federal. Fez campanha cerrada ao lado do filho para Haddad sempre homenageando o Lulla! 

    Segundo a Veja, pagou as despesas da favela que mantinha em ajoujo com dinheiro havido de corrupção! Responde o histrião a vários processos e dedo em riste posa de Jerônimo o herói  do Sertão! A agressividade dele e do Aziz em face dos depoentes contrasta com os históricos de ambos como fartamente noticiado pela imprensa.  

    Li que o General Pazzuelo vai finalmente ao Circo Senatorial dia 19! Ora, o General é atabalhoado como bem mostrou na Saúde! Sendo assim seria de boa conduta ir para o confronto direto com os Patetas prestar um efetivo serviço para o povo brasileiro, mostrando a real faceta de Brasília depois da meia noite! Mais do que isto deveria mostrar o que de fato aconteceu com o dinheiro federal enviado para Renanzinho e outros similares! Mas é doloroso assistir os Patetas que respondem a inúmeras ações ameaçarem testemunhas de prisão! Dai para fechar a quarta com chave de ouro Flávio chamou Renan de vagabundo! E nos todos pagando imposto para sustentar o clonismo do Congresso. 

    ARGUMENTAÇÃO 

    Surpreende-me a incapacidade da maioria dos submetidos à inquisição dos patetas no que tange a reagir aos mesmos. Veja leitor: Renan é pai do Governador de Alagoas, que não explicou o que fez com a dinheirama enviada ao Estado pelo Governo Federal. O Aziz é o sujeito da mulher e irmãos presos por gatunagem em tese pelo menos. E o outro é o rapaz do DPVAT. Falta a eles a legitimidade moral mínima para ocuparem as funções que ocupam. E detalhe, o tal Aziz dando lição de moral em testemunha é o supremo escarnio! 

    TROCO NOS PINGUINS 

    A Polícia Federal trabalhou e Toffoli é o primeiro encurralado! A patifaria da judicialização, e a suprema empáfia dele, E DOS DEMAIS ESQUERDISTAS da Corte, já esta passando pelo pente fino. A gurizada que enriqueceu na advocacia administrativa esta sob óculos! Nesta quinta feira (13) pela manhã não havia fralda a venda em Farmácias  nem em supermercados! Claro que o leitor sabe o que acontece quando você puxa a fieira de caranguejos! Quantas Roberta Rangel (Mulher de Toffolli) o leitor imagina que atuam junto as Cortes brasilienses? 

    DA PROVÍNCIA! 

    1. Começaram os arroubos em relação a candidaturas para 22! Li com alegria, que o blogueiro oficial de Roberto Champagnat anuncia sua candidatura ao Governo, seja pelo velho de guerra MDB, seja por outra sigla. 
    2. Ocorre que Lulla vai precisar de palanque forte por aqui, e não tem candidato encorpado na sua trincheira!  Requião foi sempre fiel ao PT, sendo um frequentador assíduo dos ágapes do Santa Cândida. 
    3. Rochinha e Manoel Caetano Filho são requianistas desde o berço! 
    4. A Presidenta do PT sempre foi fanzoca do arcebispo de Puebla Dom Roberto I ! 
    5. Então uma conclusão: Roberto rides again! 
    6. Nos demais partidos alguns arroubos mais significativos para Assembleia e Câmara Federal, e nada mais! 
    7. O PODEMOS depende da definição de Álvaro Dias, que pode ou não se retirar do cenário! Aparentemente esta em forma e nunca fez outra coisa senão política. Deve confirmar nome na corrida para o Senado. 

       ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Oro pelo fim da Pandemia. Oro também para que o Poder Superior enquadre os vagabundos, todos eles, que usam a Pandemia com fins políticos e pessoais. Amém 

  • A CPI E O HUMOR
    Coluna semanal de OGIER BUCHI em parceria com o Jornal Impacto Paraná – 07/05/2021

    A indigitada CPI da Covid começou. E me lembra dos melhores pastelões da história cinematográfica com os Três Patetas sendo encarnados com intensidade por Renan, Randolfe e Aziz! O mililique de baralho que supre necessidades de bufonaria é o ridículo Humberto Costa com centenas de processos que não se cansa do próprio ridículo! Como visto até agora a turma tem por único objetivo desconstruir o Governo Bolsonaro!

    Sei que todos sabem o que neste caso se pretende ao instalar uma Comissão Parlamentar, e mais que todos também terem certeza que o desfecho sempre será uma incógnita.

    O que mais sei é que uma investigação honesta e com bons propósitos sempre clarifica os procedimentos. O que muito mais sei, todavia é que conheço Renan desde o Governo Collor, que o Aziz teve a mulher e irmãos presos sob a égide de gatunice e o mais jovem Randolfe é citado na história do DPVAT. Chega ou precisamos desenhar?

    A evidência de mais um turno eleitoral. Mais uma tentativa de solapar o processo eleitoral de 18 que contrariou interesses de sicários.

    É absolutamente irritante ler as ofensas dirigidas ao Presidente por conta da Covid e a narrativa de que ele seria responsável direto por mortes! Acertar ou errar é decorrência do exercício do mandato. Todavia me estarrece a intensidade das acusações contra o Presidente em especial dos infantilistas fiéis dos Governadores!

    DEMOROU RATINHO X GRECA

    A julgar pelo teor da nota a madeira cantou.

    Rafael Grega e Ratinho JR.

    BOM HUMOR

    É absolutamente inegável que vivemos um momento histórico dos mais difíceis sob o ponto de vista de saúde. Saúde física em face de crise sanitária mundial, e inequivocamente saúde mental. Neste aspecto agravaram-se em muito as doenças existentes e apareceram novos casos e sintomatologias com especial destaque para o denominado “pânico”!

    Os meios de comunicação poderiam e, sobretudo deveriam, porque se tratam de concessões do governo (povo) cuidar para que o conteúdo de suas programações tivesse responsabilidade para com o estado de saúde da população. Todavia a irresponsabilidade de donos de veículos e diretores de jornalismo e programação direciona os produtos para pauta política que assusta, quando não aterroriza o cidadão. Assim, medidas de afastamento social e o uso de máscaras, medidas necessárias e fundamentais por certo, aliadas à espera das salvadoras vacinas, adicionadas ao quadro descrito catapultaram os comprometimentos emocionais e mentais. A tragédia de Santa Catarina nesta semana exemplifica os desvios mentais!

     O que estamos esquecendo é que o bom humor faz bem tanto para a seus relacionamentos interpessoais quanto para a sua saúde.

    Já foi comprovado que o bom humor faz muito bem para a sua saúde, por exemplo:

    • Sua pressão arterial pode diminuir;
    • Seu colesterol bom também conhecido como HDL pode aumentar;
    • Seu sistema imunológico fica fortalecido;
    • Seus músculos ficam mais relaxados o que diminui sua tensão e dores musculares;
    • O bom humor reduz a ansiedade e o estresse, diminuindo também os sintomas da depressão.

    Uma pessoa bem-humorada produz mais endorfina e por isso consegue sofrer bem menos que a maioria das pessoas que vivem estressadas. A endorfina é o hormônio capaz de fazer com que as pessoas relaxem, ele controla a pressão sanguínea, mantém o bom humor, melhora o sono.

    Diante de tantos benefícios que o bom humor pode provocar na vida de uma pessoa, será que viver de bom humor é o que as pessoas precisam para viver mais? Bem, se o bom humor traz tantos benefícios à saúde, acredito verdadeiramente que viver bem-humorado auxilia uma pessoa a viver mais. O mau humor só consegue atrair coisas negativas para a vida das pessoas. Manter-se ligado ao bom humor nesta etapa é mais que simples estratégia.

    MÃE, DONA HERMÍNIA MORREU. VOU CHORAR!

    Assim reagiu uma de minhas netas, quando assistiu a noticia da morte do melhor humorista brasileiro da nova geração! Campeão de bilheterias nos cinemas nacionais conseguiu a unanimidade de público reunindo um e todos para divertirem-se com a personagem histriônica que construiu com base no comportamento materno!

    O humorista afirmou que o humor alivia salva e cura! Não há como duvidar disto, em especial se utilizado profilaticamente.

    Muitos vídeos circulam na internet, de autoria de Paulo Gustavo falando de amor e de humor! Claro: dadas as circunstâncias, os vídeos tomam a dimensão de despedida, de adeus!

    Neste momento histórico em que as lideranças oficiais se dedicam de forma condenável a seus projetos pessoais e de poder, encontrar exemplos na sociedade civil é fundamental. Esclareço que não desconheço e não deixo aqui de patentear meu desprezo absoluto por artistas que também politizam o momento. São tão abjetos quanto os agentes públicos supracitados!

    Finalizo afirmando que a morte do filho de Dª Déa enluta todas as mães deste País, e representa a dor de todas elas. O ator fez de sua trajetória profissional uma permanente homenagem a todas as mães, com suas manifestações de proteção aos seus filhos. Sem embargo repriso as palavras de minha neta, e afirmo que a morte de Dona Hermínia representa a dor de todos os brasileiros que perderam seus entes queridos na Pandemia. De todas as mulheres que choraram o choro das mães do pequeno Município de Saudade, das mães que perderam as filhas e filhos para as drogas e homicídios dela decorrentes para que ao final todas elas possam receber o conforto das palavras de Paulo Gustavo:

    “não basta amar, é preciso demonstrar e viver o amor”!

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI

    Senhor abençoe as mães brasileiras! Amém.

  • A CPI DA FOLHA CORRIDA
    COLUNA SEMANAL DE OGIER BUCHI EM PARCERIA COM O JORNAL IMPACTO-PR (30/04/20201)

    (CHARGE POLITICANA PARAIBA)

    Em primeiro lugar, sempre importante frisar que uma Comissão Parlamentar tem como escopo a produção de um relatório final, que deverá ser encaminhada aos poderes estatais competentes para providencias de responsabilidade se for do caso. 

    No caso da CPI do Renan, Aziz e outros sicários que ocupam posição no Senado devem salientar que a comissão tem um título, o que define seu objeto por suposto de mais de cento e cinquenta caracteres, o que desde logo nos faz imaginar que ela se prolongue enquanto interessar aos políticos envolvidos. 

    Para os que não lembram Renan responde 13 processos, Omar Azis, 2 processos fora o fato de que a mulher, então primeira dama foi em cana com dois irmãos do Governador. Humberto Costa responde a mais de 700 processos, mas por dever de honestidade intelectual e moral, lembro que ela foi Ministro da Saúde, cargo que gera processos por força da responsabilidade funcional. E a lista dos membros da Comissão continua neste diapasão do qual não escapa sequer o Randolf aquele das histórias do DPVAT! 

    Pessoalmente entendo que um dos sagrados deveres do Legislativo é fiscalizar o Executivo e que, quando o faz com honestidade de propósitos merece aplausos e apoio do eleitorado. 

    Comissão com Senadores acusados em inúmeros processos e com elevadíssimo grau de suspeitabilidade perde desde logo em credibilidade. Quando dela fazem parte Senadores coronéis, que são pais de coroneletes se estraçalha no aspecto moral. 

    II CPI ELEITORAL 

    Renan, o escroque da fala mansa.

    A vendeta dos Senadores que desgraçadamente são eleitos por parcela de eleitorado de seus estados, já é contra o Governo Federal e de parte de Renan, o escroque da fala mansa, contra a LAVAJATO. 

    O tal mandato de oito anos produz estas distorções e esta fratura moral na casa revisora de leis. Azis por exemplo, foi candidato a governador no seu Estado e ficou em quarto lugar em 2018. E é este cabra, que ao lado de Renan, Eduardo Braga, Jader, Marcos Rogério, quer desconstruir o atual governo eleito com quase 60 milhões de votos.  

    Claro, imensa parcela da imprensa, saudosa do que eles chamam de progresso do tempo da democracia de Lulla, agora se alia aos supracitados sicofantas, até porque alguns deles foram ministros do indigitado petista. Aqui, dois aspectos: as vivandeiras das torneiras jorrantes de verba pública, Itaipu, por exemplo, e o indefectível sentimento de que a esquerda é perfeita e tudo resolve. Favor mandar estes moda merda, paspalhos  investigar vacinação nos paraísos de esquerda!  

    Resumindo a dita CPI tem cunho meramente político e servirá de palanque para malandros históricos pagarem de homens de bem e honestos. O que ocorre hoje em Brasília é de dar asco! 

    O BANCO DO AGRICULTOR PARANAENSE 

    Creio das mais relevantes à iniciativa do Secretário de Agricultura (homem de bem) com apoio do Senhor Governador e das significativas instituições BRDE e Fomento, no sentido de estimular a produção agrícola paranaense! Importante frisar que, Banco do Agricultor Paranaense é um instrumento que possibilita ao governo do Estado conceder subvenção econômica a produtores rurais, cooperativas e associações de produção, comercialização e reciclagem, e a agroindústrias familiares, além de projetos que utilizem fontes renováveis de geração de energia e programas destinados à irrigação, entre outros. 

    Obviamente aqui não estariam contempladas as grandes e tradicionais cooperativas, tão importantes para o desenvolvimento do Estado. Considero extremamente relevante a perspectiva de incentivo e incremento a agricultura familiar seja sob a ótica econômica seja sob o vezo de incentivo a inovação. Parabenizo os envolvidos.  

    REGIONAIS 

      A Assembleia dispõe de 100 milhões guardados para comprar vacina do espaço russo! Estes russos não são fracos. E falando em espaço me lembro de que eles arrumaram um acidente para devolver o Gagarin, para o espaço. Sem volta. Tipo o prefeito Daniel que a turma também fez sumir. E a vacina? Foi explodida pela ANVISA. Então Traiano guarde a grana! 

    1. O Tribunal de  Contas também devolve dinheiro para o Governo. Vinte milhas. 
    2. O Governo Federal mandou quinhentos milhões por conta do Covid! 
    3. O Governador pode explicar para o vulgo, cadê o capilé? 
    4.  E os policiais e bombeiros que estão acampados em frente à Toca do Iguaçu! Tem ou não razão? 
    5. Nesta quarta-feira (28) a turma lançou a nome do Pochete para Vice Governador! O Ortega, João Carlos é da ala velha! Turma de Marumbi e Jandaia. Como diz o chefe de todos eles, tem café no bule, e sapato sujo de barro! Sabe tudo de todos! Tem sido paciente e tem uma diatribe sem limites com Guto dos Casagrande! O chefe dos dois acha que o Pianíssimo e mais relevante, pois agrega o G7! 
    6. Valdir Rossoni voltou à Câmara Federal. É trabalhador e terá tempo para sedimentar volta ao jogo com tranquilidade. 
    7. O trabalho insano que o deputado Romanelli desenvolve no interesse do coletivo no caso dos Pedágios e relevante. A última do Ministério é de chorar, posto que apesar de risível não produzisse alegria. Imagine você, que o amanuense Diogo Piloni quer pedagiar os navios, imagino que no Canal da Galheta, no Porto de Paranaguá. Não fosse muita falta de educação eu sugeriria a ele pedagiar outro canal! Não esmoreça Romanelli, porquanto o pedágio tem que obedecer a logica de preço contra entrega adequada de produto!   
    8. Quem é este Luiz Fernando atual Diretor do Porto de Paranaguá? De onde veio este governador?  O teu líder o salonista de União da Vitória Brackri até emagreceu com a proposta de privatização! 
    9. O trabalho no caminho para Rio Branco esta em andamento. Tráfego bem complicado por óbvio, mas o serviço esta saindo. Muito bom.  

    Municipais 

    1. A Câmara Municipal de Curitiba pretende varrer mais de três mil leis inócuas, inoportunas, serôdias e muito provavelmente ridículas em parte delas, pelo menos. A iniciativa é das mais louváveis. Todavia a composição da atual CCJ tem o dever funcional de triar a produção dos edis para que tais fenômenos teratológicos não se repitam 

     Tenho observado o crescimento de vereadores cuja atuação lhes garante visibilidade e respeito crescente. Destaco Deniam Couto e a menina Tortato do Novo. 

    Oração de Ogier Buchi 

     A contaminação voltou a crescer assim como a demanda por leitos e tudo mais. Senhor estenda seu manto de proteção pela nossa gente. Amém  



  • AS PALAVRAS DE DANTE

    Em parceria com

    COLUNA SEMANAL DE OGIER BUCHI – 23/04/2021

    Tenho convicção que vivemos um momento histórico extremamente relevante para o Brasil. E nos momentos relevantes não existem escusas, não há subterfúgio, há que tomar posição. 

    Exemplos de posicionamento não faltam. É impressionante o trabalho incansável de parlamentares, ministros da Suprema Corte, e em especial da imprensa engajada no sentido de mudar o rumo da história recente e conduzir o nosso País para um regime de esquerda. 

    A anulação de processos advindos da Lavajato, é somente um movimento entre todos de um conjunto de estratégias organizadas pelo ideólogo José Dirceu,  livre, leve e solto, e em especial extremamente capacitado financeiramente! Claro que o Supremo Tribunal Federal foi totalmente subjugado e desmoralizado ao subverter a ordem jurídica e trabalhar intensamente pela soltura de condenado que cumpria pena e muito mais do que isto recuperar em sede de HC a viabilidade do apenado participar livremente do pleito presidencial. Imagino o constrangimento dos Juízes dos TREs, por exemplo que cumprindo a lei cassam candidaturas e até mesmo eleitos! A História julgará estes sujeitos, ora ministros! 

    Os meios de comunicação por certo têm dois vetores a impulsioná-los na estratégia de desconstrução da Democracia vigente! Um deles, o mais simples de explicar, e por certo também muito eficaz, é a opção ideológica da imensa maioria dos jornalistas, que entendem ser o socialismo a solução econômica para todos os males da humanidade! O outro, não menos eficaz é a submissão dos empresários de comunicação, concessionários de serviço público, ao capital externo!  

    O ataque descomunal ao Governo Federal é constante, sistemático, e vale-se de qualquer meio ou justificativa, não importando fonte, veracidade, interesse coletivo e menos ainda o interesse da Pátria! 

    AS ÁGUAS ESTÃO REVOLTAS 

    .

    E exatamente na revolução das águas, no arrebentar das ondas, surfam os oportunistas de esquerda cleptocrata, que não admitem e não se conformaram jamais com a alternância que o processo democrático oferece.  

    Nesta etapa, por consequência, há que lembrar as palavras de Alighieri: “o lugar mais quentes no inferno é reservado para aqueles que se mantêm neutros em épocas de crise moral”! 

    Crise. Escolha o seu lado…! 

    Existe uma propositada manifestação nas redes sociais e na mídia, insistindo em tratar esquerda e direita através de personagens mitificadas de líderes efetivos desta etapa histórica nacional. De um lado, esta o recém-solto cleptocrata Lulla e de outro o atual Presidente da República.  

    O maniqueísmo intensificado de forma propositada na imprensa e nas redes sociais tudo amparado nas não menos famosas “Fake News” 

    E assim a pauta da incompetência da direita vem sendo colada na administração nacional neste momento. Ocorre que tal discurso esbarra nas administrações de esquerda pelo Brasil afora, mercê da conduta de muitos governadores, que representam a essência da corrupção oficial, desprezando inclusive as consequências da pandemia! 

    Há um engano histórico daqueles que acreditam que Lulla, Dirceu, Lewandoski, Toffoli e outros tantos representam o ideário de Marx. 

         O filósofo pregou que “as relações sociais são determinadas pela satisfação das necessidades humanas”! Há que lembrar que a prolifica obra de Marx não se resumiu a O Capital, posto ter escrito entre outros A Sagrada Familia, em 1845, com a colaboração do sempre presente Engels. Sempre salutar ler ou tomar conhecimento ao menos. 

    Nenhum deles pregou o saque ao Estado, e muito menos o enriquecimento dos dirigentes partidários, como aqui se viu no comando da “esquerda” nos últimos 14 anos. 

    Não há referencia ao materialismo histórico de Marx no comportamento desta parte da sociedade, há sim Dirceu leninista e seu materialismo dialético, há sim todos aqueles que praticam o ensinamento de Antônio Gramsci, e atuam pela imediata desconstrução da sociedade! 

    Fora diferente reconheceriam de imediato que o dogma maior do economista líder do atual Governo foi abandonado quando do envolvimento do Governo no financiamento da sociedade desde o início da pandemia.  

    Não há como tergiversar! Ou você apoia um lado e fica do lado dos que querem desconstruir o Brasil ou apoia outro, se ficar neutro tipo centrão, já sabe, vai queimar no fogo mais quente! 

    A CPI DA COVID 

         O Senado ainda uma vez é submetido à situação vexatória. A tal CPI tem no seu título mais de 150 caracteres. Não terá nenhuma utilidade, e mais se chegar a produzir um relatório final ele chegará no dia de São Nunca! Ademais comissão da qual entendem Jader, Calheiros e Costa entre outros, é em dinheiro! Cada vez mais os poderes da república envolvidos na estratégia de cozinhar em fogo brando ou não o Presidente, o que só vem a corroborar a tese que acima defendi. Por outro lado, parabenizo os Senadores do Paraná por não participarem desta ópera bufa! 

    HORA DE SEPARAR OS HOMENS DOS MENINOS: 

    1. O Paraná teve significativo déficit de arrecadação! Grandezas e discurso eleitoreiro terão que ser substituídas pelo pragmatismo orçamentário. As fantasias serão esquecidas e o governo será obrigado a dizer o que fez nestes anos! 
    2. Quando a Secretaria de Justiça vai anunciar a construção de uma Penitenciária?  
    3. Quem é afinal o super secretário mentiroso? 
    4.  Quem no Governo atua de forma eficaz e produz em favor do povo do Paraná? 
    5. O Secretário de Saúde esta em campanha eleitoral em plena Pandemia? Não posso e não quero acreditar nisto, Beto Preto, porquanto um dia você aprendeu no basquete quanto atleta, regras de comportamento. De qualquer maneira não basta ir à Globo com texto pronto. Está ou não fazendo campanha? 

    O que aconteceu para que o Galo descesse do puleiro oficial e chamasse o Bakri daquele jeito?

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Em favor do conforto espiritual das famílias que sofrem perdas pelo Covid e pela recuperação dos doentes. Amém 



  • A ANTT PROPÕE ALTA DO PEDÁGIO! ESTARRECEDOR
    Coluna semanal de OGIER BUCHI em parceria com o Jornal Impacto Paraná

    Trata-se da agência nacional de transportes terrestres escrito assim em minúsculo, porque enano é o comportamento da agência, que nesta etapa se preocupa com a lucratividade dos contratos das concessionárias em decorrência da diminuição do tráfego durante a pandemia. Seria hilário! 

    Mas é, sobretudo muito, mas muito triste. O que se extrai deste comportamento é que o Brasil não se livrou do aparelhamento das instituições. E a ANTT se comporta como suas congêneres. Sempre a favor dos interesses dos exploradores do interesse popular e do setor produtivo. Sempre que escrevo sobre pedágio faço questão de frisar que sou a favor de pedagiar estradas com contratos lícitos que privilegiem sim o lucro inerente a atividade. Todavia também faço questão de enfatizar meu repudio a imoralidade perpetrada contra o paranaense nos últimos 23 anos. O enriquecimento ilícito de empresário do setor e de políticos que sempre estiveram em suas algibeiras. Nada é mais imoral, entretanto que o próprio poder público enquanto representante dos interesses da sociedade, via agencias reguladores, praticar advocacia administrativa em favor de grupos empresariais. Na hoste política há que elogiar o empenho de Romanelli e alguns outros no sentido de alertar a sociedade paranaense sobre o tema!  

    DA LITURGIA, DO COMPASSO MORAL E DA ÉTICA 

    Vivemos um tempo diferenciado, e disto ninguém duvida. Velhos testamentos sociais foram definitivamente derrubados, como é possível vivenciar visitando ainda que esporadicamente a programação da rede globo, o pináculo do mundo LGBTQI+! 

    Todavia uma sociedade minimamente organizada não pode ser submetida a transformações comportamentais e sociológicas sem que um preço civilizatório seja pago! 

    Destarte, o Estado tem que desempenhar seu papel! Não se trata absolutamente de pregar intervencionismo, pois quem gosta de estado intervindo e ditando regra comportamental é esquerdista, posto serem apaixonados por ditadores! 

    Trata-se, isto sim de lembrar que o Estado Nacional tem compromisso de cumprir a Constituição! 

    Reconheço que o cidadão é dotado de livre arbítrio, e mais, de além de ter o direito de decidir quem é, e o que quer fazer, deve ter protegidos os seus direitos. Reconheço, por extensão que tenho o dever/direito de como cidadão zelar para que a Educação deva ser prestada pelo Estado, sem compromisso de nenhuma natureza, que não seja o objetivo primordial de formar e educar cidadãos. 

    Repugna-me no momento atual da mídia em geral e da maioria dos setores da Educação a busca frenética pelas pautas de esquerda, e da defesa das pautas tão somente de minorias, como se auto denominam. 

    O Contrato Social nos remeteu ao conceito de liberdade, bem estar e segurança, na visão de Rousseau, e me parece muito significativo que nesta etapa de Século XXI, tenhamos nos afastado tanto destes conceitos básicos, para cada vez mais vivenciarmos o divisionismo, a separação social e o conflito ideológico cada vez mais claro! 

    E por que tal fenômeno ocorre? Porque declinamos da liturgia dos cargos e funções. O tão sagrado mestre no exercício do seu não menos sagrado ofício não se importa de renunciar ao compasso moral e a ética, o que também vale para membros da mídia. Por outro lado, os condutores do Estado têm olvidado sistematicamente a liturgia de seus respectivos cargos, tudo em favor de seus projetos de poder pessoal! 

    Ora, se assim é, e não há duvida em relação a tal evidencia, onde esta a solução? Penso que na própria sociedade. 

    E preciso viver intensamente o presente, mais do que nunca é claro, e compreender suas imperfeições, para aceita-lo como a realidade que vivenciamos, todavia não há com declinar dos arranjos tradicionais que conduziram a uma vida melhor e continuam conduzindo, inobstante persista a revolta dos inconformistas de esquerda. 

    Reitero, a sociedade tem que encontrar a saída, o seu próprio e melhor caminho, mas aqui me valho do adágio tão repetido pelo esquerdista de Puebla, pantufas Salvatore Ferragamo, morador do Champagnat: “voltar a traz nunca mais”!  E sem embargo, Lulla e sua súcia sinalizam o passado de cleptocracia! O ativismo judicial da Suprema Corte, todavia é o que melhor representa hoje a inobservância da liturgia, do compasso moral e, sobretudo da falta de  ética! 

    PARABÉNS CARLOS MASSA RATINHO! 

    Ouvi uma gravação de Ratinho corajosamente defendendo o direito e ao mesmo tempo o dever do Presidente Bolsonaro de governar o País. Com argumentação coerente e amparada em fatos e na realidade nacional, o Apresentador enumera atitudes recentes e recorrentes do Supremo Tribunal Federal que visam tão somente impedir o livre exercício do Executivo conforme determinação da Constituição Federal. 

    Instado a falar sobre o CPI do Covid tocou a trombeta de MEMBI TARARA, e LEMBROU QUE A INVESTIGAÇÃO DEVE SER REALIZADA EM ESTADOS E MUNICÍPIOS! 

    Afirmou que o Estado do Paraná deve ser investigado sim. Parabenizo respeitosamente o Apresentador e como cidadão fico feliz que não haja embargo em investigar as destinações de verbas federais para a Saúde no Paraná. Ponto muito positivo para o Secretário Beto Preto e para o Governador Carlos Massa Junior! 

    AS GRANDES PERDAS 

    Escrever sobre isto é sempre doloroso, e quaisquer que sejam as palavras, por mais respeitoso que seja o teor da manifestação ela jamais terá o condão de representar com suficiência o sofrimento de cada perda e seu significado para cada um de nós. 

    Ocorre que a Pandemia nos trouxe um cenário de verdadeira guerra, posto que as perdas são diuturnas e este mês atingiram números assustadores. 

    Nós brasileiros, sempre tivemos notícias das guerras, pois elas nunca foram travadas em nosso território, nem mesmo as do Século IXX!  

    No momento em que a guerra é no nosso quintal, e o inimigo invisível se transforma e solapam as ações defensivas, a relação dos amigos que pereceram e continuam perecendo só faz aumentar!  

    Luiz Antônio Leprevost

    Luiz Antônio Leprevost, um homem de coragem e posições ao longo de sua breve, mas profícua jornada. Filho de tradicionalíssima família Curitibana carregava entre suas inúmeras qualidades uma que sempre me fez admirá-lo de maneira especial. Sua luta intransigente em favor se seus filhos! Dentre eles destaco minha amizade histórica com João e Ney, e a eles expressando minhas condolências às estendo a toda família, em especial a Sra. Dona Jussara! 

    Perdi meu dileto amigo e companheiro de trabalho Levi Lima Lopes, o menino de 45 anos Levi Neto. Gostava imensamente deste rapaz que esteve comigo em embates, combates e diatribes. Sempre manteve a coragem e a notável lealdade. É  devastador o sentimento de quem como eu, viveu a orfandade paterna muito cedo, imaginar que o menino Levi deixou tão cedo seus filhos! Dor! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Rogando ao Senhor que conforte as famílias que perderam seus entes queridos! Amém.  

  • Não permita Deus…

    Não permita Deus…

    https://youtu.be/lmqoUPuNBNM

    Não permita Deus – assim começa a canção do Expedicionário.  Nasci em 1948, ainda sob o eco da Grande Guerra…!

    Claro que essa canção é tonitruante em minha alma verde amarela. Retumbante o Hino Nacional, que cantei junto aos meus antes de entrarmos para assistir aulas até já quando na Universidade.

    Deus, como cada um concebe, o Deus que eu concebo, um Poder Superior gerador de um Universo infinito, do qual fazemos parte e que Dele somos moldadores também, me permitiu caminhar até as portas das ciências da psiquiatria. E nela encontrei os tratados de psicopatologia, os quais ensinam ao médico especialista que, entre tantos estudos, mantenha olhos e ouvidos abertos para as manifestações da arte.

    Agora que estou velho, ainda soldado raso, linha de frente, honrando meu juramento, na cadeira dura e desconfortável do SUS, onde ali findarei meu caminhar de receitador de pílulas, fui brindado pela arte de Nelson. Ah, como foi importante ouvir os Mestres. Não fossem por eles estaria minha atenção imersa apenas nas borbulhantes e ainda muito misteriosas reações bioquímicas cerebrais, neurotransmissor para cá, neurotransmissor para lá. Dois para cá, dois para lá, á valsar…

    Preste atenção na arte, ensinaram-me!

    Obrigado, artista Nelson – que emocionante sua declamação. Me trouxe a lembrança da filmagem dos pracinhas cantando o Hino Nacional na Catedral de Pisa, eles com eles mesmo, apenas para eles mesmo, as bombas nazistas caindo e eles na FÉ!

    Obrigado amigo Celso, que ainda deve uma entrevista para o Raul.

    Obrigado por reverberarem setenta e três anos de verdeamarelismo dentro de mim. Um só Brasil, um só povo, uma só Humanidade no planeta. Imagine – Beatlles! Imagine – semdominio!

    Everson Alberge Buchi

  • Meu aniversário ou o Brasil tem jeito

    Meu aniversário ou o Brasil tem jeito

    Dias atrás foi meu aniversário. Embalado pelo carinho e pela amorosidade dos amigos decidi que descreveria as emoções sentidas naquele dia. Quanta prepotência e quanta irrelevância em mim, rsss – cumprida a promessa de falar sobre o aniversário, vamos ao que interessa.

    Escrevi sobre a necessidade de revisitarmos uma função abandonada. A função da disciplina no caminho das conquistas psico-espirituais. Imaginava como encerrar o capítulo, quando recebi de um amigo o texto abaixo, de indescritível beleza, amor, disciplina e patriotismo.

    Não importa a Pátria, Esparta, Roma ou Prússia. Conta a História de quem percebe que existe um valor maior pairando sobre nós, essencial a nossa sobrevivência como espécie e como Nação. Fiquei apaixonado pela História, que se passa no mês de março de 2021. Por esses dias, por nossos dias, heroísmo de agora, não de Esparta, não de Roma, nem de USA.

    Um brasileiro ensinando a grandeza da Pátria e como a liberdade pode abrir suas asas sobre nós.

    Copiei e publico, para engrandecer o semdominio.com. Original do genial jornalista Jorge Serrão.

    Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

    Por Jorge Serrão – serrao@alertatotal.net

    Siga-nos no Twitter e Parler – @alertatotal

    Qual é o Éthos da Nação Brasileira? (Ou qual o nosso “DNA” Psicossocial?). Eis a pergunta que precisa ser respondida, após profunda reflexão, baseada em conceitos e observações corretas da nossa realidade. Éthos é definido como o conjunto dos costumes e hábitos fundamentais, no âmbito do comportamento (instituições, afazeres etc.) e da cultura (valores, ideias ou crenças), característicos de uma determinada coletividade, época ou região.

    Alguns livre pensadores já tentaram pensar sobre o conjunto de traços e modos de comportamento que conformam o caráter ou a identidade da coletividade brasileira. No livro “Os Bruzundangas”, o “maldito” Lima Barreto psicografou os traços perversos da nossa “zelite” intelectual. Mário de Andrade também descreveu nosso “herói sem caráter”, o “Macunaíma”. Nelson Rodrigues denunciou o povo com “complexo de vira-lata”.

    Não encherei os 12 leitores e meio deste Alerta Total com teorias. Vamos descrever um caso real e prático em meio ao pandemônio covidiano. Não é ficção, nem fábula. Aconteceu nesta semana, no Estado do Paraná. Trata-se de um drama familiar. Porém, reflete e chama atenção para o problema que temos de resolver: o caráter do brasileiro (ou melhor: a falta de qualidade dele). Não citaremos nomes. Interessam os fatos e o fenômeno.

    Assistimos nos dias de hoje, século 21, milhares de denúncias de desvios da vacina do COVID 19. Pessoas sendo vacinadas porque são parentes de autoridades que as nomearam só para receberem as vacinas. Autoridades vacinando suas famílias na cara dura, enquanto os brasileiros normais são tratados como pessoas inferiores e que devem esperar como cordeiros, a bondade dos senhores feudais brasileiros, para poderem se vacinar.

    Nossa história se inicia na década de 20, do século passado. Uma família humilde, de trabalhadores da Tchecoslováquia migra para o Brasil, em busca de um futuro melhor. Em busca de uma nova Pátria. Eles viajam nos porões de um navio mercante, sem direito a sol e mal alimentados. Pai, mãe e um bebê, uma menina.

    Chegando ao Porto de Santos, logo são aliciados para trabalhar nas fazendas de café do interior de SP. Com o passar dos anos, percebem que a comida que lhes dão custa mais caro do que a remuneração de seus trabalhos. A cada mês que trabalham ficam devendo mais e mais aos donos dos cafezais. Uma escravização disfarçada.

    Vida sofrida. Mais duas meninas nascem na fazenda. Todos os trabalhadores dormem ao relento no meio dos cafezais e só são levados às suas casas no final de semana. A família de imigrantes tchecos leva as crianças para o meio do cafezal com eles, por falta de opção.

    Então, uma das crianças morre durante a noite fria de inverno. Havia contraído uma gripe e nenhum medicamento estava disponível. Compreendendo o final terrível que os aguardava como escravos informais em meio aos pés de café, decidiram tentar sobreviver em outra região.

    A família se muda e consegue trabalho rapidamente. Já na segurança de uma casa, a família cresce e as duas filhas ganham a companhia de mais duas meninas e três meninos. Todos trabalham, desde cedo. Ordenham os animais, cuidam das plantações e aprendem a falar e escrever o português brasileiro.

    Os pais os ensinam a “Amar o Brasil”. O País que os acolhera e que era a nova Pátria deles. Deram aos filhos uma educação rígida, focada em valores familiares e no trabalho duro. Respeito, disciplina, honestidade e dignidade. Foram formadas pessoas de caráter. Resilientes e prontas para trabalhar e empreender.

    Os poucos recursos não permitiam sonhar com cursos universitários. As condições financeiras melhoram, mas os filhos já não estavam mais em idade de estudar. Apenas o filho caçula poderia fazer faculdade se todos se unissem para ajudar. Por sorte e união da família, ele fez engenharia elétrica e matemática no RJ.

    Este jovem engenheiro nascido no Brasil e filho de humildes imigrantes tchecos, de volta à sua cidade natal, nos anos 60, presta serviços para empresas locais e logo monta seu próprio negócio. Ele decide trabalhar com refrigeração em geral e aos poucos vai se especializando em refrigeração na área de saúde – freezers, refrigeradores e equipamentos para conservação de medicamentos. Monta uma pequena fábrica. Já nos anos 70 e 80 começa a exportar para países do Oriente Médio, clientes naturais por causa do clima local.

    O jovem engenheiro se casa e tem 2 filhos e uma filha e todos trabalham na empresa. Atualmente esta empresa é grande fornecedora de toda uma gama de equipamentos de refrigeração, fixa e móvel, desenvolvidos por ela, para as Vacinas da COVID 19. Ou seja, um empreendimento de importância social, sobretudo em tempos pandemônicos.

    Ironicamente, pela idade, nenhum dos filhos ainda foi vacinado. Apenas o fundador da empresa e sua esposa o foram. Estão na casa dos 80. Mesmo armazenando milhões de doses das vacinas adquiridas, o filho de imigrantes humildes que chegaram ao Brasil há quase 100 anos, ao contrário de muitos espertalhões, não se aproveitou da situação para imunizar sua família, seus filhos, noras e netos.

    Não foi por falta de “convite”. Nestes meses de 2021, a todo momento, alguma prefeitura ou algum hospital em busca de equipamentos insinuava e até mesmo oferecia abertamente uma “porta dos fundos” para vacinar toda a família dele. Afinal eram em seus equipamentos que eram mantidas as vacinas.

    Pois esse brasileiro filho de imigrantes tchecos NUNCA aceitou e nem permitiu que nenhum de seus filhos se aproveitassem desta situação. A vacinação da família seria conforme a programação coletiva. Ponto final. Sem discussão contrária… O caráter do idoso empresário não permitia o “jeitinho”.

    Ele sempre dizia que seria uma falta de caráter muito grande se aproveitar para se vacinar antes das demais pessoas. Sua frase preferida era que não existe “MEIO CERTO” ou “MEIO ERRADO”.

    Acontece que o destino prega peças às pessoas de bem. Nesta semana, infelizmente, seu filho primogênito e presidente da empresa faleceu vítima do CORONAVIRUS – COVID 19. Aos 59 anos de idade. Deixou uma filha temporã de cinco anos de idade.

    Arrasado, este pai se despediu de seu filho e aos prantos clamava para que ele compreendesse suas razões. Após o sepultamento, abraçando seus filhos e netos, pediu perdão e se justificou, explicando que o nosso Brasil só vai melhorar quando todos entenderem que as obrigações coletivas estão sempre acima do bem-estar pessoal.

    O trabalho, engenho e arte desse filho de imigrantes humildes hoje salva milhares e milhares de vidas todos os dias com seus equipamentos e invenções. Ele viveu o drama de “entregar” a Deus a vida do seu filho primogênito para construir uma Nação de pessoas honestas, honradas e de bom caráter.

    Ele tem a esperança que sua família, seus netos e bisnetos vivam em um Brasil melhor. E você? Tem a mesma esperança?

    Precisamos debater e – certamente rever – o DNA ou Éthos do brasileiro. Do contrário, somos candidatos a mergulhar na barbárie de uma guerra civil que pode gerar separatismo (secessão).

  • OS VOTOS VALEM?

    Em parceria com

    Existe manifestação latina de Plínio o Moço; “numerantur sentetiae, non ponderantur”! 

    A tradução mais rigorosa nos leva a “Contam-se os votos, não se pesam”! 

    Pois a língua pode ser considerada morta, todavia a frase é de uma atualidade e aplicabilidade na atualidade do Brasil, que impressiona. 

    Fala-se de forma absolutamente cansativa em prática democrática, estado de direito e outras expressões que se tornaram em face da repetição vulgarizadas inclusive. Ocorre que, no meu País o que de fato existe e se pratica de forma continua e dolorosamente impune é a prática da corrupção. 

    Nesta semana tal situação atingiu os píncaros, na tragicômica seção da segunda câmara, letra minúscula de proposito é claro do STF. 

    A atuação de Gilmar  configurou o que se denomina advocacia administrativa e pior mostrou um ministro Kássio, covarde sob o ponto de vista da pessoa física, que medrou frente às ofensas histéricas de Mendes! Lembrei-me de Barrozo que fez calar o sicofanta colega. 

    Quando se configurou o golpe ardentemente preparado por Carmem Lúcia, à luz se acendeu para Facchin, que proferiu brilhante voto. Tentou com isto remediar o que houvera feito. Claro, ficou na retórica. 

    Por esta razão me lembrei de Plínio e da votação. Nada importa se o Presidente teve cinquenta e sete milhões de votos, se ele não conta com os votos de indivíduos que jamais tiveram votos, senão os de Senadores de rabo liso e felpudo, que os legitimam em troca de imunidades as suas trajetórias escritas em linhas traçadas no conchavo e na alicantina! 

    A imensa maioria da corte suprema deseja e trabalha para a volta de Lulla e seu mundo magico de Ali Babá! Em o nome da imparcialidade ministros babam linguagem gongórica e hiperbólica para absolver condenado que foi o responsável por suas nomeações! 

    Sem embargo, o Brasil retrocedeu anos luz nesta semana. Independentemente do desiderato que motivou os ministros, a saber, absolver Lulla a qualquer custo, e das consequências políticas a serem mensuradas em 2022, o resultado do serviço do STF, foi aumentar o já enorme descrédito que existe na comunidade internacional em nossa pátria. O desserviço que segunda turma sedimentou terá certamente reflexo nos investimentos internacionais.  

    O Presidente fala e esbraveja, mas até o momento em que escrevo perde para 11 votos. Ou se mexe de verdade, ou a Câmara Federal e o senado tratarão de engoli-lo! Se não concordam aguardem o Lyra que já esta armando! 

    A REALIDADE 

    O fato é que o Presidente esta sem suporte político posto que no dia de hoje ameaçado com clareza hialina por Arthur Lyra. Nuvens negras permeando céu plúmbeo circundam o Alvorada! O Presidente ainda conta com seu exército popular que sem embargo é aguerrido. Contudo tem a limitação que lhe é imposta pelas forças que desejam ardentemente a volta da prática que imperou por longos quatorze anos e garantiu a riqueza de muitos em detrimento do todo. 

    O trabalho feito diuturnamente pela imprensa ideologizada aliada a corrupção endêmica de veículos de comunicação consolida uma sórdida perseguição jamais vista. 

    A REALIDADE II

    Napoleão gênio militar e administrativo ensinou que “guerra é um estado de espírito”! Ensinou mais, que o chefe tem que manter suas forças unidas, não deixar nenhum ponto fraco desprotegido e sobretudo determinar as decisões a serem tomadas e com urgência tomá-las! Bolsonaro deixou de aplicar estas lições e nesta etapa tem que rapidamente corrigir sua estratégia. Consultei deputados federais, alinhados ou não, e deles obtive a impressão que a tentativa de golpe se aproxima. 

    Não poderia haver pior momento, contudo para os oportunistas políticos que não interessa o futuro da pátria. Interessa-lhes o poder e suas fontes de enriquecimento.  

    REALIDADE III

    Muitos clamam pela atuação militar. Não acontecerá. Também é claro o sinal das Forças Armadas, que não intervirão na decisão que advier da prática democrática em curso. A sociedade tem que encontras soluções. Já o fez em período histórico recente.   

     REALIDADE IV

     O Presidente tem tempo para reorganizar. Basta trabalhar e corrigir erros recentes. Têm meios para isto e como acima escrevi ainda tem apoio popular extremamente relevante!  

    A luta contra o Covid! União necessária e fundamental. 

    Quando os idiotas, todos eles, deixam de combater uma Pandemia, para utilizá-la com objetivos meramente de política inferior, buscando galgar o poder a qualquer preço, o resultado só poderia ser o que enfrentamos hoje! 

    E inegável que o mercado e suas leis, especialmente o internacional, provocam a dificuldade de dificilíssima superação no que tange a aquisição de vacinas e também de remédios como um todo. Mas tal obstáculo não pode servir para obscurecer nosso entendimento. Os governos como um todo  falharam no combate ao vírus mortal. 

    E não me venham com o cântico insuportável que remete só ao Presidente culpa no episodio. Todos têm culpa, o SUS É DESCENTRALIZADO dinheiro federal não faltou! 

    Planejamento estratégico e união de todos os envolvidos, isto faltou e muito. Nesta altura a Folha publica que apenas 35% dos brasileiros praticam o distanciamento recomendado. Culpa de quem? Dos governos por acaso. Aqui em Curitiba as forças policiais não vencem as denúncias de “badaladas” promovidas por marginais, em especial os mais ricos e abastados. CANA DURA PARA TODOS ELES! CANECA NA GRADE, como diria o Deputado Paulo Martins! 

    No mais a sociedade tem que ajudar os governantes que se mostraram incapazes de resolver o problema. Catatônicos e idiotizadas encontram como única solução o “locodão”, que destroça a economia e não resolve o problema.  

    União de um e todos e todos rezando pelo bem comum! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Em favor de todos que lutam contra o Covid! Amém 

  • A quem interessa o caos?

    Há mais de um ano, a sociedade brasileira vive uma restrição de sua liberdade constitucional por conta de uma doença que surgiu do nada na China e se espalhou mundo afora.   

    A solução encontrada por aqueles que legitimamente foram eleitos para administrar esses problemas foi dizer para a população que ficar em casa seria a melhor solução. Obviamente, que ter tolhida a sua liberdade de ir e vir causou constrangimento a todas as pessoas que precisam trabalhar. Mas, ficando em casa, como todos iriam sustentar as suas vidas? Para essa pergunta não houve nenhum tipo de resposta.  

    Contudo, ao ficar em casa por um longo período, e sem ter muitas atribuições, o contribuinte brasileiro passou a olhar com mais freqüência as redes sociais. E, nesse terreno sem proprietários, uma verdadeira terra de ninguém, local no qual surgiram muitos especialistas em tudo, algumas pautas foram apresentadas.   

    Por exemplo, aquilo que surgiu nas eleições de 2018, ou seja, a polarização política, nesse momento, ficou evidenciada com muito mais força. Aliás, dividir a sociedade em dois pólos, formar “o nós contra eles”, de nada favorece a população em um momento de crise.   

    Nos dias atuais, há um ambiente muito ácido entre os dois pólos. As visões divergentes, com discursos em direções contrárias fazem com que haja um aumento de tensão e ódio, não apenas nas redes sociais, mas, nas ruas também. Existem relatos de intolerâncias em todos os níveis da sociedade. Inclusive, alguns casos ultrapassaram os limites de uma discussão verbal e chegaram à violência física e isso ocorreu dentro das próprias famílias.  

    Vivemos um momento que não há o diálogo para o encontro de um pensamento comum. O que vemos é um sentimento beligerante, no qual, ambos os lados se fecham em suas próprias convicções e quem sofre as conseqüências é o povo que paga seus impostos.   

    Em um ambiente polarizado, com ideologias antagônicas, surgem linguagens próprias com uma forte tendência totalitária e com foco mental para recrutar admiradores. Sempre haverá uma solução mágica que vem do céu, como obra do divino. A outra, em contraposição será a visão do inferno. E, os envolvidos esquecem que há necessidade de uma transição.   

    Nesse caso, os “especialistas” ativos na rede social, de um lado passaram a endeusar o presidente Bolsonaro e aplaudir os seus desmandos e a sua negação com relação à pandemia. Os algoritmos lançados na rede por todos esses “experts” criaram códigos segmentados que chegaram até os receptores que se encaixam com as suas visões de mundo, que sentem prazer em consumir essas informações e desinformações expostas na tela do computador ou em grupos de mensagens instantâneas.  Aliás, o povo brasileiro adora se informar pelas redes sociais, um verdadeiro latifúndio por onde circulam milhares de notícias falsas.  

    Os navegantes utilizam o Twitter, Facebook e especialmente o WhatsApp para disseminar as informações polarizadas. E a divisão de idéias, segundo pesquisa, apresenta: 13% de ativistas de direita, contra 5% de esquerda e 3% de centro. E, todos já têm em suas mentes o vilão dessa história: 55% deles crêem que a mídia exagera na divulgação do Covid 19 e promove a desinformação. (Fonte: Quaest Consultoria).   

    O certo é que o País, por falta de liderança política perdeu muito tempo para adquirir doses de uma vacina que estava em desenvolvimento ao redor do mundo.   

    Na contramão dessa visão exposta nas redes sociais pelos apoiadores do governo, a polarização coloca no jogo os seus opositores. No tabuleiro, os especialistas apresentam discursos bem acalorados para sua platéia e Lula – Luís Inácio da Silva, ex. presidente da República, condenado pelos seus erros quando presidia a Nação e que ficara preso por um bom tempo – surge como solução de todos os problemas brasileiros.   

    Dentro do discurso populista de esquerda, para eles é preciso desvencilhar-se das capilaridades políticas, econômicas, morais e bloquear os fascismos da direita. Usar a voz da razão e principalmente da igualdade. Apresentam, também, a idéia de que uma nova ordem, agora sem medo e com intrepidez deve ser construída.  

    E, mais, que o Estado seja responsável por proteger os seus cidadãos em momentos de crise, deixando de lado os ideais mercantis que estão no contexto, apenas para dar lucros para alguns privilegiados, os quais são desinteressados em proteção social do indivíduo.  Por esse motivo, em uma crise pandêmica, os deveres do Estado deveriam ser expandidos. A relação com o mercado deveria ser reduzida e o bem estar social favorecido em detrimento Estado de Direito tradicional.  

    Apresentadas as visões polarizadas, cabe perguntar: e o povo? O povo quer ser vacinado o mais urgente possível; quer o direito de circular livremente pelas cidades; quer a liberdade para poder abrir seu estabelecimento comercial e trabalhar, gerar empregos; poder entrar no supermercado de sua preferência e escolher o que quiser, sem que alguém lhe diga o deve comprar e que não estejam com preços abusivos; quer pedágios com preços justos; combustíveis com preços adequados a nossa realidade, – aliás, por falar em combustíveis, se precisamos seguir preços internacionais, que tal, também seguirmos os valores de salários internacionais?.  

    Deste modo, infelizmente, no Brasil ninguém esta preocupado com o Estado de Bem Estar Social do seu povo, ou para ser mais chique The Welfare State System, não funciona para os brasileiros. Aquela “gripezinha” já matou mais de 200 mil brasileiros, ou “maricas” como disse o nosso presidente. A informalidade e o desemprego só aumentam no nosso País e a culpa continua sendo da roubalheira ocorrida no governo anterior e nada é feito de positivo, de produtivo. 

    E, para dar uma sobrevida aos desvalidos surgiu a figura de um plano emergencial com valores que são aviltantes. Porém, tal providência aponta para futuros problemas que serão reclamados pelos mandatários, pois, haverá um aumento da dívida pública, e eles “têm responsabilidade fiscal”. 

    Contudo, tais gastos são os mesmos que alimentam sobremaneira os bancos que financiam as políticas públicas do atual governo. Os banqueiros estão rindo a toa e ninguém fala nada.  

    Assim, é possível chegar à conclusão que, as notícias estão aí a nossa disposição. São informações verdadeiras e outras falsas misturadas para enganar a todos nós. Cada um nos engana de acordo com seus interesses. São bolhas criadas que tem como objetivo o de inserir na cabeça do cidadão apenas opiniões, notícias, artigos, vídeos e imagens que reforçam as nossas próprias convicções, crenças e ideologias. Visões diferentes das expostas nas redes sociais têm mínimas chances de prosperar, pelo menos no mundo dos engajados, seja de esquerda ou de direita.    

    Pois, as pessoas vão criando suas identidades políticas e reforçando as idéias que já possuem por meio do consumo das informações “fakes” ou não.  Elas, pelo reforço de outras opiniões que chegam a cada minuto, passam a ter muito mais certeza de suas avaliações. Visões contrárias são estranhas e inaceitáveis e passiveis de cancelamento. Particularmente, quero ter direito de ler tudo, ouvir tudo, processar as informações e tirar minhas próprias conclusões. Que, independentemente da minha visão política eu não seja impedido de gozar do que está escrito no  art. 5º da Constituição Federal.   

    Edilson de Souza Barbosa  

    Jornalista e Sociólogo  

  • A PANDEMIA E O RETRATO DE UM POVO

    Coluna semanal de OGIER BUCHI em parceria com o Jornal IMPACTO PARANÁ

    Li nesta quinta feira (18) pela manhã, que uma das figuras patéticas escaladas pela rede globo, para o “panis circenses”, uma cidadã nominada Sara, que é brasiliense, confessa que participou de baladas lotadas, e embriagada provavelmente posto ser lugar comum no produto televisivo, afirma que teria falado com Deus que a declarou imune ao vírus! 

    O que chama a atenção na declaração é que foi feita ao vivo em rede nacional. 

    Uma breve vista ao Correio Braziliense mostra a manchete principal do dia: “Covid 19. Colapso nas UTIs é uma realidade em 24 estados e no DF”. A matéria do jornal se aprofunda em dados locais e nacionais que relatam a efetividade de maior crise sanitária vivida pelo Brasil contemporâneo.  Vetusto Estadão não estampa manchete diferente: “Colapso”, e até mesmo o Valor Econômico se dedica ao tema em primeira página! 

    Todavia espalhado pelos mais de oito milhões de quilômetros quadrados deste País habita uma massa de 200 milhões de pessoas.  

    De absoluta diversidade  de diferentes raças, etnias, formação cultural, opções enfim uma miríade de construções que os antropólogos e sociólogos certamente sem sucesso absoluto tentam enquadrar e catalogar como “povo brasileiro”. Alguns como Buarque de Holanda tipificando como povo “cordial”!  

    UM POVO 

    De um lado a voracidade de um vírus desconhecido que ceifa vidas e, mais grave, não se sente inibido quer infectar quem dele se livrou em primeira infecção!  Deste lado a luta da ciência e da linha de frente, a categoria da Saúde em todas as suas instâncias em confronto diuturno e incansável. Soe ocorrer que o cobiçado pelos lutadores é o ser humano. Instável e imprevisível. No caso específico deste comentário, o brasileiro! 

    Pois bem: Nestes 200 milhões quantas similares a está Sara nós encontramos? 

    QUANTOS SÃO OS NÉSCIOS E IRRESPONSÁVEIS?  

    O jornal Folha de São Paulo, também em primeira página reafirma que apenas um terço da população brasileira cumpre isolamento. Também informa que o índice de contaminação e de 1,3! 

    Portanto temos em ação potenciais difusores do vírus, da ordem de mais de 120 milhões de brasileiros. 

    Imaginar que as três esferas de governo estejam capacitadas para resolver o problema e imponderável, em especial considerando a atuação do setor neste ano de Pandemia já vivido.  

    A LUTA ENTRE A SOBREVIVÊNCIA FISCAL E A FINANCEIRA 

    Não é preciso ser iluminado para perceber que as medidas de restrição são determinadas pelos governantes de acordo com suas fontes de financiamento eleitoral. 

    Uma rápida visita as atividades que permanecem em funcionamento comprovam a afirmação! 

    Está também é uma característica deste povo brasileiro. Uma extrema moralidade para o geral e a benesse para o particular! 

    Assim você ainda convive com o transporte coletivo cheio e as linhas de produção paradas. Com equipes esportivas lotando aviões pondo em risco um mar de pessoas e, sobretudo vivendo um risco pessoal elevadíssimo! 

    O fato incontestável é que nas mais diversas esferas de representatividade não encontraram soluções que efetivamente atendam as realidades desta nação continental. 

    Nos governos encontramos como provei acima incompetência e comprometimento. 

    VACINAS, OXIGÊNIO, MEDICAÇÃO E …? 

    Como as grandes redes de televisão mostram, a questão da vacina foi politizada e nisto consistiu o erro que já custou milhares de vidas e continuará custando. Ignorar que matrizes de remédios tem origem na China e na Índia é uma demonstrarão de soberba e ignorância. No Paraná erro imperdoável em face de presença dos indianos na região da grande Londrina. 

    As tentativas com a vacina russa foram frustradas em especial em nosso Estado, em fiasco gigantesco dos ineptos que se envolveram diretamente, Governador e Chefe da Casa Civil. Neste episódio, ressalvar a excelência do TECPAR que é motivo de orgulho para o Estado. 

    Isto posto, há que reconhecer a verdade. Impera neste caso, a lei de mercado, e a soberania nacional. Destarte não tem vacina para comprar. 

    Vivemos a realidade da imprevisão. Do tal “jeitinho brasileiro”! “Vai que dá”, como imortalizado por humorista da Praça é Nossa! 

    Pois é! Não deu. 

    Hoje vivemos o colapso comprovado e o pavor da reinfecção! 

    Equipes destroçadas fisicamente e em muitos casos desfalcadas em face de morte de profissionais. 

    Ainda ontem consultei um alto funcionário de Laboratório que vende remédios, enfatizo pela importância da revelação, remédio para combate a infeção e ele me afirmou categoricamente que “NÃO TENHO MAIS PARA VENDER”! 

    Temos notícia que estamos buscando cilindros de oxigênio em Manaus. 

    Ora, se em rápida sinopse fica claro que não temos vacinas suficientes, que há falta de equipamentos e remédios fica exposta a situação de guerra.  

    E como pode combater o cidadão? Como na Segunda Guerra por exemplo! 

    SE PROTEGENDO! É o que nos resta! 

    REELEIÇÃO! 

    Sempre fui contra a reeleição por entender que é razão de pouca eficiência no governo e desvios múltiplos de conduta exatamente visando à recondução. Em razão do dito instituto começou a guerra entre Dorieta calça apertada e Bolsonaro. Povo pagou e continua pagando o preço. 

    Em razão da reeleição os três patetas do Sul firmaram um pacto de autoajuda! Três governadores que só enxergaram a realidade ontem? Um ano depois. 

    Por aqui, falam que o rapaz vai se reeleger fácil! Será? 

    Nem acho justo cobrar a incompetência face ao desconhecido Covid, mas pergunto sobre os 605 casos de dengue, que também mata, em uma semana! Onde esta o administrador do Estado? 

    EDUCAÇÃO! 

    Estarrecido assisto vídeo em que Renato que ocupa o cargo de Secretário de Educação e que dizem afirmar que o Governador não tem coragem de demiti-lo, manda alunos sem acesso a recurso tecnológico “se virar”! 

    Eu sei que da náusea! 

    E a coisa da reeleição. Governador aceita tudo. E o povo até quando aceitará? 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Pelos amigos, famílias enfim por todos que enfrentam o COVID pelo restabelecimento pronto e pelo conforto a aqueles que tiveram perdas! Amém.  

  • REPARTIÇÃO DE PODERES?

    Em parceria com

    Grande e extraordinária falácia. A Democracia e a Soberania Popular sofreram uma derrota irrecuperável nesta semana. Vivemos a realidade de uma justiça comprometida com ideologia!  

    A decisão monocrática que espanca a dignidade de milhões de brasileiros só reflete o comportamento de um estado nacional dividido e muito mais do que isto, com uma enorme parcela de seu Judiciário aparelhado decidindo influenciada por sentimento partidário. 

    Uma análise isenta do momento atual, nos mostra um Executivo sem poder de decisão, e o Legislativo sobrevivendo porque se submeteu de forma indiscutível ao Judiciário, seja  por covardia, seja pelo comprometimento moral de inúmeros de seus membros de projeção e destaque. O estamento burocrático faz sua parte, e assim em 2021, vivenciamos a vitória da corrupção em sede de terceiro turno. Um único título de eleitor, um único CPF, derrotou 57 milhões de outros! Simples assim, um militante derruba  a credibilidade da Justiça de uma Nação.  

    Não tenho condições de avaliar neste momento os efeitos do golpe de estado, o golpe contra Democracia, o golpe contra Segurança Jurídica que a monocrática representa! 

    Claro e evidente que a consequência jurídica será a Prescrição! As consequências para o Brasil serão avaliadas pelo tempo o senhor da razão! 

    A HISTÓRIA DE THOMAS MORE E A JUSTIÇA

     Por volta de 1525 reinava na Inglaterra, Henrique VIII, que é citado por muitos  políticos. Requião ( Benedito) gostava de citá-lo em inflamados discursos quando o MDB era forte e Bob tinha plateia! 

    Ocorre que o Rei foi obrigado a casar com a viúva de Arthur seu irmão morto em combate, Catarina de Aragão! Arrumaram uma meia sola com o Papa e saiu o casório!  

    Ocorre que o Rei, apaixonou-se por Ana Bolena, que tinha 19 anos! E aí, queria outra meia sola do papado! Ante a recusa resolveu nomear um representante do Papa no STF pôs no cargo de primaz,  um tal Edson Thomas . E onde entra Thomas More. Virou Santo. Era dedicado e fiel a Igreja Católica e não admitia que o Rei, a quem também era fiel, afrontasse a primazia da autoridade papal! 

    Pelo sim pelo não, o primeiro conselheiro do Rei, amado pelo povo inglês, foi parar na Torre de Londres apesar do clamor de uma Inglaterra inteira que o idolatrava e amava.  Como apesar de condenado a morte More produzia literatura e filosofia o Rei Henrique da Silva, nomeou Edson Richard Rich, da patuleia de Ana Bolena Procurador Geral do Reino. Este foi à cela de More e anulou TODOS os processos anteriores e mercê de uma filigrana, uma discussão sobre território do papa, obteve uma “confissão” de More que foi decapitado! 

    O Julgamento de More foi imortalizado como um dos maiores golpes contra a Justiça da História. 

    Em 1535 ao subir ao cadafalso More quase caiu e depois de ajudado por um guarda disse: “meu amigo, ajuda-me a subir, pois descerei sozinho”! 

    Quanto aos demais personagens a História mostra: 

    Ana Bolena foi declarada adúltera porque Henrique não aguentou e repuxo e decapitada em 1536. Era mãe de Elizabeth I. (Esclareço que a Elizabeth atual nasceu logo depois, não é a mesma).  

    Thomas Mendes Ricardo   Cromweel era o Chanceler que editava as decisões que favoreciam o Rei, e foi decapitado em 1540. 

    Henrique VIII morreu em 1547, segundo consta de tanto beber cachaça 51! 

    Thomas More virou santo em 1935 e imortalizada por sua obra Utopia! 

    Aqueles que conspurcaram a Justiça como vimos tiveram fim  horroroso. Ah, o Edson Richard Rich, voltou para sua cidade natal e morreu na obscuridade de quem obedecia cegamente às ordens do partido do Rei. A História lembra-se dele como traidor da Justiça! 

    Esta estória e uma adequação poética de fatos, e parte dos personagens citados são fictícios, e qualquer semelhança será mera coincidência! 

    A DECISÃO TERATOLÓGICA 

    A decisão de Ministro Edson, surpreendeu e muito seus pares que não estão na cruzada política. Marco Aurélio afirmou que “nunca dantes neste Tribunal” se desconstruiu o Direito de forma tão assustadora. Já em outra instância a Professora Janaína Pascoal enfática afirmou que o Direito foi estuprado. Álvaro Dias ainda Senador, fez um vídeo de 40 minutos buscando justificar o voto teratológico que espancou a face de milhões e milhões de brasileiros! Como em tudo o brasileiro acha meios de fazer piada, na “reunião’ de quarta feira (10) à noite em frente à casa do prolator do voto dizem que um gaiato pedia insistentemente a presença de Edson Pardal o inventor do direito, assim com letra minúscula. 

    O MALUCO BELEZA LULLA, FEZ INVEJA A RAUL SEIXAS 

    Assisti estarrecido o pronunciamento de Lulla, depois de ser reabilitado em parte, pelo Supremo Tribunal Federal, mercê decisão monocrática que destruiu a segurança jurídica e desqualificou a Justiça Federal. Típica manifestação de psicopata que não tem noção da realidade e pior que não reconhece os efeitos de seus atos. Claro, aplaudidíssimo pelos seus, que não são poucos. Para ser próximo da realidade da última pesquisa cerca de 40 milhões. Estes, impulsionados pelo saudosismo do milagre da linha branca, do carro popular e da edícula no quintal.              

    Não me assusta a simpatia por Lulla, não me assusta o engajamento da imprensa posto ser produto de ideologia em parte, e em grande parcela produto da saudade dos dutos de financiamento tão claros em tempos de PT! 

    Assusta-me a claríssima dissonância cognitiva do ancião! Claro, sei que em parte é consequência da adição ao álcool, mas a outra parte, a saber, a leitura onírica da realidade me assusta mais! 

    JUSTIÇA FEDERAL 

    Aqui o meu respeito à Justiça Federal em todas as suas Instâncias! A todos os seus colaboradores desde Magistrados ao menos graduado, pela eficiência, honestidade de propósitos que nunca foram colocados em dúvida pela população brasileira! 

    O EFEITO LULLA POSITIVO 

    Com a volta de Lulla ao cenário, o Presidente Bolsonaro mudou de postura em menos de 24 horas. Entendo que a presença de oposição efetiva, o conhecido em política “bafo na nuca”, é salutar em realidade onde o legislativo é comprado e a imprensa não menos! 

    O desenho ficou claro e radicalizado desde já! Se o time de Bolsonaro não se reagrupar e deixar de diuturnamente errar vai dançar! 

    Quem está no Governo tem vantagem: vacinação em massa para já! E as Reformas prometidas! Ah, o auxílio emergencial ajuda. 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Senhor ilumine os mandatários para que decidam bem e em favor da população! 

    Ogier Buchi

  • Convicção – o oxigênio do Sucesso

    Em parceria com

    O que seria de um homem sem a capacidade e a perfeita habilidade de aceitar ou negar um facto como sendo verdade ou inverdade?

    Sempre fui apaixonado pela maneira como somos levado a defender certas afirmações, conceitos e doutrinas, a forma como estamos até dispostos a dar a vida por alguma coisa em que acreditamos.

    • Cristãos foram queimados em fogueiras, jogados aos leões e torrados em caldeirões;
    • Muçulmanos estão dispostos a se vestirem de bombas e dar a vida em defesa de uma crença;
    • Cientistas aceitaram a inquisição da Igreja Católica em nome das novas descobertas sobre a vida e toda existência;
    • Movimentos liberais são capazes de criar um escândalo para que suas convicções sejam aceites pela maioria influente.

    O que dizer de tantos outros movimentos que se não fosse pela certeza de que suas crenças eram verdadeiras, teriam sido lançados no mar do esquecimento e até dispostos ao escárnio.

    Convicção, é dela que se alimenta o sucesso ou a falta dela é que alimenta o fracasso. Não importa qual seja a preponderância de suas ideias, a magnitude de sua inteligência ou a grandeza de sua sabedoria, se elas não estiverem associadas à irredutível convicção solidificada e ornamentada, você se perderá em meio à turbulência das oportunidades.

    Já vi gente com ideias brilhantes, argumentos bem estruturados, mas foram reduzidos ao ópio pela falta de convicção. Gente que. Tinha tudo para dar certo, mas faltou um certo “ge ne sais quoi” que só pode ser garantido pela convicção.

    A convicção aviva a esperança de que não vivemos ou fazemos as coisas simplesmente por fazer, mas porque essa ação inside direitamente em nossos princípios e valores.

    Quais são suas convicções?
    O que você está disposto a dar por elas?

    Você é daqueles que diz que não precisa de convicções. Que ocasião faz o ladrão. Que os fins justificam os meios.

    Se você é um pote vazio que carrega tudo e qualquer coisa que aparece por aí em um contexto de necessidade, que suas ideias são ditadas pela quentura do momento, então sua vida continuará com essa roupagem sem sentido, sem rumo nem norte.

    Desenvolva convicções, você precisará delas em momentos de aperto. Quando sua moral for posta à prova, você saberá a importância das convicções.

    Cuidado, sem convicções você corre riscos de se perder em meio ao vão.

    As convicções lhe ajudarão a escolher oportunidades, relacionamentos, escolhas profissionais, lugares e atitudes.

    Convicções erradas geram uma conduta errada. São suas convicções que ditam sua conduta e modo vida.

    O que significa que não basta ter convicções, é necessário ter certeza que suas convicções são correctas, aí você não estará dando a vida por algo que não valha a pena.

    Por: Fernando Livongue | Professor, Escritor, Consultor e Palestrante

    RESILIÊNCIA PODCAST

    Como têm sido suas realizações na razão de suas expectativas? Ouça esta entrevista com Paulo Bondo, Professor Universitário, Life Coach, Escritor e Palestrante, que fala do tema: ESPECTATIVAS E REALIZAÇÕES PROFISSIONAIS.

    Clica no link que preferir:
    Anchor https://cutt.ly/Tzi3dZo
    Apple https://cutt.ly/Czi3YDi
    Spotify https://spoti.fi/3aFWdSk
    Google https://cutt.ly/czi8yyu

    O conhecimento deve ser partilhado, e isso a Resiliência Angolana faz com Profissionalismo, Disruptividade e Gratuitidade.

    Partilhe com Mais Alguém.

  • Muda quem pode, Cresce quem quer!

    Em parceiria com

    Na maravilhosa trajetória que o Grande Universo nos permite viver, estamos sempre acompanhados de desafios que nos permitem crescer.

    Todo o dia é uma oportunidade para mudar e para crescer, mas diante de tudo isso precede a decisão de mudar ou crescer. Nada cresce sozinho, nada nasce grande, nada nasce perfeito, é necessário estarmos sujeitos a um processo doloroso e fustigante para sermos o que queremos ser. Você pode escolher ser:

    • Uma Pessoa Normal;
    • Uma Pessoa Comum;
    • Uma Pessoa Ordinária;
    • Uma Pessoa Extraordinária.

    Porém grandes desafios se impõem para quem busca mudança e transformação. Além do pessimismo de pessoas desabituada à mudança, tem também o mau habito daqueles que se acham superiores e mais dignos de tomar iniciativas de mudança.

    Você está inserido em um meio aonde provavelmente suas ações não causam um grande impacto porque aprendeu a conviver com o sucesso de outros e está satisfeito com isso. Aprendeu a ser feliz como coadjuvante como secundário ou terciário na história de outras pessoas.

    Você precisa tomar uma decisão, uma decisão que permitirá o seu crescimento de forma exponencial, seja no cabal profissional, pessoal ou social. A mudança tem um preço e esse preço se chama: desapego.

    • Desapegue-se de pessoas que se acham superiores a você e agem como paredes diante da sua visão pro futuro;
    • Desapegue-se de pessoas que estão constantemente lhe lembrando de seu passado, de seus fracassos, de suas mazelas e derrotas;
    • Desapegue-se de pessoas que encorajam seus erros, que aplaudem seu insucesso é dizem que você está melhor assim;
    • Desapegue-se de pessoas acostumadas a invejar as montanhas de longe e nunca tomam iniciativas de escaladas, estas vivem a vida toda no vale e nunca sentiram a brisa refrescante do tipo da montanha;
    • Desapegue-se de pessoas que potenciam suas crenças limitantes, que estão sempre dizendo: “o país já tem dono”; “deixa isso para os que podem”; “contente-se com o que tens”;
    • Desapegue-se dos hábitos que drenam sua criatividade e fazem de você uma plateia na demonstração de criatividade dos outros.

    Muda quem pode, cresce quem quer. Isso me lembra uma frase de John Maxwell que diz:”O crescimento não é automático, se temos que crescer, isso deve ser proposital”.

    Enquanto você acha que a culpa pelo seu insucesso é tudo que está fora de si, então você continuará acostumado ao fracasso, mas no momento que perceber que a solução está dentro de você, está em suas decisões, então o crescimento será uma realidade.

    Supere seus desafios e permita que a mudança em sua vida seja intencional.

    Por: Fernando Livongue | Professor | Escritor | Palestrante | Consultor

    RESILIÊNCIA PODCAST

    Como têm sido suas realizações na razão de suas expectativas? Ouça esta entrevista com PAULO BONDO, Professor Universitário, Life Coach, Escritor e Palestrante, que fala do tema: ESPECTATIVAS E REALIZAÇÕES PROFISSIONAIS

    Clica no link que preferir:

    Anchor
    Apple
    Spotify
    Google

    O conhecimento deve ser partilhado, e isso a Resiliência Angolana faz com Profissionalismo, Disruptividade e Gratuitidade

  • Vou me embora para pasargada II

    Em parceria com

    De tanto ver triunfar as nulidades, desencorajado e, sobretudo frustrado por viver em um período histórico em que vicejam camundongos e que tais, lembro-me da poesia como sucedâneo a pasmaceira moral e  de atitude! Revisito a obra de Bandeira, em especial o poema que dá título ao comentário, datado de 1930, nada obstante seja de atualidade inquestionável. Escreveu inúmeras frases celebres,  dentre as quais destaco: “A vida é uma aventura, de tal modo inconsequente”! A esta altura a inconsequência é uma constante em que tem a responsabilidade de governar, não menos inconsequentes são os governados que insistem em desdenhar da doença e da dor alheia! Tudo é uma aventura que tem como desiderato a morte. 

    Identificado por motivos óbvios com o poema nele me refugio e encontro certa paz.   

     O poeta criou  está cidade em busca de um lugar onde pudesse viver livre das obrigações e das limitações que a doença trouxe em sua vida. E esta cidade imaginada por ele, transcendeu a própria poesia e se tornou um lugar onde a vida é melhor, tornando um símbolo de liberdade! 

    A fuga para esta cidade seria uma metáfora para uma fuga para a liberdade, para uma vida que poderia ter sido vivida, não fosse à doença que acometia o poeta, que teve uma tuberculose. 

    O pulmão doente identifica o medo do poeta ao cotidiano de 2021, aos medos e frustrações de todos nós! 

    Maior medo que da doença só sinto da incompetência e da falta de valores morais do Governo do Paraná que recebeu bilhões do Governo Federal e em mais um “locodow”  afirma que nem sequer respiradores tem em número suficiente. 

    Definitivamente, em terra de Carlos Ratinho Massa e seus sequazes só nos resta uma saída:
    Vou-me embora para Pásargada! 

    TENHO PENA DE RATINHO JR. E DE BETO PRETO 

    Para aqueles que têm um mínimo de memória e para os que nenhuma tem, vale lembrar que no primeiro ano de governo a dupla já houvera demonstrado sua incompetência frente às mortes provocadas pela epidemia de Dengue. Na época os que fazem crítica honesta como busco fazer, lembravam que a suspensão do serviço de agentes contra o mosquito transmissor vinha do governo anterior, que elegeu Ratinho, mas era comandado por outros atores. Assim dele só se poderia espera ação emergencial. Não as desenvolveu com competência como a história prova. 

    Repentinamente uma pandemia, e com ela a estupefação mundial. A incapacidade de grandes líderes e nações com alto grau de desenvolvimento cultural e similar renda per capita, de encontrar soluções para o desafio do desconhecido que mata e muito pior busca mutações para continuar o morticínio. 

    PENA DELES 

    Governos tíbios, débeis e flébeis como soe ser o do hilário Ratinho Jr., se viram frente ao Leviatã! Não poderíamos esperar que estivesse preparado para o inusitado. Acostumados com a mentira na mídia, a solução dos seus conseglieri foi a de sempre. Mais tempo na televisão e dê-lhe de exposição de Beto e Ratinho.  

    Uma análise brevíssima das entrevistas dos dois atores nos leva a incredulidade!  Dissonância cognitiva extremada! E aposta, aposta no isto vai passar!   

    Não passou! E o que enfrentamos agora? Crescimento geométrico da contaminação. 

    A mesma solução encontrada há um ano. Fecha tudo e responsabiliza a atividade produtiva. Neste ponto, cabe destacar recente visita do Secretário de Fazenda à Assembleia Legislativa. De forma clara disse que não haveria dinheiro suficiente em 2021! Explicou que em face de queda da produção o Estado arrecadou menos. Simples e honesto, a ponto de reafirmar que sem ajuda federal as contas não teriam fechado. 

    DESTACO QUE FECHAR TUDO NÃO RESOLVE! 

    Está realidade Ratinho Jr. sentirá quando assim como milhões de paranaenses não receber no fim do mês. A me esqueci ele diz que doa o salário. Doa? Prove que doa! 

    Bem você perguntaria e o que resolve então? 

    Assim como a maioria imensa das pessoas não sei a resposta, não sou cientista da saúde, nem sequer um modesto agente de saúde. 

    Mas sei que aos governos cabe planejar e enfrentar com a competência possível aliada aos meios disponíveis! 

    NESTA SEMANA BETO PRETO DISCORRIA SOBRE 700 VAGAS DE UTI EM FALTA! 

    Pergunta: veio ou não veio dinheiro federal para o Paraná? Era verba carimbada para combate ao Covid? Se veio, quanto veio e como foi utilizado o dinheiro? 

    Tenho pena de Ratinho Jr. e de Beto Preto. Não há entrevista que os salve do cotejo do que disseram ao longo do ano e do que tem que enfrentar hoje.  

    SPUTNIK 

    E aí? Quem responde pelo gigantesco fiasco? Acho que neste caso quem mais quis aparecer foi o orientado pelo Casagrande.  Da Casa Civil se espera sempre uma conduta balizadora. Nesta etapa …, bem Campo Largo da bem uma pista do que acontece. Ratinho Jr., sabe ou prefere não saber? 

    Antes que confundam posições! Não escrevo com “part pri”, e não tenho nenhuma ligação com Ortega o inimigo de Guto. Pelo contrário, Ortega agiu covardemente contra minha família! 

    PEDÁGIO 

    (credito charge humor.na net.)

    Não há desculpa! Todos os Governadores conviveram em estado de absoluta paz e harmonia com os pedageiros. Inclusive o atual! A discussão é pertinente e como sabemos há uma enorme dívida histórica a ser ressarcida pelo time ao povo do Paraná! Entendo o Ministro Tarcísio como o mais eficiente do time Federal, mas não aceito este papo de híbrido e R$ 42  bilhões. Papo furado. 

    ESCOLA FOI DECLARADA ESSENCIAL! 

    Lei 20506, de 23/02/2021: Cadê os deputados? Bateram no peitinho de pombo e estão calados como pintinho na muda! Afinando para Ratinho Jr.  Como o Governador decide em última instância com base em critérios técnicos e científicos, segundo a lei, pergunto: Quais são Jr.? 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Senhor oro pela recuperação de todos os afetados pelo Covid! Amém  

    Ogier Buchi

  • Vou-me embora para Pasárgada!

    De tanto ver triunfar as nulidades, desencorajado e, sobretudo frustrado por viver em um período histórico em que vicejam camundongos e que tais, lembro-me da poesia como sucedâneo a pasmaceira moral e  de atitude! Revisito a obra de Bandeira, em especial o poema que dá título ao comentário, datado de 1930, nada obstante seja de atualidade inquestionável. Escreveu inúmeras frases celebres,  dentre as quais destaco: ‘A vida é uma aventura, de tal modo inconsequente”! A esta altura a inconsequência é uma constante em que tem a responsabilidade de governar, não menos inconsequentes são os governados que insistem em desdenhar da doença e da dor alheia! Tudo é uma aventura que tem como desiderato a morte.

    Identificado por motivos óbvios com o poema nele me refugio e encontro certa paz. 

    O poeta criou  esta cidade em busca de um lugar onde pudesse viver livre das obrigações e das limitações que a doença trouxe em sua vida. E esta cidade imaginada por ele, transcendeu a própria poesia e se tornou um lugar onde a vida é melhor, tornando um símbolo de liberdade!

    A fuga para esta cidade seria uma metáfora para uma fuga para a liberdade, para uma vida que poderia ter sido vivida, não fosse a doença que acometia o poeta, que teve uma tuberculose.

    O pulmão doente identifica o medo do poeta ao cotidiano de 2021,aos medos e frustrações de todos nós!

    Maior medo que da doença só sinto da incompetência e da falta de valores morais do Governo do Paraná que recebeu bilhões do Governo Federal e em mais um “locodow” afirma que nem sequer respiradores tem em numero suficiente.

    Definitivamente, em terra de Carlos Ratinho Massa e seus sequazes só nos resta uma saída:

    Vou-me embora para Pásargada!

    Ogier Buchi

  • Vacina e disciplina

    Vinde a nós o Vosso reino – assim na Terra como no Céu – muito dinheiro no bolso, saúde para dar e vender.

    Frases tão acalentadoras, frases de bom augúrio e o mês de março com 23 dias úteis. A turma do lockdown vai ter trabalho para conter os que vivem da dualidade essencial-não essencial, como se existissem atividades não essenciais. Não essencial para quem, cara-pálida?

    Estávamos examinando a virtude da disciplina como ferramenta para chegarmos ao “Reino dos Céus” ainda enquanto encarnados. Depois fica fácil, um “Deus de Infinita Misericórdia” assumirá a gerencia da bagaça e tudo bem!!!!

    Mas antes disso precisamos achar a doçura de viver bem aqui e agora. Mas o que temos visto na clínica diária é que as pessoas estão cada dia mais sofredoras, menos doces e, na verdade apavoradas, Não é só a ameaça direta de adquirir um vírus que pode nos tirar da carne, Tem mais nessa história toda, A guerra de nervos iniciada politicamente, com os três poderes digladiando entre si para ver quem é o mais poderoso, e não restando dúvida que o fazem por interesses não republicanos. Usam para tal a ingenuidade e a ambição dos eleitos pelo povo para conduzir o Poder Executivo, certamente o mais “bem-armado” dos três. Os eleitos do executivo, pelo voto popular, se indagados, em sua maioria não saberão dizer das virtudes de um estadista. Ipso facto, facilmente manipuláveis e desgovernança implantável.

    Longo parágrafo, palavras preciosas: ambição, ingenuidade, estadista, poder, cizânia na Pátria, pavor, guerra de nervos. Faltou dividir para governar. O mais forte foi enfraquecido e não consegue atuar com UNIDADE.

    Temos três inteligências: a mecânica, a emocional e a espiritual, aquela dos valores. No cenário supra descrito, os valores sociais foram desarvorados e as pessoas entram em estados emocionais de medo, tristeza, desânimo, descrença e falta de Fé. Perdem o rumo.

    Claro que prescrevo medicamentos aos meus pacientes, é fundamental reequilibrar a bioquímica cerebral. Mas estou entendendo que precisamos todos retomar as virtudes básicas como prática da vida diária, Aquilo que cultivamos nos últimos anos como padrão de comportamento social e pessoal não serve para o atual momento.

    Não vamos morrer só pelo vírus. Vamos morrer pelas outras doenças como câncer e hipertensão arterial, cujos tratamentos abandonamos. Vamos morrer por desestruturação do tecido social, vamos morrer por falta de rumo, Precisamos voltar a valores básicos que permitiram a sobrevivência da Humanidade até hoje. E uma virtude básica que precisamos retomar é a disciplina. Foi o trabalho disciplinado que permitiu aos nossos ancestrais atirar pedaços de madeira nos gigantescos mamutes e a arrastá-los para dentro das aldeias durante o período da Era do Gelo.

    Todos eram essências na tarefa! Hoje estamos mais sofisticados materialmente, mas as necessidades de sobrevivência são as mesmas. Antes que o caos se instale precisamos, individualmente disciplinar nossas vidas para pode disciplinar nossas emoções e retomar nossos valores. A disciplina é a obediências às regras, aos superiores hierárquicos (como um Hospital ou uma unidade de Saúde vai funcionar sem isso?). É A CONDUTA QUE ASSEGURA O BEM-ESTAR DOS INDIVÍDUOS. Existem 58 sinônimos para a palavra disciplina na língua portuguesa. A disciplina é necessária a boa ordem e implica, em se fazer aquilo que não se quer fazer. Usei como referência o dicionário on-line da língua portuguesa, que imagino mais acessado atualmente.

    Morte e tragédia acompanham-nos nesta quadra da vida no Planeta Terra. Todo o tempo ouvimos as pessoas clamarem por vacinas e as autoridades maiores da Pátria são acusadas de negligentes face a ausência de vacinas para todos. Essa acusação pode se repetir na maioria dos países. E tem alguma dose de verdade visto que as autoridades sanitárias mundiais não estavam preparadas para a fuzarca covidiana.

    São duzentos e vinte milhões de brasileiros, quatrocentos e vinte milhões de frasquinhos de vacina, quatrocentos e vinte milhões de seringas e mais alguns fardos de algodão para fazer a esterilização da pele do cidadão antes de aplicar o remédio.

    São 14 bilhões de frasquinhos no mundo todo (14 000 000 000). Já imaginou quanto papel você vai precisar para desenhar isso aí tudo de frasquinhos. E já pensou na pilha de frasquinhos? E já planejou em qual lugar você vai guardar os frasquinhos, as ampolas e as seringas descartadas? Cuidado com o que você está pedindo…

    Então, esquerdopata ou direitopata, isentão, jovem ou velho, masculino, feminino ou colorido, paranista, flamenguista ou só chato mesmo perceba que se você não seguir as disciplinas propostas para se defender do vírus vai demorar muito, mas muito mesmo para termos uma vida como tínhamos até recentemente. E ela até que estava boa para a maioria dos humanos e com tendência a melhorar para os demais.

    O emocional adoecido faz você imaginar que xingando o Presidente ou o Governador você está contribuindo. Engodo da mente. Você não vai acertar o pauzinho no Mamute com essa atitude…

    Precisamos entender que o vírus pula de um para o outro, simples assim. Que esse pulo acontece se estivermos a uma distância menor de dois metros um do outro. Que ele passa pelo contato da mão através de objetos como uma caneta, por exemplo. Por isso precisamos matar o vírus em nossas mãos, com o prosaico sabonete e água..

    Se precisamos ficar a uma distância menor de que dois metros obstáculos físicos poderão nos proteger, como máscaras e face Shields. Ir torcer para  Flamengo na entrada do Maraca é divino. Não tão divino quanto ir torcer para o Paraná Clube no Durival de Brito, é claro. Há um inquestionável mérito na fidelidade paranista que só os Homens Santos conseguem apreender.

    Mas não dá para ficar a menos de dois metros de outro flamenguista (estou citando o Flamengo não por ser flamenguista, mas por homenagem ao campão desse ano). Não dá para ir no Largo da Ordem fazer seja lá o que for a menos que mantenha dois metros de distância do outro.

    Só a disciplina irá nos salvar: dois metros de distância, use máscara, a vacina vai demorar, lave as mãos. Você está aqui podendo discutir se maconha é bom, se o Bolsonaro é Mito ou Genocida, se a vizinha é linda, se o bad-boy te dá tesão porque seus avós e bisavós tiveram disciplina e competência para atirar pauzinho pontudo no Mamute.

    Fico imaginando se você terá competência e disciplina para cumprir a tarefa de sua geração, ou se a humanidade irá perecer porque você é um incompetente indisciplinado.

    Quantas palavras para serem entendidas – seja feita a Tua Vontade implica em cada um apreender e vislumbrar o mistério de Ser!

    Everson Buchi

    Laboratório Frale Curitiba – Paraná – Brazil

  • Faca o que eu digo na globo

    Em parceria com

    FAÇA O QUE EU DIGO NA GLOBO

    Não faça como eu faço no palhaço Iguaçu! Na terça-feira (23) para meu infausto resolvi assistir o jornal oficial do Camondonguinho na Rede Globo! Lá o pré-obeso jovem govenador pregou o afastamento social, uso de máscara, álcool em gel e demais recomendações. Disse que vai endurecer com os jovens e suas manifestações! Engraçado que na mesma manhã sua Excelência reuniu imensa patuleia para distribuir 46 ambulâncias havidas de dinheiro de impostos! Como já escrevi tantas vezes aqui, a cerimônia de entrega de bens adquiridos com dinheiro do povo e absolutamente repugnante e expõe o que de mais podre se prática na política atual as tais emendas parlamentares.  

    FAÇA O QUE DIGO, MAS NÃO SUSTENTO 

    Todos os paranaenses foram informados pela Globo nacional, que se não chover Curitiba ficará sem água! 

    Anúncio assustador, senão horroroso que passou como tudo acontece neste governo passando. Recomendo ao leitor que visite uma matéria muito bem escrita pelo jornalista Pedro Arbex, no Brazil Journal de terça-feira (22). Expõem os grandes dilemas do porvir da Sanepar, e mais importante esmiúça as relações entre a empresa e seus acionistas. Claro no caminho há pedra, neste caso Agepar! 

    Ocorre aqui à dicotomia entre o conceito de empresa pública e o investimento de capital, este buscando por óbvio a remuneração do dinheiro. 

    A Sanepar de há muito, assim como a Copel tem acionistas mundo afora, aquela com a sempre lembrada Vivandi do Lerner e está última não menos lembrada pela visita dos capiaus do Iguaçu que tiram foto com o touro de Wall Street! A última dos piás da Copel foi vender a rede de fibra ótica para uma estatal chinesa disfarçada de banco de investimento. Tem rabo queimando na história do Simão Rachid! 

    Pois bem a Sanepar vai enfrentar revisão tarifaria em abril. A Agepar faz cálculos com base no WACC da empresa o que implicará em redução de ate 20%  da tarifa! Os acionistas estão ensandecidos.  

    Ensandecido de verdade fica o povo que sabe que a crise hídrica deve-se a falta de previsão e investimento, que aliás é histórica não podendo ser atribuída ao Camondonguinho!  

    No corner roendo unhas esta Cláudio presidente, que ao ser entronizado recebeu ordem do guru Sciarra, para privatizar! Quando escrevo a  companhia vale 6,5 bilhão  na B3. 

    E ai Ratinho vai privatizar esta também ou não? Vem mais chinês disfarçado pela proa? 

    TURMA DAImobiliari” 

    Lembram-se do nome da empresa do filme Poderoso Chefão? Então, ligada ao Vaticano e tudo mais! Por aqui tem um time se reunindo na “Imobiliari“, para decidir negócios ligados ao Governo. Ratinho Jr. você sabia disto? 

    BETO CAMPANHA PRETO 

    Dizem-me que Beto o asfaltador está em campanha! Eu respondo:  “Claro que está”! Campanha contra Covid, Dengue e outras etiologias, afinal milhares de paranaenses estão morrendo”! E  o interlocutor ME  OBTEMPERA  AFIRMANDO QUE ELE ESTÁ FAZENDO CAMPANHA PARA DEPUTADO! Daí eu preciso imitar o Jô Soares e afirmar “me tire o tubo”, ou como convém nos tempos atuais  me “extube”!     

    PEDÁGIO 

    Já escrevi aqui que os 25 anos de roubo explícito nas tarifas do pedágio, puseram em dúvida e cheque um modelo consagrado mundo afora de manutenção  de rodovias. É preciso sempre enfatizar que mesmo as Nações mais ricas e desenvolvidas praticam o pedágio, independentemente de sua dimensão geográfica. Então, por absoluto senso de responsabilidade mais uma vez afirmo que sou a favor do pedágio! 

    Quem viaja sabe, que ao sair de Milão com destino a Roma através da autoestrada, pode pagar o valor total do pedágio ou pode pagar tão somente o trecho realmente percorrido! E mais, paga para trafegar em estrada com seis pistas! 

    Aqui depois de 25 anos você sai de Guarapuava e trafega em pista simples até Cascavel e paga um dos pedágios mais caros do mundo, perdendo é claro para o trecho Curitiba- Paranaguá que é o mais caro do mundo!  

    O que todos discutem e o que causa a unanimidade negativa é o valor do pedágio e jamais seu exercício. Destarte o que a sociedade espera é a atuação firme e efetiva dos governos federal e estadual nas suas esferas políticas e regulatórias para que finalmente o valor da tarifa seja mostrado à sociedade e esteja próximo da relação ideal custo benefício! Praticamente o Paraná todo, através de sua sociedade civil está envolvido e motivado oferecendo soluções e sugestões tudo passando longe do tal modelo híbrido! O Paraná unido tem que ser mais forte que o lobby das pedageiras junto a ANTT! Simples assim! 

    Creio que este momento é um divisor de águas que mostrará a população os políticos com rabo preso e aqueles que têm compromisso republicano.  

    Gostaria que o Governador do Paraná tivesse liderança para comandar o processo. Se não lhe falta legitimidade, garantida pelo cargo falta à chama do governante que sabe o que faz e sabe mais que quem sabe faz a hora. A oportunidade é histórica, todavia para um governo de Camondongos, gutecos e que tais,  há que esperar mais do mesmo! 

    Finalizando o Ministro Tarcísio fala em 42 bilhões de investimentos. Pode até ser, posto ser este o melhor quadro do Governo Federal, mas em se tratando de dinheiro do pedágio, duvido e muito, pois dinheiro aí até hoje só do usuário! 

    HOMENAGEM AO JUDICIÁRIO: LENICE BODSTEIN 

     LENICE BODSTEIN

    A vereadora Maria Letícia homenageou a carioca de nascimento, curitibana por amor Dra. Lenice Desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná! Com a cidadania honoraria curitibana. Justíssima láurea! 

    Homenagem que se transfere a um Judiciário competente e humanizado. Ciente de sua missão de dar justiça a todos e em especial a tempo e modo! PARABÉNS! 

      CURTAS: 

    1. Claro que Cascavel é com o Mano! Mas o ataque de nervos de Paranhos atacando histericamente Bolsonaro repercutiu Brasil afora! No Palhaço Iguaçu o reizinho Ratinho ficou estupefato com a reação de seu menino protegido. 
    2. Bandeira nova em Curitiba. O salva vidas (em grande forma) Rafael Greca não sabe se corre ou se fica. Realmente o povo brasileiro não colabora. Jovens em especial. Diz que vai comprar vacinas com fundo soberano. E viva os curitibinhas. Falando muito…! 
    1. Dois mil aglomerados no culto evangélico. Prenderam o irresponsável, multaram em quanto? O cara ungiu e salvou quantos do Covid? 
    2. O Folador diz que agora vai. Nem que seja na porrada! Então chama o Paulinho Folador que deu porrada no tanque Claudiomiro do Inter. Tenho boa memória, Renatinho era ponta mais clássico! 

     ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Senhor, nova cepa de Covid? Dá para privilegiar a turma do STJ? Acredite Senhor, vai ajudar 200 milhões de almas! AMÉM

    Ogier Buchi 

  • FILTROS MENTAIS PARA VALIDAÇÃO DE INFORMAÇÕES
    Entender qual a origem das constantes insuficiências no cumprimento de certas orientações do líder aos seus liderados pode ser um divisor de águas para os diferentes contextos e situações da liderança. Foi nessa busca que nasceu a curiosidade em entender os fenómenos em volta do paradigma, e como resultado nasceu a percepção de que o segredo está na forma
como a nossa mente recebe, processa, filtra e representa as informações recebidas do meio externo por intermédio dos órgãos de sentido

    Introdução

    Como líder, sempre me intrigou o triste facto de que a mesma informação transmitida da mesma maneira para um grupo heterogêneo de pessoas teria efeitos variados para cada um dos meus liderados. É curioso saber que muitas das informações transmitidas pelo líder são interpretadas de formas diferentes pelos liderados.


    Esse tem sido o motivo de frustração de muitos líderes da presente época, pois que desconhecendo o que está por trás das diferentes reações às informações transmitidas aos seus liderados, estes líderes acabam criando certas preferências baseadas no nível de subordinação e insubordinação de seus liderados.


    “O discernimento pode ser descrito como a habilidade de encontrar a origem do problema, o que depende tanto de intuição como de raciocínio lógico. Os líderes eficientes precisam de discernimento, embora nem mesmo os bons líderes evidenciem-no todo tempo”. John Maxwell

    Entendimento

    Entender qual a origem das constantes insuficiências no cumprimento de certas orientações do líder aos seus liderados pode ser um divisor de águas para os diferentes contextos e situações da liderança. Foi nessa busca que nasceu a curiosidade em entender os fenómenos em volta do paradigma, e como resultado nasceu a percepção de que o segredo está na forma como a nossa mente recebe, processa, filtra e representa as informações recebidas do meio externo por intermédio dos órgãos de sentido.

    Isso me torna consciente de que muitas vezes os problemas de comunicação não são advindos da incapacidade do líder em transmitir certa informação, mas na forma como a mente de cada um de seus liderados está programada para processar, filtrar e validar esta ou aquela informação.

    FILTROS MENTAIS

    Segundo Sigmund Freud, conhecido como pai da psicanalise, o nosso cérebro está constituído por três grandes elementos:

    Ich – Id – Eu: Impulsos múltiplos da libido, dirigidos para o prazer.

    Es – Ego – Isso: Nossa Consciência, Conhecimento do Eu.

    Uberich – Superego – Supereu: Consciência moral, ou seja, os princípios sociais e as proibições que nos são inculcadas nos primeiros anos de vida e que nos acompanham de firma inconsciente a vida inteira.

    Com base nesta estrutura entendemos que nossa mente funciona como uma máquina que absorve informações e desenvolve padrões de comportamento, baseados na educação familiar, na educação escolar, nas experiências vividas,
    ouvidas e presenciadas.

    Estes padrões, quando sistematizados criam filtros mentais por meio dos quais a mente de uma pessoa poderá receber, processar e interpretar uma informação como sendo verdadeira ou falsa.

    Algumas teorias atestam que por meio destes filtros toda verdade se torna relativa, pois o que pode ser verdade para um, para outro pode não ser. Uma ordem do líder transmitida aos seus liderados pode ser apreendida e aplicada por uns e não por outros em situações diferentes.

    A compreensão deste fenómeno não será simplesmente benéfica para os lideres, mas para cada pessoa de forma individual, pois esta descoberta permite identificar crenças limitantes, hábitos irracionais, vícios entre outros problemas que afectam
    as organizações e as sociedades.

    Uma informação dentro do nosso MIND, obedece um processo de 3 passos, nomeadamente:

    1º Entrada de informação: processo realizado pelos 5 sentidos humanos;

    2º Filtração da Informação: processo de validação ou invalidação das informações obtidas por meio dos órgãos de sentido;

    3º Representação interna: processo que permite visualizar previamente os resultados do processo de validação ou invalidação de uma informação.

    Pela complexidade e preponderância do processo do segundo ponto, neste artigo iremos nos focar no processo de filtração de informação.

    Conceito: o termo filtração provém da física e basicamente significa, passagem de (onda de luz, calor, ruído, água, etc.) por algo que lhe diminua a intensidade ou o liberte de corpos estranhos. Figurativamente, o termo passou a ser parte da
    administração ganhando um significado realmente interessante:

    = separação do essencial ou desejado; escolha, seleção =

    Separação do essencial ou desejado, escolha ou seleção, ou seja, a filtração permite selecionar aquilo que é essencial ou desejado, daquilo que que é supérfluo e desnecessário.

    O nosso cérebro filtra as informações por 3 grandes processos:

    Omissão: significa deixar de lado, desprezar ou esquecer; preterição, esquecimento de certos detalhes individualmente dispensáveis para validação de alguma informação. Nossa mente ignora aquilo que ela aprendeu de sua experiência, educação e ensino, como sendo menos importante e foca apenas naquilo que ela mesmo concebe por importante ou
    desejável para aquele contexto e situação: Um exemplo disso é, ao ouvirmos uma notícia na TV ou outra mídia, nossa mente foca apenas nos detalhes que achamos importantes ou necessários para nós e para o contexto envolvente;

    Generalização: a lógica trata o termo como sendo a operação intelectual que reúne em uma classe geral, termo ou proposição, um conjunto de seres ou fenômenos semelhantes, ou seja, pela generalização, nosso cérebro obtém
    a informação do meio externo e procura por situações semelhantes, tentando achar congruência para que esta informação seja validada. Caso não encontre elementos, situações e/ou experiências semelhantes, nosso cérebro invalida tal informação de forma automática;

    Distorção: é a capacidade que nossa mente possui de causar alteração da forma ou de outras características estruturais e como resultado causa deformação na informação obtida pelos órgãos de sentido. Por meio da distorção nossa mente desestrutura a informação e reorganiza-a com base em certos princípios compreendidos por nós, numa linguagem mais
    acessível ao nosso MIND, e como resultado fará com que esta ou aquela informação seja validada ou invalidada.

    META-PROGRAMAS

    A filtração da informação em nossa mente por omissão, generalização ou distorção, acontece graças a um sistema mentalmente estruturado de:

    Valores:

    qualquer informação que adentre à nossa mente será tida como válida, só e só se esta estiver de acordo com os valores que defendemos. Este segredo foi compreendido pela indústria do marketing, e por meio dela os especialistas em markentig e publicidade – antes mesmo que vendam seu produto – buscam desenvolver em seus clientes valores que estejam em concorde com o produto que desejam vender.

    Esta atitude permite não só vender o produto como também, fará com que o cliente se torne um verdadeiro consumidor da marca desta empresa. Na liderança, este mataprograma permite que o líder – antes mesmo que responsabilize e cobre por resultados – consciencialize seus liderados desse novo valor que será necessário para a garantia de produtividade. Sem isso, a missão de vender ou liderar é enfadonha e improdutiva. Se seu produto ou forma de liderança não agrega novos valores aos seus clientes ou liderados, seu produto ou liderança logo logo verá sua depreciação;

    Crenças:

    como cristão, sempre achei curioso o porquê de tanta complexidade em fazer proselitismo com alguém que seja radical em uma fé islâmica, judaica, budista, entre outros. Factores espirituais envolvem-se no processo, porém a explicação mais plausível foi que é impossível substituir crenças tão enraizadas na mente de uma pessoa e substituí-la por novas crenças, alheias ou novas a sua realidade.

    Crenças são crenças, e qualquer informação em nossa mente só será validade caso esteja em concordância com as crenças aprendidas e apreendidas do meio envolvente e da educação que recebemos. Novas informações carecem da implementação de novas crenças. Funciona como a reputação que políticos e policiais possuem diante do povo, para que este volte a acreditar em políticos e policiais, é mister que estes desenvolvam ações que reformulem as crenças do povo, tendo como resultado a possibilidade de voltar a conquistar sua confiança e reputação;

    Decisões:

    Decisões passadas, padrões na concepção de ideias efectivas, têm também seu peso dentro do quesito da validação ou invalidação de informações dentro de nossa mente. As pessoas desenvolvem um padrão de comportamento que permite prever quais os requisitos básicos para que sua decisão diante de uma determinada situação seja SIM, NÃO ou TALVEZ.
    Com base nesta concepção, muitas empresas e sistemas governamentais alcançam o domínio da autonomia dos indivíduos para a tomada de decisões.

    É possível condicionar a tomada de decisões por meio do controle mental e psicológico de um indivíduo. Alguns líderes fazem isso por meio da coerção, outros pelas recompensas e aliciamento, outros ainda pelo enfatizar de oportunidades e fraquezas de seus liderados. Mas a verdade é que, muitos dos défices identificado em muitos sistemas de liderança e trajetórias de vida
    estão estritamente ligados aos padrões de tomada de decisões desenvolvidos por um indivíduo durante seu percurso de vida;

    Atitudes:

    outro meta-programa influente no processo de validação de uma informação por nossa mente são as nossas atitudes. Atitudes integradoras, atitudes disruptivas, atitudes positivas, são como catalizadores de validação de informações que as sustentam. Pessoas negativas, cabisbaixas e dominadas por crenças limitantes, possuem uma capacidade mental enorme
    de invalidar informações que transmitam oportunidades, mudança ou crescimento. As atitudes são alimentadas por crenças e decisões, o que significa dizer que, uma pessoa possuída por crenças limitantes e decisões inconsequentes viverá uma vida na contramão do sucesso e do crescimento.

    Crenças erradas conduzem a atitudes erradas;

    Memórias:

    nossas memórias transportam nossas experiências, nosso passado é provavelmente o maior meta-programa para filtração de informações. Decisões erradas no passado deixam memórias que desenvolvem em nós um escudo protetor que pode inibir a validação de certas informações no presente e no futuro. Se suas memórias estão carregadas de fracasso, falhas, improdutividade, insucesso, incapacidades, acredite, sua mente aprenderá a validar informações impulsionem ainda mais
    estes pormenores. A solução está em desprender-se das memórias que limitam sua visão e apegar-se às memórias que impulsionam a mudança e o crescimento. Caso você não tenha tais memórias, então está mais que na hora de criar novas memórias;

    Estratégias:

    pergunte aos líderes de empresas supostamente conservadoras que entram em colapso, mas decidem não mudar suas
    estratégias, o porquê de até agora não implementarem novas estratégias que facilitem o crescimento. Tenho a certeza que muitas das respostas estarão associadas ao comentário: “Mas é assim que temos feito desde a nossa fundação”, “Agimos assim a mais de cinco gerações”. Acredite, a informação que vira a causar mudança nesta organização só será plausível caso as novas estratégias irromperem este meta-programa na mente da diretoria desta organização. A mudança deve viver acompanhada de novas propostas estratégicas para a sua implementação na liderança, ou em mentes individuais;

    Conclusão

    “A primeira qualidade de um líder que se relaciona bem é a capacidade de entender como as pessoas pensam e sentem”. John Maxwell

    Entender como a mente humana funciona permite aos líderes e liderados trabalhar em cada um dos aspectos e processos a ela associados de formas a despertar o senso de sucesso e produtividade, e como resultado final proporcionar o desenvolvimento pessoal e organizacional.

    O líder que ignora a forma como seus liderados pensam, acabará frustrado com tantos gaps de incumprimento e inadimplência por parte de seus liderados. O indivíduo que ignora seus filtros e meta-programas, acabara praticando o princípio da insanidade segundo Albert Einstein: fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes. Pessoalmente acredito que por mais complexa que seja a nossa mente, somos capazes de construir filtros capazes de trazer como resultado: sucesso, produtividade e crescimento pessoal e organizacional.

    A mente é a fonte da vontade e das atitudes, saber como ela funciona permite que construamos uma estrada direta para o alcance dos nossos objectivos preconizados.

    Termino com o seguinte pensamento: “Tenho de ver o projeto que faço como minha obra. Do contrário, ocorre a alienação. Fico alheio (…) não tenho reconhecimento. Esse é um dos traumas mais fortes que se têm atualmente. Todas as vezes que
    aquilo que você faz não permite que você se reconheça, seu trabalho se torna estranho a você. Trabalho exige reconhecimento – conhecer de novo”. Mário Sérgio Cortella.


    Por: Fernando Livongue | Professor | Palestrante | Escritor | Consultor de Empresas

  • O SUPREMO ESTICA A CORDA

    Em parceria com

    Em Nações tidas como sérias, pelo menos no conceito de D’ Gaulle, instituições como o Senado e o Supremo Tribunal, são paradigmáticas e ícones do conceito de prática da Democracia! 

    Bem assim, é de imaginar que sejam compostos por figuras ímpares da Nação, quer sob o ponto de vista de integridade pessoal, no primeiro caso, como de cultura jurídica e integridade no segundo caso. 

    Todavia no caso brasileiro, não soe ocorrer assim! O Senado tem figuras absolutamente discutíveis, inclusive condenados pela Justiça. O Supremo Tribunal por seu turno é composto em maciça maioria por membros indicados e acolitados em relação espúria com o Senado, maioria esta formada por advogados de trajetória profissional discutível, posto ligada a grupos políticos e até mesmo a  atividade criminosa! 

    Certamente, tal realidade aliada à prática do Supremo Tribunal, que está todos os dias nas primeiras páginas dos jornais, deixando com clareza hialina a sua intervenção nos atos de outros Poderes, Executivo em especial e Legislativo, criou na população um sentimento de descrença em relação à Justiça! 

    Judicialização aliada ao exibicionismo

    Se por um lado à defesa exacerbada dos setores mais a esquerda, que enxergam na judicialização aliada ao exibicionismo de Ministros ligados umbilicalmente aos auto nominados progressistas postura adequada, há quem enxergue no Supremo, revanchismo, oportunismo e a prática de um terceiro turno eleitoral disfarçada de guarda a Democracia e aos princípios Constitucionais. 

    Para quem analisa com o apuro que tal situação demanda, evidencia-se a cada dia que passa e em especial a cada demonstração de imposição de força por parte do Supremo, o esticar da corda. 

    Precedentes históricos deveriam balizar o comportamento dos Ministros, o que não tem ocorrido. Isto é fato incontestável. Vem de há muito, mas encontra no obstaculizar de investigações nos parentes dos Ministros e de suas fontes de renda seu ápice! 

    Ainda na análise perfunctória creio fundamental escrever sobre o que tenho de referência nas redes sociais e nas informações coletadas no dia a dia! 

    O Supremo não vem se contendo, e a imensa necessidade que Ministros têm de mostrar sua gratidão aos “Padrinhos” e ao seu vínculo ideológico pessoal, provoca um desconforto imenso na população como um todo! 

    Não me lembro de um quadro do Supremo que seja desprezado e que tenha tão pouco credito junto à população como o atual, contudo não consigo enxergar nas atitudes dos Ministros, reconhecimento desta realidade, tamanha desproporção de seu comportamento e do que o povo tem como idealizado. 

    Por certo, mandar prender um Deputado Federal, como se já não bastasse o muito que vem sendo feito por Alexandre de Morais, desencadeia crise sem proporções avaliadas devidamente até o momento em que escrevo.  

    O Supremo confirmou por unanimidade a decisão de prender o Deputado. 

    II A CORDA E A CRISE 

    Deputado Daniel e Alexandre Moraes.

    Está na ponta da língua de todos os que defendem as atitudes de Alexandre de Morais e em especial na própria boca do Ministro o autoelogio pela dita “luta pela Democracia vigente”. 

    A dita  vigente é a que mantém gente como Stédile e José Dirceu livres, leves e soltos passarinhos tão queridos e caros a parte de brasileiros de neles vê o bom e caro exemplo de prática democrática! 

    A própria Câmara Federal se divide em contrários a prisão que espanca princípios jurídicos e a própria Constituição e favoráveis  como para minha inexcedível surpresa Toninho de Fazenda Rio Grande deputado federal pelo Paraná.  Disse ele para justificar sua posição que lhe prometeram paz e liberdade quando votou em Lyra. Esqueceu tantos anos que está na casa de leis, nababescos salários, que o preço da liberdade é a luta eterna! 

    Entendo que a Câmara Federal deve votar pela soltura ou não do Deputado. Todavia, entendo mais que a votação em apreço deve obrigatoriamente ser aberta, clara, nominho por nominho! 

    Imagino que deputados que são favoráveis à prisão de Daniel, vão ter a decência de desde logo abrir mão de forma permanente de foro privilegiado e quando demandados pessoalmente do contraditório.  

    Explico: como a prisão ocorreu em sede de flagrante delito estendido, nova moda do Supremo, quem é a favor da excrecência deve ser a favor da renúncia do estado de direito. 

    Enfim, deputado é funcionário do povo e como funcionário tem obrigações, algumas decorrentes do Regimento, legislar e fiscalizar outras decorrentes do que nominamos lealdade à liberdade da Casa. 

    Friso desde logo: não se trata de defender o vernáculo utilizado pelo Deputado, muito menos da oportunidade ou não de seus ataques. Defendo sim, de forma intransigente a Constituição vigente e a legislação aplicável à espécie de procedimento do Deputado Federal em exercício do mandato! 

    Sendo assim, está na lei, que o Deputado deverá ser alvo de atitude de seus pares, da Comissão de Ética da casa e outras consequências observado o rito aplicável à espécie! 

    O que não posso como cidadão suportar é uma Suprema Corte que tem processos aos magotes nos escaninhos de Suas Excelências, esperando a distribuição de justiça a tempo  e modo e se move com a lerdeza conhecida e quando se trata de proteger seus interesses e segredos inconfessáveis, age com diuturnamente como vem agindo. 

     Quem não zela pela Democracia são os Ministros que legislam e geram jurisprudência em causa própria e com este proceder, esticam sim a corda e certamente poderão ser surpreendidos com o que pode vir na ponta dela. 

    EXPLICANDO  

    Sei que prometi mostrar fatos relativos ao Secretário de Educação do Governo Camondonguinho! Todavia os fatos supra referidos são mais importantes. Se você não se aguenta de curiosidade, visite o site do TJSP! 

    ORAÇÃO DE OGIER BUCHI 

    Senhor abençoe este povo brasileiro! Covid, STF, Pedágio, e os políticos que temos, todos culpando um pelas vacinas! E ainda há os que torcem pelo Coritiba como eu! AMÉM 

    Ogier Buchi

  • Saúde e saúde mental

    O tema saúde é, parafraseando o Ex-Presidente, amplo, geral e irrestrito. Implica em pensarmos em uma pessoa fluindo em plenas potencialidade e em sincronia com sua própria natureza. O contraponto de perder a saúde é “ estar doente” nos termos de nossa própria percepção.

    O agravo a saúde de momento e da moda é representado pelo Covid-19 e é obrigatório mencioná-lo em um planeta de covidenses como o somos no atual momento. Porém, a importância do tema tem levado que o blog SEM DOMÍNIO tenha trazido renomados cientistas para falar no tema. Ainda assim foi publicado recente estudo sobre a pesquisa de covid no esgoto de cidades e bairros para monitorar o bichinho e perceber que ele vai acontecer só na forma de doença em um determinado espaço geográfico antes de que os sintomas clínicos e as notificações compulsórias alertem as autoridades sanitárias. É extasiante pensar na capacidade humana de prover sua sobrevivência no planeta e não é a toa que continuamos entre as espécies mais capacitadas. Dizem alguns biólogos que só perdemos para as baratas e alguns outros seres nem sempre graciosos. Tantos especialistas sobre o tema nos ensinado no blog me dispensam de falar sobre ele.

    Liberdade de expressão

    E me libertam para falar sobre um dos temas que tem feito a minha cabeça nos tempos mais recentes. Quando digo que minha formação é médico significa que fui colocado em uma forma específica para desenvolver determinadas tarefas de um modo adrede previsto e socialmente esperadas. Sinteticamente o que a sociedade espera de pessoas como eu é que diagnostique e medique, Identifique a doença e me devolve a tal saúde, estatui a sociedade.

    Mas a reslidade se debruça sobre a rima do diagnostique e medique e muda o bem trovado. A saúde não é só um mecanismo automático sincrônico, é um mecanismo que precisa trazer a sensação de bem-estar.

    Estar humanamente bem não é consequência de um conjunto de reações teciduais, da bioquímica sanguínea ou das heróicas batalhas de nossos apaixonantes macrófagos( oh celulinha da gota!, como dizem os irmãos lá do nordeste– quem estuda se encanta), A qualidade do bem estar está , é claro, ligada a esses sistemas, que se falham podem nos deixar morrer. Estar humanamente bem depende de atitudes que tomamos e de como nos comportamos.

    Ações importantes

    Uma das mais importantes ações comportamentais está ligada ao que chamamos disciplina. No nosso mundo tão rapidamente “amodernado” e quero assim chamar essa enormidade de instrumentos, ferramentas , aparelhos e trobiscos de todos os gêneros que facilitam nossa vida, a disciplina foi perdendo seu papel essencial na sobrevivência humana e nos tornamos envolvidos pela lassidão, uma crença mágica de que somos seres nessa etapa da existência do Universo merecedores de que tudo venha a nos.

    Na antiga oração – vinde a nós o vosso Reino, para que Reino venha existem duas tarefas a serem cumpridas. A primeira, magnífica, gigantesca, só alcançável por seres de um desenvolvimento psico-espiritual fruto de muito exercicio, que é a aceitação de Vossa Vontade.

    Uma pequena pausa . Não estou entrando aqui em nada ligado a religião nenhuma, nem a nenhuma reliogisidade. Estou falando de qualidade de vida. Esse é o tema, Estou falando da lassidão que nos faz crer que o Reino pode vir de mão beijada. Não vem… a segunda tarefa é aquela de pedir perdão pelos nossos erros.

    Dívidas

    Ferrou! Somos devedores – mas devedores de que? não vai vir tudo de mão beijada? o antidepressivo não foi inventado para ser a pílula da felicidade? Estabilizador do humor não é para me deixar pianinho-pianinho ?

    Pois é, propaganda é propaganda e a piadinha do senador que morreu e do diabo nos ensina tudo. O diabo estava em fase de eleição e prometeu para o senador o paraíso, o mesmo que os po[iticos nos prometem. Depois de eleitos votam cada barbaridade que só se compreende entendendo os pecadores da Oração Para quem não lembra o diabo prometeu o paraíso ao senador e, depos de eleito, entregou o que recebemos da maioria de noss