SEM DOMÍNIO traz para você aquilo que realmente interessa na comunicação: INFORMAÇÃO SEM MANIPULAÇÃO.

O SEM DOMÍNIO oferece para você a informação sem manipulação. Livre de patrocínios governamentais ou do marketing de interesse, construímos um ambiente multiplataforma de comunicação e diálogo aberto e livre.

Blog dos nossos Colunistas

Aqui você encontra as publicações de nossos grupo de colunistas. Acesse nosso blog e fique por dentro da informação sem manipulação.

Cortes, resenhas e lacrações

No Youtube, mantemos um canal com os melhores momentos de nossas entrevistas. São cortes trazendo o melhor conteúdo, resenhas com as melhores explicações e, as melhores lacrações!

Transmissões ao vivo

Aqui você acessa nosso canal no Twitch.tv e pode assistir ao vivo ou rever nossas entrevistas feitas ao vivo. Sempre às 18:30hs do Brasil, trazemos entrevistas interessantes, com gente real, com informação fiel!

As entrevistas e reportagens (em construção)

Nesse canal do youtube, trazemos as entrevistas que não podem ser realizadas ao vivo por conta do fuso horário ou de outras dificuldades. Também compartilhamos aqui, reportagens feitas por nossos parceiros e equipe.

Não permita Deus…

https://youtu.be/lmqoUPuNBNM

Não permita Deus – assim começa a canção do Expedicionário.  Nasci em 1948, ainda sob o eco da Grande Guerra…!

Claro que essa canção é tonitruante em minha alma verde amarela. Retumbante o Hino Nacional, que cantei junto aos meus antes de entrarmos para assistir aulas até já quando na Universidade.

Deus, como cada um concebe, o Deus que eu concebo, um Poder Superior gerador de um Universo infinito, do qual fazemos parte e que Dele somos moldadores também, me permitiu caminhar até as portas das ciências da psiquiatria. E nela encontrei os tratados de psicopatologia, os quais ensinam ao médico especialista que, entre tantos estudos, mantenha olhos e ouvidos abertos para as manifestações da arte.

Agora que estou velho, ainda soldado raso, linha de frente, honrando meu juramento, na cadeira dura e desconfortável do SUS, onde ali findarei meu caminhar de receitador de pílulas, fui brindado pela arte de Nelson. Ah, como foi importante ouvir os Mestres. Não fossem por eles estaria minha atenção imersa apenas nas borbulhantes e ainda muito misteriosas reações bioquímicas cerebrais, neurotransmissor para cá, neurotransmissor para lá. Dois para cá, dois para lá, á valsar…

Preste atenção na arte, ensinaram-me!

Obrigado, artista Nelson – que emocionante sua declamação. Me trouxe a lembrança da filmagem dos pracinhas cantando o Hino Nacional na Catedral de Pisa, eles com eles mesmo, apenas para eles mesmo, as bombas nazistas caindo e eles na FÉ!

Obrigado amigo Celso, que ainda deve uma entrevista para o Raul.

Obrigado por reverberarem setenta e três anos de verdeamarelismo dentro de mim. Um só Brasil, um só povo, uma só Humanidade no planeta. Imagine – Beatlles! Imagine – semdominio!

Everson Alberge Buchi

%d blogueiros gostam disto: